Óleo Essencial de Lima

óleo essencial de Lima

há dois tipos de árvores que produzem o fruto conhecido como «Lima»: a do México e a persa.  A  Lima é originária do Sudeste da Ásia a partir do qual se expandiu para o Egito e África. Atualmente cresce em todos os climas quentes do mundo.  O óleo essencial de Lima tem cor amarelo pálido ou cor de azeitona claro e o seu aroma cítrico faz dele um ingrediente apreciado , tanto para fins culinários como em  perfumaria , produtos de limpeza, detergentes, sabonetes e cosméticos.

O óleo essencial de Lima é extraído das cascas do fruto com o mesmo nome. Se as casas estiverem frescas, a extração faz-se por compressão fria; se estiverem secas faz-se por destilação a vapor. A Lima, cientificamente designada Citrus Aurantifolia, é um dos cítricos mais apreciados, sobretudo para dar sabor a bebidas de Verão e tem muitas aplicações culinárias, incluindo molhos, bebidas, compotas, sobremesas. Mas este fruto da família dos citrinos tem  também muitas virtudes terapêuticas   graças aos seus compostos químicos como Alpha pineno, Beta pineno, Limoneno, etc.. Contêm muitos antioxidantes e, claro, vitamina C, ajudando a retardar os efeitos do envelhecimento.

Quanto às propriedades terapêuticas do seu óleo essencial, salientamos:

Os efeitos antisséticos: este óleo ajuda a  combater as infeções e a prevenir o seu agravamento, sendo eficaz, segundo os peritos,   na prevenção do tétano. Também  se usa na pele na desinfeção de feridas.. Internamente também ajuda a curar inflamações da boca e  garganta, estômago, intestinos e cólon e no sistema urinário. Na pele, cura a psoríase e ulcerações e erupções cutâneas. Na mesma linha, é eficaz contra infeções virais  incluindo as causadoras da vulgar gripe e até mesmo do sarampo. E também se podem acrescentar propriedades bactericidas, pois este óleo essencial ajuda a combater  infeções bacterianas no sistema digestivo e urinário e auxilia no tratamento de intoxicações alimentares causadas por bactérias. Segundo os peritos ,pode também curar infeções da pele com as mesmas causas.

O seu efeito adstringente  ajuda a tornar os músculos mais firmes. Alivia dores de dentes e contrai os vasos sanguíneos, ajudando desse modo a estancar as hemorragias. Também é útil, segundo os peritos, no tratamento da diarreia.

O óleo de Lima tem propriedades desinfetantes, podendo ser adicionadas algumas gotas aos alimentos para os preservar. Usado interna ou externamente ajuda a desinfetar e a curar mais rapidamente.  Diluído, pode mesmo usar-se no couro cabeludo, torna o cabelo mais forte e ajuda a prevenir a infestação por piolhos e lêndeas.

As propriedades anti inflamatórias, antialérgicas, antimicrobianas etc., ajudam também a combater as causas da febre. Os seus efeitos de equilíbrio e fortalecimento do organismo fazem do óleo essencial de Lima um agente que ajuda a manter a saúde geral.  Possui um efeito tonificante sobre todo o organismo, ajudando a  manter o bom funcionamento orgânico.

Limas

Como Usar o óleo Essencial de Lima

Como em relação a todos os óleos essenciais e devido à grande concentração das suas substâncias ativas, os óleos devem ser diluídos num óleo de transporte e deve ser feito um teste colocando um pouco do óleo duma zona do braço e esperar para ver se não existe reação alérgica ou de irritação. Outro ponto a considerar é que , como acontece com outros óleos cítricos, também o óleo de Lima pode ser foto tóxico, (segundo os peritos, apenas o que é obtido por compressão fria das casas frescas  tem este efeito, o que é obtido a partir das casas secas não será tóxico quando exposto ao Sol) não devendo por isso haver exposição solar após a sua aplicação entre 6 e 24 horas seguintes. As crianças não deverão usar este óleo, por poder causar irritação na sua pele sensível. Por se desconhecer os efeitos nas mulheres grávidas, estas devem abster-se de usar este óleo. O prazo de validade deverá ser respeitado pois, quando fica oxidado, o óleo de Lima torna-se tóxico, seja qual for o seu método de extração e, nesse caso, não deverá ser aplicado na pele nem ingerido. Pessoas com epilepsia, cancro, ou alguma condição de saúde grave não devem usar os óleos essenciais nem interna nem externamente na pele, pelo menos sem conselho médico.

A inalação do óleo de Lima tem efeitos revigorantes e de melhoria do estado de humor. Colocado no difusor tem deste modo o efeito de elevar o ânimo para uma sensação de bem estar. O uso no difusor também purifica o ar.

Um gota adicionada à água de beber tem efeitos antioxidantes e acrescenta sabor.

1 gota adicionada ao shampoo aumenta o seu potencial de limpeza e desinfeta o couro cabeludo.

A inalação do óleo essencial de Lima ajuda a combater a fadiga e a aumentar a disposição e o entusiasmo pela vida.

Pode ser usado em queimadores e vaporizadores para purificar o ar, elevar a disposição mental e fortalecer o sistema imunitário , sobretudo após situação de doença.

Podem adicionar-se umas gotas de óleo de Lima à água do banho para combater infeções, problemas respiratórios, dores musculares, celulite, gripe e constipações, etc. Para o mesmo efeito pode usar-se no creme de massagem.

Pode adicionar-se 1 ou 2 gotas á loção ou creme para o corpo para ajudar a combater a celulite.

Para combater a artrite ou reumatismo adicione 2 a 3 gotas a 30 ml de óleo de coco ou azeite virgem e massaje as zonas afetadas regularmente. Pode usar-se do mesmo modo para combater celulite e veias varicosas.

Para ajudar a conter uma hemorragia, adicione 2 gotas a uma compressa fria e comprima a zona  que está a sangrar com a compressa.

Para combater o acne e outras afeções da pele, adicione 2 gotas de óleo de Lima a 15 gotas de óleo de jojoba  e aplique na pele. O óleo de Lima ajudará a limpar as impurezas da pele e promove o crescimento de novas células saudáveis na pele.

O óleo essencial de Lima também é útil para usar no lar:

limpe nódoas de gordura nas superfícies afetadas e resíduos de cola colocando 1 gota num pedaço de algodão e esfregando sobre a superfície a limpar;

Coloque umas gotas no difusor e deixe que o aroma se espalhe no ar para repelir insetos como mosquitos ou formigas.

árvore de Limas 2

Como Fazer o Óleo de Lima em Casa

Os peritos aconselham que se opte pelo método da compressão fria para produzir este óleo pois conserva mais componentes ativos da planta.

Para fazer o seu óleo de Lima precisa de: 4 limas, raspador ou faca que separe a parte verde da casca da parte branca que deve ser rejeitada; azeite virgem de oliveira; coador fino. Se tiver oportunidade, use também duas folhas da árvore.

Aqueça o azeite (150 ml) em lume brando. Lave cuidadosamente as limas e seque-as. Raspe toda a parte verde da casca ou corte-a com uma faca apropriada. Não use a parte branca da casca. Coloque as cascas cortadas no azeite quente e deixe estar em lume brando durante 10 m. Se tiver duas folhas de lima,  coloque-as com as cascas no azeite. Após 10 m tire o recipiente do lume a tape-o, deixando-o permanecer assim durante 2 horas e meia. Depois coe o óleo para o separar das cascas e das folhas para um outro recipiente e guarde-o em local fresco e seco. Poderá usá-lo durante duas semanas.

Lembre-se de que, se aplicar na pele este óleo, não se exponha ao  Sol  ou luz forte antes de terem passado entre 6 e 24 horas.

Propriedades Metafísicas do Óleo Essencial de Lima

O óleo de Lima evoca as energias femininas que induzem à ação mas esta não é considerada uma energia muito positiva pois, segundo a tradição, induz a pensar de forma ego centrada e pouco discreta. A sua ação positiva exerce-se no plano físico e psicológico. Leva a pessoa a criar um espaço protetor à sua volta. Alguns enfatizam a sua ação benéfica sobre a capacidade de tomar decisões e avançar para a frente, deixando as desilusões para trás. Aqui a palavra- chave é «cortar», levando a pessoa a «cortar» para avançar de acordo com a sua vontade e os seus interesses pessoais.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário