Personalidade Básica Ascendente Peixes Lua Aquário e Sol Leão

aqu

Publicamos, a pedido dos leitores, mais uma personalidade básica, com  uma combinação entre o elemento Água, Ar e Fogo. Dos três, o elemento Água do Ascendente é o único que não se mistura harmoniosamente com os restantes, podendo haver dissonâncias na forma como esta energia se exprime relativamente às energias do Sol e da Lua.

O Ascendente no signo de Peixes indica uma pessoa com uma natureza fortemente emotiva, criativa, com um grande poder de imaginação. É uma pessoa que tem mais facilidade em viver num tempo alternativo- o passado, tal como registado nos documentos da História ou nos artefactos da Arqueologia ou dos Museus, ou o futuro que pode ser criado através do engenho da criação como acontece nos romances, no cinema; ou ainda um tempo alternativo que nem é passado nem aspira a sê-lo- é simplesmente ficção, como o que aparece na  narrativa da expressão dramática do ator , do romancista, do criador de mundos de fantasia como nos jogos, etc. A única realidade na qual estas pessoas têm dificuldade em integrar-se é mesmo a do presente,  o «aqui e agora»  com todas as suas obrigações e deveres. A vida prática com os seus pequenos problemas é difícil de encarar para estas pessoas, ainda que a segurança material seja objeto de preocupação da sua parte. Mas preferem depender de outros , sempre que podem, para esse efeito.

Os nativos de Peixes têm dificuldade em viver num mundo em que a eficácia da organização está associada a uma espécie de mecanismo de relógio. A organização racional fechada em que está muito presente o «lugar próprio»   de cada objeto, sem deixar uma porta, por pequena que seja, aberta para o desconhecido e para algo que transcenda tudo isso, é simplesmente muito difícil  de encarar e estas pessoas têm dificuldade em  adaptar-se a estes ambientes muito estruturados. A razão é que, para elas, o «presente» é apenas um dos lados da realidade e, justamente, o lado menos importante ou aparente: elas estão focadas em algo que é ainda inatingível mas que a alma lhes pede para tentarem tocar. E é essa dinâmica que as faz sentir entusiasmo pela vida e por aquilo que fazem neste mundo.

Em todas as experiências que vive, o nativo de Peixes está dividido entre aquilo que os sentidos lhe mostram e um caminho que é aberto pela sua imaginação e pelo seu sentir. O seu é um mundo em que o sonho, o devaneio ou a fantasia vão criando em  cada momento a força e o entusiasmo como elemento impulsionador que os faz querer viver e ir mais além: é o desejo do absoluto e do transcendente, vivido na ilusão do grande amor que desejam encontrar e que preencherá completamente as suas vidas ; ou no impulso irresistível para ajudarem uma causa, um grupo de pessoas ou simplesmente a primeira pessoa com cujo sofrimento se deparam ao primeiro olhar e que os faz saltar, como uma mola, mergulhando a fundo para se envolverem na missão de diminuir esse sofrimento, mesmo que para isso tenham que sacrificar alguma coisa de si próprios. Em todas estas tendências, é a mesma, a fome de transcendência e de absoluto, o desejo de se superarem a si mesmos para se encontrarem na sua verdadeira essência, que é a divina, que move estas pessoas.

Este anseio torna difícil viver uma vida com muitas obrigações terrenas ligadas ao quotidiano. Por isso , frequentemente , estes nativos sentem-se atraídos por pessoas que os substituem nesta área de vida para poderem continuar a alimentar-se interiormente de experiências relacionadas com o lado mais espiritual da vida.

Quando , ao Ascendente no signo de Peixes se associa a Lua no signo de Aquário, a tendência para se desligar da realidade é ainda mais pronunciada. Esta é, definitivamente, uma pessoa «distraída» que gosta de se alhear do imediato para pensar, imaginar, escrever. Esta pessoa pode ter interesse no estudo da Filosofia , da Metafísica ou Religião, podendo passar muito tempo a investigar as causas e os fundamentos da realidade em geral; pensa, para se sentir segura. E é capaz de pensar com o coração (Peixes) e com a Razão (Aquário).  É também alguém motivado pelos problemas sociais e da Humanidade, preferindo focar-se nos grandes problemas e questões do coletivo a situar-se em si mesma e nas suas necessidades imediatas. Pode haver dificuldade  e pouco à vontade em  lidar com a identidade pessoal e pode mesmo ser muito difícil para esta pessoa «saber quem é» ou ter uma imagem bem definida de si mesma. Prefere habitualmente diluir-se num qualquer grupo ou coletivo, associando-se a  ideias, causas,  objetivos que são caros  a um grupo ideológico ou religioso. Mais do que desenvolver opiniões pessoais e uma visão singular do mundo, esta pessoa identifica-se com a visão de um determinado grupo, seja este um grupo de caráter humanitário, religioso ou político.

Uma vez identificada com a visão do mundo de um grupo ou comunidade, esta personalidade básica pode ser bastante dogmática nos seus pontos de vista, identificando valores com a verdade única que é capaz  de aceitar.

A Lua em Aquário inclina o nativo para o pensamento abstrato, para a procura de conceitos e de teorias que tornem a visão do mundo  coerente e capaz de ser aceite pela mente , os eventos são aceites na medida em que são justificáveis em termos lógicos e numa ótica global.

A Lua rege a 5ª casa  e está colocada na 12ª casa.  A colocação da Lua na casa do segredo e das perdas pode indicar uma tendência acentuada para a depressão e é uma posição desfavorável para  a relação com os filhos e para as relações amorosas, que tendem a ser pouco felizes. Pode indicar uma tendência ascética em que a pessoa procura o desenvolvimento espiritual afastando-se do mundo e entrando numa comunidade do tipo monástico ou na qual se sente segura e com cujos valores se identifica. Por outro lado, a colocação da Lua na 12º casa pode indicar uma relação difícil com a mãe nos primeiros tempos de vida, na qual esta não permitiu o desenvolvimento de um verdadeiro sentimento de proteção e em que a perceção de não se ser amado foi uma realidade perturbadora que afeta a capacidade de a pessoa, na vida adulta, confiar verdadeiramente nos outros e se «render» perante os seus sentimentos. Esta característica, associada à colocação da Lua no signo Aquário  torna a expressão emocional difícil, reprimida ou mascarada de frieza e de distanciação: quanto mais se sentir frágil pela dependência afetiva em relação a outros, maior será a frieza com que reagirá e se comportará na interação com essas  pessoas. Pode haver, deste modo, um padrão afetivo no qual esta pessoa sente necessidade de laços afetivos fortes com um parceiro, a nível pessoal, mas cujos bloqueios interiores a levam a ser apenas capaz de manter relacionamentos impessoais a nível coletivo, devido a feridas emocionais que guarda da infância e que não lhe permitem a entrega fácil da sua vulnerabilidade emocional. É mais fácil entregar-se a uma causa anónima e impessoal do que colocar a sua identidade indefesa em exposição ao sofrimento potencial que os outros lhe poderão causar.

Quando, ao Ascendente no signo de Peixes e à Lua em Aquário se associa o Sol no signo de Leão,  temos uma configuração interessante, em primeiro lugar porque a Lua e o Sol estão em signos opostos,  criando por isso uma dinâmica importante no desenvolvimento pessoal entre a identidade individual e o seu entrelaçamento com a identidade coletiva. Parece-nos que uma das lições fundamentais da vida desta personalidade básica será certamente atrever-se a desenvolver a sua singularidade pessoal, através da aprendizagem proporcionada simultaneamente pela ligação com o coletivo e com valores universais. Se tal aprendizagem for bem conseguida, temos aqui um excelente potencial de desenvolvimento em que a mesma pessoa encontra em si mesma os recursos, tanto para a sua ligação profunda com o plano universal e coletivo, como para a sua expressão pessoal única. Não se trata de optar por uma delas, trata-se de integrar ambas na sua expressão essencial.

O Sol em Leão chama a atenção  para a riqueza da identidade e da criatividade individuais. Lembra que, se somos  unos com o coletivo, não é menos verdade que somos mais do que essa identificação, somos uma centelha com experiências únicas e uma abordagem única da vida e das coisas e não só temos o direito a essa expressão que é apenas nossa como temos o dever de não a negligenciar: o plano cósmico não é composto de uma amálgama informe de seres, ele é a dinâmica de milhões de singularidades enriquecendo o todo universal com a sua perspetiva única que dá sentido à totalidade . E é dever de cada um garantir a sua singularidade. Sem se fechar aos outros, mas sem se diluir e desaparecer neles.

 O Sol rege a 6ª casa, uma casa de serviço que revela que, para esta personalidade, ser único é poder prestar um serviço melhor aos outros  e que as  responsabilidades do presente fazem parte da nossa aprendizagem no caminho do aperfeiçoamento pessoal. Está colocado no próprio signo, na 6ª casa, o que indica, desde que esteja forte, sucesso no domínio das tarefas mundanas do quotidiano, sucesso na garantia do sustento, pela obtenção de um bom emprego, e vitória sobre os inimigos e opositores. Esta pessoa nasceu talhada para vencer os obstáculos da vida e para trabalhar duramente, se tal for necessário, para atingir os seus objetivos. Pode mesmo acontecer alcançar fama e bastante poder, incluindo na esfera da política. Desde que o Sol não receba maus aspetos, a saúde é forte e esta pessoa tem uma boa capacidade de afirmação, podendo ser um líder carismático.

A colocação do Sol na 6ª casa pode inclinar para o desejo de autoaperfeiçoamento,  e dá  sorte para levar a melhor sobre os oponentes. Permite, ao mesmo tempo, que esta pessoa ultrapasse a indecisão e a insegurança do signo do Ascendente, com a determinação de alguém que não foge à luta sempre que esta é necessária e reconhece o conflito, tanto interno como externo, como um caminho importante que visa o autoaperfeiçoamento pessoal. As relações com todos os subordinados, colegas de trabalho ou empregados favorecem  os seus ganhos  e aumentam o seu prestígio e reputação.

Esta personalidade básica  encerra um grande potencial de desenvolvimento e evolução, permitindo aos nativos com bloqueios emocionais trazidos do passado desenvolver um esforço  real e bem sucedido para os superar e vencer na vida, aprendendo a integrar-se  no todo coletivo sem deixar de se exprimir como indivíduo singular.

2 opiniões sobre “Personalidade Básica Ascendente Peixes Lua Aquário e Sol Leão”

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário