O 3º NAKSHATRA – KRITTIKA

Localiza-se entre os 26º 40´de Aries e os 10º de Touro
Este Nakshatra simboliza a fonte-raiz da energia solar e representa um grupo de 7 estrelas – as Plêiades.  A divindade regente é o Devata Agni, deus do fogo. Krittika  representa  o reservatório  do agente  receptivo  que nutre o poder.  O regente do Nakshatra  é o sol.
 
Este é o Nakshatra de nascimento da Lua.  A divindade Agni representa o fogo ou centelha da  vida, a base de criação e manutenção da existência. 
Simboliza, por um lado, o fogo purificador que consome tudo o que é perverso, escuro e pecaminoso, até restar apenas a refulgência brilhante e sumptuosa da luz e, por outro, o fogo externo que usamos para cozinhar, trabalhar os metais, moldar o vidro, as armas de fogo, etc. 
A parte do Nakshatra pertencente a Aries,  governado por Marte, é devastadoramente brilhante, sendo esta refulgência relacionada com um carácter incendiário que queima, magoa e destrói; 
A parte restante, correspondente  ao signo de Touro, governado por Vénus possui uma radiância diferente, não incendiária, é radiantemente branca, simbolizando o amor pela beleza, pela  arte,  a expressão de todos os ramos do conhecimento. É uma luz brilhante, doce e suave.
O nome do Nakshatra denota um instrumento cortante, navalha ou estilete. Diz-se que, em Sânscrito, a palavra «Krittika»  é a raiz da palavra «crítica», o que simbolicamente indica a tendência para erradicar todas as imperfeições, todos os excessos que separam as aparências da realidade. 
Os nativos deste Nakshatra têm uma aparência imponente. Têm  habitualmente estatura mediana, a menos que Saturno esteja envolvido em aspeto, caso em que tendem a ser mais altos. Têm  um físico  robusto e  um forte esqueleto, com músculos bem desenvolvidos. Nariz proeminente, olhar compreensivo.
 
Possuem modos bruscos, um aspeto energético e decidido. São muito perspicazes e podem ser muito intimidantes sobretudo porque se irritam com muita facilidade e explodem em manifestações de raiva,  embora esta nunca se mantenha por muito tempo.
Os nativos são habitualmente inteligentes, generosos e disciplinados, tendo dificuldade em adaptar-se às mudanças– tendem a ser rígidos e demasiado convencidos acerca de si próprios, mostrando vaidade pessoal  em seguir as direcções que eles mesmos determinam. 
A simbologia da «purificação» associada ao  Nakshatra  mostra indivíduos despertos espiritualmente e dispostos a prosseguir o seu próprio caminho de «purificação», não hesitando em derrubar sem misericórdia tudo o que considerem como obstáculos no seu caminho. 
Estas pessoas passam por muitos altos e baixos na vida, mas terão sorte na vida familiar, que muito prezam, e onde obterão  a sua maior felicidade. 
Têm tendência a descurar a sua saúde e não possuem hábitos  alimentares regulares: diz-se que os nascidos na parte correspondente a Aries comem pouco enquanto os restantes, nascidos na parte correspondente a Touro comem em excesso, podendo sofrer problemas de estômago por esse motivo.
Cada um dos quatro Padas acrescenta ainda as seguintes características particulares:
1º PADA- Sagitário Navamsa – 26º 40’  a 30 º de Aries
Regente Júpiter. Caracterizam-se pelo altruísmo, pela Sabedoria, pelos modos agradáveis, pela generosidade.  A sua saúde pode não ser a melhor mas têm boa longevidade. Gostam do conhecimento mas são também amantes de vários prazeres. Podem interessar-se por objetos e assuntos  militares .
2º PADA- Capricórnio Navamsa- 0º a 3º 20’ de Touro
Regente Saturno.  Os nativos são pessoas dadas à moralidade e à Ética, possuem uma visão material sobre o mundo e  têm um lado maternal.  Alguns poderão revelar tendência para ações pouco éticas, instigando outros a segui-los.
3º PADA- Aquário Navamsa- 3º 20’ a 6º 40’ de Touro.
Regente Saturno. Caracterizam-se pelo sentido humanitário, pelo seu gosto pela sabedoria, a sua capacidade para estar à frente da sua época. São corajosos, respeitantes do dever e amantes do conhecimento.
Alguns nativos podem ser indiscretos, corajosos e orgulhosos, com mau génio, com um estilo de vida pouco convencional  e que choca os outros.
4º PADA- Navamsa Peixes. 6º 40’ a 10 º de Touro
Regente Júpiter. Caracteriza-se pela sensibilidade, benevolência, criatividade.
Alguns nativos poderão ser problemáticos, arrogantes , com pouca saúde, e com tendência para o roubo.
O GANA (temperamento) é Rakhasa(demónio)- dá aos nativos o seu sangue frio, a dificuldade em perdoarem e a sua natureza severa e pouco compassiva.
Nas  palavras do sábio Varahmihira,  esta influência lunar dá aos nativos desta constelação aparência agradável, apetite, fama e ainda tendência para gostar do cônjuge alheio!

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário