Chaves para a Interpretação do Horóscopo- a Bhava Chalit


Ás vezes na prática de análise e previsão, o astrólogo depara-se com uma situação em que as promessas do horóscopo não parecem corresponder à realidade da vida da pessoa. Olhamos para o horóscopo de nascimento e as suas assinaturas parecem indicar uma coisa mas a vida da pessoa exprime outra bem diferente. Porque é que isto acontece? A Astrologia Védica/Jyotish  tem uma experiência milenária na análise e previsão e, a este respeito, diz-nos que, para  previsões rigorosas e finas nos pormenores, é preciso mais do que analisar a carta de nascimento.
 
É preciso mais do que analisar   a força dos planetas e das casas segundo os métodos consagrados na Jyotish: shadbala, ashtakvarga, vimsopack, estado funcional dos  planetas, etc. É preciso ainda recorrer a outros meios auxiliares de análise e previsão. É esta complexidade e multiplicidade de pontos de vista na abordagem do horóscopo que torna a Jyotish um sistema de previsão único e incrivelmente rigoroso. A vida humana é complexa e multifacetada, muitas vezes contraditória; a Astrologia Jyotish apreende  essa densidade  do viver humano através do uso de  algumas ferramentas complementares que permitem refinar e pormenorizar melhor os factores do horóscopo. É o caso da carta Bhava Chalit, também designada como a «carta das casas» ou «bhava chakra».
Mas, afinal, qual a importância desta ferramenta na interpretação do horóscopo?
Alguns Astrólogos védicos não usam muito  esta carta porque, dizem, as vargas  ou cartas divisionais são suficientes para afinar os pormenores da análise do horóscopo. Porém, muitos outros consideram absolutamente fundamental o uso  complementar desta ferramenta de análise. Tentarei explicar  em seguida as razões que invocam e que me parecem muito pertinentes:
Em primeiro lugar, como o Dr B. V. Raman, eminente investigador da Astrologia védica/Jyotish  adverte, só aquilo que é  prometido pela carta natal pode verificar-se em qualquer uma das cartas auxiliares de análise e  de previsão; assim, a carta Chalit não permite encontrar no horóscopo nada de novo que não esteja prometido na carta natal. Deste modo ela não pode ser encarada como um horóscopo autónomo ou alternativo em relação à carta de nascimento. O papel da Chalit bhava é antes o da confirmação dos aspectos positivos que  aparentemente são  prometidos pelo horóscopo de nascimento:  permite verificar se as assinaturas específicas- yogas- que estão presentes na carta natal chegarão a dar fruto na vida da pessoa.
É comum encontrar por exemplo um Raja yoga – assinatura de poder e riqueza- no horóscopo  de uma pessoa que, no entanto, vive em pobreza e anonimato; ou um Dhana yoga- assinatura para ganho de riqueza e, no entanto, a pessoa nunca tenha  ganho dinheiro de forma significativa; ou encontrar um planeta benéfico na 7ª casa que nos leva a prever  que uma determinada pessoa será feliz no casamento e nas parcerias mas, no entanto, a pessoa só encontra conflitos e obstáculos nessas  áreas de vida. 
 É aqui que a carta Chalit se mostra um auxiliar precioso para ajudar na  confirmação dos aspectos positivos mostrados pelas promessas da carta de nascimento. Ou seja, esta carta deve ser analisada para saber se as promessas positivas ou negativas do horóscopo natal se confirmarão ou não. E, neste aspecto, ela é, em conjunto com a Navamsa, um meio complementar essencial ao dispor do astrólogo quando este tem que fazer previsões. 

As Cartas Auxiliares da Análise e Previsão Astrológica

–  Sudarshan chakra desenvolvida por Parashara. Esta carta sobrepõe os três aspectos da identidade básica- Ascendente (Janma Lagna), Sol e  Lua como o início do horóscopo -(considerando por isso também o Sol como o Ascendente ou 1ª casa   e a Lua como Ascendente  ou 1ª casa). A informação assim obtida permite ver quais as casas do horóscopo natal que estão mais aflitas ou , pelo contrário, estão mais fortes. Se, por ex., no horóscopo  de nascimento temos um planeta maléfico na 7ª casa, tememos pelo sucesso das parcerias e do casamento.

Mas vamos ver o que acontece com esta casa tomando a posição da Lua como Ascendente  e a posição do Sol como Ascendente. Nestas duas Cartas a 7ª casa continua aflita? Se continua,  então não há dúvida de que esta área de vida será muito problemática para esta pessoa; mas se só a carta natal está aflita, então será lícito esperar que esta pessoa enfrentará os problemas normais do ser humano comum nessa área de vida,   com experiências específicas relacionadas com os planetas que ocupam a casa mas a situação não será tão dramática como se poderia pensar à primeira vista. A Sudarshanneste caso serve para apoiar de forma fundamentada as previsões do astrólogo em  relação as diferentes áreas de vida da pessoa. Ao mesmo tempo também permite saber qual dos três elementos da identidade básica tem mais força na vida da pessoa.
Bhava Chalit. Pode ser calculada de duas formas e cada uma tem propósitos diferentes: uma baseia-se na madhya bhava, em que a partir da longitude do Ascendente se calcula o início da 1ª casa, sendo as casas iguais: se a longitude do Ascendente for inferior a 15 º soma-se 15 aos graus do Ascendente; se a longitude for superior a 15 º subtrai-se 15 aos graus do Ascendente. A partir daqui recalculam-se as restantes casas, todas com 30 graus cada. Esta Carta é considerada uma extensão da  Carta de Nascimento e é ela que nos ajuda a determinar se  os yogas da carta e as restantes assinaturas se confirmarão. 
Se, por ex.,  uma pessoa tem, na sua 2ª casa, uma conjunção entre o regente da 2ª e da 11ª casas isso é um poderoso Dhana yoga (assinatura de riqueza). Porém, imaginemos que, na Carta Chalit um dos planetas está na verdade colocado na 1ª casa ;esse planeta deixa de estar em conjunção com o outro e, por isso, o yoga dissolve-se. O resultado é que ele não dará fruto na vida da pessoa. O mesmo é válido para outros yogas auspiciosos como os Gaja-Kesari ou Mahapurusha, etc que estão associados a eventos auspiciosos na vida da pessoa. 
Mas, o lado positivo da questão é que os  yogas inauspiciosos  também poderão, dessa forma, perder a sua importância, pois também se dissolvem quando  o/os planeta/s interveniente/s muda/m de casa. Assim, os yogas devem ser sempre confirmados pela análise da carta Chalit antes de se fazerem previsões quanto aos seus resultados.
Um outro cálculo da Carta Chalit  usa   casas desiguais no horóscopo, como na Astrologia Ocidental e o  seu ponto de partida  são as constelações (Nakshatras); considera a regência de cada planeta relativamente aos diversos navamsas (divisão de cada signo em 9 partes de 3º20’ cada). Esta carta também se chama Niryana Bhava Chalit  e a sua utilidade  está em  que ela mostra os resultados reais de um planeta na vida do nativo durante o  período dasha de cada planeta. Esta carta mostra a real dignidade das casas onde um  determinado planeta está colocado. 
Quando um planeta muda de casa, ele  traz para a casa onde se encontra  colocado no horóscopo natal os efeitos da casa onde está  posicionado  na Carta Chalit.
Por ex., Júpiter colocado na 7ª casa do horóscopo natal  favorece a vida conjugal  e mostra boas qualidades do parceiro e do cônjuge. Mas, na carta chalit Júpiter  muda para a 6ª casa. Ora, esta casa tem a ver com obstáculos, conflitos, doença e, deste modo, a pessoa pode ver surgir todo o tipo de problemas nas suas parcerias e no  casamento, conflitos, litígios, desentendimento com o cônjuge, situações que não são explicáveis   com a posição de Júpiter na 7ª casa. Assim, durante o período principal  (mahadasha) de Júpiter,  o casamento e as parcerias de negócios poderão enfrentar bastantes problemas e a pessoa pode experienciar divórcio, separações, desentendimentos. 
Varga Navamsa- Esta é a  divisional que permite apurar a real força dos planetas do horóscopo. Ela mostra como é que os planetas se comportam e em que áreas da vida do indivíduo. A bhava chalit mostra os efeitos de um planeta numa casa na vida real mas a Navamsa mostra a força do planeta na produção desses efeitos.
 
As outras vargas divisionais também são essenciais para afinar os pormenores da análise do horóscopo na leitura de vida do nativo. Mas a Carta Chalit tem a vantagem de ser muito intuitiva e imediata pois, com a simples visualização da redistribuição dos planetas pelas casas do horóscopo obtemos informação complementar que, na verdade, constitui um método de verificação da leitura do horóscopo natal. Sem ela, muitas das  previsões  que partem da análise isolada do horóscopo natal poderão revelar-se erradas. E, com ela, as promessas natais do horóscopo tal como o efeito de cada planeta nos períodos dasha, torna-se muito mais visível , evidente e fundamentado.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário