Trânsito Rahu Ketu 2017-19- Ascendente Gémeos

transito Rahu Ketu 2017-19 Ascendente Gémeos

Os leitores poderão ler uma introdução geral sobre os efeitos do novo trânsito de Rahu e Ketu pelo eixo Caranguejo/Capricórnio aqui.

A partir do próximo mês de agosto, mais precisamente no  dia 18, os nodos iniciarão um novo trânsito pelos signos de Caranguejo e Capricórnio. Rahu transitará pela 2ª casa e Ketu transitará pela 8ª casa. A 2ª casa é uma casa de aquisição de riqueza e de status, de conhecimento e de desenvolvimento de competências que permitem aumentar o domínio sobre o mundo material, para que se possa crescer nesse mundo e exibir as suas posses, conquistando assim uma posição de relevo na sociedade e a admiração dos outros. É também uma casa que tem a ver com o uso do discurso, com a vida conjugal e familiar e, durante o trânsito de Rahu por esta casa do horóscopo, você vai sentir necessidade de melhorar o conforto da sua família e vai estar muito focado (a) na segurança de todos os tipos.  Rahu impulsionará para aumentar as posses, o comportamento protetor e nutridor em relação aos que lhe são próximos, valorizar a educação e a aquisição de conhecimentos e competências com relevo para a História, o aprofundamento das suas raízes familiares e culturais. A sua atitude em geral irrequieta e sempre em movimento talvez acalme agora para se imbuir do «espírito da terra» em que nasceu, dos seus costumes e tradições, do valor que as propriedades e conhecimentos que adquiriu têm para que se sinta enraizado(a) e para que a família seja mais estável e integrada na comunidade.  Você estará empenhado (a) em ganhar o respeito dos membros da comunidade em que vive pelas posses que detém , pela forma perfeita como cuida da sua família, pelos conhecimentos e competências que adquiriu,  pelas posses materiais que conquistou. E o desejo de reconhecimento a esse nível será muito forte. Você pode recorrer a todos os meios ao seu alcance para adquirir coleções de objetos valiosos de que se possa orgulhar, poderá querer representar papéis que lhe tragam retorno financeiro e prestígio social, sendo este último aspeto um fator fundamental do seu interesse.

Será assim provável que  sinta um impulso forte para ganhar mais dinheiro neste período e para gastar mais, em itens que simbolizem   o orgulho pessoal por tudo o que alcançou e é capaz de alcançar para o conforto da sua família e o aumento do seu status social. Os símbolos de riqueza e de posição social, para além do dinheiro, tendem a ter algum valor subjetivo como os objetos artísticos, livros antigos raros, selos e moedas raras mas também  joias, carros, casas, artigos de luxo e de vestuário podem ser objeto de compras ostensivas e  até exageradas agora, devido à influência de Rahu. Convém ainda ter em conta que Rahu estará em signo inimigo e que, por isso, apesar de poder ganhar bastante neste período, é natural que um sentimento de frustração e/ou insatisfação acompanhe todas as pequenas «vitórias» e fracassos deste período. Rahu estará no signo mutável e inimigo da Lua e isso faz com que os objetivos e linha de comportamento mudem repentinamente e nem sempre com muita lógica e aquilo que parecia muito interessante há um momento atrás deixou agora de ter qualquer interesse. Isto também se vai manifestar na relação com a família: ao mesmo tempo que vai querer aparecer como pai, mãe ou outro membro da família totalmente comprometido com as necessidades desta, vai muitas vezes sentir um enorme fastio e insatisfação pelo relacionamento que tem, querendo mais proximidade, mais intensidade nos afetos, etc..

Os nativos de Gémeos  estarão  muito focados no dinheiro e  nas maneiras de o ganhar e será provável que procurem formas completamente novas de o fazer. Tratando-se  do Ascendente Gémeos, é de esperar que a inteligência e o discurso, a capacidade de escrita e de comunicação ou os dotes de vendedor/comerciante sejam postos ao serviço do aumento do lucro. Atividades como o ensino, a publicidade e o marketing poderão ser usadas de forma inovadora e, em alguns casos, recorrendo a «esquemas» para produzir mais lucro e mais depressa. Poderá também querer subir na vida através da carreira académica ou como autor (a) sendo que, neste período, temas como a família, o dinheiro, a comunicação, os valores patrióticos , as tradições culturais podem ser temas privilegiados escolhidos para falar, ensinar e escrever. Em alguns casos, poderá haver inclinação para  atingir de forma fraudulenta uma posição académica elevada por ex., falsificando  diplomas ou fingindo ter cursos que nunca se frequentaram pois Rahu impele para querer partilhar os privilégios de uma dada elite à qual se quer pertencer.  Fantasias como procurar e encontrar um tesouro, ser um (a) cantor(a) de sucesso (ou escritor(a) de canções), adquirir e gerir uma livraria, experimentar alimentos e bebidas exóticos, caros, acessíveis a muito poucos, podem ser alguns dos prazeres que mais são apetecidos agora.

Por outro lado, se ainda não constituiu família, agora isso vai ser sentido como um «handicap», como uma falha e haverá esforços para alterar isso, uma vez que a família é um dos bens em foco com a passagem de Rahu pelo signo Caranguejo . Quererá assim exibir a sua família como algo que contribui para a sua consagração perante a sociedade e os outros.

Também pensará no modo como tem trabalhado e nos resultados que esse trabalho deu até agora. E se o  contraponto entre o «deve e haver» for desequilibrado, pode agora decidir mudar  o modo como trabalha ou, de forma geral, a forma como ganha o seu sustento. Mais uma vez, pode escolher uma forma não tradicional (e até não conforme com as regras aceites pela sociedade) para ganhar dinheiro. Poderá investir o seu dinheiro em alguma «forma fácil e rápida» para ganhar muito e depressa. Mas, basicamente, trata-se de se concentrar no «ter», no adquirir mais meios, mais recursos, mais dinheiro, etc. É claro que o sucesso de tudo isto depende bastante  das configurações do horóscopo e dos aspetos/planetas que possam estar colocados na 2ª casa ou influenciar esta casa, de forma positiva ou negativa. De qualquer modo, apesar de  mais ganhos poderem resultar , sem dúvida, do maior esforço colocado no seu trabalho e na acumulação de riqueza, não é seguro que isso acontecerá, devendo haver cautela ,sobretudo porque a influência de Rahu na procura do mais elevado status é em grande parte conduzida através de estratégias ilusórias podendo esgotar-se rapidamente o fruto de tão empenhado labor.

Por seu lado, Ketu, transita na 8ªcasa, uma casa de espiritualidade e de transformação emocional profunda, no signo Capricórnio que é o signo da máxima materialidade embora seja também o signo onde se dá a possibilidade de uma inversão dessa tendência porque, ao atingir a máxima materialidade, só se pode avançar em sentido inverso a caminho da espiritualidade e muitas vezes da renúncia aos privilégios do mundo. Ketu está bem colocado no signo Capricórnio pois Saturno restringe, podendo ser o asceta que se disciplina a si mesmo para fazer o que deve, segundo as regras e não o que o desejo impulsiona para fazer. Ketu na 8ª casa  e em Capricórnio pode ser uma posição difícil pois indica um karma que se manifesta através de crises e/ou acontecimentos traumáticos, sendo uma das posições menos  favoráveis de Ketu. Indica ao mesmo tempo um sentimento de perda ou desgosto que pode ser avassalador em relação a apegos remotos do passado, em relação aos quais pode não haver consciência clara no presente.  De certa maneira, «chora» a morte de partes de si mesmo (a) que se foram e deixaram na psique um «vazio» por preencher.  Uma intuição muito aguda também faz com que estes nativos sejam capazes de pressentir processos traumáticos de transformação, como ocorre na morte e podem perder vários seres próximos neste período (não necessariamente devido a morte física). Uma compreensão profunda de todos os processos de perda faz com que este trânsito crie uma espécie de resistência nos nativos que assistem a acontecimentos nefastos de forma algo apática ou anestesiada, como se não lhes dissessem respeito.

O trânsito de Ketu pela 8ª casa pode gerar um afastamento em relação à família do cônjuge e em relação a todas as matérias envolvendo dinheiro, privilégios sociais, conquistas mundanas. Você pode captar de forma fácil e intuitiva todos os «segredos da família»  e ter acesso de forma intuitiva a conhecimentos ocultos mas  poderá permanecer como mera testemunha passiva, sem agir nem tomar posição  em relação a isso. Este não é um bom período para receber heranças ou indemnizações em caso de divórcio,  poucos benefícios haverá.

Acontecimentos catastróficos que surjam nesta altura podem dar-se sem causar grande sobressalto em si pois  você tende a  exprimir apatia em relação a tudo isto ; este não é o momento para  dar atenção à espiritualidade, a uma vida de renúncia ao mundo;  este é o momento para  se  aplicar a melhorar  a sua situação no plano material e no conforto que este pode oferecer a si e à sua família. Esta é a altura de se orgulhar das competências, conhecimentos e recursos que desenvolveu, focando-se em si mesmo (a). Quererá exibir  os bens  que conseguiu pelo próprio esforço e  as competências individuais. Você estará focado (a) em ganhar dinheiro  e quer deixar claro que ele não «caiu do céu» é fruto ou da inteligência,  do treino,  da imaginação e dos esforços individuais. Os aspetos subjetivos das emoções e da espiritualidade não são relevantes neste momento. Por isso, este pode ser um período em que as festas, o comer e o beber de forma refinada, sejam mais importantes do que qualquer outra experiência de subjetividade ou  intimidade.  Para os que têm família, este será o momento em que celebrará a família como algo que é seu e como uma vantagem perante a sociedade.