Planetas de Insucesso- Ascendente Capricórnio

Planetas de insucesso Ascendente Capricórnio

O signo  Capricórnio é um signo de Terra, cardinal, feminino, semi -fértil e, quando o seu regente Saturno é forte, dota os nativos de  boa saúde,  ambição e energia para atingir os seus objetos e uma aparência atrativa. Quando Saturno está aflito  e recebe aspetos maléficos, os efeitos sobre a saúde são significativos, gerando uma constituição frágil, problemas nos joelhos, articulações e ossos, problemas nos dentes, reumatismo e artrite, uma atitude letárgica e melancólica perante a vida e uma aparência física desagradável, com olhos encovados, pele emaciada e aparência envelhecida desde  bastante cedo.

Capricórnio  é um signo materialista, focado no desejo de obter posses  materiais e privilégios sociais, produzindo muitas vezes uma personalidade egoísta e astuta, que coloca os seus interesses materiais acima de quaisquer outros; é também em geral alguém com grande capacidade de trabalho  e persistente, conservadora, com boas capacidades de organização e de adaptação, quando o signo está forte, metódica e  focada no  objetivo de atingir o máximo de visibilidade no mundo material através do próprio esforço e de construir um elevado status, elevando-se  socialmente em relação à posição de partida. Os nativos sob a influência de Capricórnio tendem para a rigidez e o ressentimento e podem ser bastante hipócritas, pelo menos os que são menos desenvolvidos, cultivando uma imagem de  fachada de grande respeitabilidade que esconde muitos vícios privados.

Saturno, o regente de Capricórnio, quando é forte, permite alcançar riqueza, status e sucesso nos relacionamentos, favorecendo o recebimento de heranças e o nascimento numa família bem colocada, se Marte e o Sol forem igualmente fortes. Caso contrário, o nativo nasce numa família humilde e  pode desempenhar funções menos bem remuneradas e com fraca qualificação. Saturno inclina estas pessoas para liderarem trabalhadores, como é o caso na área sindical e trabalhadores da indústria, incluindo as minas, as fábricas e ainda a área da engenharia. Podem, quando Saturno é forte, ascender a cargos públicos intermédios de chefia.

O signo  Ascendente Capricórnio conta com  Rahu  Ketu , o Sol e Júpiter  como  planetas funcionais maléficos (classificação do Dr. V. K. Choudhry).  Saturno e Mercúrio atuam como «planetas como o Sol» segundo a classificação de V. K Choudhry.  O sábio Satyacharya considera que Marte, Júpiter e a Lua são maléficos,  e Vénus, Mercúrio e Saturno são benéficos e o Sol é neutro. O sábio Parashara afirma que  Marte, Júpiter e a Lua são  maléficos, Marte é  igualmente um planeta maraka, tal  como Saturno quando recebe aspetos maléficos; Vénus e Mercúrio são auspiciosos  e apenas Vénus pode  formar um  yoga superior,  considera que o Sol  é  neutro, dando resultados de acordo com os planetas com que está associado.   Para uma  leitura completa do estatuto funcional dos planetas para o Ascendente Capricórnio, por favor clique aqui.

Quando Marte está colocado em conjunção próxima com o ponto mais efetivo da 1ª, 2ª,4ª, 7ª, 8ª ou 12ª casa  não produz  a aflição de Marte (seguimos a posição do Dr. V. K. Choudhry).

Saturno, regente deste Ascendente,   está exaltado  a 20º de Balança,   debilitado a  20º de Carneiro; está  no próprio signo de 21º a 30º de Aquário e em todo o signo de Capricórnio; está no seu signo mooltrikona de 0º a 20º de Aquário.

Para o Ascendente Capricórnio a conjunção entre o Sol e Mercúrio, Budha Aditya yoga não produz efeitos  assinaláveis, uma vez que o Sol rege a maléfica 8ª casa e a proximidade com Mercúrio produz a combustão deste. (Seguimos  a interpretação de V. K. Choudhry de que , quando o Sol é funcional maléfico, cria combustão com os planetas que estão próximos de si, amplificando as suas qualidades maléficas.) Assim, a proximidade do Sol e Mercúrio torna estes nativos astuciosos, impulsivos e embusteiros e produz fracassos ao longo da vida, arruinando a sorte pessoal.

Os problemas que em geral sentem os nativos com Ascendente Capricórnio devem-se à fraqueza de Vénus e de Mercúrio, que impedem o sucesso profissional e a sorte.

O Sol rege a 8ª casa  relacionada  com a morte, com o relacionamento conjugal e os bens criados em conjunto nas parcerias e na parceria conjugal. Quando o Sol é fraco e Júpiter também é fraco, estas pessoas não têm sorte no casamento, que termina em divórcio.  Estes nativos são egoístas, secretos, conservadores e atuam em geral com tato nas interações, para obterem posições de liderança, sendo manipuladores   atuando de forma subtil. Faz ainda com que nasçam em famílias humildes e com  poucas posses, negando o recebimento de heranças. Reduz a longevidade, se Júpiter também  for fraco e cria dificuldades para o pai. Podem sofrer perdas nos investimentos e empreendimentos.

A Lua rege a 7ª casa  e, quando está fraca, impede a felicidade no casamento, gerando relacionamentos conflituosos  com o cônjuge. Também indica falta de paz mental, dificuldade em adquirir bens como carro, casa. Mostra falta de felicidade na família, casamento instável que termina em divórcio, sobretudo se Marte for igualmente fraco. O cônjuge e outros parceiros têm poucas qualidades positivas e /ou são instáveis. Os parceiros em geral também têm poucas qualidades positivas. A vida em país estrangeiro será pouco confortável e com pouco sucesso.

Marte é o regente da 11ª e da 4 ª casas e, quando está fraco, afeta a capacidade de adquirir riqueza, boa saúde, liderança na profissão e carreira; impede a aquisição de bens móveis e imóveis, como carro, casa, terras, gera infelicidade ou ambiente muito agressivo e violento na família, causa perturbações na educação, sobretudo na infância, produz letargia, fracassos em geral na vida, perda de bens e falta de conforto no lar. Impede os ganhos através de diversas fontes e a realização dos desejos e ambições pessoais.

Mercúrio rege a 9ª casa e a 6ª casa. Quando está fraco, impede o sucesso do nativo, faz com que nasça numa família humilde, indica nervosismo e problemas de saúde associados,  que afetam o sistema digestivo.  O nativo também não alcança grande sucesso em terras estrangeiras, as viagens para outros países podem trazer problemas, o pai e outras figuras de autoridade, como mestres, falham em transmitir elevados princípios e conhecimentos ao nativo, que não sente afinidade por esses princípios, podendo ter uma visão distorcida da religião, da metafísica e filosofia. A  boa sorte é igualmente negada e há também pouca sorte do pai.

Júpiter rege a 12ª casa e também a 3ª casa.  Quando está fraco, afeta negativamente a saúde e a longevidade causando problemas de fígado, reduz os «prazeres de cama», dificulta a vida em terras estrangeiras, causa despesas e gastos avultados, reduz a vitalidade física, diminui a coragem e o empreendedorismo, causa dificuldades   nas aptidões para comunicar, reduz a paz mental e a sorte em países estrangeiros, causa sentimentos de separação e isolamento emocionais em relação aos que  são próximos. A atividade de escrita , a poesia , a música e a dança são áreas nas quais o nativo ou não possui talento ou  em que terá pouco sucesso quando opta por essas atividades.

Vénus rege a 10ª casa e a 5ª casa . O signo mooltrikona de Vénus está na 10ª casa- Balança- e a fraqueza deste planeta dificulta o sentimento de realização profissional, o sucesso na carreira e a fama/popularidade do nativo. Causa perdas nos negócios e /ou estagnação na carreira, produz falta de sentimento de realização profissional, rendimento fraco nos negócios e profissão mal remunerada, problemas de saúde que afetam a função renal.  Produz falta de felicidade afetiva e falta de sorte nos relacionamentos amorosos, falta de sorte nos investimentos e  no jogo.  Indica perturbações na educação superior e dificuldade em obter grau académico. Indica também problemas com os filhos, falta de criatividade e ausência de felicidade no casamento.

Saturno rege a e a 2ª casas. Quando  Saturno está fraco, prejudica a sorte geral dos nativos pois rege o Ascendente. A capacidade de ganhar dinheiro e de desenvolver competências e recursos que permitiriam a ascensão social e profissional  ficam comprometidos. O nativo terá dificuldades em exprimir-se através do discurso, terá uma imaginação pobre, acumulará pouca riqueza , pois ganhará pouco. Não terá servidores a trabalhar para si, não alcançará cargos importantes no governo ou na administração, terá poucas posses. Se acaso tem uma boa posição social, há probabilidade de a perder, o mesmo acontecendo com a riqueza.  A fraqueza de Saturno afeta  igualmente a felicidade nas parcerias e no casamento, privando o nativo dessa felicidade. Pode haver perda de riqueza e de felicidade no casamento.

Para finalizar, lembremos que, num horóscopo, só muito raramente todos os planetas são fracos, o que faz com que, em geral, todos os indivíduos  possam contar com algumas áreas de vida mais satisfatórias, encontrando assim a possibilidade de dar um sentido positivo às suas vidas.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário