Pedras e Cristais, Calcedónia

calc

A Calcedónia é uma variedade de quartzo que ocorre  numa grande variedade de cores. Na verdade, este nome designa um grupo de minerais, nos quais encontramos pedras bem conhecidas como a carneliana, a pedra Mosha, onix, Pedra do Sangue (bloodstone), aventurina, ágatas, crisoprazo, sardonix,  que, pela sua importância, merecem artigos autónomos.

A primeira referência conhecida da Calcedónia foi feita por Plínio o Velho na obra Naturalis Historia. Esta pedra foi encontrada no palácio de Knossos  e em Creta, em selos datando de 1800 anos a.c.. Sabemos que esta pedra era usada na zona do Mediterrâneo na Idade do Bronze.

A Calcedónia é uma pedra comum, encontrando-se nos USA, Áustria, República Checa, Islândia, México, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, Turquia, Rússia e Brasil. Forma-se a partir de fibras paralelas de quartzo, possuindo um brilho acerado e formando bandas coloridas. Encontra-se numa variedade de cores: azul-branco, amarelo, bronze claro, azul, alfazema, rosa, branco, vermelho ou castanho. Nas florestas petrificadas do deserto do sudoeste americano, em muitas árvores o tecido original foi substituído por Calcedónia na formação de madeira petrificada,  formando réplicas das árvores originais com cores extraordinárias. Alguns belos exemplares destas árvores podem ser vistos no Parque Nacional da Floresta Petrificada do Arizona. Esta pedra era considerada sagrada  pelos nativos índios norte-americanos, que a usavam nas cerimónias  sagradas, para promover a estabilidade.

bran

Quanto às suas propriedades metafísicas, a Calcedónia é uma poderosa pedra de limpeza das energias negativas, dissipando-as e promovendo o sentimento de união, de generosidade e de boa vontade. Segundo a Tradição, esta pedra é capaz de fazer superar a tristeza e a depressão, levando a pessoa a ver uma solução disponível, quando tudo  parecia perdido  e dá força para continuar . É uma pedra de conforto. Diz-se que, se sussurrarmos as nossas tristezas a uma Calcedónia e a seguir a colocarmos numa tigela com água à Luz da Lua, a tristeza irá desaparecer e o desgosto da pessoa será lavado.

A Calcedónia é também uma pedra de nutrição, encorajando a harmonia, a benevolência ,a generosidade e também a humildade. Aumenta o equilíbrio emocional, a capacidade de resistência  da pessoa e promove sentimentos que fazem surgir o desejo de ajudar os outros, bem como a amizade. Esta pedra é tida como afastando os sentimentos de hostilidade dos outros com quem nos confrontamos, a irritabilidade e a melancolia, substituindo-os por alegria e jovialidade. Afirma-se que é também uma pedra que ajuda na transmissão de pensamento (telepatia), contribuindo para a pessoa permanecer aberta  e positiva. Esta é uma pedra excelente para as interações de grupo pois ajuda a manter a cooperação e a boa vontade entre os intervenientes, o sentimento de companheirismo e a estabilidade dos relacionamentos em grupo. Segundo se diz, é uma das pedras melhores para nos ajudar a ultrapassar sonhos maus ou pesadelos.

ros

Na terapia com cristais, a Calcedónia  é usada para limpar, considerando-se que é eficaz mesmo em feridas abertas. Considera-se que estimula a lactação nas mulheres a amamentar e incentiva  o «instinto» maternal. Aumenta a força física, sendo usada por alguns terapeutas para reduzir os efeitos da senilidade e da demência. Também é usada para curar problemas nos olhos, na vesícula biliar,nos ossos, baço, sistema circulatório e no sangue.

enc

A Calcedónia adquire propriedades específicas a partir das cores com que se apresenta. Deixamos alguns exemplos :

Calcedónia AzulAssocia-se ao chakra da garganta  e, tal como este, ajuda a comunicação, tanto na produção de mensagens como também no ouvir. Estimula e melhora as capacidades ligadas à destreza mental e à comunicação, à aprendizagem e à memória. Estimula a criatividade e a aceitação de novas ideias e situações; encoraja o otimismo e uma visão menos pesada da vida. Na terapia dos cristais, ajuda a aliviar dores de cabeça, a diminuir a pressão arterial, nas  inflamações e glaucoma.

Calcedónia Rosa- Associa-se ao chakra cardíaco. Ajuda a curar emocionalmente a nossa criança interior e encoraja a bondade, a confiança e a empatia. Leva a ver as coisas através do coração. Estimula o desejo de aprender coisas novas. Ajuda nas desordens psicossomáticas. Suaviza a raiva e toda a energia negativa. Leva ao abandono das defesas excessivas e promove a confiança, a calma e as atitudes positivas.

Calcedónia Vermelha Associa-se ao chakra da raiz, liga-se ao movimento e à motivação, incentiva a coragem e a segurança, o amor  e a vontade de poder. Aumenta a confiança pessoal e a força da pessoa, estimula e dá energia.

Por todas as suas características, a Calcedónia merece um lugar especial na sua coleção. Como sempre, não se esqueça de limpar  o seu exemplar, e de o programar. Depois, é só trazê-la consigo.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário