Um Outro Olhar sobre os Nakshatras- Punarvasu

um outro olhar sobre os Nakshatras Punarvasu

O Nakshatra de Punarvasu está associado ao retorno da riqueza e do bem- estar. Simboliza o recomeço do caminho da prosperidade.

Astronomicamente situa-se entre os 20º do signo Gémeos e os 3º e 29’ do signo Caranguejo. Está localizado na cintura de estrelas das quais se destacam os dois gémeos Castor e Polux, astronomicamente Alpha Geminorum e Beta Geminorum  os filhos gémeos, segundo a mitologia, de Zeus e Leda.

A divindade que preside é a Divina Mãe Celeste ou Adytia, ou ainda a mãe Terra. O regente astrológico é Júpiter.  A pedra associada é a Safira Amarela. O símbolo do Nakshatra é o arco do archeiro ou a bolsa de guardar as  setas. Pertence ao Gana (Grupo) Deva ou divino.

A árvore sagrada tem o nome sanskrita namah.

Punarvasu significa o regresso da luz e das benesses ou abundância, depois de um período de escassez: «os dois que são bons outra vez e prósperos» (referência aos gémeos Polux e Castor). A energia deste Nakshatra inclina para o talento natural de educar,  para viajar e para o estudo da sabedoria ou filosofia, segundo a influência de Júpiter, o regente astrológico. A energia deste Nakshatra é agradável e generosa, inocente e compassiva, ao mesmo tempo que é acompanhada de criatividade.  O poder associado ao Nakshatra é o de criar no mundo estruturado e material  e encontrar objetos e objetivos que tinham sido perdidos. Liga-se á ideia de triunfo, renovação, regresso. Tal como a Terra se rejuvenesce após a chuva, regressando à abundância, as pessoas de Punarvasu são otimistas e acreditam que podem ultrapassar os obstáculos e tudo o que é negativo. A energia deste Nakshatra relaciona-se com a espiritualidade que promove a autorrealização.

A associação simbólica com os gémeos Castor e Pólux mostra a natureza contraditória destas pessoas: Castor simboliza as perdas enquanto Pólux volta a recuperá-las.

Punarvasu simboliza, deste modo, a restauração ou recuperação dos bens, o reinício da riqueza e prosperidade. Punarvasu simboliza o local onde tem início a multiplicação e replicação da abundância,  da prosperidade e  da sabedoria.

Segundo os clássicos, fisicamente, estes nativos são elegantes com rosto longo e quadris também alongados. Podem ter uma marca no rosto ou na parte de trás da cabeça.  Possuem caráter espiritual ou religioso e, inicialmente fazem boas ações mas podem mudar gradualmente ao longo da vida essa tendência. Têm temperamento fogoso, explodindo facilmente e é difícil saber o que pensam. Apegam-se às tradições e crenças antigas. Gostam de agir no respeito pelo bem, não aceitando praticar atos ilegais e dissuadem outros de o fazer. Podem contentar-se com pouco e viver uma vida simples.  Podem obter muito sucesso em todos os empreendimentos exceto em parcerias de negócio. Podem alcançar fama no ensino ou como escritores, atores cientistas. Mas o período até aos 32 anos é em geral difícil. Podem não alcançar riqueza mas alcançarão honras públicas. Mostram no rosto um ar inocente e simultaneamente frustrado. São filhos obedientes, respeitando os pais e os professores mas a vida conjugal é muitas vezes difícil. Pode haver divórcio e um segundo casamento.  O primeiro cônjuge pode ter constituição fraca mas é um bom parceiro. Pode haver contendas com elementos da família do cônjuge e isso é motivo de stress.

A saúde não apresenta desafios de maior.

Os nativos de Punarvasu (com a Lua ou Ascendente neste Nakshatra) são humanistas e filósofos. São hábeis a aumentar a riqueza ou sabedoria através de processos de duplicação e replicação. Estas pessoas são autoconfiantes e contribuem para o progresso civilizacional através das suas realizações pessoais. Os nativos dos 3 primeiros padas são bastante intelectualizados e podem prosperar num ambiente universitário, como professores ou administradores e também podem dar-se muito bem em carreiras ligadas aos negócios nos quais as suas competências intelectuais podem brilhar. São pessoas que valorizam muito a sua carreira e imagem pública, precisando de sentir o reconhecimento público pelo seu trabalho e realizações. São igualmente motivadas por princípios e ideias que socialmente favorecem o bem comum, pondo ao dispor da sociedade as suas competências, deste modo conseguindo obter grandes benefícios para si próprios e para todos os  outros. Têm um marcado gosto pelo ensino e por funções de aconselhamento ou gestão de instituições públicas.

Os nativos do pada de Caranguejo são menos dados à intelectualização das experiências e à carreira e, em vez de ensinar, preferem orientar os outros através do exemplo.  Podem, tal como os nativos dos outros padas, ascender a funções elevadas de funções administrativas (desde que a 10ª casa esteja forte) mas encontram geralmente contextos mais desafiadores para exercerem o seu trabalho do que os nativos dos outros padas. Estes nativos são movidos por princípios elevados mas podem pender para atitudes de desequilíbrio nas quais se deixam enredar por um sentimento de superioridade que os coloca «acima» dos demais e isso pode gerar situações de dualismo e oposição difíceis de superar. Podem tender a enunciar princípios teóricos grandiosos que não são aplicáveis na prática pois muitas vezes comportam-se em sentido oposto a tudo o que defendem, o que leva os outros a considerá-los hipócritas. Com frequência, estas pessoas defendem ideias que todos reconhecem como sendo extraordinariamente progressistas mas tais ideias entram em contradição com o que fazem, havendo deste modo um dualismo entre os aspetos práticos e os teóricos e mentais  nestas pessoas, que podem mesmo manifestar a dinâmica explorador/explorado, senhor /escravo, em que eles são os opressores, apesar de terem ideias que passam para os outros como extraordinariamente progressistas e igualitárias.

Todos os nativos de Punarvasu revelam a tendência para se acharem «donos da verdade» não sendo possível desviá-los dos pontos de vista que  defendem como se fossem verdades absolutas. São fortemente orientados por um conceito de «verdade» que lhes é inato e que tendem a «ensinar» aos outros, como doutrina inabalável . São impacientes com a falta de sabedoria que veem em outras pessoas.  Nos períodos de Júpiter  o regente astrológico do Nakshatra, , (especialmente no dasa) estes nativos  assumem muitas vezes o papel de professor, conselheiro, sábio ou mesmo de padre ou sacerdote.

As mulheres de Punarvasu serão bem sucedidas em tudo o que fizerem, segundo os clássicos. Se escolherem ter uma carreira, obterão respeito e sucesso; se casarem, serão amadas pelo cônjuge e filhos. Terão felicidade doméstica. Terão boa saúde embora devam ter cuidado com a alimentação pois há tendência para sofrer de problemas gástricos.  Gostam de embelezar o lar. Quando o Ascendente está no pada de Caranguejo, podem ser muito expansivas e calorosas mas também podem ser agarradas aos valores tradicionais e às raízes culturais, sendo obstinadas na sua defesa, embora ao mesmo tempo proclamem a necessidade da «liberdade».. Podem defender grandes princípios mas, nas ações, podem fazer mal a outros, através de comportamentos de exploração, acusações, traição, conflitos. Em alguns casos, são pessoas que tentam acabar com a exploração dessas pessoas menos favorecidas.

Os homens, segundo os clássicos, são muito inteligentes (também as mulheres, dizemos nós, pois a inteligência não escolhe sexo). São pensadores, com competência desenvolvida de pensamento abstrato. Têm grande imaginação, podendo ser excelentes poetas.. Têm um temperamento apaixonado. Apesar dos seus talentos, serão moderadamente bem sucedidos em termos mundanos embora não experienciem pobreza. Os homens do pada de Caranguejo são intelectualmente movidos   pela reflexão acerca de temas como a educação e o ensino, a nutrição e o cuidado, a segurança, patriotismo , defesa dos valores culturais tradicionais. Gostam muito de jardinar ou podem ter uma horta. São movidos pela dinâmica de opostos que pode fazer deles exploradores ou explorados, dependentes de drogas ou médicos que lutam para  curar outros dessa dependência, exploradores do trabalho ou da servidão sexual ou explorados nessas áreas; podem tender a formar relacionamentos segundo a dinâmica «senhor-escravo» ou «dominador-subjugado». Alguns poderão envolver-se em atividades criminosas, podem ser sectários, envolver-se em atos de traição dos quais podem ser algozes ou vítimas. Esta é uma posição para ruturas, incluindo divórcio. Podem aproveitar-se da miséria, doença e aflição dos outros ou, pelo contrário, tentar livrá-los disso.

Nativos do 1º Pada- 20º a 23º 20 ‘ do signo GémeosRegência de Marte .  Aventura, espírito pioneiro. Estes nativo podem ter 2 mães e poucos irmãos. Suprimirão os seus inimigos. Podem fazer várias tarefas ao mesmo tempo com sucesso. Recebem o respeito de pessoas instruídas. Podem ter problemas em algum órgão interno.  Podem ser poetas, escritores ou cientistas. São pensadores e gostam de temas metafísicos. São cumpridores da palavra dada. São cuidadosos nos negócios.

2º pada -23º20’ a 26º 40’ do signo Gémeos- Regência de Vénus. Este é um pada terreno, com objetivos materialistas. Os nativos podem dedicar-se a atividades na hotelaria e restauração, turismo, importação/exportação. São amigos leais e muito sensuais sexualmente. Podem casar várias vezes ou ter vários relacionamentos de longa duração (muitos destes nativos não sentem necessidade de formalizar a sua relação no casamento). Podem ser cientistas, poetas, escritores diplomatas. são bons pensadores.  Têm jeito  para as atividades comerciais. Podem gostar de jogar.

3º pada- 26º40’ do signo  Gémeos  até 30 º de Gémeos-  Regência de Mercúrio.  Os planetas aqui colocados dão resultados fortes no plano mental e intelectual.  Os nativos têm propensão para o flirt, são inteligentes , gostam de música e de jogo. Tal como no pada anterior,  podem ser cientistas, poetas, escritores diplomatas. São bons pensadores e gostam de temas filosóficos e espirituais. São cuidadosos nos negócios e cumprem a palavra dada.. Têm uma excelente imaginação.

4º pada 0º a 3º 20’ de Caranguejo- Regência da Lua . Pushkara Navamsa e Vargottama para os planetas aqui colocados, ao mesmo tempo; este é um pada de expansão e benefícios, considerado um dos mais auspiciosos do zodíaco. Nutrição, maternidade, força, vontade de cuidar. Os planetas aqui colocados produzem excelentes resultados. O Nakshatra dá aqui os seus melhores resultados. Estes nativos dominam as artes sexuais. São um pouco stressados . São artistas ou músicos gostando de instrumentos de cordas . Gostam de beber.  Podem ser comediantes. Estes nativos têm uma natureza contraditória, combinando um temperamento altamente filosófico poético e generoso com uma ação que pode ser conflituosa, de exploração, de domínio sobre outros. Júpiter alcança aqui o seu ponto de exaltação máxima.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário