Pedras e Cristais, Serafinite

2

A Serafinite é uma pedra com vibrações de frequência elevada que levam à sua designação como uma «pedra dos Anjos». Com efeito, tem a reputação de ajudar a comunicar com os seres celestiais dos quais deriva o seu nome. É uma pedra que também conecta com o Divino Feminino e a  sua cor verde também a relaciona com as energias espirituais da natureza.

A Serafinite é uma variedade de Clinocloro, um silicato de alumínio e magnésio ferroso e também é conhecida por Clorita Verde, o seu  nome original, atribuído em 1789 pelo geólogo alemão Abraham Gottlob Werner . O nome vem do grego «chloros»  que significa «verde». Encontra-se na região do Lago Baikal na Sibéria, Rússia mas também na Turquia, USA. As principais fontes deste mineral são a Rússia, Suíça, Itália e Áustria.

Esta pedra possui um tom de verde floresta  misturado com marcas prateadas que se devem a inclusões de mica e produzem uma  iridescência  quando olhadas de diferentes ângulos. Tem uma ação de cura tanto no plano físico como espiritual. As suas marcas prateadas fazem lembrar  asas de anjo, razão pela qual recebeu o nome  de «Serafinite», a partir da palavra «Serafim», nome  da hierarquia superior dos anjos de seis asas que as marcas prateadas iridescentes sobre os verde floresta da pedra fazem lembrar.

Com o seu poder de cura espiritual, esta pedra alinha as energias subtis  que rodeiam o corpo , normalizando  o fluxo energético e limpando todos os seus bloqueios. Isto tem o efeito, segundo dizem,  de elevar as energias permitindo o contacto com planos espirituais mais elevados. A Serafinite ressoa com o chakra da coroa e com o chakra «estrela da alma» acima deste, permitindo a ligação entre o chakra da estrela de alma e o chakra cardíaco.

3

No plano espiritual e psíquico, esta pedra traz iluminação e um sentimento geral de paz e de alegria, bem como de amor incondicional. No plano emocional, ajuda a curar feridas emocionais e a abandonar todas as emoções que já não queremos na nossa vida. Ajuda também a relacionar-se com os outros a partir de uma compreensão mais abrangente e de forma mais pacífica e tranquila, abandonando ressentimentos e qualquer amargura pois coloca o sentir e a perceção da pessoa para além de tudo isso , que se torna secundário e ilusório. Ajuda a libertar de padrões e tendências que já não servem o desenvolvimento espiritual, trazendo equilíbrio e harmonia para a vida. Permite o desenvolvimento de um novo sentido de ordem, levando a corrigir aspetos da vida pessoal ou do ambiente que são caóticos ou contribuem para diminuir a harmonia geral. Ajuda a superar conflitos nos relacionamentos e a promover a reconciliação e a cooperação mútua.

Muitos afirmam que a energia da Serafinite ajuda a subida da Kundalini para todos os chakras, ativando-os de forma suave de modo a evitar muitos dos transtornos e desconfortos que isso pode causar. Um dos usos mais eficazes desta pedra é na meditação, podendo ser colocada sobre o chakra do 3º olho ou simplesmente na mão, o que permite o contacto com energias espirituais superiores. Tais energias ajudam a ter consciência do propósito de vida mais importante da existência presente, ajudando por isso a situar a pessoa  de forma a  desenvolver e  cumprir esse propósito.

Trazer consigo um exemplar desta pedra todos os dias junto ao corpo tem um efeito geral de cura a todos os níveis, sendo por isso muito benéfico, e levando quem a usa a viver de acordo com o «desejo do coração». Também pode ser usada em joalharia, como pendente, junto ao chakra cardíaco, ou no bolso, no interior do campo energético. O facto de ser uma pedra pouco dura exige porém alguns cuidados no seu uso para não a danificar.

1

Na terapia com cristais, a Serafinite usa-se sozinha ou em conjunto com a acupunctura, para libertar os  bloqueios de energia nos meridianos do corpo. Ajuda a manter o coração e os pulmões saudáveis. É uma pedra de eleição para todos os que desejam promover a auto cura, tanto no plano físico- é reconhecida por promover a regeneração celular,  melhorando a respiração celular e a condução de nutrientes às células; ajuda a diminuir o crescimento e a reprodução das células cancerosas, fortalece a circulação do sangue, aumentando o bem estar geral, estimula o metabolismo (facilitando a perda de peso)  e ajuda a desintoxicar e a fortalecer os rins e o fígado. Ajuda a aliviar a tensão muscular junto do pescoço.

A Serafinite é uma pedra macia, pelo que ,por vezes, é tratada com polímeros para melhorar a sua durabilidade. É ,no  entanto ,sensível a pressão elevada, temperaturas altas, sofrendo com os químicos usados na limpeza da casa, pelo que não deve ser limpa com estes. A pedra deve  ser limpa com água morna e sabão suave e seca com um pano macio, removendo-se todos os resíduos de sabão. Deve ser guardada individualmente numa caixinha envolvida com algodão macio pois, quando fica junta com outras pedras pode riscar ou fraturar. Quando usada em joias, estas devem ser removidas quando  se faz exercício, lida da casa, etc. Se mantida com estes cuidados, a Serafinite pode durar muito tempo.

Pedras e Cristais, Shattuckite

3

Hoje  escolhemos uma pedra algo rara, cujo nome também não é dos mais fáceis de pronunciar, Shattuckite. É no entanto uma pedra com uma energia de alta vibração e com características muito especiais e, por isso, fazemos questão de falar dela aos nossos leitores. A pedra deriva o seu nome do local onde foi encontrada pela primeira vez- em Shattuck, no estado do Arizona, USA.  Depois disso foi também encontrada em outros locais dos USA, na Bretanha, Grécia, Áustria, Alemanha, Noruega, Congo, Namíbia e África do Sul. Frequentemente, aparece misturada com outros minerais.

A maior parte dos exemplares de Shatuckite  possui uma mistura motejada de cores, com predominância do azul, turquesa, verde, vermelho, castanho e creme. Este mineral é um dos componentes do Quantum Quartzo Sílica, um mineral  de que apenas se conhece uma fonte- na Namíbia.

2

A energia elevada da Shattuckite ressoa com o chakra da garganta e o chakra do 3º olho. Também se lhe atribui sintonia com o chakra cardíaco. As pedras com tons predominantemente em azul índigo estimulam fortemente a visão interior, trabalhando com o chakra do 3º olho; as de tons de azul claro ajudam os processos mentais e de comunicação, trabalhando com o chakra da garganta; as de tons verdes trabalham essencialmente com o chakra do coração. Muitos chamam à shattuckite «Pedra da Reconciliação»  pois tem a reputação de ajudar nos processos de reconciliação curando os problemas nos relacionamentos e levando a tomar responsabilidade pelas ações passadas. Também ajuda a falar  de forma delicada e íntegra, respeitando a verdade.  Os que lhe reconhecem a sintonia com o chakra cardíaco chamam a atenção para o facto de a pedra ajudar a viver a vida a partir da verdade do coração. Acalma a mente e ajuda a criar harmonia. Estimula o intelecto, permitindo pensar com mais clareza.

Essencialmente, a Shattuckite é uma pedra de energia espiritual que promove o desenvolvimento de muitos dons psíquicos, expandindo a capacidade de contactar com os planos espirituais superiores. Uma das características mais marcantes da sua energia é justamente canalizar a acesso apenas a energias espirituais de caráter superior e benéfico. Os que têm dons psíquicos podem beneficiar, segundo os peritos, do uso contínuo desta pedra, por um lado porque ela tem uma energia fortemente protetora, afastando energias subtis de caráter intrusivo ou negativo , por outro desbloqueando ou limpando todos os mecanismos que impedem  o uso da visão psíquica. Também pode ajudar a obter sabedoria cósmica,  por ex., àqueles que praticam a escrita diária e escrevem «de modo automático» e assim procuram ter acesso a uma dimensão da verdade que é obtida por insight. Esta pedra ajuda a elevar a energia espiritual de quem a usa. Deve ser usada junto da garganta, como pendente ou, alternativamente, num bolso. O seu uso, segundo os peritos, pode ajudar a aumentar a intuição e a mediunidade, para os que são naturalmente dotados.

1

Quando usada na meditação, a Shattuckite ajuda a fortalecer os dons psíquicos e a dar mais sentido a toda a informação apreendida nos planos espirituais. Diz-se que ajuda a contactar com os guias individuais e outros seres espirituais. No entanto, devido ao caráter muito elevado da sua energia, as conexões que ela permite são apenas da mais elevada vibração.  Esta pedra alinha a psique com a sabedoria divina, ajudando a comunicar com uma verdade que é verdadeiramente inspirada na sabedoria do espírito.

Os que se interessam e acreditam em  vidas passadas podem ter nesta pedra um forte aliado, pois diz-se que ela ajuda a curar e a limpar bloqueios trazidos de existências anteriores.

A Shattuckite é uma pedra principalmente espiritual mas também pode ser usada na terapia com cristais. Trazida junto ao corpo ajuda a curar o baço; atua como tónico geral , limpa bloqueios, ajuda na cura da tonsilite. Atribui-se-lhe também a capacidade de ajudar o organismo a absorver melhor o cálcio e ajuda no tratamento das desordens nas paratiroides. Também é útil nas inflamações da garganta, bronquite, doença pulmonar. Porém, convém deixar uma advertência: esta pedra contém cobre e, por isso, não deve nunca ser usada para fazer elixires ou seja, a pedra não deve ser deixada na água para depois esta ser usada como tónico ou elixir para beber.

Finalmente, se o (a) leitor (a) tiver  a sorte de encontrar esta pedra , deve limpá-la com água e deixá-la ao Sol para a carregar periodicamente.

Pedras e Cristais, Sardonix

sard4

Hoje falamos de uma pedra- a Sardonix-  que está fortemente associada à ideia de proteção, sorte, prosperidade e felicidade. É considerada uma pedra protetora dos relacionamentos, promovendo o casamento feliz e, antigamente, acreditava-se que a sua presença reduzia o crime no meio envolvente em que se encontrava. Era, aliás, tradicional proteger toda a casa (ou apenas uma divisão da mesma) colocando uma pedra de Sardonix em cada canto da casa (ou da sala). Para reforçar o seu caráter de proteção podia ainda ser colocada junto das janelas e das portas. Para além de, desse modo, segundo se acreditava, o crime e a má sorte eram afastados pela energia da Pedra. Os antigos egípcios também a usavam como talismã para afastar e proteger do mal, pois a pedra carrega uma forte energia de proteção psíquica. Tem sido usada desde a Idade do Bronze.

A Sardonix é uma variedade de Calcedónia, formada frequentemente entre bandas de Ónix  e possui inclusões em banda que podem ser nítidas ou mais difusas, numa mistura de cores mas paralelas e mais direitas do que as bandas das Ágatas. A cor mais frequente é o acastanhado mas também pode encontrar-se em tons de rosa, verde claro e verde, vermelho, transparente e azul.  Deve haver cuidado com o armazenamento desta pedra pois, se for guardada junto de outras, o contacto com estas  pode riscá-la ou lascá-la

A Sardonix encontra-se em muitos locais, como no Brasil, Índia, Alemanha, Uruguai, Rússia, USA.  Os melhores exemplares vêm, segundo os peritos, da Índia.

A energia da Sardonix é uma energia de otimismo, felicidade, confiança. O seu uso permanente é benéfico, encorajando a motivação, a disciplina e a força de vontade.  É excelente para ser usada pelos que estudam ou trabalham em atividades que requerem disciplina mental ,ajudando a assimilar a informação e melhorando os processos de pensamento. Diz-se que traz estabilidade aos relacionamentos e felicidade e atrai amigos e boa sorte, protegendo todas as parcerias. Usada de forma contínua, ajuda a ter coragem para resolver as situações  difíceis logo que estas ocorrem. Ajuda o autocontrole e aumenta a alegria de viver, promove a cooperação e a lealdade.

sarn5

Quando usada na meditação (sobretudo a variedade que possui bandas de ónix branco) a sua vibração ativa os chakras do 3º olho e da coroa e ajuda a expressão de dons psíquicos. O ónix branco ajuda também a conectar com planos espirituais.  Outro efeito de grande relevo da Sardonix- sobretudo a variedade acastanhada- é a capacidade de enraizamento que liga a pessoa à energia da Terra, pela sintonia que cria com os chakras da raiz e estrela da Terra.

sard5

A Sardonix  é ainda eficaz  no fortalecimento da vontade, do vigor geral e da estamina.

Na terapia com cristais, a Sardonix ajuda a debelar as alergias e fortalece o sistema imunitário, tendo deste modo um efeito geral de cura em relação a todos os órgãos. Ajuda a curar os ossos e a reduzir as dores nas costas. Tem um efeito relevante no alívio do stress, da tristeza, desgosto e depressão. Equilibra e regula todos os fluidos do corpo.

A variedade vermelha tem uma ação fortemente benéfica sobre os que precisam de recuperar de uma doença  ou estão exaustos depois de alguma tarefa esgotante. Assim, os que trabalham com a força física, como é o caso dos atletas e outros trabalhadores manuais, podem beneficiar grandemente com o uso desta pedra que restaura o vigor físico. Esta variedade também aumenta o metabolismo e melhora a circulação; protege os pulmões, os ossos, os pés e o sangue e contribui para a manutenção do estado saudável. Todos os órgãos sensoriais podem beneficiar com o uso desta pedra: o tato  e o cheiro, a audição e a visão. Ela é igualmente útil a todas as pessoas que lutam diariamente com falta de energia  e que podem ser beneficiadas com o uso desta pedra, que tem um efeito positivo na alegria de viver.

Outras variedades de Sardonix acrescentam novos significados aos que são comuns a todas as variedades desta pedra: a Sardonix preta absorve a negatividade; a castanha tem um efeito enraizador; a transparente tem um efeito purificante no corpo; a vermelha tem ação estimulante e revigorante da energia física.

A Sardonix tem um preço acessível e, pelo que dissemos, torna-se evidente que não pode faltar na nossa coleção. Tenha apenas cuidado em armazená-la num local protegido e sem estar em contacto direto com outras pedras, que podem riscá-la e  danificá-la.

Pedras e Cristais, Rodizite

a1

Hoje falamos de uma pedra sui generis, pequenina no tamanho mas com uma energia muito poderosa e forte e que é considerada rara, embora se encontre facilmente para compra a preços que não são proibitivos, embora também não sejam dos mais baixos- a Rodizite.

Esta pedra não precisa de ser limpa nem carregada. Na verdade, quando a sua energia não está a ser usada para curar, a pedra auto regenera-se a si própria.  Tem a característica também de amplificar a energia de outras pedras, mesmo muito maiores. Por causa desta qualidade, é considerada uma pedra que atrai a manifestação do que a pessoa deseja pois, se nos concentrarmos em alguma coisa que desejamos, a energia da Rodizite amplifica a energia do pensamento, ajudando a manifestação do que se deseja, razão pela qual também é vista como uma das pedras de abundância. Pelo lado menos positivo, deve-se ter em atenção que esta pedra amplifica todas as energias à sua volta, o que significa que os que têm pensamentos negativos não devem usar esta pedra.

A Rodizite é um berilo de borato e alumínio, que ocorre geralmente numa matriz de feldspato, crescendo muitas vezes no mesmo local que a Turmalina. A forma é em geral em dodecaedro rômbico e as pedras são muito pequenas, mesmo as maiores, tendo em geral o tamanho de 3-4 mm. Não devemos, no entanto, deixar-nos levar pelo seu tamanho pois a sua energia é muito mais forte do que a de muitas pedras maiores. Qualquer pessoa, mesmo não sendo especialmente sensitiva, sente a energia da pedra, ao pegar-lhe na mão, sob a forma de  uma onda de calor a percorrer o corpo.

A Rodizite encontra-se em tons de amarelo, acinzentado, branco e transparente. A maioria das pedras disponíveis atualmente vem de Madagáscar embora este mineral  tenha sido descoberto  nas Montanhas Urais, na Rússia. Pode encontrar-se em quantidade menos significativa no estado de Wisconsin, USA e em Inglaterra.  Deve haver cuidado no seu  manuseamento pois parte-se facilmente. Normalmente encontra-se à vende em grupos de 3, e devem usar-se em conjunto.

a2

Em  termos energéticos, a energia da Rodizite é bastante poderosa,  de tal modo que os Xamãs de Madagáscar  a usam para condensar as nuvens de modo a produzir chuva.

Na terapia com cristais, a Rodizite usa-se com sucesso para  desbloquear energias e para ativar todos os chakras. Os seus efeitos a este nível fazem-se sentir tanto no plano físico como mental e emocional. Tem também um  efeito desintoxicante e  anti-inflamatório nos tecidos. Estabiliza as funções cerebrais e tem ação coadjuvante no tratamento de desordens celulares, incluindo o cancro. Remove a acidez dos tecidos , conforta e alivia a dor, incluindo a dor de cabeça e enxaqueca. Pelas qualidades excecionais que revela nos processos de cura, os que usam esta pedra para esses fins consideram que ela é uma das cinco pedras mestras da cura. O folclore tradicional afirma que este era um cristal mestre da antiga Lemúria.

a3

No plano psicológico, a energia forte da Rodizite ajuda a aumentar a força de vontade, ressoando com a energia do plexo solar.

Metafisicamente, diz-se que ajuda a despertar os dons psíquicos nos que são naturalmente dotados, sobretudo a telepatia e a clarividência.  Esta característica deve-se ao facto de também ressoar com o chakra do terceiro olho e o chakra da coroa. Alguns afirmam que esta sintonia  permite usar a pedra  para se tornar consciente de vidas passadas e trazer de novo à consciência lições que são também importantes nesta vida.  Alguns afirmam a sua utilidade quando usada na meditação, afirmando que isso permite a consciência clara do «plano astral».

Pensamos assim que vale muito a pena incluir esta pedra curiosa na nossa coleção, devendo usá-la quando temos pensamentos positivos, pois ela ajuda a  manifestação no plano concreto, aumentando a abundância na nossa vida.

Pedras e Cristais, Rodonite

az1

A Rodonite é uma pedra associada ao coração e à energia do amor.  O seu nome deriva do grego «rhodon» que significa rosa , numa alusão à cor predominante da pedra- o rosa, que pode ir dos tons pálidos até ao rosa forte  quase vermelho. Esta pedra, embora possa ser lisa, apresenta-se mais frequentemente  com inclusões de óxido de manganês preto. Embora se forme algumas vezes em cristais tubulares, esta formação é muito rara comparativamente com a  mais comum, em grandes massas.  A Rodonite pode ser encontrada em  muitos locais como  a Alemanha, Rússia, Suécia, Brasil, México, Madagáscar, Índia, Austrália, África do Sul, Canadá, USA, Espanha.

Esta bela pedra foi descoberta no final do século 19 nas Montanhas Urais, na Rússia e começou por ser designada localmente por «pedra das águias » devido ao facto de estas aves carregarem , com frequência, pequenas pedras de Rodonite para os ninhos. A pedra foi, deste modo, associada com a proteção, sendo mais tarde oferecida aos viajantes para  esse efeito. Foi usada com fins ornamentais e em joalharia, por nobres e czares, tendo sido designada  a pedra oficial da Rússia em 1913. Em 1918 foi rebatizada como «Rodonite». É também a pedra oficial do estado do Massachusetts  nos USA desde 1979. Muitas vezes tem sido confundida com a Rodocrosite  mas a sua dureza é muito superior à desta pedra.

az4

Metafisicamente, a Rodonite vibra com uma energia de amor, promovendo o amor altruísta e a generosidade quando é carregada junto ao corpo. Outras vantagens de carregar esta pedra perto do corpo têm a ver com o  facto de ela fortalecer a auto estima e a autoconfiança e equilibrar as emoções, ajudando a superar as emoções de angústia ou medo quando se passa por circunstâncias difíceis.  Um dos seus efeitos mais positivos é aliás o de ajudar a superar vivências traumáticas, pois acalma e alivia o stress, o medo e outros estados emocionais difíceis. Quando se passou por experiências emocionais traumáticas, como luto, perda emocional ,rutura de relacionamento amoroso, infelicidade ou doença, o uso diário desta pedra ajuda a recuperar o equilíbrio, tanto no plano físico como emocional, permitindo superar traumas de violência, de abandono afetivo, perdas financeiras, etc.  A energia desta pedra fortalece a aura, protegendo da inveja e do ciúme, segundo a tradição. Também se diz que ajuda a ultrapassar discussões entre irmãos, causadas pela partilha de heranças ou disputa  de bens.

Possuindo uma sintonia com o chakra do coração, a Rodonite traz cura emocional , libertando as energias bloqueadas no chakra referido.  É também uma pedra que ajuda a superar problemas nos relacionamentos, estimulando a aceitação, o perdão e o amor incondicional. Esta energia ressoa com  o chakra superior do coração, através da sua  energia de amor altruísta e de grande generosidade.

az3

Usada na meditação, a Rodonite ajuda a descobrir o próprio destino. Nos relacionamentos, ajuda a determinar a origem dos desentendimentos promovendo depois a sua superação ao  tornar a pessoa menos amarga ou ressentida, acalmando a zanga e dissolvendo o ressentimento.

Existe uma pretensão, no folclore, de que a Rodonite permite aumentar o dinheiro e a riqueza, para o que se deverá deixar uma moeda junto da pedra tanto em casa como no trabalho.

No plano físico, o uso da Rodonite junto ao corpo traz várias vantagens: é um calmante geral do stress, ajuda ao bom funcionamento do sistema endócrino, atrai a energia da força de vida para o corpo físico, ajuda nos problemas das articulações e artrite, reduz o inchaço e a inflamação; contribui para o bom funcionamento do sistema imunitário, diminui a inflamação nas articulações e na garganta, desintoxica o corpo,  ajuda na cura dos problemas pulmonares, de rins, ajuda a cura de úlceras, os problemas do fígado. É também muito útil nos problemas da pele, ajudando a curar a comichão causada pelas picadas de insetos.  É muito eficaz  na cicatrização rápida das feridas, incluindo cortes e feridas sangrentas  e  infeções, contribuindo para a cura da pele para que não  deixe cicatrizes.  Para este efeito deverá desinfetar-se a pedra  e colocá-la sobre a zona ferida durante 5 ou 10 minutos. Também ajuda a curar as cicatrizes existentes. Para o efeito, faz-se um elixir de Rodonite da seguinte forma: a pedra limpa deve colocar-se em água destilada  num jarro e deixar-se durante a noite ao luar, sendo que o melhor período é na Lua cheia. A água assim mineralizada deve usar-se em pequenas compressas sobre as cicatrizes e , em resultado, estas ficam mais macias e menos visíveis.

Devem usar-se preferencialmente ,para  efeitos de cura, as pedras de cor rosa mais escuro com inclusões pretas, pela sua sintonia com o chakra de base, que dá apoio à cura quando estão envolvidos processos hormonais e também pelo seu conteúdo em manganês.

Esta pedra também é conhecida por melhorar a audição e ajudar o crescimento dos ossos e por reduzir as perturbações menstruais.

Pela descrição feita, julgamos ter deixado clara a utilidade desta pedra que é um dos exemplares indispensáveis  da nossa coleção de pedras e minerais e que é também uma das pedras mais úteis  que podemos usar para promover o bem estar e a saúde física e psíquica.

Pedras e Cristais, Rodocrosite

cro3

A  Rodocrosite é considerada por muitos como uma pedra que emite uma das energias de amor mais delicadas.  É uma pedra de profunda cura emocional , de equilíbrio e de amor. O seu nome vem do grego e significa « cor rosa» numa alusão à sua cor, de um rosa vibrante, geralmente com bandas de branco que atravessam  a sua superfície. Estas bandas em branco devem-se a inclusões de cálcio e outros minerais e podem alterar o tom rosa que varia entre rosa avermelhado , rosa vibrante e um rosa mais pálido. Por vezes podemos encontrar exemplares que são acastanhados, possuindo as mesmas bandas em branco.

A Rodocrosite é uma pedra muito macia e, por causa disso, geralmente é talhada em cabochão quando usada em joalharia. É um carbonato de magnésio por vezes confundida com a Rodonite , da qual se distingue porque esta se apresenta em geral com uma única cor ou então com inclusões de negro. Durante muito tempo a Rodocrosite , que surge frequentemente nas minas de prata, era descartada com o lixo, até  que alguém se lembrou de procurar e separar exemplares com qualidade. Podemos encontrá-la nas Américas: Argentina, Peru, Estados Unidos  e ainda na România, Canadá e Polónia.

cro1

Quanto às suas propriedades, estão são muito valorizadas a vários níveis: psicologicamente, a Rodocrosite tem um papel muito poderoso na restauração do equilíbrio emocional; permite superar as memórias traumáticas da infância de forma delicada, ajuda a curar as feridas emocionais associadas a essas memórias e a recuperar aspetos da identidade que foram reprimidos e recalcados nesses processos emocionais. Diz-se que ela permite recuperar o sentimento de segurança sentido na infância, em que o saber-se amado (a) dava tranquilidade e confiança . Esta pedra sintoniza com a energia do mais puro amor, permitindo melhorar o equilíbrio interior, aumentar a autoconfiança e trazer os problemas do passado para a superfície para serem resolvidos e superados. Permite que o amor entre nas nossa vidas, tendo um efeito calmante sobre todas as paixões excessivas e trazendo serenidade e um profundo sentimento de felicidade e de paz interior. O seu papel como agente de equilíbrio é muito valorizado e sente-se tanto em relação aos aspetos emocionais como aos processos mentais em geral. Muitos designam-na como «pedra da Liberdade» pela faculdade que tem de acalmar os conflitos internos,  aliviar o stress e restaurar o equilíbrio a nível  profundo.  A tradição afirma que esta pedra tem uma capacidade tão profunda de cura que cura mesmo os problemas trazidos de vidas  passadas.

No plano metafísico, a Rodocrosite ajuda a consciência a elevar-se a planos mais elevados quando em meditação ou quando a pedra é usada para o trabalho com energia.

Os antigos Incas acreditavam que a Rodocrosite era o sangue dos seus primeiros reis e rainhas transformado em pedra, razão pela qual este mineral é também designado por «Rosa Inca».

ddd

A Rodocrosite está associada ao Amor Altruísta incondicional e ajuda a criar empatia com os outros e a ajudá-los. Diz-se que esta pedra vibra, não apenas com os raios rosa e vermelho ,mas também com o raio laranja, limpando o chakra cardíaco e também o plexo solar, ajudando ainda a integrar as energias do plano físico e espiritual.  O plexo solar muitas vezes armazena energias relacionadas com situações não resolvidas e a energia da Rodocrosite liberta esses  bloqueios ao mesmo tempo que cria uma conexão entre os chakras superiores e os chakras inferiores restaurando o sentimento de completude e de totalidade do ser. Liberta os talentos adormecidos e a criatividade, ajudando a exprimir uma atitude mais positiva em relação a tudo e a si mesmo. Dá coragem e vontade de afirmação, conduzindo à concretização dos desejos e sonhos pessoais. Também limpa e energiza os chakras da base, do sacro e do coração. Muitos afirmam que é uma pedra excelente para atrair um novo amor.

Na terapia com cristais, a Rodocrosite é usada nas perturbações de caráter digestivo, no tratamento do baço, rins, pâncreas, do coração e da tiroide. Restabelece o equilíbrio da pulsação e ajuda a aliviar o stress, restabelecendo a harmonia energética geral. Ajuda a reparação dos tecidos e o crescimento dos ossos, estabiliza a pressão sanguínea e o sistema circulatório; colocada na base do esqueleto, ajuda em situação de dores de cabeça e enxaquecas; ajuda a libertar substâncias irritantes dos pulmões, aliviando problemas respiratórios e de asma. Preparada em elixir- este prepara-se deixando-a durante algumas horas em água destilada e depois coloca-se  a água ao sol durante alguns dias- ajuda a tratar problemas de pele.  A água assim preparada deve ser aquecida e deve usar-se uma compressa molhada nessa água para aliviar comichão, irritação da pele, etc. Estas compressas também ajudam a reduzir a inflamação.

A Rodocrosite pode ser usada em joalharia, embora , como pedra macia que é, exija alguns cuidados. Pode também ser colocada no ambiente próximo e usada na meditação.

Sendo uma pedra macia, é necessário cuidar dela com cuidado para evitar danos.  A melhor forma de a limpar é usar água com um pouco de sabão e secá-la com um pano macio, removendo os resíduos de sabão. Não deve ser aquecida nem limpa com produtos químicos. Evite o uso de espanador ou de um pano de pó comum pois o pó que existe no ar contém partículas de quartzo com uma dureza  de 7, que é o dobro da dureza da pedra e pode fazer riscos na sua superfície. Para evitar riscos, guarde esta pedra separadamente das outras, num pano de algodão macio ou pedaço de algodão em rama e, de preferência, numa pequena caixa individual.  Desta forma poderá usufruir dos benefícios desta pedra por muito tempo sem que ela perca a sua beleza e propriedades.

A Origem Pagã do Natal

azev

Nesta quadra que vivemos, todos gostamos de associar ao Natal à celebração da fraternidade, da Paz e do encontro com a família. Mas, durante séculos, esta quadra esteve associada a muitos comportamentos que são o oposto daquilo a que hoje chamamos «espírito natalício». Só muito recentemente, já no século 19, se começaram a alterar esses costumes e comportamentos, muitas vezes violentos, que remontam a tradições da antiga Roma em que a lei era suspensa e tudo era permitido, mesmo o crime e o assassínio.  Embora custe a crer que o Natal tenha sido celebrado de forma tão diferente por essa Europa (e América do Norte) fora,  foi efetivamente o que aconteceu ao longo de muitos séculos da cultura europeia.

Para lembrar ou ficar a conhecer um pouco mais acerca da  origem das tradições do Natal, convidamos os leitores a ler um artigo que publicámos há tempos, quando explorámos «Os Mitos da Cultura Ocidental» e onde mostramos a relação entre a celebração  do Natal e as antigas festas da Saturnália que remontam à antiga Roma. Ora leia e veja as diferenças!

Pedras e Cristais, Rubi

rub

O Rubi é uma das quatro pedras preciosas, em conjunto com o Diamante, Safira e Esmeralda. Muitos atribuem-lhe, no entanto, o pódio entre as pedras preciosas, afirmando que se trata da «pedra mais poderosa do Universo». Tem sido, de resto, usada como amuleto, ao longo dos séculos passados, contra a peste  e a pestilência, para proteger e avisar do perigo, para limpar a mente de pensamentos de depressão , tristeza, etc. , para  afastar os sonhos maus e trazer paz a quem o usa e para aumentar a energia na paixão, incluindo a de caráter sexual.

De tal modo tem sido valorizado ao longo do tempo que o Rubi é mesmo  muitas vezes considerado superior ao Diamante, em termos de valor comercial. Esta pedra retira o seu nome do latim «ruber» que significa vermelho e esta cor deve-se à presença de inclusões de crómio.

O rubi é uma variedade de Corundo, do qual também faz parte a safira. Aliás, de acordo com a cor, temos um Rubi ou uma Safira. A cor do Rubi varia , sendo que a que produz a pedra mais apreciada e cara é a que é conhecida por «cor sangue de pombo», que é um vermelho com um toque de azul. Se a cor for demasiado rosada, temos uma Safira em vez de um Rubi, segundo grande parte dos peritos em gemologia, embora exista alguma controvérsia em volta disso.  Quanto mais clara e limpa for a pedra, mais valiosa é mas todos os Rubis, mesmo os de alta qualidade, têm inclusões de rútilo, semelhantes a agulhas que atravessam a superfície da pedra. Estas linhas são, aliás, uma das formas de distinguir um Rubi natural de outro produzido sinteticamente. Muitas pedras têm também imperfeições de cor. A maioria dos Rubis  tem tratamento de  calor, sendo aquecidos antes de serem cortados  para melhorar o seu aspeto. Como se compreende, os Rubis mais valiosos são aqueles que, não recebendo qualquer tratamento são, de modo natural, de elevada qualidade.

rubi2

Durante muitos séculos, o vale Mogok, em Burma, foi a principal fonte mundial de Rubis. Ao longo do tempo, porém, os Rubis foram sendo extraídos em outros locais, como na Tailândia, Palin, Índia, Afeganistão, Austrália, Namíbia, Japão, Madagáscar, Tanzânia, Nepal, etc.

Quanto aos seus significados metafísicos, o Rubi é considerado uma pedra de amor e de paixão. Simboliza o Sol, considerando-se que encerra em si o fogo solar. É uma pedra poderosa do raio vermelho, ativando e energizando o chakra de base e aumentando a força vital,  força de vida ou «chi». Esta pedra promove  a sensualidade ajudando o corpo físico a sentir prazer. Tem fama de aumentar o desejo e a energia sexual e de ativar a Kundalini. Associa-se ao amor apaixonado, tendo  sido usado no passado como pedra de casamento.

aaa

Existe uma variedade de Rubi, designada por «Rubi estrela», que tem um efeito de «estrela de seis raios», causado pelas inclusões das linhas de rútilo, conhecidas como «seda». Esta variedade de Rubi tem as mesmas propriedades metafísicas do Rubi em geral mais algumas adicionais, considerando-se que é mais poderosa para curar. Segundo se diz, esta variedade tem o máximo poder na Lua Cheia. Diz-se que esta variedade de Rubi enraíza e reflete a luz da alma, amplificando a força interior e todos os recursos internos. Segundo a tradição, esta variedade de Rubi é muito útil para todos os que têm tendência para magoar-se a si próprios ou sofreram traumas, especialmente traumas sexuais, situação em que esta pedra promove a superação do trauma de abuso. Num uso mais geral, o Rubi estrela ajuda a integrar energia de alta frequência no corpo de forma harmoniosa.

Na terapia com cristais, o Rubi é usado para superar a letargia e a exaustão, ajuda a circulação do sangue , limpa as infeções. É uma pedra do sangue, trabalhando com o fluxo sanguíneo; fortalece o coração e as artérias e ajuda a tratar problemas cardíacos. É considerado benéfico para os órgãos reprodutores, sendo também útil no tratamento de disfunções sexuais. Regula o ciclo menstrual e alivia as dores menstruais. Diz-se que ajuda a boa formação embrionária durante a gravidez. Ajuda a desintoxicar o corpo, a linfa e o sangue, sendo útil no tratamento de infeções e da febre.

rubi 3

Quando usado em joalharia, o Rubi deve ser usado num anel na mão esquerda para assegurar a proteção e  a recetividade da força de vida universal.

Apesar de todas as suas boas qualidades, o Rubi não deve ser colocado próximo do plexo solar pois a sua energia é antagonista da energia deste chakra. Algumas pessoas mais sensíveis podem sentir que a energia do Rubi é demasiado estimulante e desconfortável de usar.

Conta a tradição que, no passado, esta gema era tão valorizada que um certo rei deu em pagamento por um único Rubi  uma cidade inteira.  Exagero? Talvez não, apenas hoje em dia, quem pode adquirir uma destas belíssimas gemas, paga discretamente e sem chamar a atenção.

Pedras e Cristais, Purpurite

pur1

A Purpurite é um mineral  raro,  não sendo muito abundante no mercado embora algumas fontes relatem que, nos últimos tempos, a sua presença tem-se tornado mais frequente, talvez devido a terem sido encontradas novas fontes. Trata-se de uma pedra que está associada ao chakra da coroa, com uma energia cuja vibração é das mais elevadas.

A Purpurite é um fosfato de magnésio  e a sua cor púrpura, da qual retira o nome, deve-se a diferentes quantidades de magnésio e ferro. Embora o seu tom mais frequente seja o púrpura escuro, podem ser encontrados exemplares em tons mais rosados e em cor de alfazema. Este mineral encontra-se na Austrália, Namíbia, França e USA.  Apesar de não  ter uma estrutura cristalina, pois cresce em massas compactas, a Purpurite tem uma cor muito atraente e um brilho natural que a torna atrativa para aplicações em joalharia.

Quanto às propriedades metafísicas, a Purpurite é um dos minerais mais interessantes. Dizem os entendidos que, para além de ressoar com a energia do chakra da coroa, que é capaz de abrir, também abre o 8ª chakra acima deste ligando ambos ao chakra de base e  centrando tanto as energias terrenas como espirituais. Muitos afirmam que a Purpurite é capaz de fazer a conexão ao chakra «estrela da alma», bem como aos chakras transpessoais,  que também ativa. É considerada uma das pedras mais fortes  do «raio violeta», transportando em si a energia da chama violeta e vibrando com uma energia tão elevada que não é possível usá-la para fins ou objetivos eticamente reprováveis, podendo ser usada apenas para fins altruístas e de serviço aos outros.

pur2

A Purpurite é uma pedra de calma e de intuição, aliviando o stress através de formas positivas. Limpa energias negativas do ambiente e permite superar velhos comportamentos repetidos que  não permitem avançar no desenvolvimento pessoal; vence o comodismo na vida profissional e pessoal, incluindo o plano dos relacionamentos, ajudando a mudar e a seguir em frente, por caminhos novos.  A este respeito, ajuda a fazer a escolha de um novo caminho e a saber qual o momento mais apropriado para seguir em frente.  A colocação desta pedra em cima do chakra do 3º olho permite o insight  do significado espiritual dos eventos que acontecem na vida.  Muitos referem que a Purpurite permite conectar com os espíritos guia e  «ouvir» as suas mensagens de forma clara. É também considerada uma poderosa pedra de proteção psíquica, impedindo a aproximação de energias não conectadas com «a luz».

Para os que falam em público e lidam com o público, esta pedra é muito útil pois aumenta a cortesia nas interações, promove  o tato , aumenta a clareza do pensar e a confiança no falar e desenvolve a concordância com os outros, ajudando a estabelecer compromissos , ao mesmo tempo que traz a energia espiritual para o plano terreno quando esta é precisa.  Também ajuda a reparar os erros e os danos emocionais de forma delicada. Encoraja a aceitação , o insight e  a procura da verdade. Atribui-se-lhe ainda a capacidade de saber quando aqueles com quem falamos falam verdade, prevenindo desse modo que sejamos enganados pelos outros. Ajuda a falar com confiança em público  e com o pensamento focado , passando a informação de que os outros necessitam.

Na terapia com cristais é usada para maximizar a entrada de nutrientes, aliviar todos os tipos de radiação, incluindo a solar e melhorar as funções cerebrais.

pur3

Atribui-se ainda a esta pedra uma propriedade curiosa: diz-se que ajuda alguém a vender a sua casa, levando a superar a frustração e a ansiedade dos que precisam de o fazer. Diz-se que remove todas as energias negativas que foram deliberadamente usadas para impedir o sucesso dessa  venda. Porém, deixa-se uma advertência no facto de a qualidade eticamente superior da energia desta pedra  a impedir de  funcionar quando se tenta fazer uma venda com o propósito de enganar os outros. Na verdade, a pedra impede que quem  a usa seja enganado pelos outros mas também não permite que a usem para enganar, favorecendo apenas  as vendas  justas em que todos são beneficiados.

O uso continuado da Purpurite promove  o uso dos talentos pessoais da pessoa que a usa para serem usados para ajudar os outros. Deve ser usada no interior do campo de energia pessoal (aura) para produzir os melhores efeitos e para reduzir o stress. Diz-se que, colocada debaixo da almofada ao dormir protege a separação dos veículos subtis e ajuda a manter a segurança do corpo físico. Alguns defendem também que a Purpurite ajuda a contactar o Anjo da Guarda.

Para os que têm objetivos metafísicos, a Purpurite é, sem dúvida , um pedra que vale a pena procurar e adquirir. Se conseguir um exemplar não se esqueça de o limpar e programar antes de o usar.

Pedras e Cristais, Prasiolite

pras4

A Prasiolite, mineral de que falamos hoje, é rara na Natureza, sendo que a maioria dos exemplares à venda resultam de tratamento por calor das Ametistas. O nome popular desta pedra é, aliás, «Ametista Verde», nome considerado inadequando por muitos e por ex., pela Comissão de Comércio de Minerais americana. Na verdade, a Ametista muda, quando aquecida, de cor, sendo o amarelo e o laranja as cores resultantes mais comuns- transformando-se assim em Citrino– mas alguns exemplares de Ametista mudam para verde, ao serem aquecidos. Este tratamento acompanhado de radiação ionizante é assim o processo de produção de grande número dos exemplares encontrados no mercado e designados por Prasiolite. Há ainda outra pedra no mercado que muitas vezes se confunde com este mineral- a Praseolite– que resulta do tratamento por calor da Iolite que é uma variedade da Cordierite. Assim, esteja atento (a) a estes aspectos se desejar adquirir uma pedra de Prasiolite ,para não levar para casa «gato por lebre».

Sendo rara na Natureza, a Prasiolite é habitualmente usada em joalharia. A maioria dos minerais existentes é proveniente, desde 1950, de uma mina no Brasil embora existam outras fontes no Canadá e na Polónia.

pras2

O nome Prasiolite vem do grego «prason» que significa «alho porro» tendo-lhe sido dado devido ao tom de verde  que esta pedra apresenta e que é semelhante ao daquele vegetal. Este mineral é uma das variedades de quartzo, mais precisamente é quartzo verde, um silicato também conhecido por Vermarina. Como acontece em geral com todos os quartzos, a Prasiolite amplifica as energias de outras pedras com as quais se associa, o que pode permitir uma conjugação positiva de energias.

Algumas Ametistas de cor púrpura podem sofrer um processo de transformação natural no interior da Terra, mudando a sua cor para verde, transformando-se assim em Prasiolite, talvez através do calor da actividade vulcânica. O homem produz o mesmo efeito, pela aplicação de calor artificial.  Alguns acham que é benéfico combinar a Ametista púrpura com a Prasiolite, afirmando que essa conjugação permite amplificar os talentos espirituais de quem usa as pedras.

A Prasiolite é uma pedra com energia de vibração  elevada, associada ao amor incondicional. Afirma-se que ela ajuda a trazer elevados ideais para serem concretizados na vida quotidiana na Terra.  A sua cor verde associa-a naturalmente com o chakra cardíaco, que limpa e ativa, estimulando o surgimento do amor e da compaixão naqueles que a usam. Também é considerada uma pedra de prosperidade e de abundância, ajudando a atrair abundância para  quem a usa.

pras3

Psicologicamente, a Prasiolite ajuda aqueles que  têm dificuldade em exprimir emoções e aumenta a autoestima, a autoimagem e autoconfiança; fortifica a mente e o poder da vontade. Quando há problemas de autoestima e de autoconfiança, a Prasiolite permite superar isso promovendo a segurança e uma calma autoaceitação.

Metafisicamente a Prasiolite  usa-se para limpar todos os tipos de negatividade, protegendo da intoxicação de todos os tipos; limpa todas as energias desarmónicas e sintoniza a pessoa com as vibrações espirituais do amor e da compaixão universais. O seu poder de amplificação ajuda a fortalecer os talentos e dons psíquicos, permitindo que estes se desenvolvam e cresçam. Pode ser usada também na meditação. Ajuda a estabelecer a conexão entre os chakras do coração e da coroa. Pela ação de ativação dos chakras dp 3ºolho e da coroa , a Prasiolite ativa a visão interior, sendo talvez por isso também associada ao poder da profecia.  A sua sintonia com o plexo solar associa esta pedra com o poder da vontade. Também conecta a energia espiritual superior com a energia da Terra, sendo considerada uma pedra que desperta a ligação com a Natureza. Para serem sentidos todos os benefícios da sua energia , a Prasiolite deve ser usada no interior do campo de energia de cada um.  Algumas formas de usar a Prasiolite são : em forma de bracelete usada no pulso;  num pendente ou anel. Com a continuação do seu uso, esta pedra torna a pessoa mais sintonizada com as suas emoções e mais capaz de as exprimir , ajudando a desenvolver   uma visão da vida baseada no amor.

Na terapia com cristais, a Prasiolite é usada para limpar o corpo de todos os tipos de toxinas e  em situações de acidez no estômago, úlceras, etc.

Pensamos que vale muito a pena tentar obter um exemplar desta pedra, de preferência natural, embora possa ser algo difícil de alcançar. Vale a pena, no entanto, a persistência.