Pedras e Cristais, Zircão

 

ee2

O Zircão é um mineral pertencente aos nesossilicatos. Podemos encontrá-lo em tons de amarelo dourado, vermelho, castanho, verde e sem cor. No entanto, algumas das cores que apresenta  são obtidas por aplicação de calor que modifica a cor inicial. Os tons mais comuns são o castanho avermelhado e o castanho amarelado.  Os exemplares sem cor são populares como substitutos do Diamante. Os mais bonitos e brilhantes e com qualidade gemológica encontrados no mercado foram tratados termicamente, podendo ter a cor azul, amarelo, verde ou sem cor e apresentam um brilho intenso.

O nome deste mineral deriva do persa «Zargun» que significa cor  dourada. Com o tempo formou-se a corruptela «Zircão»,  nome que se mantém hoje.

ee6

Este mineral cristaliza no sistema tetragonal. Encontrar um exemplar bonito fora do mercado gemológico pode não ser fácil pois as pedras mais espetaculares são de imediato retiradas para a joalharia e, muitas vezes, as pedras que ficam são comparativamente mais sem graça e sem o brilho ou a qualidade daquelas. Mas, de acordo com os peritos, o aquecimento das pedras não altera as suas propriedades metafísicas, uma vez que a própria Terra também produziu, ao longo da sua formação, calor extremo, em muitas ocasiões e estes minerais desenvolveram-se nas entranhas da Terra ao longo de muto tempo. Mas, para tratamento específico dos chakras, deverão usar-se , sempre que possível, pedras na sua cor natural.(pode, no entanto, não ser fácil distingui-las).

ee5

As pedras que contêm dourado e amarelo são boas auxiliares para a manifestação da abundância e da prosperidade. Alguns afirmam que qualquer variedade de Zircão ajuda nesta área desde que a intenção de quem usa a pedra seja forte no sentido de alcançar essa prosperidade, mais dinheiro, etc..

O Zircão é uma das pedras mais antigas que foram usadas pela humanidade, indo até ao antigo império persa esse uso. Dizem os peritos que os melhores exemplares são oriundos de Madagáscar e Canadá mas esta pedra pode igualmente encontrar-se no Sri Lanka, Austrália, Ucrânia e USA.

Na terapia com cristais, o Zircão é reconhecido como tendo uma energia poderosa de cura. Ativa todos os chakras e é especialmente útil quando usado em zonas específicas do corpo para ativar determinados chakras, desbloquear e movimentar  a  sua energia. Colocada sobre os chakras superiores, esta pedra ajuda a conectar com energias espirituais elevadas e limpa os bloqueios energéticos existentes, ao mesmo tempo que liga  as energias superiores com as energias terrenas. Usada sobre os chakras inferiores, ajuda a combinar a energia do plexo solar, do chakra da raiz e o chakra do coração. O uso do Zircão no corpo cria um escudo de luz protetora em relação a todas as energias subtis negativas, sendo por isso uma excelente ideia usá-lo como joia.

ee3

Ao limpar as energias negativas do campo energético do corpo, o Zircão, ajuda a melhorar globalmente a saúde, ao mesmo tempo que gera equilíbrio nos vários planos do ser. A sua energia também alivia sentimentos de depressão, cansaço e tristeza, dando um «empurrão» de energia que faz aumentar  o sentimento de bem-estar.

E, finalmente, é uma pedra lindíssima para se usar. Tenha no entanto em consideração que algumas pedras que foram aquecidas para melhorar a sua cor não devem ser expostas à luz forte pois poderão regressar à cor original. Para a limpar, use água morna e detergente suave (como o da louça) e passe-a por água abundante para retirar o sabão, secando-a suavemente ao ar. Não use limpeza ultrassónica nem a vapor.

Pedras e Cristais, Zeosite

d1

A Zoisite é uma pedra de optimismo,  promove o sentimento de esperança  e de confiança na bondade inerente a todas as coisas. Aumenta o sentimento geral de confiança e liberta de medos, fazendo crescer  a satisfação com a vida. Amplifica a energia disponível e afasta a preguiça e  a inércia no agir. Amplifica todas as energias  do campo energético  do corpo.

d2

Esta pedra faz parte do grupo dos silicatos de alumínio, o mesmo grupo do Epídoto. Ocorre em cristais prismáticos alongados e, quanto à cor, podemos encontrá-la em branco, sem cor, verde, rosa e azul- violeta. A Zoisite deriva o seu nome do colecionador Zois, tendo sido encontrada em 1805 nas montanhas Sau-Alp, pelo que o primeiro nome que teve foi Saualpite. Com frequência, encontra-se misturada com outros minerais , sendo um dos mais valorizados aquele que mistura Zoisite e Rubi, sendo vendida como «Rubi em Zoisite». Quando ocorre nesta variedade  também recebe o nome de Aniolite. Encontra-se mais frequentemente A Zoisite misturada com Rubi do que na sua variedade simples.

d5

São reconhecidas muitas propriedades metafísicas à Zoisite: os peritos afirmam que ela transmuta a energia negativa em positiva. A sua energia ajuda a desenvolver a criatividade e a tirar partido dos pontos mais fortes de cada um levando-o a exprimir a sua essência individual  única. Dá coragem para assumir a sua verdadeira identidade sem medo e sem constrangimento por parte dos outros. É assim uma boa ajuda para todos os que querem seguir o seu próprio caminho, autónomo e independente.  Faz isso tornando a pessoa consciente do seu próprio valor e focando o indivíduo numa atitude de esperança e confiança, em si e à bondade do Universo pois ajuda a ver o lado bom da vida, promovendo o  alcançar de  um sentimento interno de alegria e felicidade.

d4

Na terapia com cristais, a Zoisite é usada para aumentar a vitalidade, fortalecer o coração e ajudar a superar distúrbios nas suprarrenais. Tem afinidade com o chakra do coração e com o chakra da coroa. Aumenta as capacidades psíquicas e torna mais poderosos os estados alterados de consciência. É considerada um desintoxicante natural, ajudando a reduzir os processos inflamatórios
É reputada como uma pedra que ajuda a fertilidade e tem ação curativa sobre os órgãos reprodutores masculinos e femininos. Tem uma ação geral muito positiva quando se recupera de uma doença severa ou trauma . Necessita, no entanto, de ser usada durante longo tempo para produzir os seus efeitos, devendo isto ser tido em causa quando se usa esta pedra.

d3

Para limpar a sua pedra de Zoisite ou Rubi- zoisite, tenha em conta que esta pedra, apesar de ter alguma dureza, é mais macia do que outras pedras como o Topázio, Espinela ou Safira. Deve evitar-se a sua exposição ao calor intenso ou  à luz intensa, a mudanças de temperatura bruscas, produtos químicos agressivos como lixívia , limpeza ultrassónica ou  a vapor.  Limpe-a simplesmente com água morna e sabão suave , passe por água e guarde a pedra longe dos choques com outros objetos duros ou cortantes.

E pronto, use continuadamente esta pedra, que é uma das mais apreciadas, para usar com joia, ou receber os benefícios do seu uso terapêutico.

Pedras e Cristais, Zincite

ba4

Esta pedra é conhecida pela sua capacidade de sintetizar ou unificar as energias desorganizadas ou mesmo divergentes, fazendo com que trabalhem bem umas com as outras. Assim, permite unir a energia física, a energia criativa e a energia da vontade, o que aumenta consideravelmente a capacidade individua  de concretização. Basicamente, esta pedra leva à criação de energias  agrupadas que funcionam em perfeita harmonia.  É um poderoso estimulante metafísico que, não apenas energiza completamente o indivíduo como estimula fortemente todos os chakras,  que limpa e desbloqueia .

Diz-se que o poder de unificação ou sintetização da zincite também funciona quando se trata de criar grupos de pessoas, levando aqueles que têm características comuns a formar um grupo e a trabalharem em cooperação. É também uma pedra de manifestação e de criatividade. A sua energia muito forte deve, no entanto, ser usada em pequenas doses. O uso  desta pedra  convém  tanto aos que têm trabalhado principalmente com os chakras superiores como aos que se têm focado mais nos chakras inferiores.

ba5

 

No mercado gemológico a Zincite encontra-se como produto manufaturado pelo homem, pois gera-se nas fundições de Zinco, como subproduto da extração de Zinco. Os cristais formam-se durante a fundição do zinco, nas pilhas de fumo dos fornos e são recolhidos quando estes são limpos. Apesar disso, dizem os entendidos que a energia metafísica desta pedra se mantém forte e poderosa mesmo nestas pedras. O nome da pedra deriva do seu conteúdo em Zinco.

A Zincite  como mineral natural foi encontrada principalmente na Polónia, tendo também sido encontrados alguns cristais em Itália e em outros locais. Os depósitos de Zincite natural são raros e ocorrem em combinação com outras pedras como a Calcite, Willemite, etc.. algumas variedades de cor ocorrem em espécimes muito pequenos. Esta pedra pode encontrar-se em tons de vermelho brilhante, tons de amarelo, laranja brilhante, castanho, verde ou amarelo alaranjado, sendo a cor laranja a mais comum.

ba3

A variedade amarela de Zincite aumenta consideravelmente o poder da vontade e leva ao seu desenvolvimento de máximo potencial. A variedade laranja estimula e melhora a criatividade. Pela ação poderosa a este nível, ajuda decisivamente aquilo que se idealiza a concretizar-se, ajudando desse modo todos os sonhos que se querem realizar. Para  manifestar o aumento de dinheiro ou outras coisas positivas, os peritos dizem que a Zincite deve ser usada em conjunto com Labradorite dourada. Deve ser usada durante períodos de tempo não muito longos uma vez que a sua energia é demasiado estimulante e pode ter uma ação negativa sobre o chakra cardíaco, causando perturbação, agressividade e   outros sintomas negativos. Estes cristais são muito pequenos mas a sua energia é muito poderosa e pode causar sintomas negativos . Assim, todas as variedades deste mineral devem ser usadas em períodos curtos e regulares, para se poder tirar partido da sua energia sem sofrer uma estimulação demasiado forte que causa perturbação. Os mais sensíveis poderão , ao usar esta pedra, sentir uma raiva excessiva. Quando isso acontecer, poderão usar Apatite dourada conjuntamente com a Zincite para que esta ajude a libertar essas energias. Alguns  também poderão ter dificuldade em aguentar a sua forte energia, pelo menos inicialmente.  Esta é também uma pedra de enraizamento e, depois de ajudar a conectar o chakra da raiz, o chakra do sacro e o plexo solar, leva as energias para cima através do chakra cardíaco em direção aos chakras superiores.

ba2

Para acelerar o desenvolvimento espiritual, alguns aconselham usar a Zincite em conjunto com a Moldavite, conseguindo-se assim uma energia curativa muito forte.

Para magnetizar alguma coisa que se deseja que entre na nossa vida, pode usar-se a Zincite em conjunto com a Magnetite.  Usada em conjunto com cristais de Selenite, a Zincite limpa mais facilmente qualquer energia negativa que esteja no campo energético individual. Usada em conjunto com as pedras do chakra da raiz – Granada vermelha, Jaspe Vermelho, Rubi, etc., aumenta a vitalidade . Pode ser usada com muitas outras pedras para aumentar a força vibratória destas e melhorar os resultados do seu uso.

Na terapia com cristais, a Zincite usa-se para tratar a fadiga crónica, doenças autoimunes, bronquite, como preventivo de convulsões epiléticas, etc. Também é usada na cura à distância. É usada para aliviar os sintomas da menopausa, sendo também muito útil quando é preciso reagir de forma positiva às mudanças na vida. Pela sua ação  sobre o chakra sagrado ajuda o sistema reprodutor e o sistema endócrino.

Esta extraordinária pedra é, por todas estas razões, indispensável na nossa coleção.

Pedras e Cristais, Zeolite

aaa1

A designação de Zeolite refere-se a um grupo de minerais, cerca de 50 , minerais  que possuem uma estrutura cristalina e porosa, mas que se mantém firme , não se dissolvendo na presença de água.

As Zeolites são minerais de alumínio-silicatos, microporosos, usados também comercialmente como catalisadores e absorventes. O nome do mineral foi-lhe dado no século 18 pelo mineralogista sueco Axel Cronstedt, . As Zeolites podem transformar-se em outros minerais, através da exposição a condições climatéricas, hidrotermais e metamórficas. Os seus componentes – alumina e silicatos- são muito abundantes na Natureza e, por isso, é bastante fácil a produção natural deste mineral. Também se usam formas sintéticas de produção,  para uso na indústria mas esses não têm interesse para uso metafísico nem curativo.

aaa3

As Zeolites resultam da atividade vulcânica,: os vulcões em erupção  lançam lava e cinzas para o oceano, onde reações químicas com o sal do mar acabam por produzir estes belíssimos minerais, formados na lava endurecida com uma estrutura única, que contém espaços ocos que possuem a virtude de ter uma qualidade rara nos minerais , de terem  uma carga negativa que atrai os iões positivos de substâncias perigosas , apanhadas nesses «buracos» e  que depois são expulsas do corpo.  O componente de silicato é eletricamente neutro mas o alumínio tem carga negativa  e reage à ação de  iões  positivos de mercúrio, arsénico, níquel e cádmio e removem-nos de forma segura do corpo.

Esta é uma pedra de desintoxicação e de cura, muito usada na prática de Reiki.  Diz-se que a sua energia forma uma proteção em volta do chakra da coroa.  A nível comercial, as pedras de Zeolite usam-se para mudar os iões, filtrar, remover odores, absorver gases, peneirar químicos, etc.

aaa2

Na terapia com cristais, constitui um poderoso desintoxicante e estimula todas as respostas de cura. Enterrada na terra, esta pedra ajuda as plantas a crescer saudáveis, podendo ser incorporada nos fertilizantes.  Em pó, pode ser «bebido», sendo, além disso, totalmente seguro e não tóxico, sendo removido completamente do organismo após 6 a 8 horas. A estrutura molecular única deste mineral captura e remove completamente os metais pesados e as toxinas, o que aumenta e melhora os níveis de energia. Tem ainda a ação de alcalinizar o organismo, equilibrando o seu ph, combatendo  assim e prevenindo a acidez que causa doenças como artrite, etc.. Quando ingerida, a Zeolite não tem sabor nem odor e pode ser tomada com o estômago vazio.

aaa4

Alguns outros usos da Zeolite incluem o controlo da poluição ambiental,  e a retenção dos nutrientes dos produtos hortícolas.  Na atividade mineira, ajuda a tornar as minas mais seguras, contribuindo para libertar os metais pesados perigosos e outros desperdícios nas minas. Também é usada nos aquários para limpar as águas. A própria pedra , quando aquecida, produz vapor de água que tem um forte poder de limpeza, derivando daí, aliás, o seu nome, que em grego significa «pedra que ferve».

E pronto, deixamos-lhe a informação básica que lhe permite tirar partido deste mineral. Resta desfrutar dele  e aproveitar todas as suas vantagens.

Pedras e Cristais, Wulfenite

c4

Este mineral foi referido pela primeira vez em 1845 na Áustria, tendo derivado o seu nome do descobridor, que se chamava Wulfen. É um mineral que contém chumbo e molibdénio na sua composição e ocorre como mineral secundário em depósitos de chumbo  hidrotermais oxidados em conjunto com outros óxidos de ferro e manganês.

Cristaliza no sistema tetragonal, formando cristais tabulares ou piramidais finos, também podendo formar massas granulares e a sua cor pode variar bastante, desde o amarelo alaranjado, ao amarelo , vermelho e verde acastanhado. Os cristais são transparentes ou translúcidos.

Porque contém chumbo e molibdénio, esta é uma pedra que não deve estar em contacto direto com a pele. Assim, assegure-se de que não pega nela diretamente e que a mantém resguardada e a uma distância segura. Do mesmo modo, não faça elixires com ela, nem a coloque diretamente na água , pois corre o risco de envenenamento.

c1

A Wulfenite  está associada  aos chakras da raiz , do sacro  e do plexo solar e é considerada uma pedra de enraizamento. Tem uma ação de desbloqueio das emoções e das energias bloqueadas dos chakras referidos.

Na terapia com cristais, usa-se para problemas do sistema reprodutor e para energizar todas as funções do corpo, encorajando a cura quando esta é necessária.  Limpa as energias do útero, restabelece o equilíbrio hormonal, sendo útil o seu uso após aborto ou nascimento de um filho pois deixa o útero limpo . Estabiliza a energia sexual. Também se diz que ajuda a equilibrar um relacionamento que passa por dificuldades, talvez porque permite lidar com o plano das emoções de forma mais equilibrada levando a superar emoções negativas. Melhora a memória celular e promove o rejuvenescimento físico e espiritual. Estimula ao metabolismo e ajuda a melhorar o prazer sexual.

c5

A energia da Wulfenite ajuda a enfrentar os aspetos menos positivos da vida e a superar a desmotivação e o desânimo perante os acontecimentos negativos. Permite integrar os sentimentos e emoções negativos, para que a pessoa os supere e exprima de forma natural, ao invés de os recalcar e bloquear.

Na meditação, esta pedra é reputada por ajudar a  passar rapidamente do plano físico para  o plano psíquico e  espiritual. Diz-se que tem a capacidade de aceder ao tempo passado , presente e futuro, ajudando a comunicação com os planos espirituais.

Também ajuda a aceitar o corpo físico tal como é com as suas imperfeições. A tradição afirma que ela conecta com informações de vidas passadas relevantes para a vida presente. Alguns dizem que ajuda a curar aspetos não resolvidos de ligações do passado.  No presente, ajuda a reconhecer os laços com seres com os quais está destinada uma aprendizagem mútua através de um  relacionamento e facilita a compreensão dos motivos dessa aprendizagem . Ajuda as energias criativas a fluir de modo a poderem ser aplicadas no plano material e físico. Remove bloqueios subconscientes e restrições que impusemos a nós mesmos, promovendo dessa forma uma vida mais livre e consciente.

c3

Muitos consideram a Wulfenite uma pedra de  cura através da conexão com as energias profundas da «Mãe Terra».

A sua base de chumbo faz com que ,alquimicamente seja considerada uma pedra de transformação e de criatividade, simbolizando o desenvolvimento da pessoa através da passagem do «chumbo» para a pureza espiritual do ouro, correspondente ao eu divino.

Alguns associam esta pedra também à criatividade artística, pois ajuda tanto a inspiração como a capacidade de concretização material das ideias. Inspira igualmente os que de dedicam á escrita, ajudando os conceitos e ideias a ganhar forma de modo original e esteticamente apelativo.

Para limpar a sua pedra, deve ter cuidado e não usar substâncias abrasivas ela dissolve-se com alguma facilidade. Use simplesmente água com sabão , passe por água e  deixe secar ao ar durante algum tempo. Depois, já sabe, lembre-se de que se trata de um mineral tóxico  e, por isso, guarde a sua pedra de modo a que esta não esteja em contacto direto com a pele nem com outros objetos. A sua energia permanece ativa mesmo sem a ter perante os olhos em toda a sua beleza. A sua saúde e o ambiente agradecem.

Pedras e Cristais, Wavelite

aq4

A Wavelite é uma pedra rara que  irradia uma poderosa energia de cura , gera um sentimento de unidade com todos os seres e com a fonte universal da vida. Foi pela primeira vez referida em 1805 em Devon, Inglaterra e designada partir do nome do seu descobridor, Wavell . Ocorre em regiões hidrotermais, em conjunto com outros minerais como a Variscite ,em fraturas de rochas metamórficas com alumínio e em depósitos de rochas com fosfatos. Encontra-se em diversos locais, dos quais o mais referenciado é no Arkansas USA. A Wavelite é um mineral de fosfato que aparece geralmente em tons de verde translúcido. Forma frequentemente  grupos esféricos.

Metafisicamente, a  Wavelite é usada para melhorar o fluxo de energia, aumentar o poder de intuição, ajudar na tomada de decisões  sobre os aspetos fundamentais da vida, pois ajuda a ver todo o contexto global e a perceber as razões que estão na base dos eventos.  A este nível, a sua energia trabalha no plano mais profundo, ajudando a perceber o que cada um tem de único e  de especial  e traz ao de cima essas qualidades.  Promove a tomada de consciência de que , boas ou más, todas as coisas acontecem com um propósito e  trazem alguma lição que precisamos de aprender, ajudando a realizar o máximo potencial de cada indivíduo , para que este viva totalmente o seu propósito de vida essencial, na origem  da  presente existência. Em cada situação vivida, ajuda a  perceber o que esta traz de positivo ou negativo para esse propósito e, desse modo, ajuda a viver de acordo com a verdade interior mais profunda. Assim, nas várias áreas de vida- carreira, relacionamentos, qualquer decisão que traga mudanças significativas para a vida , esta energia favorece  a compreensão do real contributo do que se pretende fazer para o destino pessoal- permite perceber intuitivamente se isso  é positivo ou  negativo em termos globais. Para cada situação ajuda a ver várias alternativas e a escolher a que melhor se adapta a si e porquê.

aq1

Esta pedra é reputada por  acalmar estado emocionais de zanga e, metafisicamente, ajuda a curar a alma, indo até ao inconsciente para trazer ao de cima emoções e bloqueios recalcados, suavizando esses processos e trazendo calma e tranquilidade.  A sua  energia, segundo se diz, aumenta consideravelmente o seu poder na Lua nova,  sendo este o melhor período, segundo os peritos, para  usar a energia da pedra no aperfeiçoamento das aptidões de perceção psíquica.  Isto melhora a saúde mental e também, indiretamente, a saúde no plano físico  e emocional. Esta pedra está relacionada com os chakras cardíaco e plexo solar. Possui uma ação bastante forte no plano mental, tornando mais argutos os processos de pensamento.

aq3

No plano metafísico, a Wavelite ajuda a sintonizar com o eu superior  e com a sua energia de amor.  É assim uma pedra excelente para meditar pela expansão universal do amor e da paz. Em  situações difíceis, ajuda a lidar com os problemas e  torna mais sensata e eficaz a tomada de decisões de forma altruísta. Também se usa para curar bloqueios trazidos de vidas passadas.

Na terapia com cristais, a Wavelite é usada no tratamento de dermatites, limpar a memória celular que provoca estados de doença.  Também é usada para equilibrar a relação entre glóbulos vermelhos e brancos do sangue, bem como no equilíbrio do fluxo energético do  sangue.

aq2

A Wavelite é solúvel em água e em ácidos, incluindo o ácido oxálico,  não devendo por isso ser mergulhada nestes produtos. Alguns exemplares, com  origem  em Mount Ida, Arkansas,  contêm óxido de ferro que «apaga» a cor original- verde, devida à presença de Vanádio na pedra-  mas apenas as que têm manchas ligeiras podem ser  limpas dessas impurezas. Para fins estéticos, alguns usam solução ferrosa ou ácido oxálico, quando a pedra apresenta uma cobertura que esconde a cor verde original. Mas esse tratamento  tanto pode correr bem como correr mal, podendo levar à dissolução (parcial)  da pedra. O melhor, para os não especialistas em mineralogia , é conseguir um exemplar de cor verde sem impurezas a esconder a sua cor e brilho e, para fins de utilização das energias da pedra, o melhor será usar um meio de limpeza suave como incenso ou outro método não agressivo, como referimos no artigo sobre a limpeza das pedras e minerais.

Pedras e Cristais, Verdelite

bb2

A Verdelite é uma variedade verde de Turmalina.  A sua cor varia de um tom verde pálido a um tom verde Esmeralda, existindo também em tom de oliva. Pertence a uma família de minerais boro silicatos de alumínio misturados com ferro, magnésio e outros que variam em proporção, o que produz as diferentes variedades de Turmalina:  Elbaíte, a Indicolite, em tom de azul, a Rubelite de cor rosa e a variedade designada por «melancia» que é rosa no centro e verde nos bordos.  Esta pedra pode encontrar-se num grande número de locais no mundo mas os cristais mais perfeitos são considerados raros e podem ser bastante caros. A Verdelite usa-se em gemologia desde que, em 1876, o mineralogista George Kunz vendeu um exemplar à joalharia Tiffany, tendo-se tornado bastante popular desde então. A Turmalina, como já referimos antes, tem uma característica única, que é a de ficar eletricamente carregada quando é esfregada com a mão ou ligeiramente aquecida.

bb3

A Verdelite ou Turmalina Verde atrai o sucesso, a sorte , a abundância e a prosperidade, ao ajudar a superar as inibições e a prosseguir com os seus verdadeiros desejos. Também ajuda a estar em sintonia com  os ciclos da vida, o que permite fazer o que é preciso no momento certo. Ajuda a criatividade, ao mesmo tempo que favorece a manifestação do que se idealiza,  em eventos concretos.    Diz-se que esta pedra carrega a essência da Natureza e que ajuda as plantas na sua proximidade a florir e a recuperar, quando  estão doentes.

Esta pedra é também conhecida como «pedra da compaixão».  A tradição afirma que a sua energia atrai um novo amor e ajuda a apreciar melhor a vida.  Promove o sentimento de  compaixão  e  conecta com a energia da Terra, ajudando os processos de auto cura. Também é útil na superação de  problemas emocionais e de traumas causados por energias masculinas na vida da pessoa.

Como pedra verde, é também uma pedra de manifestação, ajudando a obter dinheiro e poder segundo dizem. Promove a conexão entre a mente e o coração, ajuda a desenvolver mais autoestima, leva a reconhecer as coisas positivas da vida e aumenta  a alegria de viver, bem como a auto compaixão. Também estimula a pessoa para a ser paciente e tolerante.

bb4

Metafisicamente, ajuda a selar o campo de energia, tornando-o mais saudável e protetor. Fortalece a coragem e a força e aumenta a vitalidade. A sua vibração abre o chakra cardíaco, sintonizando com o amor universal. Usada em meditação, leva a sintonizar com as energias subtis da Natureza. Diz-se que ajuda a ligação com a dimensão espiritual de planetas e animais. É por muitos considerada a pedra verde mais favorável para rejuvenescer o corpo e a sua vitalidade. Embora seja considerada uma pedra do chakra do coração a Verdelite ajuda a equilibrar todos os chakras.

Na terapia com cristais, a Verdelite ajuda nos processos de auto cura e fortalece o coração. Há quem diga que se trata da pedra com mais potência para ajudar o funcionamento do órgão cardíaco, devido à aptidão para acalmar e suavizar o sistema nervoso, que fortalece. Ajuda no alívio do stress e da tensão emocional. Também  contribui para a regeneração celular e é benéfica para os olhos e o sistema imunitário. Acalma e aquieta a mente, sendo por isso um bom coadjuvante nas estratégias para combater as dificuldadena conciliação  do sono.

bb1

Devido às suas  propriedades elétricas, precisa de ser limpa com frequência pois tende a atrair partículas de pó e outras partículas do ambiente. Trata-se de uma pedra bastante dura e resistente. Para a limpar, mergulhe-a gentilmente em água com sabão , passe por água limpa  e seque-a com um pano macio de algodão.

Pedras e Cristais, Vesuvianite (Idocrásio)

aa2

Esta pedra foi encontrada pela primeira vez no Monte Vesúvio em Itália, no final do séc. 18, daí o seu nome. A sua cor mais frequente é o verde mas pode também encontrar-se em púrpura, vermelho, branco , castanho e amarelo. Uma variedade azulada foi encontrada em  Franklin,  New Jersey , conhecida pela designação de Cyprene. Os matizes de azul que algumas pedras apresentam revela a presença de cobre. As pedras verdes também  podem ter alguns matizes de púrpura incorporados.  Este mineral é um silicato de cálcio, magnésio e ferro e cristaliza no sistema tetragonal em rochas metamórficas. Pertence ao grupo dos soro silicatos, do qual fazem parte também o Epídoto e a Zoisite.  O nome Idocrásio é, em geral, atribuído às pedras que têm qualidade gemológica.

A Vesuvianite é uma pedra de energia forte,  sintonizada com o chakra do coração (a de cor verde), ajuda a sentir entusiasmo pela vida e conecta o que se deseja com o sentir profundo do coração, trazendo uma perceção mais íntegra e verdadeira do que se vive. Esta pedra ajuda a libertar  ligações negativas, permite uma perceção clara do verdadeiro propósito de vida e, com isso, traz uma sensação de plenitude mesmo no viver do quotidiano. Ajuda ainda a libertação de medos e indecisões, sobretudo quando são inconscientes.  As pedras de tons verde claro assemelham-se ao Jade, havendo mesmo uma que  é comercializada com o nome de Jade da Califórnia. Esta pedra sintoniza também com o plexo solar, centro da vontade, ajudando a libertar  o poder da vontade da submissão aos desejos do ego e alinhando, desse modo, a vontade com o coração, o que permite à pessoa realizar a sua verdadeira missão de vida de forma mais determinada e feliz.

aa3

A energia da Vesuvianite orienta a realização do desejo do coração, no sentido mais elevado e espiritual e promove o crescimento espiritual, ao sobrepor os aspetos idealistas do Eu aos do ego egoísta. Desde modo, estimula o viver de acordo com a verdade mais profunda de cada um e também  a mais altruísta.

Metafisicamente, os peritos afirmam que esta pedra ajuda a libertar os padrões antigos que influenciam o presente e que estão ligados ao passado longínquo, fazendo a limpeza  das energias inconscientes e subconscientes  e  ajudando a fazer as mudanças necessárias na vida para superar problemas do presente e estados depressivos cuja origem é, muitas vezes, desconhecida da pessoa. Também se diz que conecta a mente psicológica com a mente superior favorecendo a compreensão de certos eventos , limitações ou experiências do presente,  mostrando a cadeia causal kármica que as produziu e influencia. Assim, esta pedra pode ser muito útil para todos os que se sentem estagnados nas condições da sua vida,  com a sensação de que esta se fechou numa espécie de ciclo vicioso  e não progride: ao permitir a consciência do «verdadeiro desejo do coração» ajuda a fazer mudanças e a seguir em frente de forma mais satisfatória. Encoraja a pessoa a ser realmente quem deseja ser e a viver a vida que mais  profundamente deseja.

aaa5

A Vesuvianite ajuda a desenvolver  as faculdades da intuição e, desse modo, cria um sentido de segurança interior e firme. A sua capacidade para sintonizar com diversos chakras, particularmente o  chakra cardíaco superior permite a libertação de medos e inseguranças em relação aos outros, afastando as energias negativas destes  de forma direta e firme, ainda que tranquila. Na verdade, esta é uma pedra calmante que suaviza , permite restaurar o entendimento perdido com os  outros e a cooperação.  A  sua energia  não apenas equilibra mas também restaura  e recupera.

aa1

Na terapia com cristais, a Vesuvianite é usada nos problemas com ossos e dentes, deficiências no sangue e no sistema digestivo.

Pode usar-se em colar ou pendente, como joia ou, simplesmente,  no bolso em forma de pedra polida.

Para limpar a sua pedra, pode usar um dos procedimentos que explicámos no artigo sobre  como limpar as pedras e cristais.

Pedras e Cristais, Vanadinite

c1

Hoje falamos de uma pedra menos vulgar e que é preciso manipular com algum cuidado mas cuja energia é deveras útil e interessante.

A Vanadinite é um mineral fosfato que pertence ao grupo das Apatites. Resulta da mistura de diversos minerais como o Vanádio e é uma fonte secundária de chumbo. Também contém oxigénio e clorino. Alguns destes componentes são tóxicos e podem ou não estar contidos no interior dos cristais por isso esta pedra não  deve ser usada para fazer elixires e deve ser evitado o contacto direto com a pele. Use esta pedra  no interior de uma saqueta de tecido de fibra natural firme e fechada. A sua energia continua a  poder ser usada por si sem causar efeitos tóxicos. Encontra-se em geral na forma de cristais vermelhos hexagonais. É um mineral raro, formado a partir  da oxidação dos depósitos de chumbo. É  também um mineral secundário pois forma-se a partir da transformação química de outro material preexistente. Foi encontrado pela primeira vez em 1801 no México e, desde então, foi também encontrado na Europa, América do Sul e do Norte, África. A sua cor varia do vermelho rubi ao laranja, laranja avermelhado, amarelo, amarelo acastanhado ou castanho avermelhado.

c4

A Vanadinite é uma pedra de enraizamento, estímulo da força e da criatividade, aumenta a estamina e a capacidade de produzir esforço. A sua vibração faz subir  a quantidade de energia disponível e ajuda a focá-la num objetivo até este ser alcançado.  A proximidade com a energia desta pedra  faz com que se fique cheio de energia para realizar um grande número de tarefas. É também reputada por limpar os bloqueios da criatividade, como acontece nos que se dedicam à escrita literária, estimulando a mente para avançar com o seu trabalho.  Em geral, a sua energia criativa melhora a autoexpressão  de cada indivíduo e ajuda-o a ser mais assertivo e eficaz. É um estimulante da energia para aplicar na ação, aumentando a estamina e vontade de fazer o que precisa de ser feito.

c3

A Vanadinite  estimula e fortalece a energia sexual. Também se diz que ajuda os que são tendencialmente gastadores a serem mais parcimoniosos com os gastos, ajudando a poupar, o que pode ser bastante útil para alguns.

Esta pedra  tem sintonia com o chakra da raiz, ajudando a enraizar-se na Terra, o que melhora a vitalidade física.  Aumenta também o sentido prático, ajudando  a ser metódico e organizado, focado e determinado na concretização de objetivos práticos. Como estimulante da atividade mental, tem sintonia com o chakra do 3º olho ajudando a ter uma ideia clara dos propósitos e objetivos e da forma de os concretizar.

c2

Na terapia com cristais, a Vanadinite ajuda a combater os efeitos da idade e protege das radiações. Ajuda a superar os sintomas de fadiga crónica e é um auxiliar positivo nos problemas respiratórios como  a asma, ajudando os canais respiratórios a funcionar melhor e  promove o bom funcionamento dos pulmões.

Se você fizer um uso frequente da sua pedra, poderá   limpá-la uma vez por semana. O uso regular necessita de uma limpeza mensal.  Para este efeito pode colocá-la numa tigela com sal, de preferência marinho ou num recipiente de vidro contendo pequenas pedras de Hematite durante algum tempo e, depois de descarregar as energias saturadas,  para  a recarregar  pode  colocá-la sobre pequenos cristais de rocha (Quartzo) transparentes ou expô-la aos raios solares ao pôr do sol ou aos raios da Lua cheia durante a noite.

Pedras e Cristais, Variscite

b2

A Variscite é uma pedra calmante, excelente para aliviar preocupações e stress. A sua energia ajuda a diminuir o medo e a ansiedade, tensões e impaciência. Também é útil em estados depressivos, que ajuda a superar, aumentando a coragem, a força interior para lidar com as situações difíceis ao mesmo tempo que promove a autoconfiança. A energia de tranquilidade, alegria interior e paz desta pedra ajuda todos os que têm que lidar com situações complicadas, incluindo os que sofrem de doença prolongada ou os que têm que cuidar de pessoas que atravessam situações problemáticas, ajudando a não desesperar e a manter uma atitude positiva em relação à vida e a si próprio.

Pela sua ação calmante é também uma excelente pedra de meditação: aquieta a  mente  , favorece a intuição e a perceção subtil da realidade. Segundo os peritos, esta pedra ajuda a ter perceção subtil das causas das dificuldades experimentadas no presente, tenham estas a ver com problemas de saúde ou outras dificuldades na vida. Ajuda a colocar-se na atitude que permite encontrar soluções para os problemas que enfrentamos, ajudando a ter noção da razão de ser desses problemas, o que conduz à aceitação das lições de vida que estes trazem.

b3

A Variscite tem sintonia profunda com o chakra do coração, promovendo processos de cura emocional profunda e estimulando a cura, tanto no plano físico como psíquico. Metafisicamente, a Variscite é uma pedra de limpeza do campo áurico, estabelecendo uma conexão entre a energia da Terra e o amor universal.  O seu uso no interior do campo de energia é assim uma forma poderosa de libertar energias negativas e , ao ter  também uma ação forte no chakra cardíaco superior (Timo), permite a conexão com um estado universal de harmonia , compaixão e paz interior, tornando possível o surgimento da esperança e da alegria tranquila de ser.

A Variscite é um Fosfato de Alumínio hidratado e é relativamente raro entre os minerais de fosfato. É por vezes confundida com a Turquesa, sendo no entanto fácil de distinguir desta pois tem um tom verde mais acentuado. Este mineral forma-se a partir dos depósitos de água rica em fosfato, que reage com as rochas ricas em alumínio perto da superfície. Ocorre em massas nodulares de grãos finos e, frequentemente, contém veios do mineral de fosfato de cálcio e alumínio, Crandalite. Como mineral específico, a Variscite foi descrita pela 1ª vez em 1837 , tendo retirado o seu nome da localidade Variscia, na Alemanha, onde foi encontrada. Também foram posteriormente encontradas jazidas deste mineral nos Usa, Austrália, Espanha, Brasil , República Checa, Bolívia, Áustria e Polónia. Uma variedade de Variscite encontrada no estado do Nevada (USA) contém veios pretos em estilo «teia de aranha» e é muitas vezes confundida com a Turquesa verde. A beleza desta pedra faz dela uma das pedras semipreciosas mais apreciadas, tendo uso amplo em joalharia. A Variscite oscila, em termos de cor, entre o azul esverdeado claro, verde maçã e o verde escuro, podendo por vezes aparecer também em vermelho, branco e cinzento . A variedade do Utah (USA) é muitas vezes comercializada com o nome de Utahlite e, em conjunto com a variedade do nevada,  estas são consideradas gemas de alta qualidade para uso em joalharia.

b4

Na terapia com cristais a Variscite é usada para fortalecer os tecidos e as células, em problemas com os ossos, no  sistema nervoso; facilita o fluir da circulação sanguínea, alivia problemas musculares e nos rins. Também tem ação positiva no tratamento de disfunções sexuais masculinas. Regenera a elasticidade da pele e das veias, sendo também eficaz no tratamento de reumatismo, problemas digestivos, gota, distensão abdominal, úlceras, neutralização dos ácidos que produzem desconforto gástrico.

As pedras em tom de verde mais amarelado têm efeitos de «pedra de manifestação» embora não tanto no plano material para fazerem manifestar dinheiro e riqueza mas  ajudam a manifestação a partir das ideias que permitem resolver problemas o que, indiretamente, também pode ajudar a manifestar aquilo de que se precisa em vários níveis.

b1

A Variscite é fácil de encontrar e é acessível em termos de preço. O seu uso em pendente, colar, broche , bracelete ou brincos é o mais recomendado. Também se  pode usar uma pedra polida no bolso.

Para limpar a sua pedra, não use produtos químicos nem produtos de limpeza agressivos. Use água morna com sabão suave, passe por água corrente e seque com um pano macio. Guarde a sua pedra (joia) cuidadosamente em estojo individual ou num pano de algodão.