Óleo Essencial de Cominhos

Óleo essencial de Cominhos

Falamos hoje de mais um óleo essencial que tem por base uma especiaria largamente usada, o  óleo de Cominhos.  Este óleo é extraído da planta Cuminum Cyminum , mais precisamente das sementes secas e esmagadas  e usando um processo de destilação a vapor. Os Cominhos são uma planta que cresce abundantemente na Europa (Norte e Centro) e na  Ásia  e o óleo obtém-se a partir da sementes dos frutos que a planta produz depois de florir. Esta planta  tem sido usada para tratar problemas digestivos e também como especiaria desde tempos tão recuados como 2000 a. c. Esta planta pertence à mesma família das cenouras.

O óleo essencial de Cominhos é eficaz  como bactericida, podendo  combater  infeções internas, como as que afetam o cólon, intestinos, estômago e trato urinário. Ou externas, como  infeções na pele, nos  olhos e ouvidos.

Tem efeitos carminativos, ajudando a libertar os gases digestivos e previne a formação de novos gases. Reduz a flatulência e a  dispepsia e alivia as  cólicas.

Tomado em doses baixas- o óleo essencial é muito mais potente do que as sementes da planta- auxilia a digestão. Quando é tomado em doses altas provoca vómitos. Tomado como referido, ajuda  a libertar a bile e os sucos enzimáticos  e estimula o peristaltismo. Também atua como estimulante do apetite.

Possui  uma acção diurética, aumentando a frequência e  o volume da urina. Isto pode ser útil não só para manter as condições gerais de desintoxicação do organismo, libertando toxinas mas também permite ajudar a perder peso pois, pela urina, são «perdidas» 4% das gorduras ingeridas. A ação diurética ajuda também a baixar a pressão sanguínea para os que a têm demasiado alta. Os rins também saem beneficiados, pois ficam liberto de toxinas.

O óleo de Cominhos tem uma ação antissética, prevenindo as infeções em caso de corte ou feridas.

É antiespasmódico, ajudando a aliviar todo o tipo de espasmos e problemas associados como cãibras, convulsões , tosse irritativa, etc.

O óleo essencial de Cominhos tem acção emenagoga, ajudando a regular os períodos menstruais. É igualmente útil usado na menopausa.

Tem uma acção estimulante sobre o sistema digestivo e excretório. Também se usa para fortalecer  o sistema imunitário. Na culinária, usa-se para dar sabor.

Tem uma ação positiva no alívio do stress e da ansiedade.

Usado em massagens na pele, tonifica os músculos e os tecidos. Possui igual efeito tonificante no sistema respiratório, digestivo, nervoso e excretório e essa acção ajuda a manter a juventude por mais tempo.

Planta de Cominhos

Como Usar o Óleo Essencial de Cominhos

Este óleo tem efeitos tóxicos quando é exposto à luz solar. Deste modo, não deverá expor-se ao Sol após aplicar este óleo externamente na pele, no período das 12 horas seguintes. Antes de usar o óleo externamente,  coloque um pouco num dos braços para testar se não provoca reação alérgica ou irritação. De preferência, deve ser usado nos pés, nos pontos reflexológicos. Não aplicar junto aos olhos, nem nas mucosas dos ouvidos e do nariz. Evite a sensibilização excessiva, usando o óleo com moderação,  faça intervalos razoáveis entre as aplicações. Mulheres grávidas e a amamentar e crianças não deverão usar o óleo essencial de Cominhos.

Para os problemas de estômago, dilua 1 ou 2 gotas numa colher de sopa e massaje o estômago com a mistura.

1 a 2 gotas podem ser adicionados à comida, quando está a ser cozinhada, para dar sabor a ajudar a saúde.

Dilua 1 a 2 gotas numa colher de sopa de óleo de coco  e massaje para ajudar a estimular a circulação  nas zonas em que seja necessário.

Deite 1 gota de óleo essencial  num copo  de água para gargarejar, para  ajudar a limpeza total da boca.

Pode colocar 3 ou 4 gotas no difusor e  usar em aromaterapia.

Cominhos (sementes)

Uso Metafísico do Óleo Essencial de Cominhos

Desde tempos muito antigos que os Cominhos têm sido usados para proteger de energias negativas. Na Idade Média, em alguns locais, usava-se um  saquinho cheio de sementes de Cominhos para proteger de «maus espíritos». Em tais lugares, as noivas continuam a usar um pouco de Cominhos para afastar as energias negativas  no dia do seu casamento.

Os Cominhos estimulam o chakra da raiz e a sexualidade associada. A tradição afirma que atrai dinheiro e, quando usado por homens, pode atrair o amor. Considera-se que  os Cominhos têm a propriedade de «retenção» protegendo, por esse motivo, de roubos. É  considerado um meio eficaz pela tradição de proteção do lar e da harmonia do lar.

Óleo Essencial de Cravinho

óleo essencial de Cravinho

O Cravinho é uma das especiarias trazidas do oriente nos tempos passados e que se tornou mais tarde  largamente usada na culinária em todo o mundo. Mas esta planta, nativa da Indonésia das ilhas Maluku tem também muitos  outros usos benéficos para a saúde, tanto a planta (botões florais por abrir secos) como o  óleo essencial daí extraído. O uso desta planta é muito antigo. Nos séculos 13 e 14 era levado pelos comerciantes através  de uma longa rota cheia de perigos desde a Indonésia passando pela  China, Pérsia, Índia, África e Europa. Nesta altura, atingia um preço muito elevado e muitas lutas foram  travadas para tentar adquirir o monopólio do comércio desta planta. Hoje em dias cultiva-se em  praticamente todas as regiões tropicais do mundo.

O Cravinho usado são os botões florais secos da árvore Eugenia caryophyllata , uma árvore de folha perene que se dá nas regiões tropicais e subtropicais.  O óleo obtém-se por destilação dos botões florais colhido à mão antes de abrir e depois secos.

O Cravinho tem efeitos benéficos sobre a digestão; protege o fígado e o sistema imunitário, ajuda a preservar a saúde dos ossos e a controlar a diabetes, doenças da boca, dores de cabeça e até, segundo alguns, a combater o cancro. Há milhares de anos que o Cravinho é usado na Índia e na China  para fins medicinais, para além do seu uso culinário, sendo, neste caso, usadas também outras partes da planta como as folhas e os rebentos. O seu uso para combater as doenças da boca e a halitose é dos mais conhecidos. O Cravinho tem também propriedades nutricionais apreciáveis: é rico em sais minerais, hidratos de carbono, gordura e proteína para além de vitaminas de alta qualidade. Possui ainda compostos bioativos antioxidantes antimicrobianos, anti-inflamatórios e protetores do fígado.

Não admira, deste modo, que o óleo essencial de Cravinho tenha larga aplicação e aceitação, sobretudo nos países orientais.

Este óleo ajuda a melhorar a digestão, pois reduz a flatulência e a irritabilidade gástrica, alivia a  dispepsia e as  náuseas. Também estimula a secreção das enzimas digestivas melhorando, desse modo os processos digestivos.

As propriedades antibacterianas ajudam a combater diversos agentes patogénicos. Segundo se diz, estes incluem a bactéria que produz a cólera.

Alguns afirmam que o Cravinho consegue controlar o cancro dos pulmões quando este está no início.

Os efeitos antioxidantes protegem dos radicais livres ,beneficiando  órgãos como o fígado.

Os peritos afirmam que alguns compostos do Cravinho imitam a insulina e ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, sendo por isso útil em caso de diabetes.

Compostos como os fenólicos -eugenol e derivados como flavonas, isoflavonas e flavonoides- ajudam a preservar a densidade dos ossos, prevenindo a osteoporose. O eugenol tem ainda propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, aliviando dores e reduzindo inchaço causado pelos processos inflamatórios.

Segundo a Medicina Ayurvédica, o Cravinho ajuda a melhorar o sistema imunitário, promovendo o aumento de glóbulos brancos no sangue.

É também útil em caso de doença nas gengivas, periodontite e outros problemas de saúde oral. Tem também efeito de redução das dores de dentes.

árvore do Cravinho

Como Usar o Óleo Essencial de Cravinho

Note-se que, se é seguro o uso do Cravinho como especiaria, são necessários alguns cuidados no uso do seu óleo essencial, pois é muito mais concentrado do que a planta. Como qualquer óleo essencial, o óleo de Cravinho não deve usar-se puro. Deve diluir-se sempre em azeite de oliveira, óleo de coco ou água destilada.  O uso interno do  óleo de Cravinho não é aconselhado pois baixa os níveis de açúcar no sangue e torna o sangue menos espesso. Nunca deverá ser aplicado puro sobre a pele nem deverá ser ingerido. Siga sempre as recomendações do frasco da embalagem. Não deve também fazer-se uma utilização muito repetida pois os efeitos  poderão ser opostos aos desejados, na pele e nas mucosas e gengivas . Este óleo é útil para usufruirmos das suas propriedades mas, como em geral com todos os óleos essenciais, deve evitar-se o uso excessivo dos mesmos. O hábito oriental de  fumar «cigarros» de Cravinho deve ser totalmente evitado pois causa problemas respiratórios e outros, sendo estes cigarros mais prejudiciais do que os cigarros de nicotina que supostamente pretendem substituir. Mulheres grávidas ou a amamentar, pessoas com problemas de hemorragias, devem evitar o uso deste óleo essencial.

Para as dores de dentes, pode usar um algodão embebido na mistura de uma colher de sopa de  água destilada morna e 1 gota de óleo essencial de cravinho e colocar o algodão no dente dorido ou gengiva.

Para as inflamações e dores causadas por gengivas, úlceras na boca, etc., pode dissolver 10 gotas de óleo essencial de Cravinho num copo de água morna (destilada de preferência) e uma colher de chá de sal e gargareje com esta mistura (sem engulir). Desta forma também melhora a higiene oral, pois o cravinho mata os micróbios e bactérias presentes na boca.

Para refrescar o hálito e matar ao mesmo tempo os micróbios e bactérias da boca, misture 2 gotas de óleo essencial de Cravinho e 2 gotas de óleo essencial de Hortelã e misture  com um copo de água destilada. Pode colocar em frasquinhos de spray que pode transportar e refrescar o hálito quando necessário.

As mulheres grávidas sofrendo de vómitos e náuseas podem transportar um saquinho com cravinhos  (especiaria) para aliviar estes sintomas.

1 gota de óleo essencial de Cravinho num copo de água com mel  ajuda a aumentar o apetite. (mulheres grávidas ou a amamentar não. Não ultrapasse a dose).

2 a 3  gotas de óleo essencial misturadas com um copo de água morna constitui um digestivo eficaz, combatendo a flatulência e o desconforto de uma digestão pesada. (mulheres grávidas ou a amamentar não. Não ultrapasse a dose).

Para combater os insetos  voadores,  2 gotas de óleo essencial de Cravinho em conjunto com 2 gotas de óleo essencial de citronela são eficazes colocados num difusor.

Para combater infeções fúngicas alguma zona da pele, amorne 2 colheres de sopa de óleo de coco até ficar líquido, junte uma colher de chá de óleo de Cravinho e aplique, quando a mistura estiver fria, externamente na zona afetada.

Para o controlo do acne misture 1 gota de óleo essencial de Cravinho com 1 colher se sopa de óleo de coco ou de jojoba e aplique gentilmente na face, massajando com os dedos. O óleo penetra profundamente na pele e remove a infeção, após algumas semanas.

Após a cura do acne, poderá ajudar limpar o rosto de manhã e à noite com a mesma mistura referida acrescentando-lhe um copo de água morna. Depois, retirar com água fria.

2 ou 3 gotas no difusor ou misturadas com uma colher de chá de óleo de coco ou azeite massajando nos pontos reflexos ajuda a combater a fadiga muscular. O mesmo efeito pode obter-se adicionando algumas gotas à água do banho. Em aromaterapia (colocado no difusor) atua também como tónico cardiovascular e cerebral.

Para as dores de cabeça, misture 2 gotas de óleo essencial de Cravinho com 1 colher de sopa de óleo de coco. Mergulhe um pedaço de algodão nesta mistura e cheire o algodão. O mesmo efeito pode ser obtido colocando o óleo no difusor.

Para as dores de ouvidos, os peritos aconselham misturar 2 gotas de óleo essencial de Cravinho com uma colher de chá de óleo de sésamo, amornar a mistura até ficar à temperatura do corpo e, com um conta- gotas, colocar 1  gota em cada ouvido.

Cravinho

Uso Metafísico do Óleo de Cravinho

Este óleo essencial está associado à regeneração e à  inspiração. Relaciona-se também com  amor, dinheiro e proteção. Impele para a ação, para seguir em frente    ajudando a perceber as qualidades únicas da identidade pessoal. É considerada  uma das fragrâncias angélicas. Pode usar-se quando a pessoa precisa de assistência espiritual , quando está com medo e precisa de sentir apoio de carácter espiritual. A tradição acredita que este óleo atrai riqueza e afasta as energias negativas, produzindo uma vibração espiritual de proteção e de purificação do lar. Usado num saquinho que a pessoa transporta, tem o condão, segundo a tradição, de atrair o amor.

Óleo Essencial de Cenoura

óleo essencial de Cenoura

Este óleo é extraído das sementes secas da cenoura selvagem que é uma planeta comum na Europa, onde é conhecido pelo nome popular de «Laço da Rainha Ana».  O nome científico é Daucus Carota  e o óleo extrai-se por destilação a vapor das sementes secas e também por vezes da planta seca.  Para além dos componentes químicos com propriedades antioxidantes, este óleo é também rico em Vitamina A e Caroteno, que protegem a visão.

Quanto aos seus benefícios para a saúde, podemos referir as qualidades antioxidantes que ajudam a manter a juventude da pele pela acção reparadora nos tecidos danificados pelos radicais livres. Exerce uma ação protetora sobe a pele, que resiste durante mais tempo aos sinais do envelhecimento e às rugas. Também atua positivamente  sobre as articulações, que se mantêm mais flexíveis. Ajuda  igualmente a prevenir a degeneração da mácula e outros efeitos decorrentes do envelhecimento, ajudando a manter a saúde da visão por mais tempo.

Possui propriedades antisséticas, desinfetantes e antivirais. Quando aplicado externamente na pele (depois de diluído num óleo de transporte) ajuda a curar infeções da pele e também, segundo dizem, feridas abertas. Ingerido (consulte o seu médico ou terapeuta antes de ingerir este ou outros óleos essenciais)  por exe., na comida, possui uma ação eficaz sobre as inflamações da garganta e da boca, do estômago e do cólon, intestinos e sistema urinário. É considerado muito eficaz para curar feridas, irritações, úlceras, etc. Tem ainda sido usado em caso de infeções virais do sistema respiratório, sendo útil no tratamento da bronquite.

O Óleo essencial de Cenoura tem também sido usado como desintoxicante pela  ação desintoxicante sobre o sangue, músculos e órgãos como os rins e o fígado. Diz-se que é capaz de eliminar o ácido úrico do sangue ,o que é útil em caso de edema, gota, artrite e reumatismo.

Os peritos afirmam que estudos recentes revelam uma ação positiva sobre alguns tipos de cancro, sobretudo o da garganta, boca, estômago, fígado e rins.

O óleo essencial de Cenoura tem efeitos carminativos, isto é, ajuda a eliminar o excesso de gases no organismo.

O efeito depurativo indica que é capaz de purificar o organismo de toxinas, limpando o sistema circulatório, digestivo e excretório e  ajuda a melhorar o estado geral de saúde do organismo.

Este óleo é  um bom tónico, tanto externo, pela ação sobre os músculos como interno, atuando sobre o sistema digestivo incluindo o fígado e regulando as secreções digestivas.

Tem propriedades emenagogas, regulando a menstruação  e aliviando as dores associadas.

Usado em aromaterapia alivia a ansiedade e o stress. Pode para o efeito ser colocado no difusor ou ser inalado.

Usado topicamente na pele ajuda a adiar os efeitos do envelhecimento da pele mantendo-a com aspeto mais jovem.

flor de cenoura selvagem

Como Usar o Óleo Essencial de Cenoura

Em primeiro lugar, como deve fazer antes de usar qualquer óleo essencial pela 1ª vez, coloque uma pequena quantidade na zona do braço e aguarde 24 h para ver se há alguma irritação. Este óleo não é considerado tóxico, no entanto, mulheres grávidas ou pessoas epiléticas não deverão usá-lo pois pode produzir efeitos adversos.

Nunca use este ou outro óleo sem o diluir num outro óleo de transporte como óleo de coco, de amêndoas doces, de girassol ou azeite.

Este óleo tem propriedades excelentes para a pele porém, depois de o usar não deve expor-se diretamente ao Sol por um período aconselhado de 72 horas pois alguns componentes produzem reação com a luz solar.

As pessoas epiléticas não devem usar o óleo em aromaterapia pois isso pode precipitar convulsões. .

Pode colocar 1 ou 2 gotas na comida para poder beneficiar dos bons efeitos a nível interno.

1 ou 2 gotas podem ser adicionadas a uma colher se sopa de óleo de transporte para massajar na pele. Alternativamente, pode adicionar-se à loção hidratante do corpo.

Podem colocar-se no difusor 2 gotas diluídas em uma colher de chá de óleo de transporte.

O aroma deste óleo não é muito agradável, por isso pode misturá-lo com outros óleos como Gerânio, frutos cítricos ou Cravinho.

planta  de cenoura selvagem

Propriedades Metafísicas do Óleo Essencial de Cenoura

É considerado uma das fragrâncias angélicas e associa-se à fertilidade. Diz-se que , adicionado à água do banho ou massajando-se o baixo ventre  diluído com um óleo de transporte, ajuda a fertilidade.

No plano espiritual é usado para ajudar a visão espiritual.

Óleo Essencial de Coentros

óleo essencial de Coentros

Os coentros são usados universalmente para dar sabor à comida mas têm também  muitas propriedades positivas para a saúde: na sua composição há 11 componentes de óleos essenciais, seis tipos  de ácidos incluindo o ácido ascórbico ou vitamina C, vitaminas e minerais. Assim, da próxima vez que usar esta humilde planta para aromatização culinária, pense que, em vez de a deitar fora quando a refeição está pronta, será boa ideia consumi-la por inteiro pois beneficia a sua saúde.

Os Coentros ou Cilantro Coriandrum Sativum L. têm sido usados em todo o mundo como condimento, guarnição alimentar ou decoração, desde a América e Ásia à Europa usando-se tanto as folhas como  as sementes para esse efeito. O óleo essencial é obtido a partir da destilação ao vapor das folhas e também pode ser destilado a partir das sementes.

Quanto às suas propriedades terapêuticas, estas são numerosas:

O Cineol e o ácido linoleico têm propriedades anti reumáticas e anti artríticas e ajudam a desinchar os membros inflamados com esses problemas, sendo também útil em outros processos inflamatórios da pele.

As propriedades desinfetantes, antifúngicas, desintoxicantes, antisséticas e anti oxidantes  são úteis em caso de Eczema, secura da pele e infecções fúngicas.

Os ácidos presentes no óleo essencial ajudam a reduzir os níveis de mau colesterol no sangue e nas paredes das veias e artérias, ajudando a combater a arteriosclerose e problemas cardíacos. Ao mesmo tempo, ajuda a elevar os níveis de bom colesterol, sendo por isso um auxiliar precioso no combate e prevenção destas doenças.

Alguns componentes deste óleo  e da planta ajudam a digestão e o bom funcionamento do fígado e dos intestinos, prevenindo a diarreia e  ajudando mesmo a cura desta, quando é de origem fúngica ou microbiana. Têm também uma ação positiva em caso de vómitos e náusea.

O consumo de coentros está também associado à redução de pressão arterial, havendo indícios fores  de que tem  uma ação positiva nos doentes com hipertensão.

O citronelol, outro componente deste óleo essencial, tem uma ação antissética podendo usar-se para ajudar a curar úlceras ou feridas na boca. Além de refrescar o hálito, ajuda a curar mais rapidamente essas feridas ,

O conteúdo elevado  em ferro ajuda a combater os estados de anemia, fortalece os ossos, aumenta a força e a energia, ao mesmo tempo que melhora as funções cognitivas.

Vários estudos têm a afirmado as propriedades antialérgicas do óleo essencial de Coentros ajudando, nas épocas mais propensas a ataques alérgicos, a minimizar os efeitos destes. É útil em caso de alergia no contacto com plantas, insetos ou comida.  Ajuda  também a prevenir  a infeção por salmonelas através da comida.

O seu teor rico em cálcio contribui decisivamente para  a saúde dos ossos e  a manutenção de um esqueleto forte. É também um bom auxiliar da digestão pois os seus componentes aromáticos ajudam a secreção das enzimas digestivas. Alguns estudos apontam que o uso dos coentros na alimentação de forma regular ajuda a combater a dispepsia. O seu alto teor em Vitamina C fortalece o sistema imunitário.

Tem sido referido também o seu efeito positivo no combate dos transtornos menstruais, por regular os ciclos menstruais e reduzir a dor associada.

A vitamina A e os componentes antioxidantes,  vitamina C e fósforo, ajudam a combater problemas de visão, previnem a degeneração macular e reduzem o stress sobre os olhos. O betacaroteno presente na planta ajuda as pessoas com idade mais avançada a manter a qualidade da visão. Do mesmo modo, os componentes desinfetantes e antimicrobianos  ajudam em caso de conjuntivite.

O efeito estimulante sobre o sistema endócrino ajuda a secreção de insulina pelo pâncreas, útil para os que sofrem de diabetes. A regulação da glicose é assim mais fácil, evitando picos súbitos no sangue.

Coentros

Como Usar o Óleo Essencial de Coentros

Como norma geral, antes de usar este ou outro óleo essencial, teste a sua aplicação numa zona do braço e aguarde para ver se não causa irritação cutânea. Não use nos olhos, ouvidos ou nariz. Respeite as instruções no frasco de compra.

Pode usar uma gota do óleo para dar sabor à comida, se gosta do sabor, e usufruir assim dos seus benefícios.

Pode misturar uma ou duas gotas com líquido ou água  e beber diariamente quando está a fazer uma dieta de limpeza de toxinas.

Pode usar uma ou duas gotas de óleo essencial de coentros com uma pequena quantidade de óleo de amêndoas doces  ou de coco e aplicar em irritações ligeiras na pele.

Dilua 2 gotas de óleo de coentros com uma colher de sopa   de óleo de coco e massaje a planta dos pés para ajudar a desintoxicar o corpo.

Pode misturar uma gota de óleo essencial de Coentros com 5 gotas de óleo de amêndoas doces ou de coco  e massajar suavemente as têmporas para aliviar a dor de cabeça.

Pode igualmente misturar algumas gotas na água do banho para estimular o poder natural de cura.

Note que, para ter os benefícios descritos, deve usar um óleo extraído pelos processos naturais de destilação a vapor. Existem óleos sintéticos no mercado que são mais baratos mas não têm as mesmas propriedades dos óleos naturais.

coen

Uso Metafísico do Óleo Essencial de Coentros

Este óleo essencial está associado à criatividade, otimismo, imaginação, entusiasmo e amor.  Possui as propriedades metafísicas de cura e de amor.  Segundo os entendidos, a sua fragrância impulsiona para a ação compassiva, generosa, otimista. Considera-se ainda que a sua ação faz com que as mudanças sejam feitas de forma suave, em sintonia com a unidade universal.  Considerada uma fragrância angélica, simboliza um novo ciclo de vida, sendo por isso útil quando se pede orientação para iniciar um novo emprego ou quando se pensa fazer uma mudança substancial em alguma área de vida. É considerada uma essência feminina, encorajadora e  suavemente estimulante.

 

Óleo Essencial de Citronela

óleo essencial de citronela

A Citronela é uma erva que cresce em alguns países asiáticos e  ilhas do Pacífico. Existem duas variedades de Citronela a partir das quais se extrai o óleo essencial: Cymbopogon Nardus, a variedade de Ceilão; e  Cymbopogon Winterianus a variedade de Java. O óleo é extraído por destilação a vapor da planta fresca. A segunda variedade, contendo os componentes geraniol e citronela em maior concentração, é considerada de qualidade superior em relação à variedade de Ceilão. A China e a Indonésia são os maiores produtores deste óleo essencial, embora haja produções pequenas em vários outros países .

A Citronela possui um aroma fresco a limão que lhe deu o nome pelo qual é conhecida. É largamente usada por esse motivo para dar sabor a bebidas e alimentos mas tem igualmente muitos usos medicinais:

Tem acção antibacteriana, podendo ser usada para desinfectar feridas e também para ajudar a debelar infeções urinárias e intestinais. A sua ação antissética previne igualmente que as feridas e infeções se tornem generalizadas.

Tem sido usado também como antidepressivo, ajudando a ultrapassar sentimentos de melancolia e ansiedade, tristeza e outros sentimentos negativos, contribuindo para gerar um estado de esperança mais positivo em relação aos problemas.

Possui acção antiespasmódica, desfazendo os espasmos musculares e cãibras e aliviando os seus sintomas.

Tem uma ação anti inflamatória  sobretudo no trato digestivo,no fígado e estômago, dando alívio em situações de abuso de substâncias aditivas como álcool ou tóxicas, comida picante e outros problemas digestivos, aliviando a dor e reduzindo a inflamação. O sue uso ajuda o estômago a funcionar apropriadamente.

Algumas gotas na água do banho ou massajadas no corpo (diluído em óleo de transporte) ajudar a desodorizar o corpo, deixando um aroma agradável . A Citronela é bastante usada pela indústria dos perfumes e desodorizantes pela mesma razão, sendo um dos compostos frequentes no fabrico desses produtos. A sua mistura na água do banho ajuda também a libertação de toxinas e sais do corpo, (ação diaforética) através da transpiração.

A acção fungicida pode ser útil em caso de fungos  que afetem os ouvidos, nariz e  garganta. Pode ajudar a curar os fungos em outras partes do corpo também.

Os peritos consideram-no também um excelente inseticida e repelente de insectos, matando inclusivamente o mosquito cuja bicada provoca a febre amarela, lêndeas, etc.

Tem uma acção estimulante sobre o sistema circulatório, ajudando também a manter saudável o sistema imunitário, glandular e metabólico.

Possui uma acção tonificante generalizada sobre o corpo, o sistema nervoso e o cérebro, o sistema digestivo, etc..

Os peritos apontam também a sua acção vermífuga que elimina os vermes intestinais. Também tem sido usado para aliviar dores de cabeça, reduzir a oleosidade da pele e do cabelo , dores abdominias, etc.

Citronela

Como Usar o Óleo Essencial de Citronela

Embora não se atribua  toxicidade a este óleo, este deve ser usado sempre diluído pois, quando é usado em alta concentração, pode causar irritação e sensibilização da pele. Mulheres grávidas e crianças pequenas também não deverão usar este óleo.

O óleo essencial de Citronela é comumente usado para expelir vermes intestinais. Para o efeito 1 ou 2 gotas de óleo podem ser deitadas na comida ou bebida.

Para efeitos inseticidas, misture algumas gotas de óleo essencial a uma garrafa de spray com água e algumas colheres de baunilha e borrife a zona com insetos a eliminar.

Duas gotas  de óleo essencial em 5ml de óleo de amêndoas doces usado em massagem sobre zonas dolorosas alivia as dores e os espasmos que as provocam. O calor libertado ajuda a produzir este efeito.

O aroma deste óleo essencial inalado do frasco do óleo ou num difusor, acalma a fadiga mental , dores de cabeça, nervosismo e depressão, etc.

Duas ou 3 gotas de óleo de Citronela na loção da pele ajudam a combater a pele oleosa.

Misturado com um óleo de transporte pode ser usado como perfume  corporal ou desodorizante.

folhas da citronela

Uso Metafísico do Óleo Essencial de Citronela

O óleo essencial de Citronela é considerado   um potente agente de limpeza mental  e psíquica , ajudando a superar a tristeza e a  inação.  Este óleo associa-se  ao Sol e é atribui-se-lhe a propriedade da cura. Para esse efeito,  a sua colocação num difusor , produz um alívio de tensões e bem estar através do aroma que se espalha pelo ambiente, de leveza mental que gera nova energia para cumprir objetivos e tarefas do dia-a-dia.

Óleo Essencial de Canela

 

óleo essencial de canela

Uso Medicinal da Canela

A Canela é bem conhecida como especiaria, sendo muito usada na doçaria tradicional. A Canela é uma árvore com origem na Ásia Tropical, cujo nome científico é Cinnamomum zeylanicum e é, desde a antiguidade, usada no Sri Lanka  e na Índia, onde tem sido usada para fins medicinais.  Os europeus, como sabemos, trouxeram-na para a Europa, onde tem sido usada principalmente como especiaria mas também nas medicinas ditas alternativas.  Hoje esta planta é cultivada em praticamente todas as regiões de clima tropical do mundo.  A parte mais importante da Canela é a casca, rica em minerais e também em fibra.

Nos tempos antigos a Canela era usada para ajudar a curar vários problemas de saúde como diarreia, cólicas menstruais, artrite, problemas digestivos, constipação e gripe, infecções fúngicas da pele, etc..

A Canela tem propriedades antibacterianas, antifúngicas, adstringentes, antimicrobianas. É considerada um bom tónico cerebral, um  auxiliar na redução da tensão nervosa e em caso de perda de memória. O aroma da Canela ativa o funcionamento do cérebro. Estudos realizados mostram que a Canela melhora a prestação na realização de tarefas cognitivas, da memória de trabalho, da capacidade de atenção, etc.

Tem  também propriedades purificadoras do sangue, ajudando a pele a libertar-se das inestéticas «espinhas». Torna mais fluída a circulação do sangue, aumentando o fluxo de oxigénio para as células.  Aumenta a actividade metabólica e, segundo dizem os peritos, também ajuda a prevenir doença cardíaca, se for tomada regularmente.

Os doentes com diabetes de tipo 2 podem beneficiar com  o uso desta especiaria pois esta atua sobre a glicose do sangue, ajudando a controlá-la e, desse modo,  estes doentes, ao tomarem Canela, podem reduzir a necessidade de insulina. Estudos realizados pela instituição americana do departamento de nutrição humana  e agricultura constataram que e existência de um polifenol na Canela a atua em conjunto com a insulina,  quando a Canela é adicionada à comida, ajudando à melhor absorção daquela pelo organismo.

Tem sido comprovada a ação da Canela sobre fungos e bactérias, mesmo da família dos estafilococos. Em situações de sangramento, possui uma acção anticoagulante, ajudando a parar as hemorragias.

A inclusão da Canela como especiaria na comida tem, segundo se acredita, uma acção preventiva da doença coronária e da pressão  sanguínea alta.

O seu perfume agradável faz com que entre na composição de perfumes e também tem uma ação contra o mau hálito, quando é mastigada.

Um outro uso popular da Canela é como auxiliar da digestão: tem propriedades carminativas, reduzindo os gases e a flatulência, ajudando em caso de indigestão, vómitos, diarreia, dores de estômago causadas pela acidez. É considerada um tónico digestivo.

Alguns pensam que o consumo de Canela ajuda a aumentar a secreção de leite materno de boa qualidade.

árvore da canela

Como Usar o Óleo Essencial de Canela

O óleo essencial de Canela é mais potente do que a canela vulgar que usamos como especiaria e também para os fins medicinais referidos atrás.  No mercado encontram-se dois tipos diferentes de óleo essencial de Canela: o óleo obtido a partir da casca e o óleo obtido a partir das folhas. Apesar de terem algumas semelhanças, são usados para fins diferentes. O óleo obtido da casca é em geral mais caro do que o obtido a partir das folhas e possui um intenso perfume de Canela. Os dois óleos também são fáceis de distinguir pois, enquanto o óleo da casca tem uma cor castanho avermelhado, o óleo das folhas tem uma cor  mais leve a amarelada.

O óleo da casca da Canela tem um efeito poderoso na dilatação dos vasos sanguíneos ajudando a aliviar os processos de inflamação.  Tem uma ação positiva sobre os vírus, ajuda a combater os radicais livres, melhora a circulação, ajuda a afastar os parasitas e é eficaz também, segundo os peritos, no alívio dos sintomas da depressão.

Segundo os entendidos, o óleo de Canela ajuda a limpar as artérias das placas que produzem arteriosclerose, prevenindo dessa forma problemas cardiovasculares. uma vez que tem uma ação positiva na segregação do ácido nítrico. Alguns dos seus compostos ajudam a saúde do coração, sendo por isso este um óleo aconselhado para quem já sofreu um ataque cardíaco.

Ajuda a estabilizar a glicose no sangue, prevenindo desse modo  a fadiga  causada pela descida de açúcar no sangue. Pode usar-se no difusor de aroma ou mesmo massajar com 2 gotas diluídas em  2 gotas óleo de transporte no peito ou nos pulsos.

O Óleo essencial de Canela ajuda também a debelar irritações , comichão ou infeções na pele. Para esse efeito misture duas gotas de óleo essencial com 2 gotas  de óleo de coco e massaje as zonas de pele afetadas. Deve usar o óleo essencial diluído em partes iguais com óleo de coco.

Pela sua ação no controlo do açúcar no sangue, este óleo pode ajudar os que desejam emagrecer uma vez que os desequilíbrios de glicose no sangue podem levar a comer demasiado. Adicionar um ou 2 gotas à comida ajuda a estabilizar os níveis de glicose .

Um componente do óleo essencial de Canela- Eugenol- ajuda a combater os sintomas de gastrite ou úlcera gástrica , contribuindo assim para o alívio das dores gástricas.

Uma combinação de água com limão quente, duas gotas de óleo de Canela e mel tomados de manhã é considerado um bom auxiliar em situação de dores de garganta e inflamação da garganta, ajudando também  a fortalecer o sistema imunitário.

A propriedade deste óleo de dilatar os vasos sanguíneos é também muito eficaz no alívio de dores de cabeça para o que pode ser inalado o seu aroma, colocado num difusor. Em alternativa pode inalar-se diretamente do recipiente onde está colocado o óleo ou pode colocar umas gotas numa peça de tecido e cheirar a partir daí.

arvore da canela 2

Uso Metafísico do Óleo Essencial de Canela.

Este óleo está ligado á ideia de energia, força interior  e prosperidade , amor e proteção. Encoraja a força e energia para encontrar o amor espiritual no seu próprio âmago. Ajuda a compreender que ninguém está nunca sozinho e pode encontrar em si mesmo a fonte de amor de que necessita em termos espirituais. É considerado uma das fragrâncias espirituais, associadas ao Sol. Colocado num difusor e espalhando o seu aroma pela casa, atrai, segundo a tradição, prosperidade e proteção

Óleo Essencial de Madeira de Cedro

óleo essencial de cedro

O óleo essencial de Cedro é extraído da madeira da árvore de cedro, por processo de destilação a vapor. Esta árvore tem o nome científico de Juniperus Virginiana (também conhecido como   Cedrus DoedaraCedrus Atlantica, e Cedrus Libani, conforme  a  região em que se encontra. Esta é uma planta de climas frios, encontrando-se em altitudes elevadas. Possui substâncias químicas que lhe dão valor medicinal.

Este óleo essencial tem as seguintes propriedades: é anti seborreico, antissético, antiespasmódico, tónico, adstringente, diurético, emenagogo, expetorante, inseticida, sedativo, fungicida.

As propriedades anti seborreicas ajudam a curar os processos inflamatórios nas glândulas sebáceas que produzem excesso de sebo na pele. Reduz a produção de sebo e ajuda na cura da infeção. Reduz também a vermelhidão da pele associada.

Pode ser usado externamente nas feridas como antissético, prevenindo a  sua infeção. É frequentemente um ingrediente dos cremes antisséticos pois liberta o corpo de toxinas.

A sua acção anti-inflamatória revela-se positiva na artrite.

Alivia os espasmos de todos os tipos, (do trato respiratório, músculos, nervos, coração, intestinos).

Possui uma ação tónica geral sobre o organismo e os seus sistemas, estimula o metabolismo. Tonifica os músculos, estômago, pele e melhora o funcionamento do fígado e dos rins.

A sua ação adstringente ajuda quando há problemas nas gengivas, dores de dentes, flacidez muscular. Pode também diminuir os efeitos da diarreia, pela contração muscular do sistema digestivo. Aplicado localmente na pele, protege de toxinas e bactérias, ao formar um escudo de proteção da pele.

Possui funções diuréticas e emenagogas, aumentando o fluxo de urina e reduzindo a irregularidade menstrual.

Possui uma função expetorante, aliviando a congestão do trato respiratório . Diminui as dores de cabeças e a vermelhidão e pingo do nariz em caso de constipação, ajudando também a conseguir um sono tranquilo.

As propriedades inseticidas do óleo essencial de Cedro são bem conhecidas desde há muito. Em locais com muitos insetos voadores como moscas e mosquitos, a sua vaporização no ar afasta estes insetos .

Possui também um efeito calmante e sedativo sobre a mente, alivia a ansiedade, o stress e a depressão, quando usado em aromaterapia, inalando o seu aroma.

Segundo alguns estudos, a inalação do óleo essencial de Cedro protege da infeção por fungos, tanto externa como internamente.

Cedro

Como Usar o Óleo Essencial de Cedro

Pode juntar 5 gotas à água do banho para alívio de comichão ou pequenas inflamações na pele. Pode também juntar duas gotas à loção para o corpo ou misturar num óleo de transporte e massajar a zona afetada.

Combinado com óleo de Tomilho, Alfazema e  Alecrim, ajuda a melhorar o cabelo e até mesmo, segundo dizem, a prevenir a sua queda. Diz-se que torna o cabelo mais forte. Para esse efeito, podem-se adicionar 2 ou 3 gotas ao champô ou condicionador ou aplicar no couro cabeludo numa massagem, após diluído em óleo de transporte, deixar estar durante 30 m e depois passar por água ou lavar a seguir.

Misturado com óleo de coco ( 2 gotas para  uma colher de sopa de óleo de coco) pode aplicar-se nas feridas como antissético.

Para as dores da artrite pode-se adicionar ao banho 10 gotas de óleo essencial de Cedro. Em alternativa, pode inalar-se o óleo.

Em situação de diarreia ou dores digestivas, pode juntar-se 3 a 5 gotas de óleo essencial de Cedro a óleo de coco e massajar na barriga e intestinos ou em qualquer outra zona dolorosa muscular.

Adicionado (2 ou 3 gotas) a um spray para o corpo, produz efeitos de desodorizante natural. Também afasta os insetos atuando como repelente.

Duas gotas misturadas com óleo de amêndoas doces, óleo de coco ou outro óleo de transporte, massajar sobre a bexiga e rins para aumentar o fluxo urinário.

Colocado no difusor ou simplesmente inalando o aroma, ajuda, segundo os entendidos, a regular o ciclo menstrual.

Massajar o peito e a garganta antes de dormir com 2 gotas de óleo essencial e óleo de transporte antes de dormir, ajuda em situação de constipação .

Inalar o óleo ou massajar a zona acima das sobrancelhas com 2 gotas de óleo diluídas ajuda a aliviar a tensão.

Diluir o óleo essencial em óleo de coco e massajar no corpo ajuda a debelar infeções por fungos.

Adicionar 1 gota de óleo essencial à loção do rosto para reduzir  o acne.

Madeira de Cedro

Precauções na utilização

Este óleo nunca deverá ser ingerido. Pode também causar irritações na pele se for usado muito concentrado pelo que deve haver o cuidado de o diluir sempre antes de usar.  Mulheres grávidas não deverão usar este óleo. Este é um óleo muito forte que , se for ingerido  pode causar danos no sistema digestivo, causando vómitos, náuseas, sede, intoxicação. Não deve ser usado junto aos olhos, nariz nem no interior dos ouvidos. Antes de usar o óleo em partes extensas da pele, verifique primeiro a sua reação, colocando um pouco no braço e esperando 48 horas para ver se não tem nenhuma reação alérgica. Os óleos essenciais são auxiliares preciosos que a Natureza disponibiliza mas não devem ser usados em excesso pois isso pode híper sensibilizar a pele.

Árvore Cedro

Uso Metafísico do Óleo de Cedro

É considerado um fator de equilíbrio e de firmeza espiritual, ajudando a manter o caminho do nosso propósito de vida. Diz-se que ajuda a realização dos sonhos , que contém o espírito  dos ancestrais e que nos enraíza na existência terrena. É considerado uma das fragrâncias angélicas, transportando os anjos de sabedoria para junto de nós quando precisamos. É também um agente de purificação. Está ligado com o renascimento e o crescimento. Os antigos egípcios untavam o corpo dos defuntos com este óleo essencial para assegurar que o ser voltaria a nascer e a crescer. Os índios americanos usavam-no como agente de purificação.  O seu uso protege de energias negativas, segundo os peritos.