O significado da Lua na Astrologia Jyotish

O sol é  simbolicamente a alma do sistema solar e os seus  raios refletem-se na Lua. Esta não possui luz própria e, na sua a função  receptiva  yin,  reflecte  os raios solares e dirige-os para a Terra.
É nesta  complementaridade com a função solar de criar a vida que a Lua, na  função indireta de apoio à energia criativa do sol  aparece associada com a água.
Um verso dos Vedas afirma que a Lua nasceu da mente do homem cósmico e rege o elemento água. O  domínio dela  é o reservatório da água das chuvas e, simbolicamente, influencia as marés, o crescimento das plantas e o reino vegetal.
A Lua representa  a mãe, o princípio feminino em geral, a energia que preserva a criação.
A Lua é passiva, protetora, fortalece o crescimento e a geração.  Estas qualidades tornam-na incapaz de fazer bem ou mal isoladamente.  Os efeitos que causa estão, desse modo, dependentes da relação que ela estabelece com outros planetas na carta natal
A Lua pode intensificar  a ação  positiva de qualquer outro planeta à exceção de Saturno  que representa o culminar da função destrutiva das forças da vida.
A Lua representa a alma encarnada  no mundo terrestre, experiencia o mundo através do corpo e da mente. A sua relação com a característica do «ser encarnado»  mostra simbolicamente o nosso ponto de maior vulnerabilidade , aquela dimensão  do nosso ser em que podemos ser feridos e podemos sofrer.
Assim, a Lua  mostra, na nossa carta natal, o ponto mais humano e  mais frágil da nossa natureza, aquele em que aprendemos a dar e a receber, em que podemos e queremos  ser nutridos, ao mesmo tempo que  aprendemos a nutrir outros;  

mostra os nossos desejos básicos; a maneira como percepcionamos a realidade nos seus matizes imagéticos e emocionais.

A Lua reflete o centro da Psique humana . Enquanto  expressão da mente  ela indica os padrões gerais do pensamento, dos sentimentos e  das emoções
A Psicologia  hoje  sabe que o pensamento e as emoções estão inseparavelmente ligados. Mas a Astrologia védica   muito tempo que  defende isso como se comprova pelos significados atribuídos à Lua.
A Lua partilha com Mercúrio  aspectos relacionados com o pensamento lógico mas, no entanto,  a Lua  é o significador geral da inteligência.
 
O movimento cíclico da Lua  como satélite da Terra  provoca aquilo a que chamamos «fases» da Lua. Estas referem-se à relação entre a Lua, a Terra e o Sol e têm um significado específico na Astrologia.
Assim, precisamos de distinguir entre a metade do ciclo em que a Lua  está «crescente», culminando na «Lua cheia» e que é considerado um fator muito favorável– e a fase do ciclo em que a Lua fica «minguante» e que, à medida que perde visibilidade e luminosidade, se torna mais  desfavorável.
Uma pessoa que nasce na fase crescente da Lua é normalmente extrovertida e autoconfiante,  gostando da exposição às «luzes da ribalta» e, se outros fatores na carta natal o confirmarem, poderá atingir grande visibilidade social etc;
Uma pessoa que nasce na fase minguante  da Lua  é normalmente introvertida, reflexiva, tem uma personalidade menos expansiva e, se outros elementos da carta natal  o confirmarem, poderá ter alguma dificuldade em tornar-se «visível » a nível social  e coletivo.
Em termos gerais, um trânsito da Lua na fase crescente é considerado muito favorável para iniciar novos projectos que queremos ver florescer com sucesso;  o trânsito da Lua na fase minguante  é bom para terminar projectos  iniciados antes, é um bom período para se refletir e para descansar mas, sempre que possível, deverá evitar-se começar novos projetos importantes.
No campo da agricultura e dos cuidados das plantas, há muito que se percebeu   a influência das fases do ciclo lunar na sementeira, crescimento e colheita das plantas.  
 Mas esta influência faz-se sentir a muitos outros níveis, não apenas físicos e fisiológicos ou biológicos mas também  a nível  psíquico – pensamentos e emoções,  emoções de fundo  de contentamento ou mal estar,  características da personalidade, dos padrões mentais gerais etc .
A Astrologia baseia-se nos ciclos cósmicos representados pela dinâmica zodiacal.  A harmonização  dos vários aspectos da nossa vida com esses ciclos e ritmos permite-nos uma optimização  de todas essas áreas e também se reflete na nossa sensação interior de harmonia e bem estar, significada pela Lua:  quando vivemos de acordo com os ritmos naturais, as nossas energias harmonizam-se com as energias da Natureza e isso reflete-se na nossa saúde física e mental e no sentimento geral de contentamento ou felicidade geral.
A  Lua  na carta de nascimento é, deste modo, um importante indicador da personalidade e dos padrões emocionais e mentais permitindo-nos saber bastante  acerca de uma dada pessoa porque, em conjunto com o ascendente, revela a expressão psicofisiológica do ser humano.
                                                                                

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário