Compatibilidade para Casamento

namor

Os relacionamentos de proximidade, como acontece numa relação amorosa, pressupõem uma dinâmica energética na interacção entre as duas pessoas que nem sempre produz resultados muito positivos.

Na Índia, em que existe uma tradição muito forte de confirmar essa dinâmica energética antes de formalizar um compromisso de casamento, considera-se que, para além da atracção química desencadeada pelo nosso cérebro, como tem sido estudado pela Psicologia actual, há que considerar outros factores energéticos, representados pelos planetas, e que têm um papel determinante, não apenas para «explicar a paixão» mas , mais importante ainda quando se trata de um projecto de casamento que idealmente se desenha para a vida toda, verificar se esses factores suportam a possibilidade de um projecto de vida comum a longo prazo. E aqui há vários passos a considerar na análise do horóscopo das duas pessoas envolvidas:

Os Factores Gerais que Determinam a Compatibilidade entre Parceiros no Horóscopo

Em primeiro lugar é necessário analisar o horóscopo de cada uma das pessoas e verificar os seguintes aspectos :

  1. A  7ª casa que mostra as parcerias e o casamento, os planetas aí colocados , os aspectos que recebe;

  1. Ver o estado do planeta que rege a 7ª casa e os aspectos que recebe;

  2. Analisar os planetas que significam o cônjuge: no caso de um horóscopo masculino, Vénus; no caso de um horóscopo feminino, Júpiter. Porém, muitos astrólogos usam vénus para ambos os sexos, como indicador geral da afectividade e do amor.

  1. Analisar a 7ª casa da Navamsha certificar onde se encontra o regente da 7ª casa do horóscopo natal e qual o seu estado. Ver também qual o planeta que rege a 7ª casa da varga Navamsha e onde é que este está colocado no horóscopo natal. Adicionalmente analisar também a 1ª casa da Navamsha dos dois horóscopos e ver se existem planetas no mesmo signo ou no signo oposto entre as duas pessoas.

A varga Navamsha representa uma visão microscópica do nosso destino pessoal nesta vida (correspondente à 9ª casa do horóscopo). É uma varga companheira do horóscopo de nascimento, mostrando com pormenor as forças e fraquezas indicadas de modo mais geral no horóscopo. A 1ª casa da Navamsha significa o cônjuge e as suas qualidades, temperamento e personalidade e aspecto físico.O regente da Navamsha e o signo que corresponde à 1ª casa da Navamsha mostram a parte do nosso carácter que terá um papel essencial na concretização do nosso destino (em conjunto com a casa que esse signo ocupa no nosso horóscopo natal).

  1. Devem ser vistas, na Navamsha de ambas as pessoas envolvidas na parceria a localização do Sol da Lua, de Marte e de Vénus e os aspectos que têm uns com os outros – o mesmo planeta (Sol de um  , Sol do outro, etc) e complementarmente: Sol de um e Lua do outro; Marte de um e Vénus do outro. Ver as mesmas interacções entre os horóscopos natais de ambos: qual a casa em que cada um desses planetas «cai» no horóscopo do parceiro. Isto ajudará a perceber quais as áreas de vida em que a relação criará harmonia ou atrito.

Os Factores Específicos que Determinam a Compatibilidade entre Parceiros

Na Astrologia Védica são considerados os seguintes factores específicos para analisar a compatibilidade entre os parceiros:

O Teste Ashta Kootas

1. Na Índia, o teste Ashta Kootas constituído por 8 grupos, é muito popular e, para muitos, decisivo e eliminatório: se não forem alcançados bons resultados neste teste- que é quantitativo- o casamento é desaconselhado:

No norte da Índia são considerados os seguintes:

  1. Varna. Representa a natureza do indivíduo, mostrando se esta é delicada ou agressiva. Pontos máximos=1

  2. Vashya Koota. Representa a atracção mútua entre o casal baseado na dinâmica energética entre ambos. Pontos máximos=2

  3. Tara Koota. Representa a saúde e o bem estar de ambos com base na relação entre os Nakshatras onde se encontra a Lua de ambos. Pontos máximos =3

  4. Yoni. Representa a compatibilidae sexual. Pontos máximos= 4

  5. Grha Maitri. Representa o nível espiritual e intelectual de ambos.Pontos máximos=5

  6. Gana Koota. Representa o temperamento de ambos. Pontos máximos=6

  7. Bhakout ou Rashi Koot. Representa a compatibilidade emocional do casal., a compatibilidade de karma, destino e obrigação. Pontos máximos=7

  8. Nadi Koota. Representa a compatibilidade genética e a saúde interna e externa de ambos na interacção. Pontos máximos=8

Nota: o último grupo (8) perdeu alguma importância nos dias de hoje devido ao avanço da ciência que pode, entre outras coisas, aumentar a fertilidade, etc.

No sul da Índia- para além destes 8 grupos consideram-se mais 4:

  1. Mahendra Koota. Representa a longevidade da relação;

  2. Sthree Deergha Koota. Representa os filhos e netos.

  3. Rajju. Representa a duração da vida conjugal. Os indivíduos não devem ter o mesmo Rajju.

  4. Vedha. Representa o poder de afastar todos os infortúnios.

Estes 12 factores são calculados com base no signo da Lua e no Nakshatra da Lua dos parceiros. A Lua e o seu Nakshatra assumem um papel essencial.

O máximo de pontos que se pode ter neste teste é 36.

Entre 28 e 36, o resultado é considerado excelente; entre 20 e 27, é muito bom; entre 13 e 19 é médio; menos de 12 a compatibilidade é muito reduzida e exige muitos compromissos. Quanto mais jovem for o casal, mais desafiador é este resultado. Conisdera-se que 18 pontos é o mínimo para assegurar a possibilidade de um bom entendimento mútuo.

Existência de Kalathra Doshas( Aflição de Marte, Rahu/Keu, Saturno)

Considera-se seguidamente a existência ou não de Kuja Dosha (aflição de Marte). Este ponto já foi objecto de uma publicação específica. Considera-se especialmente desfavorável a posição de Marte na 7ª  ou 8ª casas. Isto pode indicar que o cônjuge terá má saúde, acidentes, que não amará o nativo, haverá desentendimentos, morrerá cedo, etc. Adicionalmente analisa-se também a presença de Rahu/Ketu ou Saturno  nessas casas (tendo em conta a possibilidade de cancelamento do dosha ou aflição). E, neste caso, estamos perante um Kalathra dosha (problemas conjugais, que também inclui a aflição de Marte).

A Relação entre os Planetas em ambos os Horóscopos

O factor mais importante é a amizade e harmonia entre os planetas de ambos os horóscopos:

  1. O Ascendente de ambos devem ter uma boa posição em relação ao outro, ou seja, uma relação de 1-7, 3-11 e 5-9 (sendo que os números significam o número de casas/signos que separam um Ascendente e o outro , contando de um para o outro). Não devem ter uma relação de 2-12, 4-10 ou 6-8. No que se refere ao Ascendente  devido à complementaridade entre os signos opostos, considera-se a posição 1-7 como boa. Esta posição en relação aos outros factores não é, no entanto, desejável. ex.: um dos indivíduos tem Ascendente Touro. O outro deverá ter Ascendente Touro (1), Caranguejo (3), Virgem (5), Escorpião (7), Capricórnio (9) ou Peixes (11).

2. Os regentes do Ascendente de ambos devem estar em aspecto amigo como 3-11ou 5-9.

Ex. um tem Ascendente Caranguejo e o outro tem Ascendente Sagitário. A Lua rege Caranguejo e está na 2ª casa; Júpiter rege Sagitário e está colocado na 6ª casa.  Contando da 2ª (inclusive) para a 6ª temos 5 casas, logo os regentes são compatíveis.

  1. Verificar se os signos da Lua de ambos estão em posições boas um em relação ao outro como 5-9 ou 3-11. Não devem ter uma relação de 1-7, 4-10, 2-12 ou 6-8.

  2. Os regentes do signo da Lua devem estar em posições amigas como 5-9 ou 3-11.

  1. Os karakas (significadores) gerais do cônjuge (Lua e Vénus quando o cônjuge é uma mulher e Sol e Marte quando é um homem) devem estar em posições harmoniosas: o Sol dele deve esta em harmonia com a Lua dela; o Marte dele deve estar em harmonia com o Vénus dela, isto é, devem ter uma relação de 5-9 ou 3-11. Os factores Sol e Lua em harmonia indicam compatibilidade psicológica  e mental; os fatores Vénus e Marte indicam compatibilidade sexual.

  2. Adicionalmente verificamos se a  de cada um dos indivíduos está em boa posição em relação à  do outro- deve estar numa posição de 5-9 ou 3-11.

  3. Considerando o Ascendente de cada um, idealmente não deverá haver nenhum planeta maléfico (Saturno, Rahu e Ketu, Marte) a formar aspecto com o Ascendente do outro.

  4. Planetas maléficos como Saturno , Marte e os nodos na 7ª ou 8ª casas no horóscopo individual geralmente indicam infelicidade no casamento e parcerias pessoais e separação ou morte prematura do parceiro.

Finalmente, é preciso ter em conta que, na vida real, os relacionamentos perfeitos são muito raros . Normalmente há muitos fatores que interferem com as interacções entre as pessoas, entre os quais o mais forte é o que se refere ao «Karma»: seremos atraídos para indivíduos em relação aos quais muitas vezes enfrentamos relações com alguns aspectos menos harmoniosos mas essa experiência, por alguma razão, é fundamental para o nosso crescimento como pessoas.

O conhecimento, porém, de todos os pontos fortes e fracos nas nossas interacções pessoais pode ser de uma grande ajuda para aprender a tirar partido dos aspectos positivos e diminuir o impacto daqueles que são negativos.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário