Trânsito de Júpiter 2017-18 Ascendente Touro

Trânsito de Júpiter 2017-18 Ascendente Touro capa

No próximo mês de setembro, mais precisamente no dia 11, Júpiter abandona o signo Virgem, entrando no signo Balança onde irá permanecer até ao dia 11 de outubro. de 2018.

Júpiter estará, durante este novo trânsito, no signo de Balança onde, mais uma vez, estará num signo inimigo embora Vénus não seja inimigo de Júpiter. É Júpiter que sente inimizade contra Vénus pois a sua natureza espiritual é oposta à natureza materialista e sensual de Vénus. Daqui, Júpiter lança aspeto para os signos Aquário, Carneiro e Gémeos. Deste modo, todos os signos de Ar estarão implicados neste novo trânsito de Júpiter e, desse modo, a ênfase será nos conhecimentos, ideias, valores que Júpiter fará expandir para revitalizar os relacionamentos e as interações humanas uma vez que os signos de Ar são, essencialmente, signos humanos e de interação e comunicação. Aprender, ensinar, disseminar esse conhecimento são fatores fundamentais deste novo trânsito de Júpiter. Mais harmonia, diálogo e comunicação com abertura mental poderão ser muito benéficos para a forma como a humanidade em geral e cada um de nós se liga e interage com os outros.

Para ler o artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter, por favor clique aqui.

Efeitos do Trânsito de Júpiter  em 2017-18- Ascendente Touro

Neste novo trânsito de Júpiter em 2017-18 , este planeta  transita na 6ª casa  do horóscopo, uma casa dusthana, pelo que o efeito benéfico depende em grande medida da colocação de Júpiter (e de Vénus, o regente de Balança e do seu Ascendente) no horóscopo natal.  A presença do regente da 8ª e da 11ª casa na 6ª casa ajuda sobretudo os que estão no caminho espiritual e, no plano material pode ajudar a receber dinheiro de herança, legado ou indemnização de forma inesperada, se Júpiter e Vénus estiverem fortes no horóscopo. Quaisquer situações de conflito ou inimizade que existam no trabalho e na relação com colegas poderão agora agudizar-se e, em alguns casos, poderão mesmo originar processos em tribunal. Pessoas que não gostam de si ou mesmo inimigos, poderão atormentar a sua vida e trazer obstáculos de vária ordem. Se Vénus e Júpiter estiverem fortes poderá vencê-los sem dificuldade. Mas espere um stress considerável causado por estas pessoas dissonantes que se cruzarão consigo durante este período, pela desarmonia que trarão ao seu trabalho. Durante este período, mesmo sem razão, muitos colegas, subordinados que trabalham consigo podem desgastar consideravelmente a sua paz mental.  ou porque são desonestos, ou porque têm mau caráter.  Assim, a área do trabalho  vai obrigar a «deixar a sua zona de conforto» ao longo deste novo trânsito de Júpiter e obrigar a confrontar certos tipos de pessoas com as quais talvez não costume interagir de forma habitual.

Sendo uma casa profundamente kármica, encare este trânsito como uma oportunidade única de transformar e ultrapassar «mau karma » que traz do passado, aceitando prestar serviço que ajude algumas camadas mais desfavorecidas da sociedade: pessoas que sofrem algum tipo de exploração, através do trabalho mas também de natureza sexual; que são vítimas de discriminação- de género, de opção sexual, etc., ou que sofrem algum tipo de adição como os toxicodependentes; trabalhadores do sexo e até ladrões, etc.. Sempre que um planeta de trânsito lento transita por uma casa dusthana como é o caso da 6ª, está a na hora de pagar «velhas dívidas» para limpar o caminho e seguir em frente. No caso da 6ª casa, trata-se de prestar serviço a todos os que são, de algum modo, explorados e privados de algo que legitimamente lhes pertence: desde a liberdade, como acontece na servidão, ao pagamento justo pelo seu trabalho. E, não tenha dúvida, todos nós, em algum momento do nosso percurso, já estivemos no papel daquele que constrange, escraviza, explora- outro ser humano ou animal.  Então agora, que Júpiter vai expandir esta área de vida , está na hora de fazer a diferença através de algum tipo de serviço prestado a quem sofre algum tipo de exploração ou de privação dos seus direitos- ou da sua dignidade. Júpiter, o planeta que ensina as lições espirituais a partir do que vivemos aqui na Terra, dará então a oportunidade de renascer através dessa purificação que é aprender a dar e a beneficiar os outros- quaisquer que estes sejam. É  por isso que é a 6ª casa que simboliza todas as formas de ativismo e de luta pela defesa dos direitos- humanos e animais- pois todos os seres que nascem na Terra, sem exceção, têm o mesmo direito a uma vida digna e respeitada.

Os nativos de Touro poderão então, durante este novo ano do trânsito de Júpiter, fazer a diferença na sociedade e granjear prestígio, reputação e novas amizades no plano institucional, pelas atividades filantrópicas que poderão fazer em  benefício da comunidade, trazendo esperança a mais alguns seres que não a tinham. E, com esse prestígio, também se beneficiarão a si mesmos podendo ganhar também mais riqueza, beneficiando-se desse modo também a si mesmos.

Para os que têm Júpiter Vénus (ou um deles) mal colocados ou fracos, este pode ser um ano de luta e  de conflito no local de trabalho, com dificuldade no  trabalho em parceria ou colaboração, enfrentando antagonismos frequentes de outros em relação a si, obstruções em relação à carreira que impedem o alcançar do sucesso merecido e desejado.  E poderá haver stress frequente causado por pessoas invejosas ou mal intencionadas.  O local de trabalho e os colaboradores podem, nessa circunstância, transformar-se numa fonte de  preocupação e de desarmonia na sua vida , se você se deixar envolver nesse clima de discórdia. As despesas poderão igualmente crescer e, por vezes, o dinheiro com que contava poderá não aparecer, pelo menos no momento em que é necessário.  Quando Júpiter e Vénus são fortes no horóscopo você poderá sentir-se imbuído (a) de um impulso novo para lutar pelos direitos de todos os trabalhadores, ajudando a alcançar acordos de caráter institucional que beneficiem muitas pessoas em simultâneo e poderá tornar-se um(a) ativista conhecido(a) na comunidade pela luta em prol de outros. Causas ligadas à defesa dos animais ou da Terra também poderão merecer o seu forte apoio.

No final deste trânsito muita coisa deverá ter mudado na sua vida, sobretudo ao nível do seu comodismo» habitual que tende para a inércia em relação a tudo o que não o (a) beneficia apenas a si e a sua consciência deverá ter-se «alargado» para se focar na ligação à comunidade e no sofrimento de tantos outros que habitam este mundo tal como você mas que não têm, em geral, acesso aos mesmos confortos e bem estar, por uma razão ou por outra. A sua consciência estará agora muito mais voltada para o plano dos «outros», da sociedade normalmente esquecida e desapropriada de tudo, até mesmo da sua humanidade básica e quererá contribuir para mudar isso.

A partir da  6ª casa Júpiter lança aspeto para a 10ª, a 12ª  e a   2ª casa.  A carreira e o trabalho, a forma como tem ganho o seu sustento, o desenvolvimento de novas competências e conhecimentos e a realização de viagens para  locais distantes sofrerão a influência deste trânsito de Júpiter e serão alvo de expansão e transformação, de acordo com a força e o posicionamento de Júpiter no horóscopo.

Durante a primeira fase deste trânsito, quando Júpiter transitar pelo Nakshatra Chitra entre 11 de setembro e 14 de outubro, poderá ser uma fase antagonismo e de conflitos na vida doméstica e no trabalho sendo difícil obter harmonia no relacionamento com os outros, incluindo os parceiros de vida e de negócios pois Marte rege este Nakshatra Mas você derrotará facilmente oponentes e inimigos. Estas dificuldades poderão sentir-se principalmente entre 28 de setembro e 14 de outubro, pois   neste período, Júpiter transita pelo 4º pada que fica no navamsa de Marte sendo deste modo ainda mais forte a influência deste planeta.

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Swati entre 14 de outubro e 16 de dezembro também não será muito positivo pois Rahu impulsiona para «vencer» todas as lutas e antagonismos e leva a pensar essencialmente nos seus próprios interesses. Neste período pode ganhar dinheiro, através de formas pouco convencionais mas que podem ser inovadoras e dar bom resultado. A natureza de subtileza e disfarce de Rahu ajuda também a ganhar através dos inimigos e poderá haver reviravoltas em que estes acabam por se tornar seus amigos (pelo menos por razões de conveniência). Rahu pode gerar grande insatisfação com o emprego atual e mudanças nesta área podem acontecer.  A partir de 16 de dezembro 2017 e até outubro de 2018 Júpiter transita pelo Nakshatra Vishakha do qual é regente e, neste período, tenha cautela com a saúde, alguma situação de doença crónica ou aguda pode aparecer de forma inesperada. O relacionamento com os parceiros- sobretudo o cônjuge- pode sofrer bastante neste período e, em alguns casos, pode haver divórcio ou separação.

Saturno, o planeta lento  cuja ação anda a par com a de Júpiter, está a transitar pela 8ª casa  em Sagitário e a sua ação nesse signo pode também ser decisiva, durante este trânsito de Júpiter, para impulsionar  os processos de transformação profunda promovendo a libertação de karma seguida de uma regeneração profunda de todos os processos emocionais e psíquicos.