Identificar os Yogas no Horóscopo – um Exemplo

happ

Vamos exemplificar, para melhor compreensão dos nossos leitores, a identificação dos sinais de sucesso no horóscopo aplicando os princípios teóricos explicados nos artigos  Sinais de sucesso no horóscopo #1Sinais de sucesso  no Horóscopo #2 ; Sinais de sucesso  no  Horóscopo #3 ; Sinais de Sucesso  no Horóscopo #4; Sinais de Sucesso  no horóscopo #5; Sinais de Sucesso no Horóscopo # 6.

Para este efeito  vamos analisar o horóscopo de uma mulher e aplicar de forma simples as técnicas que explicámos naqueles artigos.

Manuela Sousa

22 Setembro de 1968, 15 h

Bragança, Portugal

rosa gaspar d-1

Trata-se de um horóscopo  com Ascendente Capricórnio e a Lua e o Sol em Virgem.   Os planetas funcionais maléficos são o Sol, regente da 8ª casa, e Júpiter, regente da 12ª casa. A 6ª casa não está ocupada por um signo Mooltrikona pelo que não consideramos o seu regente.

Quanto à força dos planetas, notamos que Saturno, regente do Ascendente, está debilitado e encontra-se fraco devido a estar colocado no Avastha da infância, a menos de um grau do signo Carneiro. Acresce ainda que esta colocação corresponde a um ponto gandanta, de passagem entre o signo de Peixes e o signo de Carneiro. Deste modo, o regente do Ascendente está severamente enfraquecido e tem dificuldade, por isso, em proteger o horóscopo.

Os nodos, Rahu e Ketu, estão bem colocados por signo mas estão pobremente  colocados nos signos.

Vénus está bem colocado no signo Mooltrikona, Balança, mas encontra-se no avastha da infância e perde na «guerra planetária» (yudha graha) com Mercúrio.

O Sol e a Lua estão em conjunção próxima , com orbe de 2º, o que significa que a Lua está combusta embora tenha a seu favor o facto de estar numa longitude acima da do Sol, o que significa que se trata de uma conjunção separativa, menos difícil de superar. A conjunção entre o Sol e a Lua indica a  fusão entre a mente e o ego, num eclipse solar em relação à Lua que conduz à introversão das experiências e à dificuldade em exteriorizar e objetivar os estados de pensamento. Esta tendência, no entanto, tende a alterar-se após a maturidade, entre os 25 e 32 anos, altura em que a pessoa consegue libertar-se do estado mental algo confuso e caótico, provocado pela fusão das energias solar e lunar.

Júpiter e Marte estão bem colocados por signo mas mal colocados por casa embora, no caso de Júpiter, como este rege a 12ª casa, alguns astrólogos são de opinião de que a sua colocação na 8ª casa traz benefícios após perdas e crise (yoga Viparita Raj yoga).

Mercúrio está bem colocado por signo e por casa embora tenha força média por estar ainda no avastha da infância.

Quanto aos aspetos dos planetas, Vénus e Mercúrio lançam aspeto para o regente do Ascendente (condição essencial para que o yoga que formam produza efeitos, pois tem que haver uma ligação entre os planetas que formam o yoga e o Ascendente ou o seu regente); Saturno, regente do Ascendente, lança aspeto para  o Ascendente; Júpiter está em aspeto com o regente do Ascendente; os nodos lançam aspeto para o Ascendente. O facto de tantos planetas estarem conectados com o Ascendente é positivo, pois assegura que os seus efeitos serão sentidos pela pessoa a nível concreto.

Identificação dos Yogas Formados

Malavya este é um dos Pancha Maahapurusha yogas, formado pela colocação de Vénus na 10ª casa e no próprio signo. Este yoga produz uma aparência atraente e sensual e criatividade. Além disso, Vénus está colocado na 10ª casa e é regente da 5ª pelo que é também um yogakaraka,  um planeta capaz de  trazer sucesso material para a vida da pessoa.  E está conjunto com Mercúrio, que por sua vez é o regente da 9ª casa e isso forma outro yoga:

Raja Dharma- Karma yogaEste yoga é formado pela conjunção dos regentes da 9ª e 10ª casas colocados numa casa kendra. E indica que a pessoa pode alcançar grandes realizações, sendo também respeitadora do dever.  A conjunção entre Vénus e Mercúrio produz ainda  um:

Rajyoga o regente da 5ª casa e o regente da 9ª casa estão conjuntos na 10ª casa. Esta é também uma forte assinatura de sucesso no plano material.

Rajyoga–  os regentes da 1ª casa e da 5ª casa estão em aspeto completo mútuo. Menos forte do que o anterior, este yoga é também indicador de sucesso material.

Raja-Lakshmi–  os regentes da 1ª e da 9ª casa estão em aspeto mútuo total. Este é um yoga que significa boa sorte e altas realizações.

Guru-Mangala–  Este  yoga é formado pela conjunção entre Marte e Júpiter  e indica bom caráter e capacidade energética. Forma-se na 8ª casa, uma casa maléfica e, por isso, os seus efeitos são menos positivos.

E temos em seguida os «yogas tesoura» envolvendo o Sol e a Lua:

Ubhayachara– planetas que não a Lua presentes tanto na 12ª como na 2ª casa a seguir ao Sol. Este yoga dá boas qualidades à pessoa, riqueza e capacidade de influência, bem como bons amigos. Marte, um natural maléfico, está na 12ª casa antes do Sol e produz tendência para o despesismo, falta de vitalidade etc. mas os restantes planetas são todos benéficos, o que faz prevalecer os efeitos positivos.

Subhavesi yogaplanetas benéficos na 2ª casa a partir do Sol indicam uma pessoa com capacidades intelectuais, virtuosa,  com interesse por assuntos espirituais e com força de caráter. Tem a capacidade de traçar objetivos e de os alcançar. E, como os planetas na 2ª casa a seguir ao Sol caem na 10ª casa e são ambos benéficos, formam ainda outro yoga:

Amala yoga– indica que a pessoa gozará de conforto e de bens luxuosos e será uma pessoa virtuosa e respeitada.

Agora, após a identificação dos yogas, há que avaliar a sua capacidade de produzir resultados pois a descrição geral dos efeitos do yoga não assegura que este produzirá efeitos num horóscopo determinado. De todos os yogas, os formados por Mercúrio e Vénus são os que têm mais hipóteses de frutificar. Não é de esperar, no entanto, dada a força média dos planetas envolvidos, que produzam efeitos extraordinários. A debilitação do regente do Ascendente impede que esta pessoa alcance em elevado grau o sucesso que estes yogas prometem à primeira vista. É verdade que Saturno está retrógrado e que, segundo a Astrologia Jyotish, isso torna um planeta mais forte (para o bem e para o mal). Porém, a nossa experiência tem mostrado que os planetas retrógrados  tendem a atuar no plano mais interno do que externo da vida da pessoa.

Usando o software  gratuito que recomendámos aos nossos leitores, vemos que o dasha de Júpiter está operante desde 2004  e até 2020. Júpiter é um funcional maléfico e regente da 12ª casa das perdas e por isso este não é o melhor período par alcançar sucesso material. Poderá no entanto receber dinheiro de indemnizações ou legados/heranças, seguros, etc. O subperíodo atual é o do Sol,  até julho de 2015. Como o Sol rege a 8ª casa, este é um período de obstruções e não é o melhor para alcançar o sucesso. Esta situação poderá melhorar, no entanto, a partir de julho de 2015  quando se iniciar o subperiodo da Lua , que irá até novembro de 2016.

Quanto aos melhores períodos para alcançar os resultados formados pelos yogas envolvendo Mercúrio e Vénus, vemos que o dahsa de Mercúrio se iniciará apenas em 2056, tarde na vida, por isso termos que procurar, nos restantes dashas, os subperíodos de Mercúrio e de Vénus que serão os mais favoráveis para obter o sucesso material. Assim, no próximo dasha de Saturno, o subperíodo de Mercúrio ocorre entre março de 2023 e novembro de 2025 e o de Vénus entre março de 2027 e março de 2030.Durante estes períodos deverão ser aproveitadas as oportunidades para obter ao máximo os resultados prometidos por estes yogas.

Sinais de Sucesso no horóscopo #6- Cancelamento dos Aristha Yogas

flo

No último artigo falámos de algumas assinaturas no horóscopo que indicam má fortuna , doença, obstáculos, má sorte- os Aristha yogas. Porém, a  Astrologia Jyotish, milenarmente associada à sabedoria védica, estabeleceu desde sempre que, num bom número de casos, os maus efeitos presentes no horóscopo podem ser cancelados ou reduzidos- são os Aristha- Bhanga yogas. É deles que falamos hoje e, quando se olha para um horóscopo à procura de algum Aristha yoga que ponha em risco a possibilidade de os bons yogas frutificarem na nossa vida, deve-se olhar também para a possibilidade de tais yogas serem cancelados por outras assinaturas. Tal como sucede com a vida humana, cheia de nuances e de diferentes texturas, também a leitura de um horóscopo implica o conhecimento de múltiplas possibilidades, evitando as abordagens lineares, sempre simplistas.

Vários autores clássicos falaram dos Aristha yogas e do seu cancelamento (Aristha-Bhanga), encontrando-se referência a eles no Brihat Samhita de Varaha Mihira e Saravali de Kalyana Varna. Outros autores da atualidade também lhes fazem referência, como é o caso do livro Yogas in Astrology  ou Subtleties of Medical Astrology do  Dr K. S. Charak. A partir destas fontes, podemos indicar algumas das condições que têm a capacidade de anular os Aristha Yogas no horóscopo de nascimento, para os nossos leitores.

Em primeiro lugar, é preciso lembrar a importância do Ascendente e do seu regente e da Lua. Estes elementos fortes no horóscopo são uma primeira garantia de que os resultados nefastos apresentados por algumas  más combinações terão  um efeito diminuto ou mesmo nenhum na vida da pessoa.

Cancelamento dos Aristha yogas- o Papel da Lua e do Ascendente
  • A Lua forte e o regente do Ascendente forte protegem contra todos os males indicados no horóscopo.
  • O regente do Ascendente é forte e recebe o aspeto de um benéfico e não recebe aspetos de maléficos, estando colocado numa casa kendra (1ª, 4ª, 7ª ou 10ª). Traz fortuna e vida longa à pessoa.
  • Quando a pessoa nasceu à noite e a Lua estava numa fase brilhante (menos de 6 dias após a Lua cheia) ou nasceu de dia, na fase da Lua minguante. Mesmo que a Lua esteja colocada nas maléficas 6ª e 8ª casas, a pessoa é protegida de todas as aflições.
  • Segundo o Dr Charak, quando o nativo nasceu no período dos 24 minutos antes ou depois do meio dia ou da meia noite- abhijiit muhurta- (hora local)  os efeitos do Aristha são reduzidos.
  • Quando a Lua ou o Ascendente estão sob a influência de um planeta benéfico natural como Júpiter ou Vénus (ou Mercúrio forte) os maus efeitos são cancelados.
  • A colocação de Júpiter forte no Ascendente.
  • A Lua cheia colocada entre 2 benéficos.
  • Quando a Lua está colocada num signo ou divisão Navamsa regido por um benéfico e recebe o aspeto de Vénus.
  • A Lua cheia ocupando o Ascendente da varga D-12 e o Ascendente desta varga tem regência de um benéfico.
  • Quando o regente do signo onde está colocada a Lua ocupa o Ascendente e recebe o aspeto dos planetas que formam o yoga, este é cancelado.
  • A Lua colocada na 3ª, 4ª ou 6ª casa a partir do Ascendente e recebendo o aspeto de planetas benéficos.
  • Quando a Lua está colocada na 1ª casa e recebe o aspeto de planetas benéficos e Vénus está em aspeto com a Lua.
  • Quando a Lua está no signo de exaltação e recebe o aspeto de Vénus.
  • Quando a Lua numa fase brilhante no nascimento recebe o aspeto de todos os planetas envolvidos.
  • Quando a Lua está colocada na divisão drekkana regida por Mercúrio ou Júpiter cancela os Aristha, mesmo quando a Lua está colocada na 6ª ou 8ª casas.
Outros Aristha- Bhanga yogas- Cancelamento dos Aristha yogas
  • Qualquer planeta benéfico forte colocado numa casa kendra – Vénus, Mercúrio ou Júpiter fortes em qualquer casa kendra, cancelam todos os Aristha.
  • Quando um planeta maléfico envolvido num Aristha yoga está cercado por benéficos, os maus efeitos são cancelados.
  • Quando Rahu está colocado na 3ª casa, Saturno está colocado na 11ª e Marte está colocado na 6ª casa há cancelamento do mau yoga.
  • Júpiter, Vénus e Mercúrio juntos numa das vargas do conjunto shadvarga (6 divisões) mesmo quando a Lua está colocada na 6ª ou 8ª casas.
  • Vénus , Mercúrio, a Lua e Júpiter colocados em signos com regência de benéficos , tanto no horóscopo de nascimento como nas vargas (cartas divisionais).
  • Quando há planetas maléficos a ocupar as vargas de benéficos (divisões, que dão origem às cartas divisionais das quais a Navamsa é a mais conhecida mas há muitas outras) e recebem o aspeto de planetas benéficos que também estão colocados em vargas regidas por benéficos: todos os Aristha são cancelados. Nota: a melhor forma de ver isto é consultar a posição dos planetas nas várias cartas divisionais, o que pode ver num software de Astrologia Jyotish, de que é exemplo o programa gratuito Jaganatha Hora)
  • Quando Rahu está colocado na 3ª, 6ª ou 11ª casas e recebe o aspeto de planetas benéficos, todos os Aristha são cancelados.
  • Quando todos os planetas estão colocados nos signos de Gémeos, Leão, Virgem, Balança, Escorpião ou Aquário ( signos Shirodaya) todos os Aristha são cancelados.
  • Quando nenhum planeta benéfico está em conjunção com um planeta maléfico (em sentido lato, isto ocorre quando os planetas ocupam a mesma casa/signo). Os planetas envolvidos no Aristha yoga deixam de poder produzir efeitos.
  • Quando Júpiter está colocado na 10ª casa a partir da Lua, há maléficos na 11ª casa  e Vénus e Mercúrio estão colocados na 12ª, todos os Aristha yogas são cancelados.
  • Quando Rahu está colocado no Ascendente nos signos de Carneiro, Touro ou Caranguejo, remove as aflições.

Deste modo, devemos ter em atenção que qualquer previsão de «má fortuna» no horóscopo deve ser acompanhada   da  análise  de todos os Aristha yogas   e procurar no horóscopo  se há algum Aristha- Bhanga yoga  que cancele os anteriores pois o «mal» dos Aristha Yogas pode ser reversível em muitos casos.

Sinais de Sucesso no horóscopo #5- yogas de Má sorte, Aristha yogas

bad

No artigo anterior  explicámos como identificar Rajyogas no horóscopo, sendo que a sua presença indica sucesso , fama, riqueza e poder. Porém,  a nossa existência é composta por bons e maus momentos, numa mistura complexa   que torna as nossas vidas algo difícil de interpretar de forma linear. As  vidas humanas estão longe de ser, na maioria dos casos, um percurso em linha reta, tanto em termos de sucesso como de insucesso. Por isso, para além de procurarmos a presença de assinaturas ou yogas de sucesso, devemos estar atentos à presença de assinaturas de insucesso e de fracasso- são os Aristha yogas.

«Aristha» é uma palavra que, em sânscrito, significa «má sorte» ou má fortuna. E, apesar de sabermos todos que as experiência de má sorte trazem, como as de boa sorte, lições importantes para cada ser humano aprender, a verdade é que todos gostaríamos de  não ter que passar por elas. Alguns de nós têm a sorte de o conseguir, mas a maioria tem, pelo menos, uma ou duas assinaturas de «má sorte» no horóscopo. Estes yogas de «má sorte» afetam a felicidade da pessoa e indicam obstruções e obstáculos na  vida.  Quando  estes yogas são fortes, podem reduzir ou até impedir o florescimento dos Rajyogas e Dhana Yogas.

Reconhecer os Aristha Yogas

O Ascendente, bem como o seu regente, são os fatores mais importantes do horóscopo: é o Ascendente que nos enraíza na existência e que representa o nosso corpo , bem como a saúde e a longevidade. Por essa, razão, se estiver envolvido em algum Aristha yoga, isso pode pôr em causa a nossa capacidade para usufruir dos bons resultados de qualquer Dhana ou Rajyoga: se não tivermos saúde ou se a nossa vida for breve, de nada nos servirá ter assinaturas fantásticas de sucesso e de riqueza no horóscopo. Assim, a associação por aspeto mútuo , conjunção  ou receção mútua entre o Regente do Ascendente e os regentes da 6ª, 8ª ou 12ª casas compromete os resultados de sucesso e de felicidade na vida.

Os planetas regentes da 6, 8ª e 12ª casas associados  por aspeto mútuo, conjunção ou receção mútua com os regentes das restantes casas  também causa estas assinaturas de má fortuna:

– Quando  associados com os regentes da 2ª e da 11ª casas ( os regentes destas casas , quando estão em associação com as casas/regentes da 1ª, 5ª e 9ª casas formam assinaturas de riqueza, Dhana yogas), impedem o aumento de riqueza e podem transformar a riqueza que a pessoa tem em pobreza.  E, caso haja algum Dhana yoga envolvendo os regentes da 2ª e da 11ª casas, a associação com os regentes das casas maléficas impede que estes deem fruto.

– Quando  associados com os regentes da 1ª (esta casa é simultaneamente trikona e kendra), 4ª, 7ª e 10ª afetam o sucesso dos objetivos , da felicidade, da vida familiar e conjugal da pessoa.

– Quando  associados com os regentes da  1ª, 5ª e 9ª casas, as que estão relacionadas com a sorte da pessoa para esta existência, o sucesso, sorte e  cumprimento do propósito de vida da pessoa são impedidos ou muito dificultados.

Os efeitos dos Aristha yogas podem ser piores, se os planetas envolvidos no yoga também estão  associados com planetas naturais maléficos ou com os regentes das casas maraka- 2ª e 7ª.

Aristha yogas Comuns envolvendo a Lua

A Lua é um elemento da máxima importância  no horóscopo e, por isso, a sua associação com planetas ou casas maléficas ou o estado de fraqueza da Lua é, por si só, indicação de má fortuna e dificuldades de vária ordem. Segundo os vários autores e astrólogos da Jyotish, mostramos a seguir algumas das combinações  causadoras deste yoga:

  • A colocação conjunta da Lua, Marte, Saturno e o Sol no Ascendente ou na 9ª ou 8ª casas. Este yoga pode ser cancelado se Júpiter estiver em aspeto com a casa onde estão estes planetas.
  • A Colocação da Lua, Marte, Saturno e o Sol nas 4 casas kendra, as casas que formam a estrutura do horóscopo. (a Lua fica, neste caso, sob a influência  de, pelo menos, 2 dos maléficos, podendo mesmo receber o aspeto de 3 deles: Ex. a Lua colocada na 4ª casa com o Sol na 10ª casa e Saturno na 7ª e Marte na 1ª).
  • A Lua minguante colocada na 12ª casa e simultaneamente um planeta maléfico colocado no Ascendente e na 8ª casa. A situação piora se também houver algum planeta maléfico com a Lua na 12ª casa.
  • A existência de aspetos de planetas maléficos para a Lua quando esta é fraca.
  • A Lua colocada na 4ª, 7ª ou 8ª casa cercada por planetas maléficos ( na casa anterior e na casa posterior à da Lua).
  • A Lua colocada em associação com um planeta maléfico na 1ª ou 8ª, 5ª, 7ª, 9ª ou 12ª sem receber o aspeto de nenhum planeta benéfico, sobretudo Vénus ou Júpiter- esta configuração indica a possibilidade de morte na infância.
 Outros Aristha Yogas Comuns
  • Conjunção entre o regente do Ascendente ou do planeta que rege o signo onde se encontra colocada a Lua com o Sol sem receber o aspeto de nenhum planeta benéfico e, simultaneamente, a presença, nas casas kendra (1ª, 4ª, 7ª, 10ª) de planetas maléficos: segundo a tradição, esta configuração mostra morte no início da vida adulta.
  • Planetas maléficos associados com as casas maléficas- 6ª, 8ª, 12ª- ou com os seus regentes.
  • A colocação conjunta do Sol, Marte e Saturno na 5ª casa.
  • Marte e Saturno ou o Sol, na 8ª casa.
  • O aspeto de planetas maléficos para o Ascendente quando este é fraco, ou para o Sol .
  • A colocação do Sol, Marte, Rahu ou Saturno no Ascendente (pelo menos 2 deles).
  • A colocação de Marte e Saturno na 2ª casa e de Rahu na 3ª.
  • A colocação de Rahu na 4ª casa e da Lua na 6ª ou 8ª.
  • A colocação de Marte na 7ª casa, Vénus na 8ª e o Sol aflito na 9ª.
  • Maléficos na 7ª e 12ª casas.
  • A colocação de Júpiter, o Sol, Rahu e Marte nos signos de planetas maléficos e Vénus colocado na 7ª casa.
  • Regente do Ascendente associado com um planeta maléfico ou cercado por 2 planetas maléficos (um na casa anterior e outro na casa posterior) e um planeta maléfico colocado na 7ª casa.
  • A colocação de Saturno na 8ª casa e da Lua no Ascendente ou de Vénus conjunto com a Lua na 6ª ou 8ª casas.
  • A Lua e Mercúrio na 6ª ou 8ª casas.

A boa notícia, após verificarmos a existência tão comum de muitos destes «yogas da desgraça», é que eles podem, pelo menos em parte, ser cancelados. Assim, no próximo artigo abordaremos as condições e as combinações que, no horóscopo, permitem o cancelamento destes yogas de má fortuna.

Sinais de Sucesso no horóscopo #3

frt

Continuamos no presente artigo a expor o método do Dr B. V. Raman para analisar os yogas no horóscopo, a partir da obra «300 Yogas importantes». Voltamos a lembrar que, para evitar controvérsias, o autor lembra que a sua classificação dos «bons e maus regentes»  se refere especificamente à análise dos yogas e é neste contexto que deve ser entendida.

Assim, para avaliar os efeitos dos yogas, e de acordo com o explicado no artigo anterior, devemos identificar os regentes das casas que são benéficos, os que são neutros e os que são maléficos. O autor (B. V. Raman) segue, nesta caracterização, os princípios expressos pela Astrologia Védica tradicional :

Regentes das casas benéficos– o da 1ª, 5º e 9ª (casas trinas) e os regentes das casas kendra (4ª, 7ª e 10ª – a 1ª casa é considerada simultaneamente trina e kendra mas é um caso especial pois o regente do Ascendente nunca é considerado como maléfico) quando os seus regentes são maléficos naturais (e apenas neste caso).

Regentes das casas maléficos-  os da 3ª, 6ª e 11ª e os regentes das casas kendra quando são naturais benéficos.

Regentes das casas neutrosos regentes da  2ª e da 12ª casas e também o regente da 8ª casa. Parashara considerou que o Sol e a Lua são os únicos regentes da 8ª casa considerados neutros num horóscopo na interpretação geral (para os Ascendentes respetivamente de Capricórnio e Sagitário) e o Dr B. V. Raman aceita esta classificação mas, como existem astrólogos que consideram todos os regentes da 8ª casa como maléficos, o autor de «300 Yogas Importantes» reafirma que é  para o propósito da interpretação dos yogas  que o Sol e a Lua devem ser considerados neutros quando regem a 8ª casa. Estes planetas dão resultados a partir das associações com outros planetas.

Agora há que ter em conta que, à exceção do Sol e da Lua, que regem apenas um signo, todos os outros planetas, na Astrologia Jyotish, regem dois signos. E pode acontecer que um planeta pode ser considerado benéfico num dos signos/casa que rege e maléfico ou neutro na outra e, por isso, teremos que conhecer bem quais os planetas benéficos e quais os maléficos ou neutros para cada Ascendente. Devemos também ter presente que o Ascendente é um ponto central para avaliar a força dos yogas. Quando o regente do Ascendente ou a 1ª casa recebem aflições, todas as áreas de vida da pessoa ficam comprometidas e dificilmente os yogas revelarão todo o seu potencial.

Para facilitar a avaliação dos yogas , indicamos a seguir o carácter benéfico, maléfico ou neutro de cada planeta para cada signo Ascendente:

Ascendente Carneiro

 Planetas benéficos

Sol- rege a 5ª casa; Marte- regente da 1ª e da 8ª; Júpiter- regente da 9ª e 12ª.

Planetas neutros- Não existem.

Planetas maléficos– Lua- regente da 4ª casa; Mercúrio- regente da 6ª casa; Vénus- regente da 2ª e da 7ª; Saturno- regente da 10ª e 11ª.

Ascendente Touro

Planetas benéficos – Sol- regente da 4ª casa; Marte-regente da 7ª e 12ª ; Mercúrio- regente da 2ª e 5ª; Saturno-regente da 9ª e 10ª.

Planetas neutros- Vénus- regente da 1ª e da 6ª

Planetas maléficos- Lua- regente da 3ª casa; Júpiter- regente da 8ª e 11ª;

 Ascendente Gémeos

Planetas benéficos – Mercúrio- regente da 1ª e 4ª; Vénus- regente da 5ª e da 12ª.

Planetas neutros- Lua- regente da 2ª casa.

Planetas maléficos- Sol- regente da 3ª casa; Marte- regente da 6ª e 11ª; Júpiter- regente da 7ª e da 10ª; Saturno-regente da 8ª e 9ª.

Ascendente Caranguejo

Planetas benéficos- Lua-regente da 1ª casa; Marte- regente da 5ª e da 10ª; Júpiter- regente da 6ª e da 9ª;

Planetas neutros- Sol- regente da 2ª casa; Saturno- regente da 7ª e da 8ª.

Planetas maléficos- Mercúrio- regente da 3ª e 12ª; Vénus- regente da 4ª e da 11ª.

Ascendente Leão

Planetas benéficos- Sol- regente da 1ª casa; Marte- regente da 4ª e 9ª;

Planetas neutros- Lua-regente da 2ª casa; Júpiter- regente da  5ª e 8ª ; Saturno- regente da 6ª e 7ª.

Planetas maléficos- Mercúrio- regente da 2ª e 11ª; Vénus- regente da 3ª e 10ª.

Ascendente Virgem

Planetas benéficos- Vénus- regente da 2ª e 9ª.

Planetas neutros- Sol- regente da 12ª; Mercúrio- regente da 1ª e 10ª; Saturno- regente da 5ª e 6ª.

Planetas maléficos- Lua- regente da 11ª: Marte- regente da 3ª e 8ª; Júpiter- regente da 4ª e 7ª;

Ascendente Balança

Planetas benéficos- Marte – regente da 2ª e da 7ª; Mercúrio- regente da 9ª e 12ª; Vénus- regente da 1ª e 8ª casas; Saturno- regente da 4ª e 5ª.

Planetas neutros- não existem.

Planetas maléficos- Sol- regente da 11ª; Lua- regente da 10ª; Júpiter- regente da 3ª e 6ª.

Ascendente Escorpião

Planetas benéficos- Sol- regente da 10ª casa; Lua- regente da 9ª casa; Júpiter- regente da 2ª e 5ª

Planetas neutros– Marte- regente da 1ª e da 6ª; Saturno- regente da 3ª e 4ª.

Planetas maléficos- Mercúrio- regente da 8ª e 11ª; Vénus- regente da 7ª e 12ª;

Ascendente Sagitário

Planetas benéficos- Sol- regente da 9ª casa; Marte- regente da 5ª e 12ª;

Planetas neutros- Lua- regente da 8ª casa; Júpiter- regente da 1ª e 4ª;

Planetas maléficos- Mercúrio- regente da 7ª e 10ª; Vénus- regente da 6ª e 11ª; Saturno- regente da 2ª e 3ª.

Ascendente Capricórnio

Planetas benéficos- Mercúrio- regente da 6ª e 9; Vénus- regente da 5ª e 10ª; Saturno- regente da 1ª e da 2ª.

Planetas neutros- Sol- regente da 8ª casa;

Planetas maléficos- Lua- regente da 4ª casa; Marte; regente da 4ª e 11ª;Júpiter- regente da 3ª e 12ª.

Ascendente Aquário

Planetas benéficos- Sol- regente da 7ª casa; Marte- regente da 3ª e 10ª; Vénus- regente da 4ª e 9ª; Saturno- regente da 1ª e 12ª.

Planetas neutros- ; Mercúrio- regente da 5ª e 8ª

Planetas maléficos- Lua- regente da 6ª ; Júpiter- regente da 2ª e 11ª.

Ascendente Peixes

Planetas benéficos- Lua- regente da 5ª casa; Marte- regente da 2ª e 9ª;

Planetas neutros- Júpiter- regente da 1ª e 10ª

Planetas maléficos- Sol- regente da 6ª; Mercúrio- regente da 4ª e 7ª; Vénus- regente da 3ª e 8ª; Saturno- regente da 11ª e 12ª.

Quando algum destes planetas está envolvido num yoga, é preciso avaliar a força de ambos os planetas para prever os resultados desse yoga. Pedimos ao leitor que consulte o primeiro artigo  sobre este tema  para se inteirar da metodologia de avaliação proposta por B. V. Raman e que consiste em atribuir pontos positivos ou negativos aos planetas. Tal como explicámos nesse artigo, se os pontos positivos forem superiores aos negativos e se o planeta yogakaraka estiver forte; se o nativo tiver oportunidade de experienciar o dasha do planeta mais forte envolvido no yoga (determinado a partir da força shadballa e vimsopack, visíveis nos cálculos do software como referimos, haverá uma elevada probabilidade de os yogas do horóscopo trazerem  benefícios para a vida da pessoa, quando são positivos. Os yogas negativos ou arishtas também podem trazer problemas para a vida como explicaremos em posteriores artigos.

Finalmente, deixamos mais uma nota ao leitor sobre a classificação dos planetas por Ascendente, proposta pelo Dr B. V. Raman: esta  é a tradicional da Astrologia Jyotish. O Leitor poderá ler outras posições, para a leitura geral do horóscopo, na série de artigos que publicámos «Planetas benéficos e maléficos para cada signo Ascendente neste blogue. Para evitar a controvérsia ou a confusão de alguns leitores menos familiarizados com a Astrologia Jyotish, tenha em mente que, de acordo com a própria posição deste ilustre investigador da Jyotish, a classificação dos planetas apresentada neste artigo deve ser tida em conta especificamente para a análise dos yogas no horóscopo.

Em artigos seguintes ilustraremos outros aspetos a ter em conta na análise dos yogas no horóscopo.

Boa Sorte , Saúde e Riqueza no Horóscopo- Os yogas na Jyotish

Avaliar o Poder dos Yogas
Cada horóscopo tem um conjunto de configurações específicas relacionadas com a posição dos planetas e os aspectos que formam entre si e com as casas do horóscopo. Estas configurações têm uma designação na Jyotish: yogas.
Existem milhares de yogas mas há alguns que são os  indicadores essenciais da «boa» ou «má» sorte indicada nas promessas natais do horóscopo. Convém, no entanto, não esquecer que não há nenhum horóscopo que não contenha yogas  e que os yogas favoráveis são frequentes. No entanto, nem todas as pessoas que os têm são famosas ou ricas ou  muito felizes.
Assim, antes de  prever o  resultado dos yogas, é preciso analisar com cuidado o estado dos planetas que formam o yoga:
a)      Qual a força dos planetas que formam o yoga no horóscopo? Aqui há que considerar a força shadbala, Ashtakvarga, vimsopack e  a posição por casa e por signo ( e ter em conta a força da ou das casas envolvidas no yoga). Por ex., a colocação de Júpiter e da Lua em kendras mútuas forma um Gaja-Kesari yoga, altamente favorável. Mas se os planetas estiverem debilitados ou em casas dusthana (especialmente 6,8 e 12) dificilmente se observarão efeitos positivos do mesmo pois os planetas estão enfraquecidos;
b)      Quais os aspectos recebidos pelos planetas que formam o yoga? Por ex., num yoga Gaja Kesari a Lua   conjunta com Júpiter está em aspecto com Saturno, um maléfico. A menos que Saturno seja um benéfico funcional no horóscopo, o yoga sofre uma pressão negativa  que ameaça a realização dos seus resultados auspiciosos.
c)       Qual a força dos dispositores dos planetas que formam o yoga (planetas que regem a casa onde se encontra o yoga)? O regente de uma casa é o «dono« da mesma; se estiver positivo no horóscopo, os «residentes» da casa beneficiarão; mas, se estiver negativo, não protege os significados da casa e os planetas aí colocados não conseguem dar bons resultados.
Para além destes aspectos convém lembrar que os yogas dão os seus resultados durante os períodos  dos planetas (mahadashas e antardashas- períodos principais e sub- períodos). Desta forma convém analisar os períodos dasha que a pessoa viverá presumivelmente, atendendo à média da longevidade. A totalidade dos períodos dasha soma 120 anos, mas normalmente cada indivíduo tem uma existência mais curta.
O software actual especializado dá uma relação completa destes períodos. Cabe ao astrólogo analisá-los e, em função dos aspectos referidos, fazer um juízo acerca dos períodos mais favoráveis ou desfavoráveis na vida de uma pessoa, tendo em conta os yogas e o seu estado no horóscopo de nascimento.
Alguns Yogas de Boa Sorte no Horóscopo

 1.       Os MahaPurusha Yogas

Estes são os yogas mais fáceis de encontrar e relacionam-se com a posição dos planetas em relação ao Sol e à Lua. A Lua tem muita importância na Jyotish  e por isso os yogas que dependem da colocação por casa podem ser contados a partir do Ascendente ou da  Lua.

Basicamente, estes yogas formam-se quando Marte ( yoga Ruchaka), Mercúrio (yoga Bhadra), Vénus (yoga Malavaya) , Júpiter (yoga Hamsa) e Saturno(yoga shashya) se encontram colocados  numa casa angular (kendra)- 1,4, 7, 10 – e estão simultaneamente no próprio signo ou no signo de exaltação.
O yoga Ruchaka encontra-se nos desportistas, militares e também nas pessoas dadas à violência;
O yoga Bhadra é frequente nos grandes comunicadores/oradores  e nas pessoas que têm sucesso no comércio;
O yoga Hamsa encontra-se em pessoas instruídas, em pessoas ligadas ao clero, e nas que têm sorte na vida;
O yoga malavaya encontra-se nos milionários, nas estrelas de beleza, nas pessoas com sucesso nas carreiras  associadas às artes e ao entretenimento;
O yoga Shasya encontra-se nos  políticos de renome e em figuras de autoridade.

2.       Os  yogas Lunares

Formam-se a partir da posição da Lua em relação a outros planetas, à excepção  do Sol e dos nodos.

Gaja -Kesari yoga. Quando a Lua e Júpiter são angulares um em relação ao outro.( na mesma casa ou separados por 4, 7 ou por  10 casas). Este yoga mostra uma pessoa com altos padrões morais, honestidade , inteligência e intensidade emocional. Traz prosperidade, reputação, boa saúde;
Outros yogas da Lua formam-se quando os planetas estão colocados ou na 2ª ou na 12ª casas em relação à Lua. Se  os planetas forem benéficos a disposição da pessoa revela optimismo, contentamento, alegria de viver, generosidade e lealdade de carácter; de acordo com a natureza do planeta, a pessoa adquire características de inteligência, posses e riqueza.

3.       Os yogas Solares

Os planetas colocados na 2ª e 12ª casa a partir do sol afectam a  capacidade para definir e realizar os nossos desejos. Tal como acontece com os yogas lunares, a Lua e os nodos não são considerados. Estes yogas afectam a saúde e robustez do indivíduo, o reconhecimento, riqueza e honras recebidas, a inteligência e a capacidade para deixar a nossa marca no mundo para  realizar um destino poderoso.(nenhum indivíduo com um sol fraco atingirá fama ou riqueza).

4.       Yogas que afetam o Ascendente

Afectam a aparência e a saúde. Quando um benéfico natural ocupa a 2ª e a 12ª a partir do Ascendente forma um Subhakartari yoga. Este yoga dá beleza, saúde, coragem, capacidades sociais, popularidade e felicidade.

5.Parivartana Yogas (receção mútua)

Os maha yogas.  Acontece quando há receção mútua entre dois regentes de casas à excepção dos regentes das casas 3, 6,8 e 12. Traz sucesso profissional, felicidade pessoal, circunstâncias favoráveis para as duas casas envolvidas. O sucesso aparecerá durante os períodos dasha/antardasha dos dois planetas.

5.       Raja yogas

Prometem prosperidade, sucesso e circunstâncias em que os nativos farão sentir a sua influência. Se os planetas envolvidos estiverem posicionados em casas trikona/kendra (1,4,7,10,  e 5 e 9) e forem benéficos os efeitos serão mais positivos do que se forem planetas maléficos e colocados em casas upachaya e dusthana. Estes yogas dão força às casas que os planetas ocupam ou regem e os seus efeitos fazem-se sentir nos períodos dos planetas.
Um aspecto importante a considerar é que os Rajayogas promovem o sucesso profissional e a riqueza mas não garantem a felicidade pessoal dos nativos.
Um dos rajayogas mais poderosos é a combinação do regente da 5ª casa com o da 9ª. Este yoga produz riqueza e sucesso financeiro e profissional.
6.Dhana yogas
São os yogas que produzem riqueza e dão o potencial para acumular rendimentos habitualmente ligados às áreas de vida representadas pelas casas ocupadas ou pelas casas que os planetas regem e que formam o yoga. Libertam o seu potencial nos períodos dasha/antardasha dos planetas envolvidos.
O Dhana yoga mais simples  é  formado pela relação entre os regentes da 1ª, 2ª, 5ª 9ª e 11ª por conjunção, aspecto ou recepção mútua. As casas ocupadas pelos planetas definem as áreas que fornecerão as fontes de rendimento. O dhana yoga mais poderoso forma-se pela associação entre o regente da 2ª e da 11ª casas.
7.       Outros yogas

 Adhi yoga- Quando há pelo menos  2 planetas benéficos mas preferencialmente mais na 6ª, 7ª e 8ª a partir da Lua. Este yoga dá capacidades de liderança favorecendo a 7ª e a 1ª casa.

Amala yoga- Existe quando um planeta benéfico está colocado na 10ª casa a partir da Lua ou do Ascendente. Dá uma natureza filantrópica  com uma atitude benevolente em relação à humanidade. A pessoa tende a ter uma carreira no sector social.

Charussagara yoga- Quando há planetas colocados em todas as casas kendra (1,4,7 e 10) isso traz boa reputação e boa sorte. Esta aumenta se os planetas em causa forem benéficos. As casas kendra são os pilares do horóscopo e os planetas aqui colocados adquirem poder e eficácia, especialmente quando são benéficos funcionais.
Srik yoga- Quando há apenas benéficos naturais a ocupar as casas Kendra. Este yoga traz conforto  e  boa sorte.
Saraswati yoga-quando Júpiter, Vénus e Mercúrio estão colocados em casas kendra num signo amigo ou na 2ª casa a pessoa é um intelectual, uma pessoa instruída e tem o dom do discurso. Estes planetas bem colocados dão sabedoria ao nativo.
Vasumathi yoga-Quando há planetas benéficos colocados em casas Upachaya (3ª, 6ª, 10ª 11ª) calculadas a partir da Lua ou do Ascendente isso traz riqueza.

Kalsarpa Yoga no Horóscopo- Má Sorte ou Oportunidade?


 
Kalasarpa Yoga  é um yoga que foi referenciado tardiamente na Astrologia Védica/Jyotish, provavelmente por volta do  sec. VI ou VII, muito depois, portanto, da sistematização feita pelo sábio Parashara na sua obra «BrihatHora Shastra» que fundou a Astrologia Jyotish.
Na época medieval este yoga tornou-se muito popular e passou a ser referenciado pelos astrólogos, como indicando uma aflição de monta no horóscopo natal. Sarpa significa Serpente; Kala significa tempo e relação com  a Terra. Deste modo, este yoga indica a força da Terra cercando a existência  humana (a existência dá-se no tempo- a vida começa, desenvolve-se e finalmente dissolve-se).  O yoga pretende deste modo mostrar que, na vida das pessoas que têm esta assinatura no horóscopo, existe uma energia da terra, de carácter ctónico, que se manifesta fortemente no destino pessoal. Tal energia não é lógica nem verbalizável, é a energia profunda que se movimenta através do som e da imagem  no plano psíquico dos desejos, associada ao inconsciente, a memórias profundas só acessíveis no sonho ou em processos profundos da consciência. Em alguns casos poderá assumir formas obsessivas.
Como Reconhecer o Kalasarpa Yoga?

 Este yoga existe quando todos os planetas estão colocados entre Rahu e Ketu, sem esquecer que os nodos estão sempre retrógrados movendo-se em sentido contrário ao dos ponteiros do relógio.

Segundo o eminente investigador Dr Bv. Raman, Rahu deve ocupar uma das 6 casas a partir do Ascendente:1ª,2ª,3ª,4ª,5ª ou 6ª. Assim, se um planeta estiver fora do  semi-círculo formado entre Rahu e Ketu na direcção referida, o yoga não existe.

O yoga é cancelado, segundo o mesmo investigador, se um dos planetas, especialmente Mercúrio, estiver exaltado e ocupando uma posição favorável e forte ou se o Ascendente estiver fora do alcance de Rahu e Ketu.
Assim, o Kalasarpa yoga é formado quando todos os planetas e o Ascendente ficam dentro do eixo de Rahu e Ketu. 
O yoga é também cancelado se estiver algum planeta em conjunção com Rahu. Este yoga pressupõe, deste modo, a expressão pura  da energia dos nodos  nas casas em que se encontram.
E quando os planetas estão colocados no eixo Ketu / Rahu?  Esta questão levanta polémica na Jyotish. Alguns entendem que, se os planetas estiverem todos colocados no eixo Ketu / Rahu não existe yoga. Porém, muitos outros, incluindo o Dr B.V. Raman, consideram que ele  existe, embora tenha efeitos  mais mitigados nos aspectos negativos do que a configuração anterior.  Este investigador, respondendo em 1942 a uma questão que lhe foi colocada, sobre o horóscopo de Mussolini, o ditador italiano fascista que se tornou aliado de Hitler, referiu a existência desta segunda configuração do Kalasarpa  yoga no horóscopo do ditador.
No horóscopo de Mussolini, para além do Kalasarpa, estava também presente um subha yoga, que acontece quando todos os  planetas estão colocados em 3 casas e que, para além de trazer adversidade e obstáculos à vida da pessoa, também pode mostrar uma personalidade rude e cruel. Raman previu então que o trânsito de Saturno que estava a ocorrer na vida de Mussolini, pelo signo da Lua natal (trânsito  especial de regresso de Saturno à posição natal conhecido por Sade Satti) onde também se encontravam  Marte e Saturno, teria um efeito muito adverso na sua vida. Como sabemos, Mussolini foi morto em Abril de 1945 e  o seu corpo foi arrastado, pontapeado e pendurado na via pública. Continuava a decorrer o trânsito Sade Satti de Saturno.
Interpretar e Compreender o Kalasarpa Yoga

Este yoga, temido  pelos efeitos devastadores que pode causar na vida da pessoa, segundo a tradição, nem sempre produz resultados nefastos. Estes variam de acordo com diversos aspectos e produzem efeitos de acordo com as casas ocupadas.

E quando sucede que um planeta está de fora do cerco de Rahu e Ketu e  não existe o yoga propriamente dito, os resultados podem até ser bastante bons, segundo B.V. Raman, pois estes nativos assumem muitas vezes a liderança de movimentos  políticos e sociais em que desempenham um papel  importante na ajuda aos outros, ou na entrega a uma causa comum. Isto acontece sobretudo se o planeta que fica fora do cerco for  um dos benéficos, Júpiter ou Vénus. Esta configuração encontra-se em muitos dos grandes políticos mundiais mais carismáticos e que são simultaneamente compassivos e sinceros no desejo de servir.
No que se refere ao yoga propriamente dito, há que lembrar deste modo que o  yoga nem sempre tem efeitos negativos. O autor deste artigo tem este yoga no  seu horóscopo e pode, por isso, ajuizar a partir da sua própria experiência.  Tal como acontece com os yogas em geral, é nos períodos  dos nodos (vimsottari dasha e antardhasha) que os seus efeitos se fazem principalmente sentir.
a)Para ajuizar sobre os seus efeitos, há que ter em contam em primeiro lugar, o horóscopo como um todo, a força do Ascendente, do seu regente, do Sol e da Lua. Se a identidade básica do nativo for forte, os nodos deverão apresentar os significados normais da posição de Rahu e Ketu nas casas em que se encontram, sem que o horóscopo como um todo seja negativamente afectado.
b) Deve  ter-se em conta que o lado oposto  das casas que contêm o yoga sofre  a sua  influência   e as casas onde se encontram Rahu e Ketu definem a área de vida que mais sofrerá o impacto negativo do yoga. Mas a este respeito há que ter em conta a força dos regentes das casas que se encontram fora do cerco de Rahu e Ketu: estão estes exaltados, ou em signo amigo ou no  próprio signo, ou em aspecto com  a casa que regem? Se a resposta for sim para alguma das questões, essas casas sofrerão menos os efeitos negativos do yoga.
c) Se Rahu/Ketu estiverem colocados nas casas upachaya (3,6, 11,) em que os planetas maléficos dão bons resultados, os efeitos negativos são reduzidos. O mesmo acontece se, na varga Navamsa, os nodos ocupam essas casas.
d) Ver o Nakshatra que corresponde à colocação por grau e signo de Rahu e Ketu e o estado dos dispositores de Rahu e Ketu. A casa onde os nodos se encontram é, porém, o factor mais importante.
A colocação de Rahu e Ketu nas casas determina os efeitos deste yoga:
1.Kalsarpa yoga Annant- Rahu na 1 e Ketu na 7   e o resto dos planetas situa-se à esquerda deste eixo. Este yoga dá dinheiro inesperado mas é mau para a vida conjugal. As pessoas casam tarde ou têm problemas conjugais. Também pode haver problemas com os negócios e os parceiros de negócios. Mas, para uma pessoa trabalhadora e disciplinada, este yoga pode dar muito bons resultados. Haverá muitas lutas na vida mas a pessoa pode subir pelo próprio esforço.
2.Kalsarpa yoga Kulik- Rahu na 2 e Ketu na 8. Este yoga é mau para a saúde. Pode haver doenças de natureza sexual ou dos órgãos genitais. A prosperidade financeira também sofre. Haverá preocupações financeiras, dificuldade em juntar dinheiro, problemas nos negócios. Pode haver tendência para usar mal o conhecimento oculto.
3. Kalsarpa yoga Vasuki- Rahu na 3 e Ketu na 9 .  A pessoa pode ter que lutar muito para obter reconhecimento e ser alguém na vida. Pode haver altos e baixos com perdas e ganhos súbitos. Os aspectos positivos poderão surgir, no entanto, se o horóscopo for forte e não houver aspectos maléficos para a 9ª casa e o seu regente pois os maléficos tendem a dar bons resultados nas casas upachaya, com o tempo.
4.Kalsarpa yoga Shankpaa- Rahu na 4 e Ketu na 10. Problemas na felicidade doméstica e na felicidade em geral. A  propriedade de terras, casas e veículos é prejudicada. Haverá problemas relacionados com o trabalho, os filhos, o casamento. Mas este yoga também pode dar alto sucesso na vida política e trazer ganhos inesperados de dinheiro se o Sol e a 10ª casa receberem o aspecto de benéficos.
5.Kalsarpa yoga Padam- Rahu na 5 e Ketu na 11. Os filhos e a educação podem ser fonte de lutas e problemas. Também pode haver insegurança emocional causada pela percepção subjectiva de não ser amado. A possibilidade de  ter filhos é ameaçada ou atrasada. O nativo pode ser traído pelos que mais ama ou sofrer fortes desapontamentos por causa deles. Ketu na 11ª pode prejudicar o rendimento financeiro  mas, se o seu dispositor for forte, sendo uma casa upachaya, com o tempo pode haver ganhos.
6. Kalsarpa yoga Mahapadam- Rahu na 6 e ketu na 12. A pessoa tem, geralmente, inimigos secretos  e a sua ocupação pode oferecer problemas. Pode obter muita riqueza através de processos de litigação. Muitas pessoas com esta posição de Rahu são advogados de sucesso. Muitas vezes a riqueza vem através de processos ardilosos em que a falta de palavra e o engano podem ser utilizados. Se a pessoa usar esta energia de forma positiva, tirando partido do carácter mundano do desejo de Rahu, pode ter sucesso  e alcançar influência e poder por ex., na carreira política.
7. Kalsarpa yoga Takshak- Rahu na 7 e Ketu na 1- Causa problemas de saúde, nos assuntos amorosos, nos filhos e no casamento. Haverá muitas lutas na vida e o sucesso será alcançado com trabalho árduo. As parcerias de negócios não são favorecidas. O relacionamento com o sexo oposto pode ser fonte de problemas pois Rahu na 7ª casa torna o nativo alguém dado a  enganar continuamente o parceiro. A pessoa deve focar-se no seu desenvolvimento pessoal com esta posição.
8.Kalsarpa yoga Karkotak- Rahu na 8 e Ketu na 2. O nativo tem muitos inimigos. Pode ter hábitos pouco saudáveis e abusar do fumo e da bebida e  usar linguagem grosseira ou insultuosa. Pode gostar de se rodear de pessoas de carácter duvidoso. A personalidade é afectada , havendo pouca harmonia e impaciência. Há o perigo de acidentes súbitos. A saúde em geral também dá problemas.
9. Kalsarpa yoga Shank Kachood- Rahu na 9 e Ketu na 3. Produz muitos altos e baixos na vida. Pode haver uma generalizada falta de sorte. As relações com o pai e com os irmãos podem ser tensas. A reputação e o bom nome podem ser afectados negativamente.  Mas se o dispositor de Rahu for forte, a pessoa pode tornar-se um pregador ou orador carismático na sociedade, ainda que o seu modo de expressão seja pouco convencional. Pode haver um irmão mais novo com comportamento extravagante ou algum problema mental. Também pode existir pouca coragem no nativo.
10. Kalsarpa yoga Ghatak- Rahu na 10 e Ketu na 4. Tendência para haver altos e baixos na profissão com súbitas subidas e descidas. A pessoa pode ansiar pelo reconhecimento público e profissional e ser obcecada pelo trabalho, não restando tempo para dedicar à família e ao lar. Se o dispositor de Rahu for forte, a pessoa pode alcançar excelentes resultados ao nível da profissão, sobretudo  em abordagens não convencionais. Mas haverá pouca serenidade mental e insegurança emocional. Há tendência para sofrer do coração.
11. Kalsarpa yoga Vishdhar- Rahu na 11 e Ketu na 5. Os jogos e outras formas de especulação podem ser uma fonte de obsessão e tornarem-se um problema. Pode também haver problemas com os filhos e com a educação. Rahu aqui pode produzir ganhos substanciais por meios desonestos ou recorrendo a expedientes discutíveis. A inteligência das crianças pode ser reduzida pela posição de Ketu na 5.
12. Kalsarpa Yoga Sheshnag- Rahu na 12 e Ketu na 6. Este yoga pode indicar o estabelecimento do nativo em terras estrangeiras. A pessoa é invadida por desejos intensos e apaixonados, que a podem consumir internamente . O nativo tem uma imaginação poderosa. Pode haver egoísmo que coloque o nativo em problemas com a lei. A saúde geralmente também sofre. Tendência para gastar e ter situações de dívida crónica. O nativo não gosta de enfrentar conflitos. Pode haver tendência para se envolver em actividades ilegais.