Os signos Chara ou Cardinais

Signos Chara ou Cardinais capa

Os antigos sábios classificaram os signos segundo uma diversidade de categorias e, se algumas delas podem parecer, à mentalidade atual, simples curiosidades, ligadas à mitologia e religiões antigas, a verdade é que todas essas categorias indicam propriedades importantes  da simbologia dos signos e ajudam-nos  a compreender a natureza dos signos.

No artigo de hoje abordamos a categoria do movimento da energia dos planetas que compõem  o grupo dos signos chara (cardinais).

Os signos Chara- ou Cardinais- são os seguintes: Carneiro, Caranguejo, Balança e Capricórnio.

Os signos Chara incluem um signo de cada um dos elementos (Fogo, Água, Ar e Terra).

A energia dos signos Chara ou Cardinais é dinâmica e criativa, é uma energia que não pode manter-se fixa, está sempre em movimento e assegura a mudança. É essencial para a vida na Terra.  Mas, como todas as formas de energia no plano terreno, tem características positivas e negativas:

Pelo lado positivo, referimos o impulso para a ação, a iniciativa, o entusiasmo e a ambição. É uma energia mentalmente  determinada e focada nos resultados, capaz de trabalho árduo e de lutar pelo  progresso e a mudança.

Pelo lado negativo, a ação é impulsiva, sem distinguir com clareza o que é certo e o que é errado, é uma energia irrequieta  com tendência para a arrogância. Tem dificuldade em focar-se e concentrar-se. Pode haver obsessão pela mudança pela simples vontade de mudar; centra-se no próprio indivíduo.

A qualidade cardinal  ou chara da energia dos signos não se manifesta , no entanto, da mesma maneira em todos os signos cardinais. conforme o elemento (Terra, Ar, Fogo, Água, a sua expressão e movimento são diferentes.  Referimos a seguir um resumo sobre o modo como os vários signos cardinais manifestam o movimento e a mudança:

Signo Carneiro–  É  o signo de elemento Fogo. A sua energia é muito rápida e surge por impulsos, como relâmpagos que originam mudanças súbitas e aparecem e desaparecem rapidamente. Carneiro espalha num ímpeto, uma imensa quantidade de energia mas esta não se mantém estável nem é controlável. Os nativos influenciados poe esta poderosa energia procuram novos caminhos, novas ideias, novos valores. Querem afirmar-se e  conquistar o poder e a liderança, querem ser os pioneiros numa área da sua escolha, e a sua coragem, força e determinação para criar novos modos de ser e de fazer as coisas não tem limites. Carneiro não pode estar parado, é um agente de mudança  no mundo exterior; e tanto pode contribuir para que tudo brilhe à sua volta com novo fôlego de vida – a energia de Carneiro manifesta toda  a força da vida na sua explosão inicial- como pode destruir –queimar- tudo à sua volta, se não encontrar um canal apropriado para poder atuar. A energia de Carneiro flui para cima, rompendo as resistências. É uma energia revolucionária, autocentrada e egoísta. Não tem competências sociais.   A sua energia é agressiva, é insensível em relação aos outros e ao meio em que está. O nativo influenciado por esta energia é extremamente ambicioso, não se importando de se autodestruir se não conseguir realizar o que deseja.

Signo Caranguejo– O signo Caranguejo  é o signo cardinal com o elemento Água. Esta é uma energia mansa, feminina, passiva, que flui de acordo com a matriz do espaço existente, preenchendo, como as águas de um rio, todas as depressões ou «cavidades». Apesar de ter o seu dinamismo, a energia de Caranguejo flui para baixo, seguindo o caminho da menor resistência. Mas, tal como diz o ditado popular «água mole em pedra dura tanto bate até que fura», isso não retira força a esta energia, apenas a torna mais persistente, de forma repetida em vez de exercer uma grande força que termina rapidamente.  Ao contrário da energia de Carneiro, a energia de Caranguejo não procura destruir os obstáculos, nem exerce qualquer ação contra estes, simplesmente adapta-se procurando um outro ponto de menor resistência por onde possa prosseguir. Ao encontra um obstáculo, recolhe-se a si própria e trabalha de forma persistente e incansável, transformando o indivíduo por dentro. Os obstáculos externos levam à interiorização desta energia, que, ao não poder prosseguir o seu caminho no exterior, se vira para dentro do indivíduo e procura a transformação interna deste. Nunca desiste do seu objetivo mas não é ambiciosa como a de Carneiro, nem é motivada para a conquista exterior.  A energia do signo Caranguejo também é reformista mas atua de forma calma e sem rejeitar a tradição.  Constrói algo novo com base na tradição expandindo o resultado alcançado.  A ação, no signo Caranguejo, situa-se na mente, nos sentimentos e nas emoções. Esta ação procura criar relacionamentos, deseja submergir completamente na pessoa do outro, transformando-se no seu «contentor» como algo que se adapta e identifica inteiramente com o modo de ser do outro. E procura fazer isto de modo profundamente espiritual.

Signo Balança– O signo Balança é o signo cardinal de elemento Ar.  O dinamismo de Balança é como o do Ar: espalha-se a toda a volta, como o Fogo de Carneiro em todas as direções, mas não se faz por impulsos súbitos que tanto brilham como queimam. A energia de Balança tem um elemento de harmonia e equilíbrio, de continuidade por isso esta energia mistura-se com o ambiente e integra-se neste. Também gosta de criar novos caminhos como a energia  cardinal do elemento Fogo e de se manifestar de diferentes formas mas não o faz apenas pelo sentido da aventura ou desejo de fazer algo novo. A energia de Balança é orientada pelo pensamento lógico e a reflexão sábia ; é  após um processo de reflexão que toma decisões e muda. Esta energia segue sempre o desejo de chegar a um ponto de maior equilíbrio e harmonia. Não há ímpetos nem movimentos súbitos e irrefletidos. Apesar de também gostar de liderar e de ter ambição nunca ignora o meio em que está e adapta os seus objetivos e ambições a esse meio, procurando beneficiar não só a si mesma mas também a todos os membros da comunidade de que faz parte. Não procura destacar-se para ser superior aos outros, como Carneiro, procura uma situação de equilíbrio e de igualdade para todos. Por isso, quando lidera- pelo seu sentido de justiça, pela inteligência e capacidade de encontrar boas soluções para todos- Balança não tem um poder autoritário , sendo antes paciente e adaptando os seus valores aos dos que fazem parte da sociedade.  Exprime deste modo muitas competências sociais. Esta vantagem faz com que, muitas vezes, seja mais bem -sucedida do que a energia de Fogo de Carneiro. Dá carisma aos que influencia.

Signo Capricórnio- Capricórnio é o signo Cardinal de elemento Terra.  O dinamismo de Capricórnio pode substancializar-se num movimento lento e unidirecional. Aos  olhos menos atentos pode parecer que está parado, no entanto, este signo também se move, mas apenas numa direção fixa. A única coisa que pode fazê-lo mudar de direção é encontrar obstáculos que, na sua ótica pragmática, são vistos como impossíveis. Não teme os obstáculos, simplesmente gosta de se focar em algo e prosseguir de forma lenta até conseguir chegar onde pretende. O seu sentido de propósito é muito forte mas não se move por idealismo como acontece com os signos cardinais de Fogo e Ar, considera antes de forma realista os objetivos práticos que pretende atingir e pesa os prós e contras do que pretende antes de decidir. Se as possibilidades de sucesso não forem realisticamente atingíveis, abandona esses objetivos ou reformula-os. A energia cardinal de Capricórnio é contida, disciplinada, controlada, não se dirige a ideais impraticáveis nem aprecia fantasias. É uma energia também entrada no próprio indivíduo e egoísta, tal como a de Carneiro mas pensa muito bem antes de se lançar de frente em qualquer combate, ao contrário de carneiro: se tiver poucas chances de ganhar, não se lança na luta.  Não é emocional. Mantém continuamente a liberdade de escolha.

No próximo artigo desta série falaremos de outra categoria de classificação dos signos.