Efeitos do Trânsito de Júpiter e Saturno em 2014-parte 2

aleg

No  próximo dia 18 de junho Júpiter muda de signo, entrando no seu signo de exaltação, Caranguejo. Essa mudança vai originar uma situação astrológica importante, em que os efeitos do trânsito de Júpiter e Saturno  se vão fazer sentir na nossa vida .Trata-se de um momento assinalável, não apenas porque Júpiter estará, durante um ano, no seu signo e exaltação, dando por isso os seus máximos efeitos positivos, mas também porque, durante alguns meses, até ao início de novembro, o outro planeta complementar, Saturno, um planeta de movimento lento que funciona como gatilho do karma nas nossa vidas, também estará no seu signo de exaltação, Balança, concluindo um período de 2 anos e  meio em trânsito neste signo.

A coincidência de estes planetas estarem ambos, por algum tempo, simultaneamente no signo de exaltação e no grau de máxima exaltação  ao mesmo tempo é raro, tendo acontecido pela última vez no Verão (junho) do ano de 1955. Assim, por algum tempo, tanto Júpiter como Saturno poderão produzir  máximos  efeitos  positivos nas áreas da nossa vida que  vão  influenciam no nosso horóscopo.

Durante este período, será o  planeta Saturno a influenciar Júpiter, lançando-lhe  um aspeto de 10ª casa ;  este aspeto terá a sua máxima expressão durante o mês de outubro, altura em que os dois planetas vão formar um  aspeto  próximo dentro da  orbe de 5º. É verdade que, nessa altura, ambos já se terão afastado  do grau máximo de exaltação mas Saturno  ainda permanecerá perto desse grau (que se situa a 20º de Balança) enquanto Júpiter avança rapidamente ao encontro de Saturno, afastando-se desse ponto que se situa a 5º de Caranguejo. (Mas voltará a ele, posteriormente, quando o seu movimento ficar retrógrado.) Saliente-se que Saturno tem permanecido, por vários meses, perto do seu grau máximo de exaltação, nos 22º de Balança.

Agora, que tipo de influência podemos esperar dos dois planetas?

Efeitos combinados do Trânsito de Júpiter e Saturno

Júpiter significa expansão, dinheiro e riqueza, filhos, o cônjuge masculino, o conhecimento e a espiritualidade, o otimismo nas atitudes, etc..  Saturno, por seu lado significa responsabilidade , deveres, estrutura, disciplina e organização, o dar forma material às ideias e aos projetos, trabalho árduo, etc. Ora, quando Júpiter entrar no signo de Caranguejo, a casa do horóscopo onde estiver Júpiter- e que é diferente para cada signo Ascendente– será ativada por Saturno, embora a influência deste sobre Júpiter só aconteça verdadeiramente quando ambos estiverem numa orbe  entre 5º e 0º de distância- o que vai acontecer durante o mês de Outubro. Mas, antes disso, Saturno vai despoletar experiências relacionadas com a casa do horóscopo ocupada pelo signo de Caranguejo. Saturno é uma espécie de «relógio kármico» que aponta  o momento para determinado tipo de experiências aparecerem na vida da pessoa; e Júpiter fá-las aparecer, neste caso, sob a «autoridade» ou a tónica de Saturno.

Por ex., é típico que os nativos com Júpiter forte no seu horóscopo gostem de gastar dinheiro sem pensar muito nisso. Quando Saturno influencia Júpiter, no entanto, faz com que a pessoa tome consciência da necessidade de disciplinar os gastos, ou racionalizar os seus hábitos nessa matéria, ou escolher melhor as coisas em que gasta o seu dinheiro, etc. Saturno chama a atenção para uma atitude mais realista em relação àquilo que podemos fazer ou ter. O natural otimismo de Júpiter esquece muitas vezes que , sendo verdade que podemos aspirar ao infinito, talvez não seja muito aconselhável gastarmos todos os nossos recursos nisso descurando os nossos deveres e responsabilidades imediatas no aqui e agora.  Uma pessoa que não conhece os seus limites também não conhece as suas reais possibilidades e Saturno chama a atenção para a necessidade de conhecermos e aceitarmos os nosso limites para, dessa forma, tirarmos o máximo partido do que podemos ser e ter. E a sua condição de exaltação permite, de acordo com as potencialidades expressas no nosso horóscopo, recebermos aquilo que «nos é devido» agora.

Assim, durante alguns meses, Saturno vai chamar a nossa a tenção para alguma área especial da nossa vida para a qual vão surgir novas oportunidades que poderemos realizar aqui e agora , dentro dos limites deste mundo material  que é aquele onde se desenvolve a nossa vida. Júpiter assegura que, dentro das possibilidades oferecidas pelo karma de cada um, todos podemos receber alguma bênção ou proteção nas áreas de vida que forem tocadas por este trânsito. Porque é esse o papel de Júpiter, dar, proteger e abençoar, seguindo o princípio cósmico da generosidade. Saturno, por sua vez, assegura que as bênçãos que pudermos agora recolher não são totalmente gratuitas, elas resultam do nosso esforço continuado, do nosso trabalho e do nosso merecimento, por termos cumprido com o nosso dever. Se este último aspeto não for observado, duvidamos que se possa verdadeiramente recolher os benefícios deste trânsito porque Saturno não dá nada de forma gratuita, a sua justiça é a de vigiar para que cada um receba exatamente o que lhe é devido por mérito próprio. Se  nós não fizermos a nossa parte, não colhemos os frutos porque é Saturno que comanda os efeitos de Júpiter durante esta parte do trânsito. Esta situação inverter-se-á quando Saturno entrar no signo de Escorpião, no início de novembro, altura em que será Júpiter a lançar o seu aspeto sobre Saturno e a influenciar os seus efeitos, que se farão sentir também por vários meses.

Os efeitos deste trânsito conjunto variam de acordo com a colocação dos planetas em trânsito nas casas do horóscopo (e com a existência ou não de outros planetas colocados nessas casas)  e, como referimos no último artigo, da força dos planetas pela colocação por signo e por casa no horóscopo natal, bem como do período dasha/antardasha que estivermos a experienciar. Para o leitor perceber o que se pode passar, vamos deixar alguns exemplos:

Uma pessoa com o  Ascendente  em Gémeos tem neste momento Saturno a transitar pela sua 5ª casa. Júpiter esteve no último ano no seu Ascendente  a partir do qual lançou um aspeto para Saturno na 5ªcasa, uma casa afortunada e, porque Júpiter é um dos planetas com aspetos especiais, também esteve durante este ano em aspeto com a 9ªcasa. Então, este deve ter sido um período de sorte na vida desta pessoa: os assuntos representados pela 5ª casa floresceram certamente pois estava na hora de a pessoa recolher os frutos kármicos relacionados com esta área de vida. Dependendo do contexto de vida de cada um e da sua idade, esta pessoa pode ter tido sucesso nos seus estudos académicos, pode ter  tido a oportunidade de estudar no estrangeiro em condições de privilégio , pode ter tido sorte ao jogo ou em alguma atividade especulativa, pode ter-se apaixonado  (5ª casa) por alguém que simultaneamente abriu os seus horizontes para outras crenças, costumes, culturas, (9ª casa), pode ter visto reconhecido algum projeto inovador e criativo (5ª casa) e isso pode ter-lhe mostrado um novo propósito de vida, aumentado o seu estatuto, (1ª casa) etc. O que se passou aqui foi que Saturno marcou o momento no tempo em que esta pessoa deveria «receber o que lhe era devido» e, porque Júpiter estava em aspeto com Saturno e com as duas casas da sorte, a 5ª e a 9ª, Júpiter trouxe para a sua vida todos esses efeitos.

Uma outra pessoa com o Ascendente em Caranguejo tem Saturno no signo de exaltação, Balança, a transitar pela sua 4ª casa que significa, entre outras coisas, propriedades móveis e imóveis, terras, veículos, etc, para além de significar a felicidade subjetiva da pessoa, o seu «lar emocional». Júpiter, no signo de Gémeos, ocupa a sua 12ª casa e, embora lance aspeto para a 4ª casa, e para Saturno, a verdade é que permite a aquisição de bens e propriedades, se for essa a vontade da pessoa mas nega o sentimento de felicidade subjetiva pois inevitavelmente a pessoa sente-se isolada e essa solidão não permite o seu bem estar emocional interno.

Um outra pessoa com Ascendente Carneiro  tem Saturno a transitar pela 7ª casa , no signo de exaltação, enquanto Júpiter tem estado, no último ano, em Gémeos na sua 3ª casa.  A presença de Saturno nos dois últimos anos na 7ª casa ativou o «relógio kármico» para eventos  que esta pessoa pode experienciar relacionados com esta casa: ela significa o casamento mas também outras parcerias, a relação com países estrangeiros, etc. Se for desejo da pessoa casar nesta altura, e se as potencialidades de relacionamento do seu horóscopo apoiarem esse desejo (a 3ª casa é uma casa de desejos), o casamento pode de facto ocorrer durante este período de dois anos e meio em que dura o trânsito de Saturno.

No que se refere aos trânsitos, podemos escolher, na Astrologia Jyotish, duas formas diferentes de análise, ambas aceites por Parashara, o mestre que estabeleceu a maioria dos princípios aceites na Jyotish: podemos contar as casas a partir do Ascendente, e este é o modo considerado por muitos astrólogos como o mais importante pois o Ascendente marca o nascimento da nossa individualidade aqui na Terra mas também podemos, complementarmente, contar os trânsitos a partir da posição da Lua que também  tem uma relação muito estreita com o nosso destino individual em termos cósmicos. Fazer esta dupla análise- a partir do Ascendente e a partir da posição da Lua que conta como a 1ª casa nessa «carta lunar» – pode ajudar-nos a perceber vários tipos de acontecimentos que surgem por vezes em simultâneo mas que não estão relacionados com as áreas  de vida que, tendo em conta a análise dos trânsitos para um certo Ascendente, esperaríamos mas tem a ver com  as casas que são ocupadas por Júpiter e Saturno quando as contamos a partir da Lua.

No próximo artigo vamos tentar dar uma breve referência das experiências que podem ser ativadas pelo novo trânsito de Júpiter e Saturno para cada signo Ascendente. Por razões óbvias, não poderemos fazer essa abordagem em relação aos trânsitos contados a partir da posição da Lua pois, para cada Ascendente ,a Lua pode estar em qualquer uma das 12 casas do horóscopo. Mas exemplificaremos para que o(a)  leitor (a) que   tem a sua carta astrológica de nascimento possa fazer essa leitura por si próprio (a).

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário