Óleo Essencial de Cominhos

Óleo essencial de Cominhos

Falamos hoje de mais um óleo essencial que tem por base uma especiaria largamente usada, o  óleo de Cominhos.  Este óleo é extraído da planta Cuminum Cyminum , mais precisamente das sementes secas e esmagadas  e usando um processo de destilação a vapor. Os Cominhos são uma planta que cresce abundantemente na Europa (Norte e Centro) e na  Ásia  e o óleo obtém-se a partir da sementes dos frutos que a planta produz depois de florir. Esta planta  tem sido usada para tratar problemas digestivos e também como especiaria desde tempos tão recuados como 2000 a. c. Esta planta pertence à mesma família das cenouras.

O óleo essencial de Cominhos é eficaz  como bactericida, podendo  combater  infeções internas, como as que afetam o cólon, intestinos, estômago e trato urinário. Ou externas, como  infeções na pele, nos  olhos e ouvidos.

Tem efeitos carminativos, ajudando a libertar os gases digestivos e previne a formação de novos gases. Reduz a flatulência e a  dispepsia e alivia as  cólicas.

Tomado em doses baixas- o óleo essencial é muito mais potente do que as sementes da planta- auxilia a digestão. Quando é tomado em doses altas provoca vómitos. Tomado como referido, ajuda  a libertar a bile e os sucos enzimáticos  e estimula o peristaltismo. Também atua como estimulante do apetite.

Possui  uma acção diurética, aumentando a frequência e  o volume da urina. Isto pode ser útil não só para manter as condições gerais de desintoxicação do organismo, libertando toxinas mas também permite ajudar a perder peso pois, pela urina, são «perdidas» 4% das gorduras ingeridas. A ação diurética ajuda também a baixar a pressão sanguínea para os que a têm demasiado alta. Os rins também saem beneficiados, pois ficam liberto de toxinas.

O óleo de Cominhos tem uma ação antissética, prevenindo as infeções em caso de corte ou feridas.

É antiespasmódico, ajudando a aliviar todo o tipo de espasmos e problemas associados como cãibras, convulsões , tosse irritativa, etc.

O óleo essencial de Cominhos tem acção emenagoga, ajudando a regular os períodos menstruais. É igualmente útil usado na menopausa.

Tem uma acção estimulante sobre o sistema digestivo e excretório. Também se usa para fortalecer  o sistema imunitário. Na culinária, usa-se para dar sabor.

Tem uma ação positiva no alívio do stress e da ansiedade.

Usado em massagens na pele, tonifica os músculos e os tecidos. Possui igual efeito tonificante no sistema respiratório, digestivo, nervoso e excretório e essa acção ajuda a manter a juventude por mais tempo.

Planta de Cominhos

Como Usar o Óleo Essencial de Cominhos

Este óleo tem efeitos tóxicos quando é exposto à luz solar. Deste modo, não deverá expor-se ao Sol após aplicar este óleo externamente na pele, no período das 12 horas seguintes. Antes de usar o óleo externamente,  coloque um pouco num dos braços para testar se não provoca reação alérgica ou irritação. De preferência, deve ser usado nos pés, nos pontos reflexológicos. Não aplicar junto aos olhos, nem nas mucosas dos ouvidos e do nariz. Evite a sensibilização excessiva, usando o óleo com moderação,  faça intervalos razoáveis entre as aplicações. Mulheres grávidas e a amamentar e crianças não deverão usar o óleo essencial de Cominhos.

Para os problemas de estômago, dilua 1 ou 2 gotas numa colher de sopa e massaje o estômago com a mistura.

1 a 2 gotas podem ser adicionados à comida, quando está a ser cozinhada, para dar sabor a ajudar a saúde.

Dilua 1 a 2 gotas numa colher de sopa de óleo de coco  e massaje para ajudar a estimular a circulação  nas zonas em que seja necessário.

Deite 1 gota de óleo essencial  num copo  de água para gargarejar, para  ajudar a limpeza total da boca.

Pode colocar 3 ou 4 gotas no difusor e  usar em aromaterapia.

Cominhos (sementes)

Uso Metafísico do Óleo Essencial de Cominhos

Desde tempos muito antigos que os Cominhos têm sido usados para proteger de energias negativas. Na Idade Média, em alguns locais, usava-se um  saquinho cheio de sementes de Cominhos para proteger de «maus espíritos». Em tais lugares, as noivas continuam a usar um pouco de Cominhos para afastar as energias negativas  no dia do seu casamento.

Os Cominhos estimulam o chakra da raiz e a sexualidade associada. A tradição afirma que atrai dinheiro e, quando usado por homens, pode atrair o amor. Considera-se que  os Cominhos têm a propriedade de «retenção» protegendo, por esse motivo, de roubos. É  considerado um meio eficaz pela tradição de proteção do lar e da harmonia do lar.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário