Trânsito de Saturno por Sagitário- Ascendente Touro

tour1

No dia 23 de janeiro de 2017 vai começar um novo trânsito de Saturno. Irá transitar pela 8ª casa, durante dois anos e  meio (embora o trânsito só termine em 2020 porque Saturno ficará em movimento retrógrado entre 20 de junho e 26 de outubro de 2017, período no qual regressará ao signo Escorpião . A 8ª casa  significa reviravoltas e mudanças súbitas e penosas, dívidas e empréstimos bancários; a longevidade e a morte; heranças, seguros, eventos passados e futuros, ganhos fáceis, laços conjugais, vulnerabilidade, medos, acidentes, obstruções, processos judiciais, roubo, perdas, infortúnio, bancarrota, desapontamentos, transformações internas e externas, coisas escondidas , mistérios e conhecimento oculto.

Saturno traz geralmente atrasos, pressões, contrai e torna  os processos mais lentos, traz miséria ou sofrimento para as áreas de vida afetadas pelo seu trânsito se nós não lhes dermos atenção. Saturno torna os assuntos da casa onde transita mais lentos e prejudica-os porque causa uma demora e mantém esses assuntos pendentes não permitindo que acabem de imediato até aprendermos a lição devida. A boa notícia é que, ao transitar pelo signo Sagitário, a ação maléfica de Saturno atenua-se e pode mesmo ficar neutralizada, pelo que o trânsito de Saturno pela 8ª casa ocupada pelo signo sagitário, será menos traumático do que o que aconteceu no signo anterior de Escorpião.

Na 8ª casa do horóscopo, Saturno faz repensar todos os aspetos da interação com o cônjuge e ajuda a perceber claramente porque é que o casamento não está a produzir felicidade e é causa de sofrimento ou de dor escondida; provoca uma autêntica limpeza emocional e psicológica, fazendo sentir quais são as causas dos medos e inseguranças que nos limitam , ao mesmo tempo que permite limpar complexos até agora inconscientes e que condicionam o pleno envolvimento emocional com os outros; através deste trânsito, você é levado(a) a  encarar os processos de morte e de destruição como etapas no desenvolvimento de novas possibilidades de ser e a não temer o desconhecido; pelas restrições que pode trazer no plano financeiro, obriga a repensar os critérios valorativos pelos quais tem escolhido as coisas que tem achado  valer a pena possuir e leva  a alterar prioridades em relação às posses que criou, tanto a nível pessoal como com o parceiro. Saturno bloqueia o acesso a determinados bens , coisas e seres para  obrigar a descobrir outros critérios de valoração. Ao fazer-nos defrontar com a doença, por ex., ensina-nos a valorizar mais a saúde e a prestar atenção às necessidades do nosso corpo; pode tirar-nos a companhia de alguém que amamos para nos ensinar a ser menos dependentes, etc. Saturno não procede da mesma  forma com todas as pessoas. Adequa à nossa história pessoal e às nossas necessidades (e ao karma passado) as experiências que precisamos de aprender

Desde 26 de janeiro de 2017 e até 2 de março de 2018 Saturno transita na constelação (Nakshatra) de Moola. Este Nakshatra tem a regência de Ketu, que está associado com a experiência do desapego e a salvação. Ketu está exaltado em  Sagitário pelo que este trânsito de Saturno pelo Nakshatra de Moola deverá produzir alguns resultados positivos, no sentido espiritual, ajudando a libertação em relação a seres, experiências e coisas que cessaram o seu tempo útil de vida para  seu desenvolvimento. Todos os processos de libertação emocional profunda são difíceis  de quebrar porque os laços emocionais estão profundamente arraigados em todos nós  . Mas, ao longo do processo, acabará por chegar um momento de alívio pela descoberta de que a você  está mais livre e mais capaz de recomeçar a sua vida, assente em novos pressupostos. À medida que tomar consciência do caráter ilusório dos laços que agora se dissolvem, finalmente, a perceção clara de que uma etapa de vida chegou ao fim e outra começa, dará lugar a um novo sentimento de otimismo que toma conta de todo o ser. E compreenderá que está pronto(a) para seguir em frente, mais madur(o)a e consciente de si própri(o)a.

Saturno transitará pela constelação de Poorvashada entre 2 de março de 2018 e 27 de dezembro de 2019. Este Nakshatra tem a regência de Vénus, o planeta que rege o Ascendente e a 6ª casa. Neste período deverá adotar hábitos saudáveis ao nível da alimentação, do exercício físico, etc.. Deverá evitar todos os excessos, caso contrário surgirão problemas de saúde relacionados com a indulgência e o excesso. Lembre-se de que Saturno tem tudo a ver com regras, disciplina, estrutura. A contenção é pois a palavra de ordem em relação a todos os prazeres (sexo incluído). Tudo o que é excesso  transforma-se no seu oposto: se abusar de doces, por ex., os dentes ressentir-se-ão e a sua saúde também, com todos os problemas que daí podem surgir. O mesmo acontece com os restantes prazeres. Aprender a disciplinar os desejos que conduzem a uma falta de controlo sobre o modo como vive é um dos desafios que deverá agora enfrentar. Se não fizer nada para se disciplinar nesta área, poderá contar com pesadas despesas, na área da saúde e não só. Quando Júpiter em trânsito entrar no signo Balança, na 6ª casa, a partir de setembro de 2017, mais importante se torna este controlo e disciplina sobre a procura dos prazeres sensoriais que lhe são tão caros.

Entre 27 de dezembro de 2019 e 23 de janeiro de 2020, Saturno transita pelo Nakshatra de Uttarashada, com regência do Sol. O Sol e Saturno são grandes inimigos pelo que, durante este período, a profissão, a carreira, o status, a acumulação de riqueza  podem sofrer alguns revezes ou  dificuldades. A vida familiar e o reconhecimento público dos méritos pessoais são igualmente perturbados.

Ao longo deste trânsito de Saturno pelo signo de Sagitário, você terá que cultivar uma das suas maiores virtudes: a paciência.  Obstáculos aos seus empreendimentos, mudanças bruscas imprevisíveis, despesas pesadas que surgem de forma repentina,  atrasos, tudo isto pode vir ao seu encontro nos próximos dois anos e meio.  Será necessário procurar no interior de si próprio (a) os recursos necessários para ultrapassar tudo isso. Não conte com muito apoio vindo dos amigos ou da família. O trânsito de Saturno pela 8ª casa, apesar de tudo, poderá ser  mais fácil para si do que para outros nativos porque a ação de Saturno tende a apaziguar-se nos signos de Júpiter,  mas será um período de descida aos meandros da sua força de vontade e da sua capacidade de resistência até que  interiorize completamente o slogan «aquilo que não me mata torna-me mais forte» e sinta essa verdade crescer dentro de si.

Ao longo deste período, a sua vida está a redefinir-se, a mudar de cenários, roubando-lhe tudo oque lhe era familiar e obrigando a acolher alguma dimensão nova da vida que até agora lhe era desconhecida. E você terá que se adaptar, por muito que lhe custe. Novas formas de ver a vida, novos valores e princípios, começarão a fazer sentido para si. Pode perder alguns seres e os seus relacionamentos serão redefinidos ,não porque você vá ser «abandonado (a), necessariamente mas porque compreenderá que estará diferente e que este ou aquele relacionamento deixou de fazer sentido para si porque a outra pessoa não mudou mas você já não é o  (a) mesmo (a).  Neste período também  pode fazer algumas descobertas dolorosas em relação àqueles com quem tem mantido um relacionamento próximo; pode descobrir subitamente que lhe esconderam informações, que lhe mentiram, que esconderam objetos, bens ou riqueza, etc.; muitas máscaras podem ser tiradas e a realidade nem sempre fica bonita quando é vista a nu.

Este não será um período muito bom para fazer investimentos ou aplicar o seu dinheiro em produtos pouco seguros pois podem resultar daí fortes perdas.

Finalmente, a resistência às mudanças que se vão impor na sua vida é uma má ideia, apesar de todos sabermos como é difícil para si abandonar a estrutura estável em que  gosta de se manter ao longo da vida. Esta dificuldade de os nativos de Touro assumirem as mudanças é talvez o primeiro grande obstáculo a superar neste novo trânsito de Saturno.  Você  gostaria que a muralha que construiu arduamente à volta da sua vida  durasse para sempre mas o destino tem outras linhas para o (a) obrigar a aceitar a precariedade de  todos os laços que nos prendem à vida. E, apesar de odiar isso, vai ter que aprender essa lição e, quanto mais cedo, mais se poupará a esforços inúteis. Abra-se ao desconhecido e deixe para trás tudo  que é familiar, confortável, previsível.  Durante este ciclo de transformação, essa estabilidade e imutabilidade não são para si.

Conforte-se, pensando que, quando passar este trânsito, poderá reconstruir-se de novo,  talvez de forma mais adaptável e aceitando a finitude de tudo o que possui e que vive.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário