Pedras e Cristais, Vesuvianite (Idocrásio)

aa2

Esta pedra foi encontrada pela primeira vez no Monte Vesúvio em Itália, no final do séc. 18, daí o seu nome. A sua cor mais frequente é o verde mas pode também encontrar-se em púrpura, vermelho, branco , castanho e amarelo. Uma variedade azulada foi encontrada em  Franklin,  New Jersey , conhecida pela designação de Cyprene. Os matizes de azul que algumas pedras apresentam revela a presença de cobre. As pedras verdes também  podem ter alguns matizes de púrpura incorporados.  Este mineral é um silicato de cálcio, magnésio e ferro e cristaliza no sistema tetragonal em rochas metamórficas. Pertence ao grupo dos soro silicatos, do qual fazem parte também o Epídoto e a Zoisite.  O nome Idocrásio é, em geral, atribuído às pedras que têm qualidade gemológica.

A Vesuvianite é uma pedra de energia forte,  sintonizada com o chakra do coração (a de cor verde), ajuda a sentir entusiasmo pela vida e conecta o que se deseja com o sentir profundo do coração, trazendo uma perceção mais íntegra e verdadeira do que se vive. Esta pedra ajuda a libertar  ligações negativas, permite uma perceção clara do verdadeiro propósito de vida e, com isso, traz uma sensação de plenitude mesmo no viver do quotidiano. Ajuda ainda a libertação de medos e indecisões, sobretudo quando são inconscientes.  As pedras de tons verde claro assemelham-se ao Jade, havendo mesmo uma que  é comercializada com o nome de Jade da Califórnia. Esta pedra sintoniza também com o plexo solar, centro da vontade, ajudando a libertar  o poder da vontade da submissão aos desejos do ego e alinhando, desse modo, a vontade com o coração, o que permite à pessoa realizar a sua verdadeira missão de vida de forma mais determinada e feliz.

aa3

A energia da Vesuvianite orienta a realização do desejo do coração, no sentido mais elevado e espiritual e promove o crescimento espiritual, ao sobrepor os aspetos idealistas do Eu aos do ego egoísta. Desde modo, estimula o viver de acordo com a verdade mais profunda de cada um e também  a mais altruísta.

Metafisicamente, os peritos afirmam que esta pedra ajuda a libertar os padrões antigos que influenciam o presente e que estão ligados ao passado longínquo, fazendo a limpeza  das energias inconscientes e subconscientes  e  ajudando a fazer as mudanças necessárias na vida para superar problemas do presente e estados depressivos cuja origem é, muitas vezes, desconhecida da pessoa. Também se diz que conecta a mente psicológica com a mente superior favorecendo a compreensão de certos eventos , limitações ou experiências do presente,  mostrando a cadeia causal kármica que as produziu e influencia. Assim, esta pedra pode ser muito útil para todos os que se sentem estagnados nas condições da sua vida,  com a sensação de que esta se fechou numa espécie de ciclo vicioso  e não progride: ao permitir a consciência do «verdadeiro desejo do coração» ajuda a fazer mudanças e a seguir em frente de forma mais satisfatória. Encoraja a pessoa a ser realmente quem deseja ser e a viver a vida que mais  profundamente deseja.

aaa5

A Vesuvianite ajuda a desenvolver  as faculdades da intuição e, desse modo, cria um sentido de segurança interior e firme. A sua capacidade para sintonizar com diversos chakras, particularmente o  chakra cardíaco superior permite a libertação de medos e inseguranças em relação aos outros, afastando as energias negativas destes  de forma direta e firme, ainda que tranquila. Na verdade, esta é uma pedra calmante que suaviza , permite restaurar o entendimento perdido com os  outros e a cooperação.  A  sua energia  não apenas equilibra mas também restaura  e recupera.

aa1

Na terapia com cristais, a Vesuvianite é usada nos problemas com ossos e dentes, deficiências no sangue e no sistema digestivo.

Pode usar-se em colar ou pendente, como joia ou, simplesmente,  no bolso em forma de pedra polida.

Para limpar a sua pedra, pode usar um dos procedimentos que explicámos no artigo sobre  como limpar as pedras e cristais.

Pedras e Cristais, Vanadinite

c1

Hoje falamos de uma pedra menos vulgar e que é preciso manipular com algum cuidado mas cuja energia é deveras útil e interessante.

A Vanadinite é um mineral fosfato que pertence ao grupo das Apatites. Resulta da mistura de diversos minerais como o Vanádio e é uma fonte secundária de chumbo. Também contém oxigénio e clorino. Alguns destes componentes são tóxicos e podem ou não estar contidos no interior dos cristais por isso esta pedra não  deve ser usada para fazer elixires e deve ser evitado o contacto direto com a pele. Use esta pedra  no interior de uma saqueta de tecido de fibra natural firme e fechada. A sua energia continua a  poder ser usada por si sem causar efeitos tóxicos. Encontra-se em geral na forma de cristais vermelhos hexagonais. É um mineral raro, formado a partir  da oxidação dos depósitos de chumbo. É  também um mineral secundário pois forma-se a partir da transformação química de outro material preexistente. Foi encontrado pela primeira vez em 1801 no México e, desde então, foi também encontrado na Europa, América do Sul e do Norte, África. A sua cor varia do vermelho rubi ao laranja, laranja avermelhado, amarelo, amarelo acastanhado ou castanho avermelhado.

c4

A Vanadinite é uma pedra de enraizamento, estímulo da força e da criatividade, aumenta a estamina e a capacidade de produzir esforço. A sua vibração faz subir  a quantidade de energia disponível e ajuda a focá-la num objetivo até este ser alcançado.  A proximidade com a energia desta pedra  faz com que se fique cheio de energia para realizar um grande número de tarefas. É também reputada por limpar os bloqueios da criatividade, como acontece nos que se dedicam à escrita literária, estimulando a mente para avançar com o seu trabalho.  Em geral, a sua energia criativa melhora a autoexpressão  de cada indivíduo e ajuda-o a ser mais assertivo e eficaz. É um estimulante da energia para aplicar na ação, aumentando a estamina e vontade de fazer o que precisa de ser feito.

c3

A Vanadinite  estimula e fortalece a energia sexual. Também se diz que ajuda os que são tendencialmente gastadores a serem mais parcimoniosos com os gastos, ajudando a poupar, o que pode ser bastante útil para alguns.

Esta pedra  tem sintonia com o chakra da raiz, ajudando a enraizar-se na Terra, o que melhora a vitalidade física.  Aumenta também o sentido prático, ajudando  a ser metódico e organizado, focado e determinado na concretização de objetivos práticos. Como estimulante da atividade mental, tem sintonia com o chakra do 3º olho ajudando a ter uma ideia clara dos propósitos e objetivos e da forma de os concretizar.

c2

Na terapia com cristais, a Vanadinite ajuda a combater os efeitos da idade e protege das radiações. Ajuda a superar os sintomas de fadiga crónica e é um auxiliar positivo nos problemas respiratórios como  a asma, ajudando os canais respiratórios a funcionar melhor e  promove o bom funcionamento dos pulmões.

Se você fizer um uso frequente da sua pedra, poderá   limpá-la uma vez por semana. O uso regular necessita de uma limpeza mensal.  Para este efeito pode colocá-la numa tigela com sal, de preferência marinho ou num recipiente de vidro contendo pequenas pedras de Hematite durante algum tempo e, depois de descarregar as energias saturadas,  para  a recarregar  pode  colocá-la sobre pequenos cristais de rocha (Quartzo) transparentes ou expô-la aos raios solares ao pôr do sol ou aos raios da Lua cheia durante a noite.

Pedras e Cristais, Variscite

b2

A Variscite é uma pedra calmante, excelente para aliviar preocupações e stress. A sua energia ajuda a diminuir o medo e a ansiedade, tensões e impaciência. Também é útil em estados depressivos, que ajuda a superar, aumentando a coragem, a força interior para lidar com as situações difíceis ao mesmo tempo que promove a autoconfiança. A energia de tranquilidade, alegria interior e paz desta pedra ajuda todos os que têm que lidar com situações complicadas, incluindo os que sofrem de doença prolongada ou os que têm que cuidar de pessoas que atravessam situações problemáticas, ajudando a não desesperar e a manter uma atitude positiva em relação à vida e a si próprio.

Pela sua ação calmante é também uma excelente pedra de meditação: aquieta a  mente  , favorece a intuição e a perceção subtil da realidade. Segundo os peritos, esta pedra ajuda a ter perceção subtil das causas das dificuldades experimentadas no presente, tenham estas a ver com problemas de saúde ou outras dificuldades na vida. Ajuda a colocar-se na atitude que permite encontrar soluções para os problemas que enfrentamos, ajudando a ter noção da razão de ser desses problemas, o que conduz à aceitação das lições de vida que estes trazem.

b3

A Variscite tem sintonia profunda com o chakra do coração, promovendo processos de cura emocional profunda e estimulando a cura, tanto no plano físico como psíquico. Metafisicamente, a Variscite é uma pedra de limpeza do campo áurico, estabelecendo uma conexão entre a energia da Terra e o amor universal.  O seu uso no interior do campo de energia é assim uma forma poderosa de libertar energias negativas e , ao ter  também uma ação forte no chakra cardíaco superior (Timo), permite a conexão com um estado universal de harmonia , compaixão e paz interior, tornando possível o surgimento da esperança e da alegria tranquila de ser.

A Variscite é um Fosfato de Alumínio hidratado e é relativamente raro entre os minerais de fosfato. É por vezes confundida com a Turquesa, sendo no entanto fácil de distinguir desta pois tem um tom verde mais acentuado. Este mineral forma-se a partir dos depósitos de água rica em fosfato, que reage com as rochas ricas em alumínio perto da superfície. Ocorre em massas nodulares de grãos finos e, frequentemente, contém veios do mineral de fosfato de cálcio e alumínio, Crandalite. Como mineral específico, a Variscite foi descrita pela 1ª vez em 1837 , tendo retirado o seu nome da localidade Variscia, na Alemanha, onde foi encontrada. Também foram posteriormente encontradas jazidas deste mineral nos Usa, Austrália, Espanha, Brasil , República Checa, Bolívia, Áustria e Polónia. Uma variedade de Variscite encontrada no estado do Nevada (USA) contém veios pretos em estilo «teia de aranha» e é muitas vezes confundida com a Turquesa verde. A beleza desta pedra faz dela uma das pedras semipreciosas mais apreciadas, tendo uso amplo em joalharia. A Variscite oscila, em termos de cor, entre o azul esverdeado claro, verde maçã e o verde escuro, podendo por vezes aparecer também em vermelho, branco e cinzento . A variedade do Utah (USA) é muitas vezes comercializada com o nome de Utahlite e, em conjunto com a variedade do nevada,  estas são consideradas gemas de alta qualidade para uso em joalharia.

b4

Na terapia com cristais a Variscite é usada para fortalecer os tecidos e as células, em problemas com os ossos, no  sistema nervoso; facilita o fluir da circulação sanguínea, alivia problemas musculares e nos rins. Também tem ação positiva no tratamento de disfunções sexuais masculinas. Regenera a elasticidade da pele e das veias, sendo também eficaz no tratamento de reumatismo, problemas digestivos, gota, distensão abdominal, úlceras, neutralização dos ácidos que produzem desconforto gástrico.

As pedras em tom de verde mais amarelado têm efeitos de «pedra de manifestação» embora não tanto no plano material para fazerem manifestar dinheiro e riqueza mas  ajudam a manifestação a partir das ideias que permitem resolver problemas o que, indiretamente, também pode ajudar a manifestar aquilo de que se precisa em vários níveis.

b1

A Variscite é fácil de encontrar e é acessível em termos de preço. O seu uso em pendente, colar, broche , bracelete ou brincos é o mais recomendado. Também se  pode usar uma pedra polida no bolso.

Para limpar a sua pedra, não use produtos químicos nem produtos de limpeza agressivos. Use água morna com sabão suave, passe por água corrente e seque com um pano macio. Guarde a sua pedra (joia) cuidadosamente em estojo individual ou num pano de algodão.

Pedras e Cristais, Uvarovite

 

d2

Esta é uma lindíssima pedra, muitas vezes confundida com a Esmeralda, devido ao seu tom de verde profundo, semelhante na cor ao desta pedra. É igualmente difícil  distingui-la  ao olhar da Tsavorite, apesar de ter uma composição química bastante diferente desta . Esta pedra aparece em geral  designada por Granada verde, designação que é correta pois esta pedra pertence ao grupo das Granadas. É um mineral raro e pouco usado na indústria gemológica , pois a maioria dos cristais têm aparência  opaca, sendo raros os  que crescem com brilho e  transparência apropriados para esse efeito, sendo, no entanto, uma pedra cobiçada por colecionadores e outros interessados na sua energia intensa. Assim, só ocasionalmente esta pedra é talhada como gema e o seu preço pode variar bastante. Os melhores exemplares vêm da Rússia mas  também se encontram na Finlândia, Espanha, Canadá, África do Sul e Califórnia, embora em geral com menor qualidade que os da Rússia.  Este mineral ocorre com frequência em conjunto com o  Crómio e  a Serpentina.

A Uvarovite é composta por pequenos cristais uniformes  de silicato de cálcio e crómio brilhantes, crescendo frequentemente em pequenas formações sobre a rocha. A raridade da sua ocorrência faz dela um cristal raro , sendo por isso mais precioso.  A energia da Uvarovite, como em geral acontece com as pedras verdes, promove a prosperidade e a riqueza, ao mesmo tempo que gera aceitação daquilo que nos é dado em termos cósmicos. Também é uma pedra de generosidade e que tem  sintonia com o chakra cardíaco.  Diz-se que ela ajuda a desenvolver a individualidade do ser, sem centrar o indivíduo no egoísmo ou exclusivo interesse por si próprio.

d4

Metafisicamente, a Uvarovite equilibra as energias nos chakras desde a base até ao chakra da coroa.  Metafisicamente, esta pedra ajuda a compreender o objetivo da alma para a vida terrena e sintoniza com o amor universal. É por isso  considerada uma pedra de devoção  e de compromisso profundo ao nível do eu interior.

Na terapia com cristais, a Uvarovite fortalece  o coração , tem efeito desintoxicante e anti-inflamatório. Alguns destacam a sua ação positiva nas disfunções sexuais, tendo uma ação positiva sobre a líbido em ambos os sexos.. É aconselhado o seu uso após problemas cardíacos, pois ajuda a recuperar este órgão, segundo os peritos.  Também tem efeitos positivos na regeneração celular e em  problemas dos pulmões, como enfizema. Complementa o tratamento de algumas alergias como a febre do feno. No sistema digestivo, fortalece o pâncreas, o fígado e ajuda também a combater a fraqueza da bexiga. Em caso de febre, tem um efeito benéfico na sua redução.

d1

Emocionalmente, a Uvarovite ajuda a curar feridas emocionais, elevando a autoestima e  promovendo uma disposição tranquila mesmo quando a pessoa está só. É deste modo útil para os que tendem a sentir solidão quando estão sozinhos. Ajuda a superar todos os sentimentos de privação, levando a pessoa a sentir a abundância que perpassa o universo e que é partilhada por todos. Esta é uma pedra que também estimula  e equilibra o chakra do coração; tem um efeito calmante e apaziguador, ajudando a desenvolver relacionamentos de caráter espiritual. Tem também o efeito de sintonizar com o reino da Natureza no seu sentido mais profundo, suscitando respeito, compaixão e partilha com todos os membros deste reino.

Como muitas pedras verdes, a Uvarovite é uma pedra de crescimento , simbolizando o poder da Natureza de se renovar e crescer e, por isso, muitos usam-na como um talismã para o crescimento físico e espiritual. Estimula além disso a criatividade e, como em geral  acontece com as pedras de cor verde, ajuda o processo de manifestação.

Para limpar a sua pedra, não use químicos. Alguns aconselham  usar um pano de seda verde para a limpar. Poderá, em alternativa, usar uma escova macia  para limpar a sua superfície granulosa.

Pedras e Cristais, Unakite

cd3

A Unakite é uma pedra que resulta da mistura amalgamada  entre «três pedras»: Jaspe vermelho, Feldspato rosa  e Epidoto verde . Forma-se em massas densas e opacas, encontrando-se em tons que vão da cor  verde pistácio  ao verde musgo, mesclado com áreas de cor rosa, cor de pêssego ou vermelho claro. O seu nome deriva do nome das montanhas onde foi encontrada pela primeira vez: ,montanhas de Unaka, no Tennessee e Carolina do Norte nos USA. Também  se encontra  na região dos glaciares nos Grandes Lagos , no Zimbabwe e na Suíça.

Esta é uma pedra maravilhosa para «elevar o espírito», segundo a tradição. Dissipa as energias negativas quando quem a usa se sente deprimido ou triste e ajuda a ver o lado positivo das coisas.  Tem sintonia com o chakra do coração, cujas energias desbloqueia. Os entendidos afirmam  que ela também desvela todas as tentativas que outros fazem para nos  enganar.

cd2

A Unakite é uma pedra de amor, compaixão e equilíbrio emocional. Metafisicamente, tem a propriedade de libertar emoções rigidamente ancoradas e perturbadoras da paz mental e emocional , aliviando a pessoa do peso das emoções negativas. Diz-se que promove a paciência e  elimina gradualmente padrões rígidos de comportamentos e emoções que perderam  a razão de ser nas necessidades de vida da pessoa. Ajuda deste modo a superar o desgosto, desapontamento, tristeza, etc., gerando um estado emocional e uma atitude mais leve e alegre perante a vida. Todos os que sentem necessidade de superar esses estados emocionais negativos podem beneficiar com o uso das  energias desta pedra.

Sendo uma pedra que simboliza o amor duradouro, a Unakite é muitas vezes oferecida moída misturada com milefólio seco e selada num saquinho que é dado aos noivos como símbolo do seu amor e compromisso de uma vida feliz em conjunto. Diz a tradição que o saquinho deverá ser renovado em todos os aniversários, substituindo-se o cristal moído de Unakite e o milefólio seco por outros novos. A mistura «velha» deverá ser lançada em água corrente  A mesma tradição refere que, se a mulher grávida usar um pedaço de Unakite junto ao útero, as energias da pedra ajudarão a fazer a conexão espiritual com a criança . Também ajuda durante o trabalho de parto, segundo as mesmas fontes.

cd1

A Unakite é assim uma pedra de harmonia nos relacionamentos, ajudando a estabelecer o equilíbrio emocional entre os parceiros, e isto é útil tanto nos relacionamentos pessoais de amizade ou nos relacionamentos românticos, como nas interações de negócios pois diz-se que facilita o entendimento e o equilíbrio das interações, ajudando a manter relacionamentos saudáveis. Ajuda todas as áreas de negócios em que a interação próxima pessoal é um fator essencial.

Mas as virtudes das energias desta pedra não acabam aqui.  Ela também ajuda a obter sucesso, segundo se diz, nas áreas associadas à beleza, moda e design e similares.

Na Terapia com cristais, a Unakite  ajuda a recuperar física e emocionalmente de situações de doença e ferimentos, ajudando a recuperar o estado saudável equilibrado. Fortalece a vitalidade e a força física e alguns defendem que é excelente para ajudar a superar todo o tipo de dependências como o tabaco e similares, sendo também útil no tratamento das desordens alimentares, libertando toxinas profundamente instaladas num nível celular profundo. Os peritos referem a capacidade desta pedra para estimular o crescimento de tecidos orgânicos e a sua renovação; apoia a circulação sanguínea e o funcionamento saudável do coração e dos pulmões, equilibra os fluídos do corpo e o metabolismo.

cd4

Um número generoso de pequenas pedras polidas de Unakite colocadas numa taça  e dispostas numa sala  traz calma, tranquilidade e positividade a todos os que aí  se encontram, anulando também, segundo os peritos, a poluição eletromagnética causada por aparelhos elétricos, TV, Computadores, etc.

Colocada na área do chakra do terceiro olho, a Unakite ajuda a visão psíquica. Próxima do local de dormir, ajuda a dormir tranquilo e alivia o stress.

Para limpar a sua pedra de Unakite, alguns aconselham salpicá-la com azeite virgem de oliveira e depois  passá-la por água corrente.

Pedras e Cristais, Ulexita (Pedra TV)

dd2

Esta é uma pedra curiosa. É um composto natural fibroso com propriedades óticas, capazes de transmitir a luz por um processo de reflexão interna. O seu nome popular de «Pedra TV» deve-se a esta qualidade  que tem de refletir : colocada por cima de uma superfície qualquer, olhando-se de um certo ângulo,  essa superfície aparece refletida na pedra embora isto seja mais fácil de fazer em uns exemplares do que noutros, sendo mais fácil nos que estão bem polidos.

A Ulexita é um mineral de borato de sódio e cálcio e deriva o seu nome do homem chamado  Ulex que, em 1850,  a descobriu. Encontra-se nas regiões áridas e nas  praias e lagos salinos cuja água evaporou. Os maiores depósitos situam-se na Califórnia e Nevada (USA) no Chile e no Cazaquistão. Este mineral pode ser semitransparente ou de cor branca  sedosa. Tem semelhanças na aparência com a Selenite (embora seja quimicamente bastante diferente) e, tal como esta, pode ser danificado quando colocado na água. Assim, ao limpar não use água. Aparece em massas sedosas arredondadas ou em tubos filamentosos e fibrosos.

dd4

A Ulexita é  metafisicamente uma pedra de visão à distância, dizendo os entendidos que ela permite a clarividência em relação a factos que estão à distância seja no espaço seja no tempo. É reputada pela capacidade de ajudar a ler as energias  e as intenções dos outros, (diz-se que permite ver o que vai na mente e no coração dos outros) , sendo útil para os que têm o dom da telepatia ou canalizam energias subtis, aumentando e fortalecendo essa capacidade; a perceção clara do que os outros pensam e sentem pode ser útil também  para todos os que desejam melhorar a sua capacidade de relacionamento.

Segundo dizem, ajuda a desenvolver as aptidões psíquicas dos que são naturalmente dotados; também liga as emoções e o pensamento, permitindo uma visão mais clara das coisas. Esta pedra tem afinidade com o chakra do terceiro olho e é útil nos que estão a desenvolver a intuição. Os peritos afirmam que ela é capaz de ajudar a ligar a pessoa que a usa com o plano espiritual, ou angélico. Ativa o terceiro olho e a glândula pineal, segundo afirmam os que têm explorado os seus dotes metafísicos.  Para os que desejam explorar e aumentar os dons de perceção psíquica, deverá  colocar-se  um exemplar de Ulexita debaixo da almofada, perto do chacra do 3º olho. Na meditação, a pedra pode usar-se na mão, para aumentar os efeitos pretendidos. Pode também ser programada para assistir na conexão com o «anjo da guarda».

dd3

Esta é também uma pedra de criatividade, melhorando a imaginação e favorecendo os processos de criação. Tem reputação de libertar os bloqueios a este nível, sendo por isso útil a todos os que desenvolvem o seu trabalho em áreas criativas. Estimula a imaginação e traz inspiração, ajudando a encontrar ideias fecundas rapidamente.  Também ajuda a ver com clareza a causa de algum problema , libertando a mente para descobrir soluções.

Na terapia com cristais, a Ulexita usa-se nas perturbações da visão e problemas  dos olhos, para restabelecer o equilíbrio na glândula pineal e no cérebro.

Alguns afirmam que , ao pegar na pedra, a pessoa deve poder sentir de imediato a sua energia. Se isso não acontecer, é porque não é a pedra certa para essa pessoa e deverá procurar outra.

dd1

A Ulexita é uma pedra frágil, riscando com a unha. Para a limpar não use água pois dissolver-se-ia. Pode limpá-la usando incenso (de sálvia, sândalo, etc.)  ou passando-a pela chama de uma vela várias vezes ,como explicamos no artigo sobre a limpeza das nossas pedras e cristais.

Pedras e Cristais, Turquesa

 

bb2

A Turquesa é uma das pedras  mais conhecidas e apreciadas.  Foi considerada durante muito tempo, no passado, um símbolo de riqueza  e de masculinidade, embora hoje seja uma pedra usada por homens e mulheres. Foi também usada como um  amuleto popular para proteção dos perigos. A tradição afirma que , quando esta pedra é oferecida por um amigo, protegerá aquele que  a usa das energias negativas, ao mesmo tempo que lhe traz boa sorte. No passado foi usada por reis, xamãs e  guerreiros.

É designada por pedra da amizade, também  reputada como trazendo paz ao lar. A Turquesa é uma das pedras mais antigas que se conhecem. Já era extraída das minas há milhares de anos. Existem vestígios de minas  de Turquesa no Iraque datando de 5000 A. C.  e os egípcios, grandes apreciadores desta pedra de cor única azul esverdeada, extraiam-na no Sinai em 3 200 A. C. Também os nativos americanos extraiam esta pedra há mais de mil anos, usando-a para proteger os seus cemitérios. O seu nome significa «pedra da Turquia», pois chegou inicialmente à Europa  pela rota comercial da Turquia, vinda das minas na Ásia. Para antigos povos como os egípcios, persas, chineses, incas, aztecas, nativos americanos, a Turquesa era uma pedra sagrada, usada para proteger e trazer boa sorte. Foi também usada na adivinhação e profecia, sendo um símbolo da divindade celeste.

bb4

Durante muito tempo, foi usada para proteger os cavaleiros das quedas, sendo posteriormente usada  como talismã para proteger de todo o tipo de quedas. Acredita-se que a energia desta pedra é influenciada pelo estado físico da pessoa que a usa, mudando de cor e ficando mais pálida quando a pessoa está doente ou triste e perdendo toda a cor quando o seu utilizador morre. Volta a ganhar cor, segundo se diz, quando outra pessoa saudável a começa a usar. É, como dissemos, considerada a pedra da amizade , sendo referido pela tradição que quem possui uma Turquesa nunca sentirá falta de amigos. Porém, para produzir os seus bons efeitos, a pedra deve ser oferecida por um amigo, condição para que traga felicidade e boa fortuna. Nestas condições, diz a tradição que ela traz sorte, ambição, criatividade e sucesso.  Também é reputada por ajudar a desenvolver um pensamento claro e boas capacidades de comunicação, tanto oral como escrita. Ajuda o relaxamento mental e dissipa a ansiedade e o stress relacionado com o trabalho.

A Turquesa é uma pedra de proteção durante as viagens. Os peritos  afirmam que protege aquele (a) que a usa e as suas posses, prevenindo acidentes, especialmente as quedas e os ataques de ladrões, perdas, etc.

Os exemplares de maior qualidade  desta pedra vêm do Irão, que hoje não liberta muitas pedras no mercado. As Turquesas que se encontram à venda são oriundas dos USA e do México. Existe uma variedade ligeiramente diferente em termos de energia, proveniente do Tibete e da China e que é oferecida em presente como promessa de fidelidade e de amor. Diz-se que ao ser oferecida, passa as qualidades de boa fortuna  e sucesso ao que a recebe.bb5

Na terapia com cristais, a Turquesa alivia dores  e problemas de estômago e estados infeciosos;  aumenta a força muscular e o crescimento, desintoxica e combate os estados inflamatórios, alivia as dores e as cãibras. Deverá ser colocada no plexo solar para produzir os seus bons efeitos. Os peritos dizem que o uso de cobre com a Turquesa aumenta a eficácia da sua energia. É uma pedra de fortalecimento geral, ajudando a superar estados de exaustão e depressão.  É boa para ajudar a diminuir os estados de pânico. Fortalece o sistema imunitário, ajuda a assimilação dos nutrientes, tem qualidadesanti-inflamatórias e desintoxicantes, reduz a acidez, ajudando desse modo a combater doenças como a gota. Ajuda a reduzir o impacto da poluição e dos agentes virais.  Também ajuda a combater problemas nos olhos e nos ouvidos, pescoço e garganta, combatendo as dores de cabeça, enxaqueca e cataratas. Auxilia o sistema respiratório, sobretudo nos problemas causados por alergias e  assiste na cura dos pulmões.  Diz-se que usar um colar de Turquesas ajuda a prevenir problemas nos brônquios. A sua energia também ajuda a superar a gaguez causada por motivos fisiológicos.

No plano subtil, a Turquesa  fortalece os meridianos do corpo, melhorando a conexão entre o plano físico e as energias mais subtis do campo energético.

Quanto aos cuidados que deve prestar à sua pedra,  saiba que, para a  limpar nunca  deve aplicar calor nem solventes. Use um pouco de água morna com sabão ou molhe uma escova macia em água limpa e passe a escova suavemente nas pedras;  limpe depois com um pano macio. Não use vapor.