Personalidade Básica com Ascendente Sagitário,Lua Escorpião e Sol Caranguejo

esc

Os nossos leitores pedem e nós respondemos, apresentando mais uma personalidade básica .

signo Sagitário é um signo de reconciliação, de ligação entre opostos: o finito e o infinito, o material e o espiritual, a Natureza e a cultura. Por isso é também um dos mais tolerantes em relação às diferenças entre os povos e os indivíduos. Sagitário aspira a fazer a ligação entre cada uma das partes e o todo universal,  o seu impulso é de integração e de síntese. Procura ver a moldura completa da realidade, antes de se pronunciar sobre ela. Estas características dão aos nativos que nascem sob este signo uma capacidade de compreensão que está habitualmente acima da média. Sagitário não se perde nas pequenas coisas que dividem e separam objetos e seres, procura encontrar sempre pontos de união que mostrem que, para lá da aparência da multiplicidade, existe a unidade essencial entre todos os seres. E esta qualidade dá-lhe a sabedoria pela qual é conhecido e respeitado.

Mas, para além desta mentalidade filosófica e do amor pelo conhecimento das causas profundas das coisas, o nativo de Sagitário tem uma abordagem expansiva da vida por excelência. Este traço revela-se de imediato na sua necessidade de espaço e de liberdade, na aversão por todos os limites e pela fixidez das estruturas de vida: precisa de ter sempre disponível  o movimento potencial que conduz à mudança, seja de lugar, de modo de ser, de residência ou de emprego. Para respirar, este nativo tem que «estar sempre em aberto», aberto ao futuro e às suas potencialidades de ser. Isto porque, no seu âmago mutável, Sagitário deseja continuamente transcender-se e mudar para um outro estado, mais perto do Absoluto. Esta utopia que habita no imaginário dos nativos de Sagitário fá-los identificarem-se com o «vagabundo» sem raízes fixas em lugar nenhum e sem prisões, nem internas nem externas. Deste modo, este não  é o signo mais vocacionado para se estabelecer e «assentar» e , quando os nativos exprimem as características mais puras do signo, é difícil encontrá-los num estilo de vida convencional, vivendo uma vida familiar e tendo um emprego previsível. Mesmo quando são conservadores, procuram sempre um escape da realidade imediata e das suas obrigações certas e inadiáveis, muitas vezes escolhendo viver num país estrangeiro e deixando a família no pais de origem, visitando-os intermitentemente, ou  adotando a prática de  um desporto que lhes permita de algum modo sentir a liberdade de ser e de se movimentar  sem saber qual o destino final.

Os  nativos com Ascendente Sagitário  aborrecem-se sempre que têm que cumprir rotinas na sua vida diária e perdem completamente o viço quando não encontram forma de se libertar disso. O mesmo acontece com a vida amorosa, perdem o interesse logo que esta cai na previsibilidade e na rotina, gostam de fazer coisas novas  e imprevisíveis e adoram o sentido da aventura, de explorar caminhos novos ( e esta característica pode exprimir-se, em alguns, pela troca frequente de parceiro). Ainda assim, não se pode dizer que estas pessoas não dão importância ao dinheiro e às formas de o ganhar. Na verdade dão e muito e não é raro encontrá-los a gastar mais do que, efetivamente, o seu orçamento lhes permite( característica associada ao regente do signo, Júpiter, que cria muitas vezes a chamada «mania das grandezas»). Porém, se tiverem que escolher entre um emprego muito bem remunerado mas rotineiro e um outro mais incerto e menos compensador mas que lhes permite liberdade de movimentos  e alguma criatividade, não hesitam e escolhem o último. Porque, acima de tudo, estas pessoas definem-se pelos princípios e pelos valores em que acreditam e procuram viver de acordo com eles.

Quando, ao Ascendente Sagitário, se junta a Lua no signo de Escorpião a primeira coisa que salta à vista é que  estes dois signos não se misturam facilmente em termos energéticos, pois o Fogo de Sagitário é apagado pela Água de Escorpião. No entanto, os regentes dos signos, Júpiter  e Marte, são amigos e esse fator melhora a associação entre estes dois signos. Na verdade, o signo de Escorpião aprofunda as capacidades de intuição e de apreensão profunda das causas das coisas; Escorpião escava até ao fundo da escuridão através da qual emerge a aparência das coisas, vê no limite dessa aparência a sua  origem e  qual é a sua verdadeira causa- distingue e reconhece tanto a causa como a aparência e isso faz dele um exímio conhecedor dos seres humanos, pois estes habitualmente dissimulam as suas emoções , desejos e intenções, revelando apenas aquilo que interessa aos seus objetivos. Ora, Sagitário tem uma «cegueira» natural para tudo o que está dissimulado pois o seu desejo de ser puro e verdadeiro leva-o a descurar a existência da mentira e do mal e o seu otimismo fá-lo convencer-se de que os outros são como ele (pelo menos até ser atingido pela sua suposição). Assim, o natural conhecimento que Escorpião tem de todas as manipulações emocionais acaba por ser de extrema utilidade para esta personalidade ser capaz de uma abordagem mais  equilibrada em relação aos outros com quem interage. E esta capacidade de antever e de  esperar qualquer forma de manipulação ou de desonestidade por parte dos outros  arma esta personalidade de uma visão mais correta acerca do mundo humano das intenções e dos desejos, tanto os declarados como os escondidos.

A Lua ocupa a 12ª casa e esta colocação retira alguma expansividade e otimismo à personalidade, tornando-a mais reservada e desconfiada em relação aos outros. Este nativo aprende assim a não ligar apenas à união que dá unidade a todos os pormenores mas fixa também os pequenos gestos, palavras ou atos que revelam o contrário do que as palavras e os gestos abertos querem dizer. Esta pessoa continua a apreciar os grandes espaços mas o primeiro que aprecia e do qual não abre mão é a sua reserva de intimidade, o seu espaço interior e o seu mundo pessoal que não revela a qualquer um.

Quando a Lua está colocada na 12ª casa, muitas vezes isso significa uma infância isolada afetivamente, separada do amor e da proteção materna que, por alguma razão não foi  assegurado devidamente. Estes nativos crescem assim mais depressa internamente, pois tiveram que desenvolver sozinhos um sentimento de segurança e de autoconfiança porque só puderam verdadeiramente contar consigo próprios. Para alguns, esta experiência pode ser difícil de superar, mesmo na vida adulta, gerando comportamentos em que a pessoa não se abre nunca completamente e nunca se dá inteiramente a ninguém, nem mesmo quando ama essa pessoa. Por outro lado, esta posição da lua pode indicar problemas de saúde durante a infância ou revela que a mãe  pode ter  tido dificuldades na sua vida e também pode morrer mais cedo do que seria de esperar.

A colocação da Lua na 12ª casa não é fácil também porque muitas vezes indica ausência de paz mental e muitas dificuldades e preocupações ao longo da vida, causadas por inimigos, sobretudo mulheres. Assim, pode ser difícil para esta pessoa ser feliz, também porque ela pode ser tomada por um sentimento de solidão que nunca passa, nem mesmo quando acompanhada por outras pessoas  e nem mesmo  vivendo com elas.  Por outro lado, esta colocação da Lua indica um  grande potencial de crescimento espiritual.

Quando, a esta configuração do Ascendente em Sagitário e da Lua em  Escorpião se associa o Sol no signo de Caranguejo, temos uma ligação forte e imediata entre o signo da Lua e o signo do Sol. São ambos signos do elemento Água  e as suas energias complementam-se muito bem. Porém, a colocação do Sol e da Lua em signos de Água  torna esta personalidade muito mais introvertida do que seria de esperar num nativo com Ascendente Sagitário.  A Lua em Escorpião e o Sol em Caranguejo fazem com que uma boa parte da espontaneidade desta pessoa deixe de existir para ser comprimida e controlada pois Escorpião não revela os seus sentimentos e emoções de forma fácil, esconde-os em formas estilizadas de convivência social: é muito difícil saber o que uma pessoa com Lua em Escorpião pensa verdadeiramente, sobretudo porque ela para a impulsividade de Sagitário e transforma-a numa forma controlada e calculada de expressão que só diz o que efetivamente ela quer dizer e silencia na maior parte das vezes o que poderia ser demasiado para o seu sentimento de defesa e de segurança, deixar ver.

Agora, o Sol está colocado na 8ª casa do horóscopoTemos assim a Lua colocada na 12ª casa e o Sol na 8ª. A conclusão imediata que temos que tirar é que esta pessoa tem como missão de vida o desenvolvimento espiritual e a procura do conhecimento metafísico, mais do que a expansão material no mundo. É uma buscadora da verdade espiritual da vida. Porém, isto indica um padrão que reforça o que dissemos antes acerca da Lua: a infância desta pessoa pode ter sido difícil pois também a relação com o pai pode ter sido difícil ou este pode ter sofrido grandes dificuldades e pode também ter morrido cedo.

Este nativo tem  também muitas vezes problemas de visão e podem existir doenças crónicas.  Esta colocação do Sol também indica poucos filhos e pode haver problemas de ordem familiar. Os nativos que têm esta posição revelam frequentemente capacidades psíquicas e um enorme fascínio pelos estudo de coisas secretas. Também se encontram muitos a investigar e a trabalhar sobre assuntos secretos ou reservados. Uma carreira de investigação pode ser  bem sucedida até porque as capacidades de intuição são fortemente reforçadas com esta posição. Se a 8ª casa não receber maus aspetos, este nativo pode receber legados ou heranças. E, em caso de divórcio, pode obter excelentes pensões ou indemnizações.  No entanto, enquanto regente da 9ª casa colocado na maléfica 8ª casa, o Sol aqui tende a obstruir a sorte da pessoa.

Sol em Caranguejo  torna esta personalidade muito apegada à família e ao seu círculo próximo e a Lua em Escorpião dá-lhe o desejo de posse e de controlo da vida familiar. A menos que Júpiter , o regente do Ascendente, esteja forte e bem colocado, é possível que o desligamento habitual de Sagitário seja substituído pelo desejo de manter uma família  que seja capaz de assegurar a necessidade de segurança emocional de que esta personalidade carece  e que talvez nunca tenha tido, verdadeiramente. Porém, a própria história individual de isolamento emocional pode ser um obstáculo a uma verdadeira comunhão  saudável e sem constrangimentos, com uma família começada pelo nativo. Ao mesmo tempo que deseja ter a sua «família perfeita» quererá controlá-la e orientá-la, mesmo que com as «melhores intenções» e isso pode ser a porta perfeita para o desencontro e para a perpetuação do seu sentimento de separação inicial. Precisa assim de pôr em ação as características de Sagitário e do seu respeito pela liberdade- sua e dos outros- para poder alcançar a felicidade no plano emocional.

8 opiniões sobre “Personalidade Básica com Ascendente Sagitário,Lua Escorpião e Sol Caranguejo”

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário