Personalidade Básica Ascendente Carneiro Lua Peixes e Sol Aquário

newm

Voltamos a responder aos pedidos dos leitores hoje com a  análise de uma personalidade básica que é composta pelos elementos Fogo, Água e Ar.

O Ascendente no signo Carneiro indica uma personalidade impetuosa, entusiasta, impaciente, sempre pronta para a ação. É impossível manter estes nativos numa vida rotineira e monótona ou fazer  com que se adaptem a um estilo de vida pachorrento pois a velocidade de movimento é uma necessidade básica destas pessoas que não conseguem estar quietas.

Anseiam por aventura, por andar por aí no mundo, descobrir  novas experiências e enfrentar todos os riscos da vida terrena. Possuem uma enorme vitalidade física que os impele para agir, o que fazem, geralmente, sem se deterem em grandes planeamentos prévios. Este é um signo de ação, leva à descoberta da vida através do agir.

Uma outra faceta importante deste signo é que ele representa o nascimento do «eu», através da sua interação primeira com o mundo. Em consequência, estas pessoas são muito concentradas em si mesmas e dão pouca ou nenhuma importância ao «outro»- a sua forma de interagir , tanto com a realidade do mundo externo como com os outros tem sempre a finalidade, consciente ou inconsciente, de se apreenderem a si mesmas , de modo que são em geral vistos pelos outros como egoístas e exclusivamente interessadas em si próprias. Isto é em grande parte verdade, e esta característica é acentuada pelo espírito competitivo que faz com que, sempre que estão perante outros, tentem superá-los de modo a sobressair como melhores , como únicas, vitoriosas, líderes incontestadas, etc. Este aspeto explica porque é que estas pessoas se dão tão bem no mundo do desporto, dos negócios em que sobem a pulso, etc.

Outra característica importante da sua personalidade é a incapacidade de valorizar as coisas que «não dão luta». Só aquilo que é conquistado após vencer dificuldades «vale realmente a pena» e é objeto da sua estima e consideração. Precisam de sentir a estamina causada pela resistência- dos outros ou da realidade- aos seus esforços para sentirem interesse e se empenharem em alcançar alguma coisa. Este espírito de conquista manifesta-se em todas as áreas da sua vida, inclusivamente no romance . Assim, apenas os parceiros que lhes oferecem resistência e lhes dão a oportunidade da conquista podem motivar e provocar o seu interesse. É verdade que, uma vez conquistados, se o seu comportamento for demasiado servil ou «obediente», deixam de imediato de suscitar interesse ou paixão.  Estes nativos são orgulhosos    e precisam também de sentir orgulho das pessoas que merecem o seu interesse ou paixão e, se isso não acontece, os sentimentos de menosprezo que não conseguem impedir, destroem qualquer possibilidade de relacionamento duradouro.  Estas pessoas não são dadas ao compromisso, no sentido de aceitarem  estabelecer uma parceria na qual reconheçam  qualquer estatuto de igualdade. Tanto em relação a parceiros de negócios como amorosos, eles estão sempre no topo e os parceiros são sempre «subordinados». Isto não invalida, é claro, que se sintam atraídos por pessoas que manifestam as qualidades emocionais que eles têm dificuldade em exprimir. Mas, pelo menos durante toda a juventude, é quase impossível para eles estabelecer relacionamentos equilibrados com alguém sobretudo no plano amoroso, pois  procuram , antes de mais, satisfazer as próprias necessidades e, em seguida, vão á sua vida, sem passado e sem remorsos.

Quando, ao Ascendente Carneiro se associa a Lua em Peixes , as características de Carneiro alternam com uma faceta completamente distinta. Apesar de  o signo Peixes também gostar de «vaguear» e ter dificuldade em «estar sempre no mesmo sítio», tendo também  o gosto pela aventura e, talvez, pelas viagens ou uma vida errante, as necessidades emocionais tornam-se mais fortes e a sensibilidade aos outros também. Não é porém uma sensibilidade que se traduza necessariamente na relação com alguém em particular mas uma sensibilidade universal, dirigida ao conjunto dos seres, à comunidade humana, aos que são mais frágeis, etc.. Peixes faz sentir compaixão pela condição mortal dos seres, pela dor e pelo sofrimento que afeta a existência terena e, por isso, leva esta personalidade básica a reduzir o seu sentimento de invulnerabilidade pois a Lua em Peixes sabe que a condição mais básica desta existência é a sua «possibilidade de sofrer». Deste modo, humaniza a energia de Carneiro e faz-lhe perceber que todas as lutas no mundo para vencer e se tornar um «herói» são em boa parte ilusórias: no final, nada dura para sempre neste plano e todas as conquistas se esboroarão com o terminar da existência. Assim, esta combinação permite que o desenvolvimento do eu e da sua ação se faça, não apenas pela procura de uma «auto glorificação» através dos próprios feitos   mas também tendo em conta o processo mais profundo do desenvolvimento da vida , levantando  o primeiro véu da espiritualidade e fazendo ver a sua importância.

A Lua rege a 4ª casa e está colocada na 12ª. Esta posição da Lua confirma o que dissemos no parágrafo anterior pois não favorece as conquistas no mundo material indicando até muitas vezes infelicidade subjetiva, poucos bens próprios, incluindo carro, casa, bens de conforto, possíveis dificuldades em prosseguir uma educação superior, relação difícil com a mãe ou ausência desta, o que pode ser muito duro para o Ascendente Carneiro, que tende a considerar «ter direito» às condições melhores da existência. A mãe pode, além disso ter morte prematura ou ser doente, ou ter uma vida muito difícil que não lhe permite prestar atenção devida à criança. Porém, é uma excelente colocação para o desenvolvimento espiritual, que é sem dúvida uma das lições fundamentais de vida desta personalidade: a conquista que vale realmente a pena é a do espírito, não a do poder mundano e das suas  aparentes glórias.

A Lua está colocada na 12ª casa. Para um Ascendente tão extrovertido como Carneiro, é uma posição difícil, ainda que a natural introversão da Lua em Peixes compense esse aspeto, pelo menos potencialmente. Durante a infância há muitas vezes problemas de saúde, havendo algumas vezes também alguma deformidade física. A relação com a mãe, como referido, é problemática ou ausente. Pode haver muita dificuldade em alcançar alguma paz mental, devido ao natural nervosismo de Carneiro e a pessoa pode sentir um sentimento de fundo de «mal estar»  muito frequente, sentindo-se oprimida ou bloqueada pela vida.  As mulheres são também muitas vezes causa de sofrimento e dificuldades ao longo da vida. Alguns  podem ter problemas de visão e  inimigos a causar problemas e a dificultar o acesso à riqueza, fama e felicidade mundana. Esta é, no entanto, uma posição que favorece muito o desenvolvimento espiritual da pessoa, que pode realmente ser maior do que na maioria. As viagens para lugares longínquos podem ser uma realidade  e podem ser fonte de grande inspiração espiritual.  A vida emocional é, porém, muitas vezes difícil, sendo comum o sentimento de não se ser amado.

Quando, à combinação do Ascendente Carneiro e Lua  em Peixes se associa o Sol em Aquário, temos uma combinação harmoniosa entre o signo Ascendente e o signo do Sol. O sol no signo Aquário é porém muito diferente, nas suas características, do signo Carneiro: enquanto este foca todas as experiências na ação concreta individual, o Sol em Aquário harmoniza-se mais com a natureza universalista que também é manifestada pela Lua em Peixes. Aquilo que o Ascendente Carneiro procura concentrar em si mesmo e na perceção de si, Aquário e Peixes procuram transcender para o coletivo, para o outro impessoal da Humanidade e da abstração dos seres em geral.  Esta dispersão das energias subjetivas pode ser problemática de vivenciar, provocando dificuldades  em formar uma imagem clara  de  si mesmo. «Quem sou eu» não é uma pergunta fácil de responder para esta personalidade que pode alternar a perceção individual dos si através dos desejos e do que «quer» alcançar num certo momento com a perceção difusa da sua relação com um plano coletivo cujos contornos não são sempre claros nem visíveis.

O Sol em Aquário acentua a faceta de «pensador» desta personalidade e pode também expandir um desejo altruísta de ajudar o coletivo, tornando-se, de alguma maneira «um (a) herói (na) para a sua comunidade de pertença. Mas nem sempre este foco «nos outros»   é pacífico ou fácil, pois a tendência para se ocupar de si mesmo (a) em exclusivo também habita esta personalidade.

O Sol rege a 5ª casa e está colocado na 6ª. A 6ª casa é uma casa de serviço mas é também sinónimo de conflitos e problemas: com os filhos , com os parceiros amorosos. Assim, poderá haver facilidade em levar a cabo interações no plano impessoal e/ou institucional, nos quais as emoções individuais não estão envolvidas mas ser difícil  o relacionamento na esfera individual devido a fatores kármicos trazidos para esta existência.  Pode haver benefícios a partir de tios maternos e  esta é também uma colocação que favorece a obtenção de um bom emprego e a saúde, que é em geral boa (se outros fatores do horóscopo não o desmentirem).  Muitas vezes existe  um conhecimento intuitivo dos processos de cura ou envolvimento com a área da medicina ou da saúde, interesse que acompanha a pessoa desde o passado.

O Sol está colocado na 6ª casa. Tratando-se de uma casa upachaya, na qual os planetas maléficos dão bons resultados.  Esta posição permite à pessoa, desde que  o Sol não esteja aflito, vencer inimigos e opositores, adquirir boa reputação, tornar-se um líder,  uma pessoa conhecida e respeitada.  Algumas pessoas podem optar por uma carreira política na qual podem ter sucesso. Estes nativos são trabalhadores árduos e determinados. Se o Sol for forte, gozam de boa saúde. Caso contrário, podem ter problemas de vária ordem. Há também muitas vezes vista fraca. Há quase sempre a escolha de  algum programa de vida saudável, existam ou não problemas de saúde , sobretudo em termos de exercício e de alimentação.  Há em geral a necessidade de purificação e melhoria da saúde, com cultivo das práticas que permitem alcançá-la.

Globalmente, esta é uma personalidade  básica cuja existência procura «limpar» processos  do passado que continuam a influenciar a vida presente e a promover o desenvolvimento  espiritual, através de alguma dimensão de «serviço», profissional ou voluntário.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário