O 10º NAKSHATRA – MAGHA

 Este Nakshatra localiza-se entre 0º e 13º 20’ de Leão
«Os Ancestrais» são a entidade que preside ao Nakshatra e Ketu é o seu regente astrológico. Mas o Sol, que por sua vez rege Ketu, faz-se sentir fortemente na simbologia desta constelação.
A constelação apresenta significados complementares, relacionados com o Sol e com  Ketu : do Sol retira a ideia de sumptuoso, brilhante, magnificente, benevolente, poderoso, liderança, abundante, mágico
Estes significados são mostrados pelo símbolo da constelação que é um trono.  Observamos estas características  no modo de ser e no estilo de vida dos aqui nascidos:  estes são pessoas amáveis e sociáveis, capazes de se dedicar à comunidade e à sociedade, trabalhando pelo bem comum e ajudando os outros de modo desinteressado
têm grande capacidade de trabalho, esforçando-se firmemente para atingir algum objectivo.
Gostam de estudar,desenvolvendo conhecimentos em várias áreas do saber e das Artes. Gostam de manter viva a tradição e os conhecimentos que vêm de outros tempos. Diz-se que o Nakshatra apoia a tradição e a civilização.
Mantêm contactos com muitas pessoas influentes na sociedade,  que lhes retribuem com apreço e, muitas vezes, os favorecem, o que contribui para o seu estatuto social muito confortável.
 
Diz-se que os nascidos com influência forte deste Nakshatra na sua carta natal nasceram com «bom Karma»pelo que  normalmente obtêm todo o conforto de que necessitam para ter uma existência sem muitos obstáculos. Isto explica o seu optimismo  e liberdade de espírito.
A sua atitude amigável e de disponibilidade, de total ausência de egoísmo dá-lhes o reconhecimento e a estima da  sociedade, onde mantêm uma imagem de dignidade, boa reputação e de honra. Na família são pessoas muito dedicadas e costumam ter uma vida familiar feliz e calma.
A outra dimensão simbólica do Nakshatra  relaciona-se com a ferocidade inerente à energia do sol e de Ketu. Estes são ambos violentos e ferozes.  
Porém, da mesma maneira que no Sol  encontramos o símbolo da realeza e da autoridade serena, em Ketu também encontramos o desprendimento em relação aos bens terrenos, a descoberta da espiritualidade que surge quando o significado das riquezas terrenas se transforma num vazio  e a quantidade de objetos materiais que acumulamos só serve para nos lembrar o que está em falta. 
Nesse momento Ketu transforma-nos nos buscadores de um novo sentido  permite-nos encontrar um preenchimento que é de ordem espiritual. 
E assim,  encontramos nos nativos desta constelação, por um lado, o aspeto de ferocidade assinalado: estas pessoas têm de vez em quando explosões de mau génio, sobretudo quando  há alguma coisa que vai contra os seus princípios e valores. Não gostam de magoar os outros nem de ver outros fazê-lo. 
Um outro aspeto relacionado com isto é que, por vezes, alguns nativos podem ficar cegos com o poder e desenvolver uma excessiva ambição

A vida  proporciona-lhes muitas ocasiões de proximidade com o poder e, de maneira geral, todos eles se envolvem na vida da sua comunidade: estes nativos são muito conscientes do seu status social  e desempenham habitualmente os seus deveres para com a sociedade, tendo proximidade com o poder e com o dinheiro.

 Para alguns essa é a fascinação dada por Ketu, que permite o usufruto dos bens materiais em abundância com o objetivo final de levar à descoberta da sua vanidade pois todos os bens terrenos estão destinados a perecer. 
Outros nativos exprimem claramente o outro lado da simbologia de Ketu: são religiosos ou buscadores espirituais, interessando-se por algum tipo de misticismo ou idealismo.  

Daí  referência do Nakshatra  à «tyaga shepani shakti» ou habilidade para cortar as amarras pois os mais evoluídos conseguem «cortar as amarras ao mundo material» desenvolvendo um caminho que vai para além dele.

Fisicamente  estes nativos costumam ter altura mediana e uma aparência  de «realeza». 
Cada PADA ou parte acrescenta ainda as seguintes características: 
1º PADA- Aries Navamsa- 0º a 3º20’ de Leão
Regente Marte. Estes nativos têm um tom de pele avermelhado, têm grande apetite, olhar feroz e caráter entusiástico. São afirmativos, cavalheiros,  com capacidade de liderança e gosto pelo poder. São partidários de alguma ideologia.
2º PADA- Touro Navamsa- 3º20’ a 6º 40’ de Leão.
Regente Vénus. Os nativos alcançam alguma notoriedade, têm sentido do dever, capacidade de organização, dão de si uma imagens de pessoas responsáveis. Têm tendência para se preocuparem. Têm muitas despesas. Recebem favores da sociedade. 
3º PADA- Gémeos Navamsa- 6º 40’ a 10º de Leão.
Regente Mercúrio. Caracterizam-se pelo seu intelecto poderoso, pela criatividade e pelo gosto da investigação. Têm grande apetite, podem sofrer de problemas intestinais. Alguns são dados  à lisonja, à calúnia e têm uma natureza briguenta. 
4º PADA- Caranguejo Navamsa- 10º a 13º 20’ de Leão.
Regente Lua. Os nativos caracterizam-se pelo gosto dos rituais,  pela sua ligação aos ancestrais, pela natureza fortemente sexual, pelo seu discurso suave. 
Alguns são arrogantes e pouco éticos. 
GANA (temperamento): esta constelação é Manusha /humana. Simboliza o poder de espiritualização do homem pelo esgotar do sentido das riquezas materiais.
O sábio Varahmihira  afirmou que a influência lunar deste Nakshatra dá riqueza, luxo, perseverança e espiritualidade.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário