A energia do Planeta Marte no Horóscopo- Parte 1


Aspectos mitológicos e simbologia
Segundo  a Mitologia, Marte nasceu das gotas quentes de suor que  Shiva deixou cair  durante a luta com o demónio Andhakasur sobre a cidade sagrada de Ujjain. Devido ao calor do suor esta ficou dividida em duas partes e  Marte  nasceu de uma delas. Marte é, deste modo, filho da Terra e da divindade Shiva.
 Marte  nasceu  do calor da luta, é fruto do combate e, por isso,  a sua essência  é a energia da agressividade que nos incita à luta e à autodefesa. Simbolicamente ele  é o «chefe do exército»  zelando pela  segurança  e organização do sistema solar
 Enquanto o Sol representa  o calor criador da vida, Marte representa o calor da luta pela sua preservação.
Marte lembra a fragilidade da vida que precisa de defesas, lembra que a vida implicitamente inclui sempre a possibilidade da sua destruição e , por isso, inclui nos seus pressupostos a necessidade de mecanismos de  autodefesa  capazes de preservar a  vida que o Sol criou.
A vida é um processo de luta constante   numa dialéctica de criação/destruição, nascimento e morte.
Marte exprime essa dualidade inerente  da vida bem como  os esforços  da vida humana para levar a bom termo o projecto que é o propósito de vida  de cada  indivíduo. Por isso Marte é o guardião do  desenvolvimento do Self e da identidade (Dharma). Porque, para cada um de nós  poder levar a cabo o  seu «destino pessoal», precisa de energia, motivação e  capacidade de se  defender de todas as forças que põem em causa a sua sobrevivência
A História da evolução da vida  mostra bem a importância  da agressividade como mecanismo de autodefesa  simbolizado por Marte:  cada nova forma de vidasobrevive na natureza em competição, se desenvolver competências que lhe permitam defrontar os desafios do meio , tanto a nível de resistência física e biológica, como a nível da interacção  com outros seres que disputam os mesmos recursos.
A agressividade (não a violência) é um mecanismo natural  de que a Natureza se serve para garantir a continuidade e a sobrevivência das suas formas de vida; é um mecanismo de defesa para responder eficazmente às ameaças externas e a Natureza utiliza-o como instinto universal.
Marte representa a presença desse mecanismo  na realidade humana.  E, porque a sexualidade é um dos mecanismos que permitem a sobrevivência natural das espécies, Marte  também simboliza o impulso sexual. 
Marte é a energia que nos permite focar num objectivo e levá-lo por diante com determinação e confiança; dá-nos coragem e bravura para fazer frente aos perigos e obstáculos , permitindo-nos defender  o espaço da nossa individualidade e construir um destino pessoal a partir dos nossos valores e objectivos pessoais de vida.
Marte pode atuar em extremos: no lado negativo, esta energia pode transformar-se numa luta de vida e de morte impiedosa e cruel; pode atacar em vez de, simplesmente, defender; 
Pode levar ao oposto do seu princípio positivo que é defender a vida dos perigos  para se tornar ameaça à vida de outros e instrumento de morte. 

 A energia  de Marte também  significa os ferimentos, os acidentes, os conflitos e a inimizade.  Pode criar mal entendidos, discussões e desarmonia nos relacionamentos humanos.

 Do mesmo modo que significa a guerra e o conflito, Marte é também o significador de todas as alianças e associações  cujo objectivo é  a cooperação para atingir objectivos comuns.  Neste sentido, é o  significador dos irmãos  e  das alianças entre soldados ,entre outras.
Enquanto significador da guerra, Marte implica competências de organização e administração  daí que também esteja associado ao pensamento lógico e ao conhecimento, embora se trate essencialmente  do conhecimento ligado a fins estratégicos e instrumentais: o saber associado a Marte é aquele que é aplicado, como na mecânica e na engenharia , na construção das ferramentas, (incluindo as de alta tecnologia) e, em geral, todo o conhecimento que permita atingir mais poder.
 

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário