Figuras da Arte e da Cultura- Luiz Vaz de Camões


 
Luiz Vaz de Camões
23 de Janeiro de 1524 (gregoriano), 21.30
Lisboa, Portugal , 38 N 43, 9W 08
Local Mean Time 9W 08
(com base em  Mario Saa,  1940)
Luiz de Camões  é um dos grandes poetas do mundo ocidental, comparável a Shakespeare, Dante ou Virgílio e um dos maiores de Língua Portuguesa.  O seu peso é tal que é identificado com  a língua portuguesa , também designada como «língua de Camões».  A data da sua morte é feriado nacional, também conhecido como «dia de Portugal». Este grande mestre das letras portuguesas não teve, no entanto, uma vida muito feliz. Romântico incorrigível, apaixonou-se muitas vezes; turbulento e impulsivo, foi  exilado e  esteve preso, tendo tido que servir nas milícias militares em Ceuta, em Goa etc. viveu com poucos meios e morreu pobre. Um fidalgo amigo mandou escrever o seguinte epitáfio na sua sepultura: «Aqui jaz Luiz de Camões, príncipe dos poetas do seu tempo. Viveu pobre e miseravelmente e assim morreu.» Como acontece muitas vezes aos grandes criadores e artistas, Camões só recebeu o pleno reconhecimento após a sua morte, sendo hoje considerado um dos maiores poetas do mundo ocidental  de sempre.
A Identidade Básica: Ascendente em Virgem, Lua em Carneiro e Sol em Capricórnio

 A identidade básica é constituída pelo elemento Terra:no  signo do  Ascendente e no signo do  Sol e pelo elemento Fogo na energia expressa pela Lua.

O Ascendente Virgem  indica uma mente extremamente organizada , um intelecto forte e um excelente domínio da linguagem.  A mente é discriminativa e exacta nos pormenores. A tendência para a opinião crítica é forte e, no caso de Camões, ela  pode ter-lhe valido o primeiro «exílio» de Lisboapelas alusões adivinhadas na peça El –Rei Seleuco à figura do rei.  Os nativos do signo de Virgem têm um amor pela ordem e pelo perfeccionismo que os leva muitas vezes a exprimir intolerância, o que traz conflitos e argumentações com os outros. De uma forma ou de outra, Camões pagou durante toda a sua vida pela incontinência verbal (e não só).
O gosto pela ordem e planificação e o perfeccionismo exacerbado, o amor pelo método e pelo equilíbrio construído pela sua  racionalidade torna difícil aceitar  tudo o que escapa ao sentido pessoal  do certo e do errado. 
A Lua está colocada no Nakshatra Bharani, 1º pada. Os nativos desta estrela são enérgicos e com múltiplos interesses, possuem uma alma poética e são amantes das artes. São pessoas que experienciam as contradições no âmago da alma e, por isso, podem entrar em numerosos  conflitos pois, quando têm opinião formada não são capazes de ceder. São amantes perenes, desempenhando as experiências amorosas um papel fundamental nas suas vidas.
A Lua está colocada no signo de Carneiro. Trata-se de um signo bastante impulsivo, forte, determinado. Os seus nativos são muito independentes, ignoram conselhos e atitudes prudentes ou diplomáticas: precisam de testar a sua força e a sua coragem, não evitando, por isso, situações que se poderão traduzir em consequências menos afortunadas.  Foi o caso de Camões que passou a vida a meter-se em situações turbulentas  das quais ele foi o principal  causador e sofredor. 
A Lua em Carneiro adora seguir caminhos ainda não percorridos, não gosta de rotinas nem de estar quieta, gosta de viajar e de explorar. Têm tendência para gerar escândalos que se repercutem na vida social e profissional, afectando a sua reputação.  Estão normalmente destinados a tornar-se famosos, embora nem sempre pelos motivos mais positivos. São rebeldes e com uma fortíssima personalidade de lideres, nunca se submetendo a qualquer autoridade.
O Sol em Capricórnio  indica  nativos  que são trabalhadores incansáveis. Neste caso, a relação entre as energias de Virgem e de Capricórnio tornou Camões um incansável escritor, escrevendo o seu poema épico  ao mesmo tempo que combatia, explorava e conhecia os costumes e a história local dos lugares longínquos por onde viajou; e se perdia de amores com as mulheres que apareciam no seu caminho. Ao mesmo tempo tornou-o um mestre da métrica do verso, considerada perfeita e ao nível dos maiores poetas de sempre a nível mundial.
Capricórnio é muito ambicioso, ansiando pelo reconhecimento social e profissional e um estilo de vida condizente com o seu valor. Odeia receber ordens, por isso, mesmo quando é obrigado a obedecer, arranja sempre uma  maneira de  preservar o seu espaço individual de liberdade e de  decisão. O seu espírito não dominável, é orgulhosamente cioso da sua marca pessoal.  
Respeita como poucos a tradição e tem um sentido forte do dever e muita paciência e resiliência para enfrentar os obstáculos da vida  embora possa, de vez em quando, passar por breves momentos de falta de fé em si próprio. Possui uma mente altamente inteligente e com sentido prático, aprendendo pela experiência. No caso de Camões, a influência do signo Carneiro orientou-o mais para uma projecção em relação ao futuro do que ao passado, apesar de lhe conceder importância. Camões aprendeu muito com os livros mas também deu um lugar privilegiado à experiência como fonte de aprendizagem inestimável.
As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo

 O regente do Ascendente está colocado na 4ª casa. Esta posição mostra uma educação cuidada e, de facto, Camões teve oportunidade de estudar os clássicos como poucos na sua época, tirando partido da ligação do seu tio Bento Camões  à Universidade de Coimbra. Esta posição também indica mudança frequente de residência, o que se constatou ao longo da vida de Camões, que foi um viajante forçado  grande parte da vida. Esta posição também pode indicar interesse pelos assuntos espirituais e, embora Camões tenha vivido uma vida boémia, basta ler as suas obras  para nos apercebermos da sua profundidade na compreensão da realidade.

O sol está em conjunção com Vénus na 5ª casa, indicando inteligência , gosto por viagens e pela vida luxuosa e  pelo conforto  e uma vida em que as relações amorosas desempenham um papel principal. Ao mesmo tempo também indica  muita criatividade e amor pela arte, um desejo intenso pela fama e pelo reconhecimento.
A Lua está colocada na 8ª casa. Não é uma colocação muito auspiciosa, sobretudo para o parceiro de vida. Indica ganhos de parcerias e, de facto, Camões obteve muitas vezes ajuda de amigos que lhe pagaram as dívidas. Quando regressou da Índia para Portugal, foi graças a um amigo que ele pôde voltar, pois ele pagou-lhe a passagem e as dívidas.
A 6ª casa está muito carregada com a presença de Marte, Júpiter, Saturno e Rahu.  Saturno e Marte estão  bem colocados aqui indicando vitória sobre os inimigos e obtenção de fama e ganhos a partir do trabalho intelectual e dos esforços pessoais. Mas não evita os conflitos e os problemas, inimigos, etc. a vida de Camões foi um claro exemplo da predominância da 6ª casa no destino. Rahu  também está muito bem colocado na 6ªcasa e assegura respeito e fama bem como vitória sobre  os inimigos. Mas não evita que tais situações surjam  na vida da pessoa. Saturno está aqui colocado no seu signo de Mooltrikona e indica um poderosíssimo intelecto, como tinha que ser o de alguém que produziu  obra tão grandiosa.
Confirmação pela Navamsa
O Ascendente Navamsa «cai» na 7ª casa do horóscopo de nascimento. A 7ª casa é a casa das parcerias e também da relação com países estrangeiros. Estas dimensões desempenharam um papel especial na vida de Camões no cumprimento do seu propósito de vida.  Júpiter, o regente do Ascendente, está colocado no próprio signo o que revela um destino  com um propósito de vida que seria de realçar  e uma vida que não passaria despercebida.
O Sol  está na 3ª casa, indicando coragem e inteligência, talvez também alguma arrogância intelectual . Indica que o nativo terá que lutar pelo sucesso.
A Lua encontra-se em Leão na 6ª casa. Indica algum nervosismo na personalidade e uma saúde que poderá sofrer os seus percalços. Camões morreu muito novo, quanto tinha apenas 56 anos e os seus últimos anos de vida (ele regressou a Lisboa em 1569) foram amargurados pela doença e pela miséria
Mercúrio e Marte encontram-se em conjunção  na 9ª casa. Esta colocação de Mercúrio revela bem a importância que as viagens e  o contacto com culturas estrangeiras teve na vida e na escrita de Camões. Indica também, para além de grande eloquência, um pensamento  antidogmático. O planeta Marte  reforça os significados associados à expressão mental do nativo  mas é um indicador possível de acidentes no estrangeiro. Camões foi ferido em batalha quando estava em Ceuta, tendo perdido nessa ocasião um dos olhos.Esta conjunção também mostra o temperamento explosivo do nativo, sempre pronto a explodir em impaciência e agressividade quando provocado.
Saturno está colocado no signo de debilitação na 2ª casa da Navamsa . Esta casa tem a ver com o desenvolvimento dos recursos pessoais e com o dinheiro ganho como fruto do seu trabalho.  E o estado aflito de Saturno, regente da 11ª e 12ª casas na Navamsa, relacionadas respectivamente com os ganhos obtidos  e realização dos desejos pessoais  (11ºcasa) e com as despesas (12ª) deixa-nos perceber como é que um homem da craveira intelectual de Camões viveu e morreu na maior miséria. O seu funeral foi pago por uma instituição de beneficência, a «companhia dos cortesãos». Rahu e Ketu encontram-se no eixo 11ª e 5ªcasa que habitualmente favorecem o alcançar de riqueza mas o estado de debilitação de Saturno, planeta  do karma , não permitiu que ele conhecesse em vida o conforto e a riqueza. O verdadeiro reconhecimento que o mundo haveria de lhe atribuir só viria após a sua morte. 
Quando Camões regressou a Portugal, em 1569, estava activo o período principal (mahadasha)  de Rahu. Quando morreu, em 10 de Junho de 1580, estava activo o mesmo mahadasha e o sub- período do Sol, regente da 12ª casa do horóscopo de nascimento e da 6ª casa da Navamsa, ambas relacionadas com a doença e  (a 12ª ) com o final da vida.

Alfred Hitchcock, A Arte do Lado Sombrio do Ser Humano

 
Alfred Hitchcock
13 Agosto 1899, 3h 15 (hora sem confirmação)
Londres, Inglaterra, 51N 30; 0º10’ W
Timezone : Standard Time
(Espólio de Lois Rodden)
Alfred Hitchcock tornou-se um ícone cultural do sec. XX. A sua maestria no cinema, a capacidade para envolver o espetador nas cenas do grande écran e para conduzir a câmara a partir das emoções e do suspense de quem está a ver o filme foi pioneira e inimitável na História do Cinema. A sua maneira de filmar fez escola e ninguém mais do que  ele contribuiu para fazer do cinema uma arte e não apenas uma indústria. Ao longo da sua longa carreira (de 60 anos) produziu e realizou mais de 50 filmes, alguns considerados dos melhores de sempre. Foi um estudioso da alma humana, dissecando em cada filme alguns dos mistérios que conduzem os seres humanos pelos caminhos do «mal», do crime, do engano e do embuste. Os seus filmes mostram as teias do medo, da dissimulação  e do crime, no desejo de mostrar que, na vida, muito daquilo que parece não é e muito daquilo  que não parece, é.  Os filmes de Hitchcock não perdem atualidade nem interesse, envolvendo-nos e enganando-nos, fazendo-nos mudar de perspetiva e de significados, obrigando-nos a olhar para as zonas mais sombrias da psique e do comportamento humano.

A Identidade Básica- Ascendente Caranguejo, Lua Balança (Libra) e Sol Caranguejo

Com o Ascendente  e o Sol no signo Caranguejo este nativo possui uma forte natureza emocional e uma ligação muito forte às raízes familiares. Curiosamente, Hitchcock abandonou  a Grã Bretanha, seu país natal, para viver nos US, tendo-se naturalizado cidadão americano em 1955. Mas o amor pelo «lar» típico do signo Caranguejo  manifesta-se claramente  na compra de uma propriedade de grandes dimensões, nas montanhas de S.ta Cruz na Califórnia, em 1940, logo depois de ter chegado aos US, tendo feito desta propriedade  a sua residência permanente  pelo resto da vida, embora tenha mantido outra casa no bairro de Bel Air.  O rancho também mostra o gosto pela proximidade da terra, visível nestes nativos.
Os nativos deCaranguejo precisam de um espaço de reserva que lhes proteja o mundo interior e, ao mesmo tempo, lhes ofereça segurança material e emocional. O lado introvertido do signo, centrado na família e nas  suas necessidades  também é visível na preferência  de Hitchcock por viver nesta propriedade que é um mundo à parte, fora dos «ruídos» do mundo exterior.
O  signo Caranguejo  também é muito empreendedor, com grande intuição para compreender os segredos da psique humana, os recônditos mistérios que estão por detrás dos comportamentos «maus» do homem e a exploração desta capacidade intuitiva para percepcionar os mistérios da natureza humana fez a diferença na vida deste grande realizador de cinema.
Mas, para além da influência deCaranguejo, Hitchcock mostra também um lado mais social e amigável, com marcado sentido estético , produzido pela Lua em Balança (Libra) .O desejo de justiça, os valores éticos como parte fundamental das mensagens dos seus filmes, os sentimentos humanos e as suas alegrias e desapontamentos,  a importância do casamento como instituição reguladora da vida sexual e emocional do ser humano, são temas fundamentais para o signo Balança.
A associação entre  Caranguejo e Balança  na identidade básica de Hitchcock explica bem o seu interesse essencial: os seres humanos, as suas escolhas e ações, os comportamentos justos e injustos, corretos e incorretos e as motivações que se escondem atrás deles, estes são os temas dos filmes de Hitchcock e são temas centrais para estes dois signos.
As Assinaturas Astrológicas que revelam  o «Destino» de Hitchcock
Quando olhamos para a carta  de nascimento deste nativo deparamo-nos com alguns aspetos que explicam o seu enorme sucesso e o alcançar de fama na vida: o Sol  está na 1ª casa em conjunção com  Vénus  que, por sua vez, está em receção mútua com a  Lua . O Sol  na 1ª casa dá uma personalidade com grande capacidade de afirmação, e desejo de sobressair pelo cumprimento de um destino notável, compensando a natural hesitação da  Lua em Balança e   um sentido de propósito inabalável, pelo que a pessoa sabe muito  bem o que quer da vida e luta para o alcançar. A conjunção com Vénus  , regente da  11ª casa  da realização dos desejos e dos ganhos forma um Dhana Yoga  poderoso, ou seja, é uma forte  assinatura de riqueza, pois o sol rege a 2ª casa  associada à acumulação de riqueza. Ao mesmo tempo, segundo a Astrologia Jyotish, o Sol e Vénus são inimigos pelo que talvez esta conjunção no Ascendente que rege o corpo) explique  o problema de obesidade de que Hitchcock  sofreu desde criança.
ALua está colocada na4ª casa, que corresponde ao signo que rege, e está em conjunção com  Júpiter formando um yoga Gaja Kesari potenciador  da sorte, da fama, dos ganhos de riqueza e protetor da vida individual. O planeta Marte , yogakaraka por reger a 10ª e a 5ª casas está bem colocado na 3ª casa indicando grande potencial de desenvolvimento, sucesso , fama e riqueza, através da realização dos desejos e esforços pessoais. A 3ª casa é uma casa upachaya (de crescimento) pelo que a situação do nativo melhorará ao longo do tempo. E a  longa carreira de Hitchcock assim o comprova, com o sucesso a chegar nos anos 50, prolongando-se pela década seguinte e até à sua morte. Quando adoeceu no final da vida estava a trabalhar num projeto para um filme que a morte não permitiu que se concretizasse, aos 80 anos.
Mercúrio está localizado na  2ª casa,  indicando ganhos através do trabalho intelectual  mas, como regente da  12ª casa, indica que o nativo ganhou muito dinheiro mas também teve grandes despesas ou gastos filantrópicos.
Os nodos estão bem colocados, com Rahu na  6ª casa ajudando a realização de todos os desejos pessoais e permitindo atingir a fama e a riqueza. Ketu na 12ª casa predispõe para a espiritualidade e para uma interpretação do mundo baseada em valores espirituais.  Mas estão no signo de debilitação, o que pode ter sido desfavorável para a saúde e para a tranquilidade interior ou a paz mental.
Saturno  retrógrado na  5ª casa  também não favorece a tranquilidade mental indicando tendência para alguma melancolia ou depressão.  Mas, sendo regente da  7ª casa  colocado na 5ª  indica bom karma no casamento e uma esposa devotada com felicidade no nível afetivo e também vinda dos filhos.
Podemos ainda referir outras assinaturas presentes na carta astrológica natal: o yoga Vesi formado  pelo facto de Mercúrio estar colocado na  2ª casa a partir do Sol e que indica uma pessoa equilibrada e verdadeira; o yoga Bheri, formado pela Lua, Júpiter e  Vénus (Júpiter Vénus e regente do Ascendente em kendras mútuas e regente da 9ª casa forte) que indica riqueza e felicidade familiar; o yoga Duradhara, formado por  Saturno e Marte  (respetivamente na  2ª casa e na  12ª casa  a partir da Lua) e que indica que «gozará de confortos como um rei»; e ainda os yogas Parvata, (formado pela Lua,  Júpiter e Vénus  em casas kendra e sem maléficos nas casas 7 e 8) e Kaahala formado por  Júpiter e Vénus  Júpiter e o regente da  4ª casa em kendras mútuas  e o regente do Ascendente é forte), ambos indicando fama, altas realizações, riqueza e bom caráter. No mesmo sentido vão os yogas Kalpadruma/Parijata (envolvendo a  Lua, Vénus ,Júpiter); Pushkala (formado pela  Lua e Vénus); Raja/Lakshmi (formado pela Lua e Júpiter ) etc.
Confirmação pela Navamsa
O  ascendente da Navamsha cai» na 4ª casa do horóscopo de nascimento, mostrando a importância do ambiente doméstico, a vida familiar e os aspetos relacionados no destino de Hitchcock. O regente do Ascendente Navamsa está colocado na  3ª casa desta varga, indicando a importância  dos esforços individuais e dos desejos e ambições  no sucesso pessoal. Esta casa também se relaciona com o amor pelas artes e pela comunicação. Júpiter e e Lua continuam em conjunção, na  4ª casa e, apesar de Júpiter  estar debilitado em Capricórnio , o yoga Gaja Kesari é uma assinatura fortemente protetora pelo que se manteve o sucesso na carreira e a proteção da vida familiar.
Saturno também reforça os seus significados da carta de nascimento, por estar colocado em  Aquário ,o seu signo Mooltrikona. Esta posição favorece o sucesso alcançado pelo trabalho árduo, embora seja habitualmente menos positiva para a vida amorosa e para a relação com os filhos. O  Sol  está colocado na  6ª casa, indicando mais uma vez sucesso na vida material.
Mercúrio  e  Marte  estão bem colocados por signo, pois estão no próprio signo . Mas, se no caso de Mercúrio a colocação na 9ª casa é indicadora de sucesso, mostrando que o nativo terá todas as ferramentas intelectuais necessárias para ter sorte nos seus empreendimentos e  será uma pessoa espiritualmente orientada, a colocação de Marte na  7ª casa indica perturbações na vida conjugal. Esta posição, aliada à de Saturno que está em aspeto com Marte, indica fortes laços kármicos nesta área da  vida pessoal, bem como nas parcerias de negócios. Os nodos estão reposicionados, na Navamsa, no eixo 8ª /2ª com Rahu  na 8ª casa , posição que também não favorece a felicidade familiar, embora esteja em signo amigo. Indica crises pessoais , reviravoltas no destino, necessidade de ir para além dos objetivos materiais da vida.  Pouco tempo antes de morrer Hitchcock exprimiu a sua devoção  pela esposa, Alma, que considerou uma das pessoas mais importantes da sua vida e com a qual esteve casado desde 1926  e até à sua morte, uma expressão bastante compreensível dada a forte presença do  signo Caranguejo na sua  personalidade.

Quando Hitchcock atingiu a fama estava operante o Dasha de Mercúrio 17 -1-1946 até 18 -1-1963); quando adoeceu e morreu, devido a falha renal , em 29 de Abril de 1980, estava operante o Dasha de Vénus regente do seu Ascendente Navamsha e o Antardasha (sub período)de Júpiter , regente da 6ª casa tanto no horóscopo natal como na Navamsha e associada à doença. Balança rege o funcionamento dos rins.

George Orwell, a Utopia ao Contrário

 
George Orwell
25 Junho 1903 11h 30m
Motihari, Índia, 26N 39; 84E 55
Timezone: 84E55 (Local mean time)
(Espólio de Lois Rodden)
As novelas Animal Farm e 1984 fazem parte do universo cultural da literatura do século XX mas também do imaginário popular. A primeira foi o primeiro best seller deste singular escritor que, apesar da sua curta vida, influenciou como poucos a linguagem e a cultura do quotidiano. Orwell (cujo nome verdadeiro era Eric Arthur Blair) descendia de uma família aristocrata inglesa embora os pais lutassem com sérias dificuldades financeiras. Nasceu na Índia mas veio para Inglaterra com um ano de idade. Frequentou a escola com   pouco  entusiasmo  após obter várias bolsas de estudo porque a família não podia pagar-lhe  os estudos. A ideia romântica que guardou do país onde nasceu levou-o a candidatar-se a um cargo na polícia imperial e a viver e trabalhar na Índia durante cerca de 5 anos até contrair febre de dengue e regressar a Inglaterra onde iniciou uma carreira como jornalista e escritor. Envolveu-se na luta política : combateu o fascismo de Franco em Espanha e condenou a ditadura estalinista soviética. Animal Farm é uma alegoria onde expõe, misturando arte literária e intervenção política, a crítica contra todas as ditaduras. 1984 é outra novela em que projecta um futuro sombrio da humanidade subjugada por um regime totalitário e inimigo das liberdades individuais. Teve tal sucesso que o nome de Orwell aparece como adjectivo em críticas  expressões relacionadas com práticas totalitárias, autoritarismo,etc. Ele cunhou expressões que usamos na linguagem corrente como «guerra fria», «big brother»… a doença levou-o aos 46 anos mas a sua obra mantém-o  presente para sempre no nosso imaginário.
A Identidade Básica: Ascendente Virgem, Lua Gémeos e Sol Gémeos
O Ascendente no signo de Virgem  revela uma pessoa habitualmente alta e magra, com aparência jovem, dinâmica e atraente. Os nativos de virgem sentem internamente necessidade de procurar o equilíbrio entre o corpo e a mente e são habitualmente moderados e controlados.
O Ascendente Virgem  tem elemento Terra  e energia mutável.  O elemento Terra dá-lhe uma orientação prática orientando a mente e a procura do saber para os aspectos concretos da experiência pois não vê interesse num saber para o qual não encontre aplicação nos contextos da sua vida. Isto faz destes nativos excelentes jornalistas, juntando o interesse pelos assuntos do quotidiano com implicações directas no viver das pessoas a uma excelente capacidade de análise e de atenção aos pormenores. Orwell foi ao longo da sua vida um cronista contínuo, escrevendo em vários jornais e revistas, especialmente o Tribune, onde escreveu durante 10 anos.
A Lua em Gémeos tem o mesmo planeta regente de Virgem, Mercúrio com a diferença de que, em Virgem, Mercúrio exprime a sua polaridade negativa enquanto que em Gémeos exprime a polaridade positiva ou masculina. Gémeos  tem elemento Ar e a sua energia também é mutável.
O signo de Gémeos associado ao signo Virgem  acentua o aspecto irrequieto, dinâmico e jovem do nativo. Acrescenta-lhe um ar galante, com um olhar vivo e penetrante, capaz de compreender todas as minúcias de qualquer realidade ou raciocínio. Tem um  gosto  acentuado pelas interacções e pela escrita  e este nativo tem necessidade contínua de mudança, gostando de viajar e de relatar os eventos que se vão sucedendo à medida que se depara com eles. Esta posição da Lua inclina para o trabalho literário e, mais uma vez, acentua a vocação jornalística.
O Sol em Gémeos  reforça os aspectos já referidos: este nativo é um intelectual, alguém preocupado com as interacções e com os valores humanos e que usa o intelecto como meio para ganhar a vida e realizar o seu destino pessoal. Esta posição doSol no signo de Gémeos também indica uma natureza de conflito em que, de modo contínuo, a pessoa se sente dilacerada entre sentimentos e realidades opostas em simultâneo. Isto dá a estes nativos um carácter «flutuante» que os torna  pouco consistentes ao olhar dos outros. No caso de Orwell ajudou-o o Ascendente em Virgem pois o  carácter prático e extremamente organizado  deste signo tornou o seu sistema de valores bastante consistente e ordenado ao longo da sua vida. Orwell foi, não apenas um intelectual de caneta em punho, mas um homem que lutou na vida concreta pelos valores em que acreditava: foi para Espanha para ajudar a combater o franquismo e durante a 2ª guerra mundial, considerado inapto para o combate militar por razões de saúde, alistou-se na «Home Guard» para dar o seu contributo. As suas obras exprimem o que ele pensou e o modo como viveu e lutou por aquilo em que acreditou.
As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo de Nascimento
O regente do Ascendente está colocado na 9ª casa do horóscopo de nascimento. Esta é uma posição auspiciosa e que indica sorte, fama e sucesso nesta vida. A 9ª casa também se refere ao conhecimento superior e espiritual e Mercúrio aqui colocado indica um desejo de ir além do conhecimento imediato e trivial. O autor escolheu a alegoria como forma estilística para passar as suas mensagens artísticas e é característico desta forma de escrita que ela diz sempre mais do que indica a sua aparência. Adicionalmente, esta posição de Mercúrio revela eloquência, interesse por Filosofia, Política, culturas estrangeiras, etc.
Marte está colocado na 1ª casa  em conjunção com Rahu. Marte  nesta posição dá coragem e determinação, um temperamento que pode ser rude e agressivo, tensão mental. Torna o nativo propenso para gostar de correr riscos e enfrentar desafios, por mais perigosos que possam parecer, aspecto bem visível na vida de Orwell. O planeta Marte é um grande inimigo para o Ascendente Virgem, devido à regência de duas casas maléficas, a 3ª  e a  8ª, ambas relacionadas com a morte e com  a longevidade. Rahu na 1ª casa destrói a paz mental e traz problemas constantes que perturbam a paz doméstica. Também prejudica a longevidade e a saúde. O nativo com esta posição de Rahu tem uma auto-imagem muito forte, com um ego poderoso e desejos insaciáveis de poder e de  glória pessoal. Mas a  moderação do signo Virgem , naturalmente modesto, transformou este  desejo  numa  vontade para  influenciar usando a escrita e foi capaz de colocar valores que ultrapassam o plano individuais no horizonte deste nativo.
Ketu está colocado na 7ª casa ,conjunto com Júpiter , colocado no próprio signo. Ambos dão sinais contraditórios nesta casa:Júpiter protege os assuntos relacionados com as parcerias, incluindo o casamento, indicando boas qualidades do parceiro mas Ketu perturba a felicidade conjugal e indica um parceiro que pode ter qualidades negativas ou ser doente. A primeira esposa de Orwell faleceu na sequência de uma intervenção cirúrgica da qual não informou o marido, por ter considerado que seria uma intervenção simples de que rapidamente recuperaria.
O Sol e aLua estão ambos colocados na 10ª casa numa clara certificação da visibilidade e fama que Orwell havia de alcançar. A Lua rege a11ª casa da realização dos desejos pessoais e dos ganhos e a presença nesta casa indica a sua visibilidade e concretização, bem como o reconhecimento social pelos mesmos. O Sol, por sua vez, rege a 12ª casa e dificulta o sentimento de felicidade subjectiva e a obtenção de propriedades, educação, etc, como foi visível na vida de Orwell.
Vénus está colocado na 11ª casa  e, sendo um dos significadores de dinheiro, revela que o nativo haveria de ganhar com a produção artística do seu trabalho. Vénus é também o regente da 9ª casa e a colocação na 11ª reforça o significado de que este nativo atingiria a realização dos seus desejos pessoais na vida pois teria a sorte do seu lado. E, começando com a própria educação de Orwell, este aspeto é bem visível pois  apesar de os pais não poderem pagar boas escolas, ele  obteve ajuda para estudar em  escolas prestigiadas como Eton. Está em aspecto total com Saturno ,colocado na 5ª casa, no próprio signo. Vénus forma um poderoso Dhana yoga  Karakha (significador de riqueza) pois rege a 2ª casa  e a 9ª casas, e está colocado na 11ª casa em aspecto total com o regente da 5ª casa que está colocado no próprio signo, mostrando que o nativo traz créditos de boa sorte para esta vida; também formam um poderoso Rajayoga uma assinatura de poder , sucesso e altas realizações.Por outro lado, enquanto regente da 6ª casa colocado na 5ª, Saturno traz algumas perturbações na área dos filhos e da felicidade pessoal. Não podendo ter filhos , Orwell e a mulher adotaram uma criança.
Este horóscopo revela uma natureza dual em várias áreas da vida deste nativo havendo muitas vezes influências contraditórias: Nas assinaturas (yogas) específicas saliento por ex., o yoga Daridra que é um indicador de pobreza ( que Orwell experimentou durante uma parte da sua vida) e que é formado pela presença de Marte  e de Rahu (maléficos no Ascendente com aspecto maraka e sem que estejam presentes os regentes da 9ª ou 10ª casas; como indicador de má sorte temos também o yoga Sarpa formado pela existência de planetas maléficos em 3 casas kendra; como assinaturas de sucesso e de riqueza, encontramos: o yoga Gaja -Kesari  capaz de anular muitos dos aspectos negativos num horóscopo, formado por  Júpiter e  pela Lua, situados em casas Kendra mútuas; o yoga Ubayachara envolvendo Vénus e Mercúrio pela colocação na 2ª casa e12ª casa  a partir do Sol;  os mesmos planetas também formam o yoga Duradhara, por estarem na 2ª e 12ª casas  a partir da Lua. Estes yogas indicam que o nativo gozará de riqueza e  de conforto. Outros yogas reflectem a natureza moral e intelectual positivas do nativo: o yoga Hamsa, formado por Júpiter,colocado no próprio signo numa casa Kendra e que revela uma pessoa espiritual, piedosa e respeitada; o yoga Chaamara formado pela Lua, Mercúrio e Júpiter (benéficos na 7ª, 9ª e 10ª casas) indicador de instrução, eloquência e uma  natureza estudiosa; o yoga Mridanga formado por Júpiter e Saturno, que estão no próprio signo em casa kendra/trikonas e com um forte regente do Ascendente e que indica uma pessoa com grande sucesso , visibilidade e influência .Etc.
Confirmação pela Navamsha
O Ascendente Navamsha «cai» na 5ª casa  do horóscopo natal, mostrando a importância da inteligência e da criatividade na realização do destino pessoal. O Sol, regente da 8ª casa  da Navamsha está colocado no Ascendente. Esta colocação indica uma infância difícil- o que aconteceu – um  temperamento irrequieto e auto-centrado, a tendência para adoecer de forma prolongada. Em 1943 foi-lhe diagnosticada tuberculose. Saliente-se que Gémeos, o signo regente do Sol  e da Lua rege os pulmões e o sistema respiratório. A sua carreira nas forças policiais da Índia terminou também por motivo de doença. A sua saúde foi sempre muito frágil desde a juventude.
Mercúrio, regente da 9ª casa da Navamsha, ( e do Ascendente, no horóscopo de  nascimento) está colocado na 6ª casa  no próprio signo, em Gémeos. Esta colocação indica um temperamento impaciente e conflituoso mas simultaneamente mostra capacidade para lutar por causas de forma dedicada e humilde.
A Lua, regente da 7ª casa, está colocada com Ketu na12ª. Perda do cônjuge é um dos significados. As parcerias são pouco felizes. Ketu nesta posição inclina para a vida espiritual e para o desapego em relação aos assuntos materiais. Já Rahu, colocado em conjunção com Mercúrio  na 6ª casa, e no signo de exaltação, é um forte indicador de que o nativo alcançaria todos os desejos no plano material.
Júpiter está exaltado na 7ª casa   e favorece a vida espiritual, como regente da 12ª casa do horóscopo. Mas indica perda do cônjuge e, como regente da 3ª  e da12ª casas é um planeta maraka (capaz de infligir a morte). A Lua, que rege o signo onde Júpiter está colocado, está situada na casa das perdas, a 12ª, o que reforça este significado. Depois da primeira mulher ter morrido, Orwell voltou a casar mas a doença não levaria muito tempo a acabar com a sua vida.
Vénus o planeta mais benéfico para o Ascendente capricórnio pela regência da 5ª e 10ª casas  está colocado na  2ª casa em receção mútua com o regente da2ª casa Saturno, colocado na 5ª casa com Marte. Esta configuração é altamente benéfica para as realizações mundanas, a fama e o sucesso material mas, uma vez mais, dois maléficos na 5ª casa prejudicam a área dos filhos , a paz mental e os relacionamentos amorosos.
Quando a sua primeira novela de sucesso foi publicada, em Agosto de 1945, em Inglaterra e Estados Unidos, estava activo o período principal (mahadasha) de Saturno regente da 5ª casa e tinha começado o sub-período da Lua ,regente da  11ª casa da realização dos desejos pessoais. A segunda novela de sucesso, 1984foi publicada em Junho de 1949 quando a saúde do escritor estava bastante fraca mas o sucesso mundano foi bem visível. O período dasha era o deSaturno e o sub-período era o de Rahu, forte no Ascendente.
Quando morreu, a 21 de Janeiro de 1950, o período dasha era ainda o de Saturno e o sub-período era o de Júpiter confirmando-se o estatuto maraka deste planeta, que rege a 7ª casa maraka do horóscopo de nascimento e também está colocado na 7ª casa  da Navamsha.

Figuras da Arte e da Cultura- Peter Singer, pelos Direitos dos Animais


Peter Singer
6 de Julho de 1946, hora não disponível, horóscopo levantado para as 12h30m*.
Melbourne, Victoria, Austrália, 37 S 49; 114 E 58
Timezone:  10 h E , standard time
*Apesar de ser habitual levantar o horóscopo para as 12h, acrescentei  meia hora por me parecer mais consistente o Ascendente no signo de Balança.
Peter Singer é um influente filósofo, especialista em temas éticos. A sua obra Animal Liberation de 1975, é um texto que tem exercido grande influência sobre os líderes dos actuais movimentos de defesa dos direitos dos animais. A sua outra obra magistral  Ética Prática  explica porque devemos ter em consideração os interesses dos animais não humanos, defendendo que todos os seres têm universalmente a característica de poderem sofrer e de aspirarem à felicidade e ao bem estar. E, aceitando o princípio da ética utilitarista de que «o maior bem deve ser aplicado ao maior número», Singer considera que não devemos excluir desta máxima os outros animais. Assim, este filósofo desenvolveu o princípio ético da «igual consideração de interesses» pela qual, respeitando as diferenças de interesses de cada um, devemos ter pelos interesses dos outros seres, humanos e não humanos a igual consideração que temos pelos nossos próprios interesses. Outra frente de batalha deste filósofo tem sido o combate contra a pobreza,  condenando  e alertando as consciências para a imoralidade de alguns povos sucumbirem pela fome enquanto outros desperdiçam a sua abundância.
A identidade Básica: Ascendente em Balança, Lua em Virgem, Sol em Gémeos
Quando o Ascendente está no signo de Balança (elemento Ar, cardinal) temos um nativo preocupado com as questões de relacionamento pessoal orientadas pela equidade. O signo Balança aspira ao equilíbrio, aos relacionamentos companheiros movidos pela  igualdade de direitos e de considerações.  Na experiência simbólica correspondente a este signo  procura-se esbater a dualidade e a diferença entre os «eus» para se alcançar uma «unidade do que eram dois», numa harmonia perfeita.
Balança não pretende dominar os seus parceiros, acredita numa ordem movida pela racionalidade e pela Justiça, no companheirismo entre iguais. O signo Balança significa o «contrato» desenvolvido entre parceiros para que cada um veja reconhecidos os seus direitos e assuma os seus deveres na relação no pleno respeito da sua individualidade e das suas expectativas. 
Em grande parte, este signo representa  o refinamento que a cultura e a civilização fazem  sobre a natureza humana, limando-a e livrando-a dos impulso mais primários ; é a conquista da racionalidade do espírito em relação à brutalidade dos instintos e do egoísmo, a capacidade de se dar ao outro e de o reconhecer na sua liberdade e dignidade como pessoa com «os mesmos direitos que eu».
A identidade do nativo de Balança  precisa de se completar nos outros com quem se relaciona. É uma identidade «eu/tu», sempre inseparavelmente ligada.
Fisicamente, os nativos de Balança são altos, magros e elegantes, com peito largo, olhos atraentes, muitas vezes com cabelo encaracolado. Têm uma aparência jovem e modos refinados. São polidos e gentis nas relações com os outros.
A Lua no signo virgem  indica uma natureza profundamente racional , uma mente que se demora nos pormenores para os esmiuçar e analisar, uma abordagem do mundo baseada na análise constante daquilo que vive e experiencia. O signo Virgem  tem elemento Terra  e  a sua energia é mutável.
 
Quando esta posição lunar se combina com  o Ascendente Balança o lado racional  do nativo é fortalecido, embora a expressão dos dois signos seja bastante diferente: o signo Balança aplica a sua racionalidade na compreensão das articulações, a sua inclinação é para unir aspectos num todo  equilibrado em que os valores  e os aspectos humanos são mais importantes do que os factores materiais;
A Lua em Virgem, apesar de ser muito intuitiva, parte do mundo exterior e concreto para estabelecer os seus juízos, e a sua preocupação é com o mundo visível e palpável, do qual se procura apropriar através do conhecimento , da disciplina, da actividade crítica. A experiência simbólica deste signo tem muito a ver com a  vivência  dos conflitos , tanto externos como internos e estes nativos pensam  e analisam continuamente todas as suas experiências.
A Lua em Virgem procura controlar e disciplinar o eu nas suas manifestações e expressões e, por isso, os seus nativos são reservados e tímidos; estão sempre a pensar e a pensar-se, desenvolvendo uma auto- consciência muito viva acerca de si  próprios. Na combinação com Balança, a tendência para se recolher e «esconder» do mundo, é enfraquecida pelas necessidades sociais deBalança. Mas  a inclinação  para a crítica de Virgem pode tornar mais ásperos alguns contactos com os outros, quando o nativo não concorda com as  posições destes. Não se eximirá de usar a razão para «desmontar» qualquer argumento ou opinião para expor os seus pontos de vista. 
  Como os  elementos  de Terra e Ar não se misturam, o mais certo será encontrar  estas duas facetas na personalidade do nativo. Os regentes dos signos são, no entanto, amigos, pelo que as energias não criam dissonâncias muito fortes. O signo Virgem  revela muitas vezes nativos com grande beleza e com ar jovem, devido à constante irrequietude e necessidade de se moverem.
Com esta combinação o nativo possui uma racionalidade altamente organizada e sistemática, com grande poder de planificar e analisar e o seu amor pela «ordem»  é certamente proeminente.  Ao mesmo tempo, é idealista  e não se circunscreve aos aspectos  concretos da realidade exterior: a sua ordem do mundo inclui a comunidade humana e os valores destaque envolvem toda a comunidade dos seres naturais nas suas consequências.
O Sol colocado no signo de Gémeos intensifica as características racionais deste nativo. Gémeos é o signo masculino de Mercúrio,  Virgem é o seu signo feminino.  Na medida em que o nativo contém, na sua identidade básica, o planeta Mercúrio em destaque, este tem uma importância acrescida no horóscopo.  A associação destes dois signos produz, no entanto, uma tendência forte para o nervosismo ,  para a irrequietude e   a ansiedade, talvez impelindo a mudanças contínuas  e viagens frequentes.
O signo de Gémeos precisa de constante estímulo intelectual. Não há dúvida de que a Filosofia é uma excelente forma de conseguir isto alimentando continuamente a necessidade de procurar e encontrar  respostas para as interrogações. Este signo é conhecido pela inteligência na conversação, pelos dons de espírito que entretêm e divertem os que o ouvem e  pela inteligência  e lógica imbatível dos seus argumentos.   
Os nativos são  oradores fabulosos mas não têm paciência para ouvir os outros e o seu interesse muda incessantemente. Deste modo, têm a consciência clara do relativismo da verdade pois compreendem que, muitas vezes, a «verdade», é uma questão de perspectiva. Isto ajuda a esbater o criticismo por vezes excessivo  de Virgem e alivia a sua obsessão  perfecionista. E a associação com o signo Balança também contribui para a procura deste equilíbrio pois  este signo anseia pela moderação.
Os nativos de Gémeos precisam de vivenciar o conflito, de  colocar-se alternadamente nos dois lados de uma discussão, de uma relação ou realidade e, por isso, muitas vezes querem e não querem, gostam e não gostam, etc, o que pode levar os outros a  considerá-los pouco consistentes e superficiais.  Mas esta «ligeireza» de Gémeos  ajuda a superar  a tendência  excessiva para esquematizar e planificar de Virgem e a irritação quando a realidade não se comporta de acordo com esses planos. E o nativo também ganha, aliviando tensões psicológicas daí decorrentes.
Globalmente, esta combinação produz uma pessoa que é profundamente intelectual na sua abordagem do mundo e dos outros, comunicativa e interactiva, racionalmente brilhante e capaz de usar as ideias e o pensamento para influenciar os outros. Alia inteligência e refinamento na visão do mundo, em que os valores desempenham um papel importante na definição do seu propósito de vida.
As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo
Devido à incerteza em relação ao signo Ascendente,  não falarei das  assinaturas relacionadas  com as posições por casado horóscopo, referirei apenas as assinaturas que têm em conta a relação entre os planetas e que se mantêm válidas seja qual for a posição nas casas:
A posição de Vénus, Mercúrio e Saturno  em conjunção  na 2ª casa a partir do Sol  forma o yoga Vesi. Este yoga mostra uma pessoa verdadeira, equilibrada e feliz;  a associação de Vénus, Saturno e Ketu (os dois primeiros por conjunção e o último por aspecto) forma o yoga Tapaswi que indica um propósito de vida austero, altruísta e dedicado a fins espirituais (ou filosóficos); A conjunção entre a Lua e Júpiter  forma o yoga Gaja- Kesari,  uma assinatura de boa sorte que indica fama e virtude no modo de ser; Vénus  e Mercúrio  em conjunção formam um outro yoga – Raja-porque Vénus é o atmakaraka e Mercúrio é o pitru karaka (planeta que significa o pai) e esta assinatura indica poder e favores recebidos das autoridades (reconhecimento, honras, etc): existe também um yoga envolvendo  Marte, Anaphaa, pela colocação deste na 12ª casa em relação à Lua  e que indica que o nativo terá uma vida confortável, bom carácter e boa aparência física.
Vénus como atmakaraka indica que este nativo tem o profundo desejo de experienciar o amor e a beleza em todas as  suas formas, superando o amor egoísta em prol do amor e  a empatia por todos os seres. A sua obra e as causas que tem defendido  dão suporte à concretização deste desejo. O planeta atmakaraka está exaltado na Navamsa , o que é um  reforço adicional  deste aspecto.
Existe ainda  um yoga Kal sarpa na orientação Rahu/Ketu. Não possuo, no entanto, informações adicionais que permitam determinar os seus efeitos na vida pessoal do nativo. Parece evidente, no entanto, que este yoga não tem expressão na sua  vida profissional e na carreira pois Singer tem recebido diversas honras e a sua  obra tem exercido uma influência sistemática  e contínua no mundo actual. Em  2006 foi votado como uma das 10  personalidades  australianas mais influentes no mundo actual.

Grandes Figuras da Arte e da Cultura- Paul Cézanne


Paul Cézanne
19 de Janeiro de 1839, 1h
Aix en Provence, França, 43N 32; 5E26
Timezone: 5E 26 ,local mean time
(Espólio de Lois Rodden)
Paul Cézanne exerceu uma influência considerável na arte do início do sec. XX, tendo feito a ponte entre o impressionismo do final do sec. XIX e os novos conceitos artísticos que  geraram  o Cubismo na entrada do novo século. Apaixonado pelos fenómenos ópticos da percepção atravessada  pela luz, Cézanne pintou incansavelmente a sua querida paisagem natal de Aix  en Provence, conhecida pela sua magnífica luminosidade. O desejo de revelar a essência simples na base de todas as percepções e, especificamente, da experiência estética, levou-o a buscar incessantemente a simplificação geométrica que fragmenta as formas em múltiplas perspectivas e que estaria na base dos desenvolvimentos posteriores do Cubismo.Picasso e Braque, fundadores desta nova abordagem, disseram dele «ele é o pai de todos nós». Dando importância à experiência subjectiva, Cézanne também considerava fundamental exprimir a realidade sólida, aspecto que ele resumiu na afirmação: «Quando julgo a arte, pego nas minhas pinturas e ponho-as junto de qualquer objecto criado por Deus, como uma árvore ou uma flor. Se houver choque entre ambas, então não é arte.»
A Identidade Básica: Ascendente Balança, Lua em Aquário, Sol em Capricórnio
O Ascendente no signo Balança dá ao nativo um profundo sentido da harmonia, um amor pela beleza e uma  incessante procura de equilíbrio que se pode manifestar no desenvolvimento de ideias, valores para remodelar a sociedade através da actividade social e política, ou no desenvolvimento estético de alguma forma de Arte.  
O nativo de Balança é muito sociável, sensível e humanitário e sente o impulso para influenciar a sociedade, para deixar nela de algum modo a sua marca pessoal. Estas pessoas  possuem um grande carisma e atractividade pessoal, são pessoas que gostam de cooperar e de socializar e precisam de se relacionar a nível pessoal para se completarem.
O reconhecimento da sua inteligência leva-os a gostar de dirigir e  liderar. O seu destino depende bastante das parcerias que formarem e quando este aspecto das suas vidas não corre bem podem tornar-se indecisos e emocionalmente bastante instáveis.
A Lua em Aquário harmoniza-se bem com o Ascendente Balança, pois estes signos são ambos do elemento Ar. Esta configuração dá ao nativo uma natureza essencialmente mental e racional e acentua fortemente o carácter social do nativo: ele identifica-se com o grupo, a sua identidade resulta da identificação com as representações e os comportamentos de um determinado grupo. É uma  pessoa  que dá mais importância ao colectivo do que ao individual, considerando que este último só é o que é pela pertença ao grupo.
A Lua em Aquário gosta de procurar e conhecer a essência oculta da realidade, tem uma intuição ligada ao futuro por descobrir, a sua percepção da realidade está muitas vezes para além  do seu tempo. É  idealista  e humanitária.
O Sol em Capricórnio nesta combinação acrescenta um  elemento Terra à personalidade básica, dando ao nativo uma excelente capacidade de execução e realização dos projectos e ideias. Esta pessoa  tem  uma firme capacidade para organizar e planear, para idealizar e formular projectos e  tem também a perseverança,  a determinação e  a força de vontade que lhe permite prosseguir sem se desviar dos seus objectivo até atingir a meta desejada. O Sol em Capricórnio reforça a importância dos laços sociais na vida desta pessoa, não apenas na  esfera dos relacionamentos mas  também no âmbito  da carreira e da obtenção do reconhecimento que define a sua a posição na sociedade  e que ele se esforça arduamente por obter.
Quaisquer que sejam os seus objectivos, este nativo traça o seu caminho e a seguir prossegue com todos os passos que tornam a sua realização possível – faz-se a si próprio a partir da sua iniciativa e risco. A combinação com o signo de  Balança dá-lhe no entanto uma afectuosidade  e delicadeza que suavizam a excessiva dureza e frieza de Capricórnio.  No entanto, apesar da sua natureza bastante social, a presença dos dois signos de Saturno na personalidade básica torna esta pessoa  alguém   por vezes muito singular e distanciado dos outros ; em  muitos aspectos é também um asceta.
As Assinaturas Básicas do Destino no Horóscopo
O regente do Ascendente , Vénus está colocado na 4ª casa  em conjunção com o Sol, regente da 11ªcasa. Trata-se de uma excelente posição no que se refere à protecção e segurança material.Normalmente indica que a pessoa receberá ou ganhará propriedade imobiliária, terras, etc,. Isto verificou-se na vida de Cézannepois o pai, próspero homem de negócios, deixou-lhe uma fortuna considerável e propriedades que  lhe permitiram  realizar o sonho de se tornar artista sem passar fome como aconteceu com tantos outros  no seu tempo. Esta configuração também indica uma esmerada educação, o que também sucedeu.
A 4ª casa também indica o nível de felicidade subjectiva da pessoa e aqui as coisas tornam-se um pouco mais complicadas pois o Sol é um maléfico e existe uma relação de inimizade entre estes dois planetas. Acresce a isto que Vénus é também o regente da 8ª casa  e, ao lançar um aspecto para a 10ª casa da carreira, traz problemas e dificuldades nesta área de vida. Cézanne levou bastante tempo até que o seu talento foi reconhecido; durante muitos anos o Salon Paris, porta de entrada para a descoberta e mostra de novos artistas, recusou o seu trabalho, tendo aceite o seu primeiro quadro apenas em 1882, quando ele tinha 43 anos.
Saturno, regente da 4ª e da 5ª casa e dispositor do Sol e de Vénus, está colocado na 2ª casa. Saturno é um yogakaraka mas o seu dispositor, Marte está colocado na 12ª casa em conjunção com Ketu e o regente da 6ª casa Júpiter. Júpiter para este Ascendente é funcionalmente maléfico. Esta combinação de factores explica, por um lado, os atrasos e revezes na carreira deste grande artista que conheceu o sucesso tarde na vida; e explica também a pouca felicidade doméstica ao nível do casamento. Cézanne casou em 1886 mas  manteve um relacionamento problemático com a esposa, tendo vivido informalmente separado dela   e voltado a unir-se mas sem que o relacionamento em si melhorasse. Em 1902 Cézanne redigiu um testamento excluindo a esposa como herdeira. Cézanne possui no seu horóscopo uma  «aflição de Marte» ou Kuja dosha  (Marte, regente da 7ª casa, está colocado na  12ª casa num signo inimigo) que arruína a felicidade do  casamento  a menos que o cônjuge também possua a mesma aflição no seu próprio horóscopo. 
A Lua está colocada no Nakshatra de Poorvabhadrapada , regido por Júpiter. Os nativos desta estrela de nascimento experienciam vários aspectos negativos para a partir deles conseguirem extrair alguma lição positiva; esta constelação permite muitas vezes acumular bens materiais e poder para levar o nativo a confrontar-se com as  ilusões de todas as posses terrenas. Os nativos que nascem nesta estrela têm assim a possibilidade de descobrirem a sua espiritualidade e evoluírem  na sua auto- consciência ou , pelo contrário, ficarem perdidos na ilusão  do poder  e/ou das posses que desejam conquistar. Cézanne passou  anos da sua  vida a tentar decifrar o mistério oculto na essência das coisas, procurando torná-lo visível na maravilhosa luminosidade que transparece nas suas pinturas.
A Lua colocada em Aquário na 5ª casa indica uma mente com elevadas capacidades de abstracção, idealista, visionária e com dotes artísticos e criativos. Ao mesmo tempo, num signo de Saturno que rege a matéria , a sua forma e estrutura, mostra a orientação do artista, que se distanciou da expressão puramente subjectiva do impressionismo anterior, necessitando do apoio do desenho e da forma explícita, ainda que simplificada nas formas geométricas.
Rahu/Ketu faceta ascética e espiritual de Cézanne em contraponto com uma outra abordagem mais materialista . Rahu na 6ª casa protege a saúde e assegura vitória sobre oponentes e obstáculos e traz sucesso  em relação aos esforços  e desejos pessoais. Ketu na 12ª casa favorece a vida espiritual e impele a despesas no plano material (e que dissipam os ganhos trazidos por Rahu).
Confirmação pela Navamsa
O Ascendente Navamsa «cai» na 4ª casa do horóscopo de nascimento indicando a influência da mãe na sua forma de ver o mundo. Cézanne tinha uma relação muito próxima com a mãe, o que também contribuiu para os problemas que teve no casamento.  Indica também a importância do ambiente doméstico, da educação e dos bens e propriedades que recebeu e geriu ao longo da vida, na realização do seu destino pessoal.
 O regente do Ascendente Navamsa está em vargottama na  11ª casa dos ganhos e da realização dos desejos, mostrando que o nativo não teria  dificuldades em sustentar-se na vida e indicando sem sombra de dúvida que a ascensão e o reconhecimento como grande artista tardaria mas não seria impedida.
A Lua, regente da 7ª casa  , está colocada na 4ª o que é habitualmente uma excelente posição indicando um casamento feliz, felicidade subjectiva e uma excelente educação. Porém, Rahu lança um aspecto para a Lua da 8ª casa onde está colocado em signo inimigo. Nesta posição Rahu destrói a felicidade doméstica e leva a separação ou divórcio; causa doenças no nativo( a partir de 1890 Cézanne começou a  sofrer de diabetes , doença que causou grande perturbação na sua vida) e apenas favorece o desenvolvimento espiritual, causando perdas e limitações materiais. Acresce que Rahu está em conjunção com o regente da 9ª casa Navamsa, Júpiter. A posição do regente da 9ª casa  na 8ª destrói a Sorte da pessoa, indica doença ou morte prematura do pai (este morreu com apenas 47 anos) ; favorece os ganhos materiais através de herança e a espiritualidade conquistada através de experiências dolorosas e  de perdas. 
Vénus colocado no próprio signo na 5ª casa  confirma os dotes artísticos. Marte e o Sol colocados na 3ª casa  indicam a importância dos esforços pessoais e das pequenas viagens e do ambiente próximo  na realização do destino do nativo.
Num olhar para os períodos principais (mahadasha) na vida de Cézanne,vemos que  desde 1853 até 14 de Junho de 1872 ele atravessou o período de Saturno que, no seu horóscopo, indica atrasos e lentidão no acesso ao reconhecimento. Em 14 de Junho de 1872 teve início o período principal de Mercúrio, regente da 9ª casa da sorte  no horóscopo de nascimento; em 1872, quando o artista viu aceite pela primeira vez um quadro seu para exposição no Salon Paris estava activo também o sub-período de Rahu (1881-1884) que, colocado na sua 6ª casa, indica a obtenção de sucessos materiais. 
Quando adoeceu com diabetes estava activo o período principal de Ketu,(Junho de  1889 a Junho de 1896). Ketu está localizado na 12ª casa, uma casa de doença. Foi também neste período que se separou da mulher, embora informalmente e teve um período de solidão, aspecto que também é  mostrado pelos significados da 12ª casa.
Mas foi no período de Vénus (Junho de 1896 a Junho de 1916)  e sub- período de Júpiter que o pintor faleceu, em 22 de Outubro de 1906, vítima de uma pneumonia. Vénus rege a 8ª casa (morte e longevidade) no horóscopo natal  e está colocada na 4ª, que também significa «o fim da vida»; Júpiter rege a 6ª casa da doença e está colocado na 12ª que também representa «o fim ou perda da 1ª» e a primeira casa é a do corpo e da existência. O regente da 12ª, Mercúrio,  também rege as vias respiratórias e está colocado na 3ª casa que também significa os pulmões no corpo.

Grandes Figuras da Arte e da Cultura- Carlos Drummond de Andrade


Carlos Drummond de Andrade
31 de Outubro de 1902, 6H
Itabira de Mato Dentro, Brasil, 19 S 37; 43W 13
Local Mean Time 43W 13
(Espólio de Lois Rodden)
Carlos Drummond de Andrade é um dos maiores poetas brasileiros e o mais influente, durante décadas, na cultura brasileira. Iniciou a sua obra a partir do movimento modernista de Minas Gerais, tendo adoptado a sua liberdade linguística, o verso e a métrica livres, os temas do quotidiano, mas a sua obra nunca se limitou aos padrões modernistas; poeta sensível e desperto para a complexidade da realidade humana, foi simultaneamente sensível e céptico, corrosivo e satírico, realista e metafísico, não poucas vezes desencantado. Desenvolveu a sua obra literária em paralelo com uma carreira como funcionário público mas a sua mentalidade foi sempre a de alguém independente  e que nunca abdicou de dizer o que pensa. A mesma  independência que levou à sua expulsão do colégio jesuíta Anchieta de  Nova Friburgo, por «insubordinação mental». O Brasil prestou-lhe homenagem imprimindo  o seu poema «Canção Amiga» nas notas de 50 cruzados.

A Identidade Básica: Ascendente em Balança, Lua em Balança, Sol em Balança

A identidade básica do nativo é toda ela marcada pela energia do signo Balança, um signo de elemento Ar.
O Ascendente Balança revela qualidades de liderança, força para fazer valer as suas opiniões e uma natureza profundamente social. Estes nativos têm um forte sentido da harmonia e do equilíbrio e procuram estabelecer a justiça, sendo muitas vezes reformadores sociais pois são muito sensíveis às ideias; podem por isso ter interesse pela Política , como foi o caso de Drummond de Andrade. São capazes de exercer uma forte influência sobre as massas, sendo líderes naturais de opinião.
Fisicamente estes  nativo são elegantes e atraentes e possuem um forte carisma. O amor, a família e o lar são também preocupações sempre presentes.
Gostam de deixar a sua marca no mundo e gostam de negócios onde possam administrar e influenciar. Gostam de viver rodeados de beleza e são amantes das artes, muitas vezes dotados de capacidades artísticas. 
A Lua está colocada no Nakshatra Swati, 3º pada. Esta estrela de nascimento tem regência de Rahu. Os nativos desta estrela manifestam características de irrequietude e necessidade de mudança, são independentes e sentem necessidade de superar o dualismo entre duas formas de ser , duas opiniões, etc. isto fá-los muitas vezes optar por um dos lados e,após essa decisão, é muito difícil fazê-los mudar. São muito sociáveis e gentis mas, quando zangados, são capazes de explodir facilmente. São teimosos mas honestos, imparciais e respeitadores de princípios.
A Lua está no signo Balança. Fisicamente, os nativos são magros e altos, com ar distinto e elegante.  Estas pessoas procuram continuamente a companhia de outros. No horóscopo de um homem esta posição da Lua indica que a  esposa tem uma importância muito grande em todas as esferas da vida do nativo. O sucesso destes nativos é inseparável da qualidade das suas parcerias. Funcionam melhor em cooperação do que trabalhando sozinhos. O casamento desempenha um papel muito importante nas suas vidas
Existe um talento natural para as Artes como a Literatura, a Pintura, a Música. Os nativos são inteligentes e com espírito. Se a Lua estiver bem colocada, alcançam grande sucesso após o casamento. O inverso sucede se a Lua está aflita.
O Sol no signo Balança indica uma natureza profundamente racional, analisando e discriminando todos os elementos antes de formular um juízo acerca da realidade. Esta posição do Sol produz a necessidade de experienciar a concórdia em todas as situações. O nativo detesta conflitos e, por vezes, abdica da sua opinião apenas para evitar confrontos.
Estes nativos têm grandes capacidades de investigação, podendo ser cientistas eminentes. O seu pendor para uma abordagem científica da realidade pode, por vezes, levá-los a desprezar a intuição; preferem os «factos» a qualquer compreensão obtida por intuição.
São amantes do luxo e do conforto e podem deixar-se levar pelos prazeres sensuais embora também seja forte a sua dimensão de espiritualidade interior. A sua polidez e delicadeza na abordagem aos outros faz deles excelentes diplomatas e mediadores de conflitos. Respondem essencialmente à racionalidade, sendo capazes de mudar as suas opiniões se convencidos por uma boa argumentação.

As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo

O Ascendente está ocupado por um «stellium» de 4 planetas: O sol, A Lua, Vénus e Rahu. Existe deste modo uma ênfase muito grande no desenvolvimento da identidade e nos relacionamentos. Esta é uma existência em que o indivíduo e todos os processos fundamentais da sua vida giram em torno do autodesenvolvimento nos dois planos – individualidade e singularidade e relacionamentos e parcerias.
Todas as áreas de vida estão por isso ao serviço desta dinâmica fundamental e por isso não é de estranhar que a obra deste grande poeta seja também o espelho da expressão desta subjetividade tão rica, complexa e muitas vezes angustiada – Rahu está presente e, na 1ª casa, perturba o sentimento interior de paz trazendo problemas novos a cada momento, crises pessoais, etc . Mas indica também uma pessoa que, durante toda a sua vida passa por grandes transformações, crescimento e mudanças. Rahu e Ketu neste eixo do horóscopo podem perturbar bastante  a vida conjugal. Ketu na 7ª casa traz pouca estabilidade, numa dinâmica em que o parceiro é simultaneamente  a pessoa mais importante e a mais limitativa na vida pessoal.
Vénus, regente do Ascendente encontra-se na 1ª casa  em mooltrikona e esta posição favorece o nativo tornando-o atraente e magnético para os outros, refinado, muito sociável e amante de tudo o que é belo. Vénus nesta posição  favoreceu grandemente a alma poética de Drummond de Andrade. Vénus  também rege a 8ª casa o que, em conjunto com Rahu, não favorece muito a saúde. O estado positivo de Vénus, no entanto, torna esta influência mais relacionada com a atracção para a vida espiritual. Segundo as palavras do poeta, metade de si era (a certa altura, pelo menos) «marxista» mas a outra era profundamente «espiritual e crente em Deus». Esta frase adequa-se bastante a um dos efeitos de Rahu nesta posição. De qualquer modo, a presença do regente do Ascendente, forte, na própria casa, é sempre sinal de um destino de relevo, como foi o caso deste grande poeta.
Marte, regente da 2ª casa, está na 11ª. Duas casas associadas com ganhos/realização dos desejos e desenvolvimento/acumulação de bens  indicam que o nativo seria bem sucedido em ambas as áreas. Drummond de Andrade desempenhou diversos cargos públicos ao longo da vida, ao mesmo tempo que desenvolvia a sua carreira como poeta e escritor e saiu-se bem em ambas, obtendo uma influência muito considerável pois tornou-se a figura que mais influenciou a cultura brasileira durante décadas. 
Mercúrio, regente da 9ª e da 12ª casas está colocado na 12ª, no próprio signo. Esta posição constitui várias assinaturas específicas: por um lado, forma um yoga vosi pois  está colocado na 12ª casa a partir do Sol. Este yoga indica talento, instrução, um bom carácter; está também colocado na 12ª casa a partir da Lua, o que constitui um yoga Anaphaa.  Este yoga favorece uma vida confortável, a aparência do nativo e o seu carácter. Por outro lado, ao estar no próprio signo e na 12ª, Mercúrio forma o yoga Vimala que indica uma pessoa frugal nos hábitos, nobre de carácter , de disposição amigável  e independente. Mercúrio está pois muito forte neste horóscopo, dando força à escrita e capacidades de comunicação do nativo.
Saturno na 3ª casa indica alguma tendência para se preocupar em demasia  e para alguma ansiedade mas assegura vitória sobre os obstáculos e o alcançar da fama por mérito pessoal.
Júpiter está na 4ª casa mas debilitado e, por isso, não favorece a aquisição de bens imóveis, nem os aspectos relacionados com a mãe. Enquanto regente da 6ª casa, perturba o sentimento subjectivo de bem estar ou felicidade doméstica. 
Entre as várias assinaturas (yogas) do horóscopo, saliento várias que estão habitualmente presentes em pessoas que atingiram grande proeminência e influência: um yoga Gaja-Kesari (Lua e Júpiter em kendras mútuas), indicando uma pessoa que será famosa e virtuosa; um yoga Bheri envolvendo Vénus, Júpiter e Mercúrio (Júpiter e Vénus que também é regente do Ascendente em kendras mútuas  e um forte regente da 9ª casa).Este yoga indica riqueza, fama, carácter, favorece a esposa e os filhos; um yoga Kalpadruma/Parijata entre Vénus e Júpiter (regente do Ascendente, o seu dispositor, o signo deste último e dispositores Navamsa estão no próprio signo ou signo de exaltação).A pessoa atinge grande destaque na vida social com esta assinatura. De referir ainda um yoga Sankha envolvendo Vénus,  a Lua e Mercúrio (regente do Ascendente e regente da 10ª casa juntos num signo cardinal e o regente da 9ª forte) com efeito semelhante. Para além destas assinaturas de sucesso, existem ainda dois Raja yogas- Lua e Vénus; Vénus e Júpiter- e Saturno é yogakaraka.  Todas elas indicam sucesso e altas realizações ao nível do poder, riqueza e influência pessoal.

Confirmação pela Navamsa

Na Navamsa Mercúrio, Saturno, Rahu e Ketu encontram-se em vargottama (estado equivalente à exaltação) o que é uma primeira e inegável evidência  de que este nativo desenvolveria uma  vida excepcional.
No entanto, a Navamsa também mostra algumas experiências problemáticas na vida desta pessoa: Júpiter , regente da 8ª casa colocado na 1ª e Vénus, regente da 1ª colocado na 8ª  estão em recepção mútua indica grande desenvolvimento espiritual mas provavelmente à custa de perdas e experiências dolorosas. Uma dessas experiências foi a perda de um filho, que viveu apenas meia hora. Saturno, regente da 9ª e da 10ª está colocado na 8º.  Deste modo, nem tudo seria sorte e alegria na vida deste grande poeta. A Lua e o Sol estão ambos na 10ª casa da projecção pública e do reconhecimento e status social. Asseguram deste modo que o nativo alcançaria fama e sucesso mas o seu dispositor inclina mais para a  transformação pessoal e o desenvolvimento espiritual do que para os bens mundanos e a riqueza material. 
Rahu está colocado na 6ª casa, a sua melhor posição, protegendo a saúde e assegurando o alcançar de riqueza. Aqui colocado mostra que a pessoa será respeitada e obterá ganhos materiais. Ketu, por seu lado, na 12ª casa, contraria os ganhos materiais pois indica muitas despesas  mas  favorece a compreensão profunda e espiritual acerca da realidade.
Marte, regente da 7ª e da 12ª está colocado na 3ª, no signo de debilitação. Prejudica a vida conjugal e  as iniciativas pessoais embora aumente extraordinariamente as capacidades de intuição. Mercúrio colocado na 5ª casa em Vargottama mostra uma inteligência superior, com uma extraordinária capacidade analítica e uma grande criatividade. Como regente da 2ª casa, também mostra que este nativo ganharia a vida através do uso criativo do intelecto e do poder do discurso. 
Quando Drummond de Andrade morreu em 17 de Agosto de 1987, estava activo o período principal (mahadasha) de Vénus e o sub-período de Mercúrio. Vénus rege o Ascendente tanto no horóscopo de nascimento como na Navamsa e também a 8ª casa na carta natal e encontra-se colocado na 8ª casa da Navamsa; Mercúrio rege a 12ª  do horóscopo de nascimento e a 2ª da Navamsa pelo que ambos os planetas têm estatuto de Marakas (capazes de infligir a morte) para este horóscopo.

Figuras da Arte e da Cultura- James Joyce


James Joyce
2 de Fevereiro de 1882, 6 H
Dublin, Irlanda, 53 N 20; 6W 15
Timezone: 6W 15 (standard time)
(Espólio de Lois Rodden)
James Joyce foi  um dos escritores que mais influenciaram a vanguarda modernista do Sec. XX.  O seu Ulysses  de 1922 é um marco a este respeito e um exemplo da técnica da «corrente da consciência» que Joyce aperfeiçoou nesta obra. Dubliners e Finnigans Wake ou A  Portrait of the Artist as a  Young Man são outras  obras conhecidas. Apesar do seu talento, no entanto, Joyce foi outro intelectual  que viveu com dificuldades financeiras ao longo da vida. O seu perfil de rebeldia não o tornou grato no seu país pelo que, quando morreu na Suíça, em 1941, a Irlanda não teve interesse em receber os seus restos mortais. Carl Jung, o psiquiatra que foi o maior discípulo de Freud, diagnosticou esquizofrenia à filha de Joyce e,  após ler a obra prima Ulysses afirmou que também Joyce tinha características esquizofrénicas. Seja como for, esta é  uma figura incontornável das letras do ocidente, sendo impossível compreender algumas correntes maiores da literatura do sec. XX sem passar pela sua  obra.

A Identidade Básica: Ascendente em Touro, Lua em Caranguejo e Sol em Capricórnio

O Ascendente em Touro  indica habitualmente uma pessoa estável e conservadora, sobretudo em relação à sua própria maneira de pensar. Para estes nativos, os relacionamentos e as parcerias são uma parte importante das suas vidas. Têm dificuldade em fazer e aceitar mudanças, focam o seu interesse principalmente  nos aspectos relacionados com o conforto e a obtenção de bens materiais.
Gostam de estar rodeados de beleza e de levar uma vida de luxo e, normalmente, a família e o seu bem estar estão no centro das suas atenções. Precisam de sentir segurança material, sendo capazes de lutar bastante e de  trabalhar o necessário para atingirem esse objectivo na vida. No caso de Joyce,  a presença de Ketu no Ascendente altera substancialmente estas características de Touro,  tornando o nativo muito mais instável, com possíveis crises de auto- confiança, com características éticas que poderão ser bastante sui generis e uma tendência para ingerir substâncias venenosas para o corpo.(Joyce foi um alcoólico desde jovem). 
A Lua está colocada no Nakshatra Pushya, 4º pada, com regência de Saturno. Esta estrela de nascimento indica muitas vezes uma vida familiar problemática, com separações, ausência de apoio, etc, sobretudo durante a infância e a juventude. Os nativos  são inteligentes mas a sua mente é irrequieta e  parece   que uma das suas principais  experiências é  a procura da estabilidade nas suas vidas, objectivo que  conseguem atingir normalmente na vida madura.
A Lua está no próprio signo em Caranguejo. A mente destes nativos é prodigiosamente imaginativa e subjectiva, com inclinação natural para as artes, a música, a poesia. Normalmente estes nativos fazem bons amigos e conseguem ser populares. A posição na 3ª casa mostra a inclinação para a escrita e o gosto pelas viagens. Joyce passou praticamente toda a vida adulta em diversos países europeus. A Lua recebe o aspecto de Vénus e do sol, potenciando deste modo as suas capacidades inovadoras e criativas e a sua inteligência. 
O Sol está no signo Capricórnio  muito bem colocado na 9ª casa e em conjunção com um benéfico, Vénus. Vénus é o regente do Ascendente pelo que este aspecto adquire uma importância acrescida. A 3ª casa está relacionada também com o ensino e este foi o principal meio de subsistência de Joyce durante muitos anos, ensinando em escolas e dando aulas particulares.
Capricórnio é um signo altamente ambicioso e capaz de alcançar elevadas realizações. É essencialmente um estruturador, capaz de trabalhar arduamente para alcançar os seus objectivos. Capricórnio revela muitas vezes alguém que se faz a si próprio  pelo próprio esforço e trabalho. No caso de Joyce,a interacção entre a energia do signo do  Ascendente e do signo do Sol  reforça a capacidade de trabalho e de esforço e a dedicação que Joyce conseguiu colocar nos seus objectivos. Infelizmente o dispositor do Sol e de Vénus  Saturno, está no signo de debilitação e na 12ª casa o que não lhe permitiu a visibilidade merecida nem o alcançar de riqueza através da sua obra, gastando sempre mais do que recebia. 

As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo

 Os nodos estão colocados no eixo 1ª e 7ª casas. A ênfase é posta deste modo no desenvolvimento pessoal  e relacional.  O Ascendente em Touro permitiu  a estabilidade relacional, Joyce manteve uma relação duradoura com Nora, embora só tenha casado com ela em 1931, ao contrário do que sucede muitas vezes com a colocação de Rahu na 7ª casa. No caso de Joyce, em vez de múltiplas  aventurassexuais com outras mulheres, Rahu intensificou  o seu impulso criador através da  escrita e do contacto com países e culturas estrangeiras. Facto interessante, no entanto, é que Joyce, vivendo no estrangeiro, focou a sua escrita em personagens e cenários da sua Dublin natal. Mas Ketu na 1ª casa foi um elemento desestabilizador da sua vida e subjectividade.

Vénus em conjunção com o Sol na 9ª casa mostra a importância do estrangeiro  no cenário da vida de Joyce. Indica também inclinação para um conhecimento mais espiritual ou metafísico. Não é claro se Joyce era crente ou não pois, quando um dia lhe perguntaram como estava a sua relação com a «igreja», Joyce respondeu evasivamente e, quando a mãe morreu, recusou ajoelhar-se e rezar com os demais. Deste modo, o mais provável é que esta posição do Ascendente e do Sol indiquem o seu interesse pela aprendizagem relacionada com outras culturas. 
Mercúrio  rege a 2ª e a 5ª casas e encontra-se colocado na 10ª indicando uma carreira ligada à vida intelectual , à comunicação e/ou ensino e  ao conhecimento. Mercúrio nesta posição favorece o reconhecimento e a fama.
Marte, regente da 12ª casa, encontra-se colocado na 2ª; Júpiter, regente da 8ª casa, está colocado na 12ª; Saturno, regente da 9ª casa, está colocado na 12ª, no signo de debilitação. Todas estas assinaturas mostram a falta de sorte  de Joyce no plano material e financeiro. A sua  sorte   nesta vida  é destruída pela posição  e  pelo estado de Saturno; por sua vez, Marte e Júpiter indicam muitas  despesas e dívidas. Para além disso, a 2ª e a 12ª casas significam os olhos e estão ambas aflitas por Marte e por Saturno. Joyce passou vários anos com problemas nos olhos, tendo feito muitas  cirurgias. 
Das assinaturas específicas (yogas) neste horóscopo, saliento: um Gaja-Kesari yoga (Júpitere a Lua em Kendras mútuas), indicando fama e bom carácter no nativo; um kaahala yoga entre o Sol e Júpiter(Júpiter e o regente da 4ª casa em kendras mútuas com o regente do Ascendente forte) indicando uma pessoa fortemente determinada, inteligente; Vénus e Mercúrio estão colocados, respectivamente na 9ª e na 10ª casas formando um Chaamara yoga, que mostra uma pessoa estudiosa, eloquente e instruída; Vénus e o Sol formam um Rajayoga(regentes de duas casas trikona/kendra conjuntos numa trikona). Este yoga indica altas realizações e sucesso. Há que não esquecer, no entanto que o dispositor de ambos os planetas, Saturno, está debilitado e na 12ª casa destruindo boa parte deste prognóstico; Júpiter,regente da 8ª colocado na 12ª  forma um viparita Raja yoga indicando sucesso após pressões e obstáculos. Refiro ainda uma assinatura negativa, o yoga Asubha, formado por Saturno e Marte dois maléficos colocados na 12ª e na 2ª casas. Joyce foi um alcoólico desde a juventude, tendo morrido após uma operação cirúrgica a uma úlcera perfurada que não correu bem.  A 2ª casa também significa a alimentação- a comida e a bebida- e a 12ª  também se  relaciona com as dependências ou formas de «escape» à realidade. Esta configuração exprimiu-se de modo  bastante infeliz na vida de Joyce.

Confirmação pela Navamsa

O Ascendente Navamsa «cai» na 4ª casa do horóscopo natal. A 4ª casa tem a ver com a felicidade subjectiva, o ambiente do lar, os estudos, os bens imóveis e móveis, etc. Estes significados tiveram, de uma forma ou de outra, um significado especial na vida de Joyce.  Saturno encontra-se no Ascendente, indicando que o destino do nativo implicaria enfrentar muitos obstáculos na vida e enfrentar períodos de doença. A fama ou a riqueza só viriam muito lentamente e após muito esforço e trabalho.
O regente do Ascendente, o Sol,  está colocado na 12ª casa confirmando os elementos do horóscopo de nascimento que mostram dificuldade em obter riqueza e reconhecimento. Indica também problemas de visão.
A 4ª casa está ocupada por vários planetas: Marte, no próprio signo e regente da 9ª casa, está por isso bem colocado e indica sorte na realização dos objectivos e fama. Também aponta problemas com a mãe (no caso de Joyce, por motivos religiosos dela); Júpiter, regente  da 5ª e da 8ª casas também está colocado na 4ª. Enquanto regente da 8ª perturba a carreira e indica um mau fim de vida. A Lua também está na 4ª casa o que, normalmente, é favorável à fama e à riqueza mas infelizmente encontra-se no signo de debilitação o que destrói esses significados. Além  disso a Lua rege a 12ª casa e perturba a felicidade doméstica ao mesmo tempo que impede o sucesso.  Finalmente Rahu também está na  4ª casa. Nesta posição, perturba a felicidade pessoal, a aquisição de propriedades e de bens, ao mesmo tempo que gera desejos insaciáveis para a pessoa alcançar tudo isso.  Este «stellium» foi deste modo uma enorme pressão colocada na vida pessoal  e na carreira de Joyce.
Mercúrio está colocado na 5ª casa  e reforça a importância da criatividade e da inteligência do nativo.
Vénus , regente da 10º casa, está muito bem colocado na 11ª garantindo que os desejos de sucesso e de fama de Joyce seriam atingidos. Durante os anos 20 ele conseguiu deixar de ensinar para viver em exclusivo da escrita, recebendo dinheiro anualmente para continuar a escrever. 
Quando  publicou Ulysses, a sua obra mais emblemática, estava activo o período principal (mahadasha) de Vénus, regente do seu Ascendente, sub-período de Júpiter, regente da 11ª casa da realização dos desejos e dos ganhos;  quando adoeceu e morreu, em 13 de Janeiro de 1941, estava operante o período principal  (mahadasha) da Lua, sub-período de Júpiter. A Lua rege a 3ª casa no horóscopo natal e a 12ª na Navamsa e Júpiter rege a 8ª casa e a 12ª no horóscopo de nascimento e a 8ª da Navamsa. Todas estas casas têm a ver com a longevidade, a morte e a doença e Júpiter era um forte planeta Maraka (capaz de infligir a morte). Os hábitos de vida do nativo fizeram o resto. 

Figuras da Arte e da Cultura- René Magritte


René Magritte

21 de Novembro, 1898, 7. 30 H
Lessines, Bélgica, 50 N 43, 3 E 50
Timezone: 0 TMG
(Espólio de Lois Rodden)
Magritte é um dos grandes pintores  do sec. XX.    A sua infância traumática, com a mãe a tentar o suicídio durante anos-  obrigando o marido a fechá-la à chave no quarto- até que  ela conseguiu escapar e se atirou ao rio, morrendo afogada, foi uma fonte subconsciente de inspiração, com o pintor a suscitar através das suas pinturas as  interrogações do espectador, obrigando-o a olhar para os objectos familiares num contexto pouco usual e, desse modo, a ter que descobrir novas significações para eles.  Alternando entre a ilusão e a realidade, Magritte deslizou nas próprias interrogações que, desde criança, lhe arrancaram a mãe quando ele precisava dela. E, do mesmo modo que ele provavelmente nunca conseguiu responder à sua própria questão, deixou-nos os seus quadros para nos fazer  descobrir o fascínio e, simultaneamente a inutilidade de procurar ir além dele. Descrevendo as suas pinturas,  Magritte disse: «[  são]imagens poéticas e não escondem nada: evocam o mistério e, de facto, quando alguém olha para um dos meus quadros, pergunta-se :’o que é que isto quer dizer?’ – Não quer dizer nada porque o mistério não significa mais nada, é incognoscível.»
A Identidade Básica: Ascendente Escorpião,  Lua em Aquário e Sol em Escorpião
A combinação de energias da identidade básica é extraordinariamente carregada em termos emocionais. O sol e o Ascendente estão no signo de Escorpião, Água fixa e concentração da energia , intensificando todas as experiências com uma tonalidade fortemente emocional.
O Ascendente Escorpião produz uma inclinação para uma abordagem filosófica da vida, dá muitas vezes talento para as Belas Artes, inteligência forte e discriminativa, um carácter apaixonado, sensual  e  intenso, uma personalidade poderosa e magnética, disposição generosa  para com aqueles que ama, obstinação e gosto por controlar aqueles com quem se relaciona e que a sua natureza possessiva tende a considerar como «seus». Exerce o poder de forma discreta mas firme e não esquece nenhuma afronta. 
O Sol em Escorpião intensifica esta natureza. Está colocado na 1ª casa , o que faz girar o destino em torno da história pessoal do nativo: o seu propósito de vida está relacionado com as aprendizagens e desenvolvimento do self.  De resto, a 1ª casa está fortemente carregada com 4 planetas. Os aspectos mais significativos desta vida referem-se ao seu próprio desenvolvimento pessoal que será o foco principal da existência: tratando-se do signo de Escorpião, fortemente ligado à transformação , morte e regeneração, e estando Saturno presente neste conjunto, compreendemos que, de uma forma  ou de outra, esta foi uma vida cujo destino compeliu a uma jornada de crescimento  através da vivência de experiências  fortemente e dolorosamente  emocionais.
A Lua em Aquário  é a nota dissonante neste conjunto. O seu elemento Ar profundamente social e intelectual,  tornou a inteligência de Magritte mais  intuitiva e orientada para a  procura da essência escondida e profunda da realidade e  intensificou-lhe  a imaginação visionária. 
A Lua em Aquário intensifica o desejo de pertença por isso estes nativos normalmente procuram ligar-se a grupos, muitas vezes secretos ou  não convencionais, onde se discutem ideias fora do comum, etc.; a ligação de Magritte ao grupo surrealista foi um bom exemplo disto. Esta Lua também reforça a capacidade inventiva  e a originalidade, ela refere-se ao futuro; ao ainda não visto e toda a obra de Magritte  força-nos a ver as coisas familiares através de uma nova perspectiva do olhar: o olhar aquariano, que anuncia uma nova era, novos valores e princípios, novas regras acerca da realidade. Novas e melhores, mais justas, mais verdadeiras, etc. O olhar de Aquário transporta sempre o espírito da Utopia. 
As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo
A Lua está  colocada no Nakshatra Satabisha  3º pada. Esta estrela de nascimento  está relacionada com o «segredo», o conhecimento esotérico, o mistério que se esconde e desvela. Os seus nativo são orientados para a descoberta interior, são auto- centrados o que não significa necessariamente egoísmo mas que a sua vida está orientada para a auto- descoberta ou auto- conhecimento. Estas  pessoas são muito inteligentes e intuitivas e podem ser excelentes investigadores.
O Ascendente está carregado com a presença de Saturno, o sol, Vénus e Mercúrio. isto indica experiências fortemente marcantes a nível pessoal. Saturno na 1ª casa traz sempre uma seriedade acompanhada de alguma melancolia ou tristeza, sendo raro  o indivíduo que tenha Saturno nesta casa  que não sinta o «peso» de carregar com a vida. Esta posição traz o grande desafio de aprender a gostar da existência com todas as suas alegrias e tristezas, momentos de felicidade e de desgosto. Esta é a posição que indica um grande crescimento potencial a nível espiritual. Mostra uma vida  para aprender a controlar  as emoções, para crescer e se transformar através delas. Magritte passou por muitas fases diferentes em termos de auto-expressão artística: cada uma exprime uma fase do seu próprio crescimento espiritual e  de  percepção de si e da realidade.
 A presença  de todos estes planetas na 1ª casa pode indicar um certo egocentrismo mas, neste caso, o nativo não teve grande escolha, ele foi obrigado a debruçar-se sobre si próprio para aprender a ser o seu próprio mestre na vida. 
A Lua  está bem colocada na 4ª casa, e, sendo regente da 9ª, não favoreceu a relação com a mãe mas favoreceu a carreira, ainda que mais após a sua morte (Magritte chegou a falsificar quadros de Picasso, Braque, Chirico, etc, para sobreviver e trabalhou em publicidade para garantir um salário). O regente do Ascendente está bem colocado na 9ª casa, mas está debilitado, por isso pouco ajudou  a sorte de Magritte  nesta vida. 
Rahu na 2ª casa dá fortes ambições mas prejudica o alcançar de riqueza  e diminui substancialmente a felicidade doméstica da pessoa. A forte ânsia por obter e acumular riqueza pode levar ao desenvolvimento de meios desonestos para ganhar dinheiro, o que aconteceu com Magritte que, além de falsificar quadros de pintores famosos, também chegou a imprimir notas falsas. Ketu na 8ª casa perturba a vida conjugal e  as posses do companheiro; e a saúde, podendo fazer surgir doenças estranhas. 
Júpiter encontra-se na 12ª casa, e é o regente da 2ª e da 5ª. Esta posição apenas favorece a vida espiritual, sendo ruinosa para a acumulação de riqueza pois surgem sempre novos gastos que é muito difícil controlar.
Entre as assinaturas mais importantes neste horóscopo , saliento: um yoga Vosi (Júpiter colocado na 12ª casa a partir do Sol) indicando uma pessoa  talentosa e respeitada; a inteligência do nativo é indicada pelo yoga Nipuna (Mercúrio e o sol em conjunção); Júpiter e Marte , regentes da 5ª e 6ª casas estão em kendras mútuas, indicando boas qualidades de carácter , inteligência, ganho  de riqueza; o regente da 8ª e da 12ª estão em conjunção, formando um Viparita Raja yoga (sucesso após pressões ou perdas de outros); Vénus e o sol e Vénus e Mercúrio formam dois Raja Sambandha yogas indicando que o nativo será conhecido, inteligente  e respeitado.
Apesar destas assinaturas estarem presentes, o estado dos planetas envolvidos não é o melhor (por ex., Vénus e Mercúrio estão aflitos pela associação com os maléficos Sol e Saturno, na 1ª casa; Marte, regente do Ascendente, está debilitado ). Isto explica os obstáculos que Magritte  encontrou  na vida e que lhe dificultaram o caminho para o reconhecimento e a riqueza que ele tanto desejou. 
Confirmação pela Navamsa
O Ascendente Navamsa «cai» na 11ª casa do horóscopo de nascimento: os ganhos e a satisfação dos desejos e ambições pessoais desempenhariam um papel fundamental na vida desta pessoa, a sua identidade reconhece-se pela capacidade de  realizar os seus sonhos e desejos mais profundos.  O regente do Ascendente Navamsa está  colocado na 6ª casa  em conjunção com a Lua que está poderosa em Vargottama: o nativo é capaz de vencer os obstáculos  mas a sua saúde tende a ressentir-se. Magritte morreu aos 68 anos com um cancro no pâncreas. A Lua rege a 11ªcasa da realização dos desejos e dos ganhos . A 6ª casa destrói uma boa parte dos efeitos auspiciosos desta Lua, dificultando a realização das ambições pessoais (embora não as impedisse). A primeira exposição de Magritte não foi bem recebida pela crítica e, quando expôs em Paris também não conseguiu entusiasmar pelo que resolveu regressar a Bruxelas e foi trabalhar com o irmão numa agência de publicidade. A vida de Magritte não foi fácil, e o verdadeiro sucesso  só chegou nos anos 60. Ele morreu em 1967…
O Sol está colocado no próprio signo mas na 12ª casa: Assim, «dá com uma mão e tira com a outra»: a criatividade espantosa de Magritte, a sua imensa originalidade passariam despercebidas  durante muito tempo e a fama demoraria a chegar.
Saturno é o regente da 5ª casa e está colocado na casa que rege, em conjunção com Vénus: talento, ânsia por sucesso (complementada pela presença de Rahu na 1ª casa) mas demora em alcançá-lo.  Vénus também rege a 9ª casa na Navamsa e esta colocação na 5ª é muito benéfica. Não há dúvida de que o talento e a criatividade de Magritte seriam reconhecidos.
Marte e Júpiter  formam uma conjunção poderosa na 3ª casa. Marte está no próprio signo. Esta assinatura indica inteligência e criatividade  utilizados de forma inteligente e inovadora ao serviço de uma imagética poética, como Magritte designou a sua  obra. E esta acabou por se disseminar  como uma das mais poderosas expressões artísticas do sec. XX.
Quando Magritte morreu estava operante o período principal (mahadasha) de Vénus, sub-período de Vénus. Vénus rege a 7ª  e a 12ª casas no horóscopo de nascimento e  a na navamsa.  A 2ª casa e a 7ª casas são  casas Maraka, (relacionada com a as circunstâncias da morte).A  7ª casa também está relacionada com o sistema digestivo e o abdómen . Magritte morreu de cancro no pâncreas.

Figuras da Arte e da Cultura- Wofgang Amadeus Mozart


 
Wolfgang Amadeus Mozart
21 de Janeiro de 1756, 20 h
Salzburg, Áustria, 47 N 48, 13 E 02
Local Mean time 13 E 02
(Espólio de Lois Rodden)
Mozart  é um dos maiores compositores musicais de sempre. Menino prodígio, compôs a primeira peça musical aos 5 anos. Na sua curta vida de 35 anos produziu cerca de 600 obras, entre as quais estão algumas das óperas, sinfonias e concertos  mais  celebrados de sempre.  Com uma figura pequena e franzina, impôs-se pelo seu brilhantismo inovador que chocou alguns mas maravilhou muitos outros na sua época. Brincalhão e dado à verbalização de piadas (muitas vezes obscenas),  foi capaz de nos fazer sentir a sua enorme  alegria natural  mas também nos sensibilizou   profundamente levando-nos a uma  experiência espiritual. Estas duas facetas coexistiram nele ao longo da  vida: viveu  cada momento intensamente, trabalhou arduamente e divertiu- se muito; foi superficial e «bon vivant» mas foi também um membro activo da Maçonaria Livre em busca de  espiritualidade. Viveu com fausto sempre que pôde; mas deixou instruções para  ser enterrado  numa sepultura comum e pediu uma cerimónia  fúnebre simples quando se encontrou à véspera da morte. A sua música tornou-o imortal.
A identidade Básica: Ascendente Leão, Lua em Escorpião e Sol em Capricórnio
A combinação energética da identidade básica- Fogo (Leão), Água (Escorpião) e Terra (Capricórnio) revela aspectos díspares na personalidade:  a Lua e o Sol harmonizam as suas energias  que se articulam em conjunto  na construção da identidade mas o Ascendente, como imagem espontânea e expressão imediata no mundo é dissonante e bastante diferente: O Ascendente em Leão é muito visível em diversos  traços da personalidade de Mozart: a alegria e a pose, o  gosto pela adulação e pela admiração dos outros, o querer estar sempre no centro da atenção pública  rodeado de admiradores; o gosto pelas roupas elegantes e sofisticadas, pelos  eventos mundanos e pela vida faustosa que levou sempre  que o dinheiro lho permitia.
 Mozart  possuía uma auto-imagem  muito positiva acerca de si próprio  e não gostava de ser tratado como uma pessoa comum pelos  patronos que lhe pagavam para ele compor. A vaidade e o orgulho pessoal são expressões  características de Leão
A Lua em Escorpião  revela  uma natureza intensa, apaixonada, com tendência para serem extravagantes e incapazes de poupar ( aspecto bem visível em Mozart). Também inclina para a impulsividade e para um temperamento que oscila entre a  excitabilidade, a ansiedade/depressão e o excesso de conservadorismo. Podem ter explosões súbitas quando  se zangam ou entusiasmam com alguma coisa.Todos estes aspectos foram bem visíveis no modo de ser de Mozart.  A Lua em Escorpião também pode ser muito desconfiada. No caso de Mozart, no final da sua vida ele via inimigos em todo o lado, parecendo tomado por uma certa paranóia.
O Sol em capricórnio revela uma incansável natureza trabalhadora, capaz de dedicar muito esforço para concretizar as suas tarefas. Mozart era capaz de trabalhar incansavelmente quando estava a compor alguma obra  apesar da sua saúde frágil.  Capricórnio também é conhecido pelo sentido de humor e inteligência  na conversação social. Mozart brincava continuamente com as palavras, fazendo brincadeiras  e anedotas de que muitas das pessoas que conhecia eram o alvo. 
Os nativos de Capricórnio são muito ambiciosos. Mozart quis ser mais do que um mestre de concertos do príncipe arcebispo de Salzburg e por isso entrou em conflito  com o pai por desejar procurar um destino maior em Viena deixando de estar subordinado ao patrono. Queria uma glória que transcendesse o seu país e um pequeno círculo de patronos.  E, como é característico de Capricórnio, que detesta receber ordens de outros, quando o arcebispo de Salzburgo o  proibiu de actuar perante a alta aristocracia – o que o privou de receber uma quantia de dinheiro por uma só actuação  equivalente a meio ano de trabalho em Salzburgo- preferiu tentar a sua sorte como freelancer.  Capricórnio não gasta  tempo a agradar a quem lhe corta as asas para ascender a uma posição mais elevada  e a que se acha com direito pelo trabalho realizado. É comum os nativos de Capricórnio  terem que trabalhar muito para alcançar os seus objectivos de reconhecimento e honras e Mozart não foi uma excepção. 
A relação entre o Sol em Capricórnio e a Lua em Escorpião mostram uma personalidade que não se submete a ninguém, é ciosa da sua independência e do seu poder pessoal. Trabalhará para fortalecer esse poder e para o concentrar. No caso de Mozart, a Música foi a maior expressão do seu  poder pessoal, observado na rendição e na admiração que ele sentia sempre perante o público  que o ouvia.
As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo
A Lua está colocada no Nakshatra Jyestha, 4º pada. Esta estrela de nascimento é visível  na energia que os seus nativos colocam em tudo o que fazem; na rapidez e na  brusquidão dos gestos, na preocupação com a sua imagem pessoal e no investimento que fazem  em obter autoridade pessoal e reconhecimento por parte dos outros.
Os nodos estão no eixo 1 e 7  do horóscopo. Rahu está no Ascendente e esta não é uma posição fácil,  ainda mais com  o Ascendente no signo Leão. Rahu nesta posição dá pouca harmonia e estabilidade ao nativo, causa problemas e obstáculos, perturba as relações conjugais e as parcerias, reduz a longevidade e traz problemas de saúde.  Também distorce a auto-imagem: por um lado, torna a pessoa egocêntrica e «cheia de si»; por outro lado mina a sua  auto-confiança de modo que a pessoa passa a vida numa espécie de permanente crise de identidade : tão depressa se acha merecedora de todas as honras e benefícios como duvida de si e de todos os outros. 
Vénus colocado na 7ª casa revela bem a natureza social de Mozart e o gosto que ele tinha pelos eventos  sociais. Vénus está em conjunção com Ketu o que não favorece a felicidade romântica ou conjugal: ao mesmo tempo que mostra um desejo insaciável por uma vida conjugal bem sucedida, impede que esta aconteça plenamente.  Mozart não se  casou com a mulher que era o centro do seu interesse, Aloysia weber, pois esta   recusou-o,  tendo  por isso desposado a irmã dela.
O sol, Saturno e Mercúrio estão colocados na 6ª casa. O Sol aqui está bem colocado indicando boas capacidades de trabalho. Com esta posição, indica também problemas com os pais. (o que sucedeu, no que se refere ao pai de Mozart). Mercúrio aqui indica uma natureza nervosa e dada a irritar-se com muita facilidade, pouca paciência em relação aos outros .
A presença de Saturno, o planeta dispositor do Sol, na 6ª casa, tem resultados mistos: por um lado, está no próprio signo e ajuda a vencer obstáculos e a derrotar inimigos, de modo a alcançar riqueza e poder; por outro lado, prejudica a saúde e traz perdas, oportunidades perdidas, dificuldades e doenças.  Como  Saturno é também o regente da 6ª casa isto forma uma assinatura específica (Harsha yoga). Este yoga indica que  a  natureza do nativo é boa e forte e ele será um vencedor. 
Júpiter encontra-se na 2ª casa e, como o regente da 5ª casa colocado na 2ª  mostra que o dinheiro  entrará e o nativo terá uma boa educação. Os seus esforços pessoais estão associados à criatividade e inteligência bem como a talentos  inatos que ele traz para esta vida.
Marte, regente da 9ª casa, está colocado na 11ª. O nativo realizaria os seus desejos e ambições, e isso poderia ter ligação com viagens para o estrangeiro. E efectivamente assim aconteceu pois desde muito jovem, primeiro com o pai e  com a irmã e mais tarde com a sua nova família, Mozart viajou muito a vida toda, em busca de glória e de sustento. E ganhou muito dinheiro também. Infelizmente o estilo de vida que levou nesses tempos de abundância fizeram com que, mais tarde, durante a guerra entre a Áustria e a Turquia, em que os mecenas abrandaram muito o apoio aos artistas, ele se tivesse enterrado em  dívidas.
 
Entre as assinaturas  (yogas) mais significativas, encontramos: um Rajayoga entre o Sol e Saturno  e com Rahu (este está em aspecto com  o Ascendente no horóscopo e nas divisionais  D-9, D-2, D-3, D-12 e D-30). Estes Rajayogas indicam sucesso e altas realizações; o planeta Marte é um yogakaraka (rege uma casa kendra e uma trikona); o Sol, Mercúrio, Saturno e Rahu formam um maha yogada (têm relação com o Ascendente e o GL e HL) o que indica poder, autoridade e riqueza; Mercúrio e o Sol em conjunção  formam o yoga Nipuna que indica uma pessoa que é um perito na sua área e bem conhecido e respeitado. 
Apesar destas assinaturas de sucesso, o destino de Mozart, através da expressão da sua arte, foi talvez  mais marcado pelas profundas transformações e conflitos  na estrutura da identidade, numa experiência de vida em que  as percepções que ele desenvolveu em relação a si próprio e ao modo como se relacionava com o mundo  foram o principal foco da sua  curta vida  em que  a fama como músico  foi apenas o invólucro. 
Confirmação pela Navamsa
O Ascendente na Navamsa «cai» na 3ª casa do horóscopo  de nascimento mostrando a importância da iniciativa e da coragem pessoal  no percurso da vida de Mozart. Naqueles tempos não era fácil para um compositor livrar-se da submissão a um senhor, como Mozart se atreveu a fazer.
 Rahu  continua a estar posicionado na Ascendente indicando a importância do desenvolvimento pessoal como expressão fundamental do destino de Mozart.  Saturno aparece colocado na 7ª casa em conjunção com Ketu, no signo de debilitação, mostrado um relacionamento conjugal que não preenche as necessidades mais românticas. 
A Lua está colocada na 6ª casa, mostrando problemas de saúde. Como regente da 10ª colocado na 6ª  confirma que a ascensão social e os ganhos serão feitos à custa de trabalho árduo e conhecerão inimigos que tentarão prejudicar a carreira  e altos e baixos financeiros.
O sol está colocado, em conjunção com Mercúrio, na 9ª casa, revelando interesse por assuntos de espiritualidade, por culturas e países estrangeiros ou uma vida cujo destino terá uma relação profunda com países estrangeiros. O sol é o regente da 11ª casa colocado na 9ª , o que é muito favorável par a sorte e a realização dos desejos. Mercúrio é o regente da 9ª casa colocado na própria casa e no próprio signo. A Navamsa  mostra com esta poderosa 9ª casa que, apesar de todos os dissabores e dificuldades,  este nativo atingiria um destino especial, cuja glória se espalharia muito para além da sua terra natal em outros países estrangeiros. 
Júpiter colocado na 12ª casa não engana: o nativo ganharia dinheiro mas também gastaria muito, devido ao gosto pelo luxo e pelo conforto.
O período  de  produtividade  mais amadurecida  manifestou-se  após ter começado  o período principal  (mahadasha) do Sol, regente do seu Ascendente e da 11ª casa na Navamsa em 1786. Quando ele ficou doente, em 30 de Setembro de 1791, situação que se deteriorou em 20 de Novembro e culminou com a sua morte a 5 de Dezembro, continuava activo o mahadasha do Sol e  o sub período de Vénus, regente da 12ª casa do horóscopo natal (que também simboliza o fim da vida) e da 8ª casa da Navamsa, ambas relacionadas com as perdas e  com a doença, neste caso,a doença que causou  a perda da vida.

Grandes Figuras da Arte e da Cultura – Pablo Picasso


Pablo Picasso
25 de Outubro de 1881, 23 h 15 m
Málaga, Espanha, 36 N 43, 4 W 25
Local Mean  Time 4 W 25
(Espólio de Lois Rodden)
Picasso é um dos  pintores mais bem sucedidos  de sempre. Morreu bilionário como  resultado  do seu trabalho e do seu sucesso, apesar de ter percorrido um longo caminho desde que, em 1921, foi preso em Paris(sem ter cumprido tempo de prisão) por ter recebido uma escultura que havia sido roubada do Louvre e que ele vendeu a um amigo por 50 francos. As suas muitas paixões  povoam toda  a sua obra  e percorreram a sua longa vida, mudando constantemente, apesar de só ter casado duas vezes. Em conjunto com Braque,  no período de 1909 e 1914 ajudou a  fundar um novo movimento artístico que  teria grande sucesso  na Arte do século XX: o cubismo. Na vida pessoal, especialmente nos relacionamentos amorosos, alguns indícios parecem mostrar que Picasso não era propriamente um   modelo de virtudes, mas foi sem dúvida um artista extraordinário seguido e imitado por muitos sem que nenhum deles tenha alcançado o seu génio.

A Identidade Básica: Ascendente Caranguejo, Lua em Escorpião, Sol em Balança

O Ascendente em Caranguejo produz uma natureza bastante emocional, cujo foco principal de  interesse é necessidade de exprimir emoções e sentimentos e relacionar-se.  A necessidade de relacionamento  torna os nativo potencialmente dependentes a nível emocional, o  que pode ser, em alguns casos ,gerador de insegurança  e de tristeza, quando a  parte emocional da vida não corre positivamente.
O signo de Caranguejo possui uma imaginação poderosa e os seus nativos podem  ter compulsões subconscientes  que interferem muitas  vezes  na sua percepção do mundo e dos outros. O regente do Ascendente está  colocado na 5ªcasa, mostrando potencialidades artísticas.  Também  inclina o nativo a encarar os relacionamentos como uma  forma de diversão, de envolvimento por prazer, sem assumir os aspectos  mais formais, o que se confirma plenamente neste caso.  A Lua está acompanhada por Rahu e por Mercúrio. Mercúrio  torna a mente muito criativa.  Rahu,  nesta posição , revela capacidade para  manipular as relações com os outros, pouca paz de espírito apesar da inteligência e  da propensão para adquirir riqueza. O conceito de família  do nativo  tende a ser pouco convencional e a mente pode facilmente entrar em desequilíbrio. 
A  Lua em Escorpião  mostra uma mente intensamente movida por paixões e sentimentos,  e, nesta casa, apesar de favorecer a inteligência,  mostra também a tendência para o nativo se concentrar na sua própria individualidade, usando os relacionamentos para satisfazer as suas próprias necessidades. Nesta casa a Lua   está ao serviço do desenvolvimento do poder individual  em todas as formas de expressão e de criação.  A Lua em Escorpião  combinada com o Ascendente Caranguejo  conduz a uma grande possessividade nos relacionamentos e ao ciúme.  Segundo consta, Picasso terá , em algumas ocasiões, trancado a  sua amante  na sua casa sem a deixar sair, por ciúmes. A Lua em Escorpião pode ser muito insinuante, magnética e convincente, com a força da sua paixão e precisa de controlar o parceiro pois isso faz parte do seu sentimento de autopoder.
O Sol em Balança  não se harmoniza facilmente  com o elemento Água do Ascendente e da Lua. O Ar de Balança  inclina para a racionalidade, a sociabilidade  e a amabilidade suave e fraterna. Possui um grande poder analítico  mas tende a ter opiniões difíceis de modificar, tendência reforçada pela Lua em Escorpião. Esta combinação também  reforça um ligeiro traço de egoísmo tendencial em Balança, ainda que este habitualmente racionalize  as suas acções com a preocupação de ser correcto e justo. A posição do Sol na 4ª casa não favorece muito os traços  mais positivos de Balança, pois inclina para um certo egoísmo e hedonismo. Também mostra habitualmente problemas de estômago.

As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo

A Lua está colocada no Nakshatra de Anuradha, 4º pada. Esta estrela de nascimento é regida por  Saturno e simboliza a superação do dualismo, a aprendizagem da relatividade dos opostos na crença  de que é possível harmonizá-los. Estas pessoas têm por isso uma abordagem amigável e procuram a conciliação das diferenças. É curioso notar como o Cubismo,  a forma de expressão artística que Picasso imortalizou, joga com a simultânea fragmentação e união desses fragmentos, na sucessão espácio- temporal.
O regente do Ascendente colocado na 5ª casa revela sorte, respeito e estatuto conquistados nesta vida. Porém, a conjunção com Rahu  dá um impulso criador extraordinário, reforça a inteligência mas perturba a vida afectiva e a paz mental, dando pouca tranquilidade e também afecta o estômago. Dá fome de fama e de sucesso mas todo o sucesso material alcançado tende a esfumar-se na percepção interior  de vazio.  Picasso teve que ser operado a uma úlcera e esse aspecto é confirmado pela presença de Rahu nesta casa e do Sol na 4ª. Mercúrio  acentua a criatividade e a inteligência mas impele  para um certo egoísmo pessoal.
Júpiter colocado na 11ª casa, em conjunção com Ketu  e em aspecto com a Lua assegura ganhos, riqueza, sucesso e a realização de todos os sonhos. O nativo ficou rico durante a vida, tendo morrido bilionário. 
Saturno, na 10ª casa, está debilitado. Indica um caminho de  trabalho árduo para chegar ao sucesso. Picasso pintou cerca de 14000 telas, ilustrou livros, fez trabalhos de gravação, cerâmicas e esculturas. Ganhou muito dinheiro com o seu talento  mas também trabalhou bastante para isso.
Entre as assinaturas principais(yogas) do horóscopo, saliento:   um yoga Hari envolvendo a Lua, Mercúrio, Júpiter e Vénus (planetas benéficos na 2ª, 8ª e 12ª a partir do regente da 2ª casa) e que indica sucesso e riqueza; Júpiter, Vénus e Mercúrio estão em casas kendra a partir  do 9º , 11º e na 1ª  regentes , o  que forma um yoga Brahma e indica respeito e altas realizações;  Mercúrio e Vénus  estão na 2ª casa e na 12ª casa a partir do Sol (Ubhayachara yoga) indicando muitos  confortos e que o nativo será «um rei ou igual a um rei»; Júpiter e a Lua estão separados por casas kendra (Gaja-Kesari yoga) mostrando uma pessoa famosa; Marte é yogakaraka indicando sucesso e realizações; A Lua, Mercúrio, Júpiter e Rahu estão associados com o Ascendente e com os ascendentes especiais Gathi lagna e  Hora lagna, indicando poder e autoridade e riqueza e prosperidade.  

Confirmação pela Navamsa

 O Ascendente Navamsha «cai» na 5ª casa do horóscopo de nascimento. A criatividade, a inteligência  e todos os aspectos associados à sorte, aos filhos, etc têm importância acrescida na vida do nativo servindo para este afirmar a sua identidade nesta vida. A Lua continua presente no mesmo signo, poderosa em Vargottamae é regente da 9ª casa Navamsa: confirma-se deste modo a sorte , o sucesso, a fama que lhe estavam destinados.

Rahu, bem colocado no signo de Júpiter está na 2ª casa: gera um insaciável desejo por ter e acumular riqueza e bens  no mundo material. Ao mesmo tempo destrói a felicidade a nível pessoal e inclina para a ingestão de substâncias que prejudicam o organismo ou má alimentação. Também inclina a pessoa para faltar à verdade e para a manipulação psíquica nos relacionamentos próximos.  Ketu na 8ª casa favorece a intuição  mas inclina para o materialismo e para reduzir a realidade ao plano físico. 
O sol na 3ª casa está bem colocado para tornar a pessoa corajosa e  bastante e inteligente  e muito ciente do próprio valor (com alguma arrogância intelectual). A presença de Júpiter nesta casa indica grandes capacidades analíticas e uma mente que produzirá fama   e fortuna.  Júpiter rege a 5ª casa Navamsa, reforçando este aspecto embora esteja debilitado o que mostra que algumas áreas de vida  relacionadas com a 5ª casa  (relacionamento com os filhos, por ex,)não serão tão favorecidas como as  que se relacionam com o sucesso material.
Marte colocado na 6ª casa assegura vitória sobre os conflitos , oponentes e obstáculos em geral o que é acentuado por  estar no próprio signo. A conjunção com Vénus facilita a auto- expressão e reforçaa natureza apaixonada do nativo.
Saturno, o dispositor do Sol, está colocado na 11ª casa em signo amigo indicando aumento de rendimento, popularidade, autoridade e realização dos desejos. 
Mercúrio, regente da 11ª casa está colocado na 9ªo que é uma excelente posição que indica sorte, riqueza e ambições concretizadas.
Quando juntamente com Georges Braquefundou o cubismo  estava activo o período principal (mahadasha) de vénus.
Quando morreu estava activo o período principal de Júpiter (mahadasha) e o sub-período de Mercúrio. Na Navamsa, Júpiter rege a 2ª casa e Mercúrio rege a 8ª, ambas casas Maraka, ou relacionadas com a morte.