Um Outro Olhar sobre os Nakshatras- Ardra

um outro olhar sobre os Nakshatras Ardra

O 6º Nakshatra Ardra  ocupa a extensão entre 6º 40’ e 20º do signo Gémeos e localiza-se na constelação de Orion, na «cintura de estrelas», destacando-se a estrela Alfa Orionis ou Betelgeuse e Sírius, a «estrela cão».

A divindade que preside é Rudra, o deus das tempestades. O regente astrológico é Rahu.  O símbolo do Nakshstra  aparece por vezes como uma lágrima, diamante, ou cabeça humana.

A pedra associada com Ardra é  a Hessonite. O temperamento ou Gana  é humano e a primeira motivação é a procura de riqueza.(Artha)

A árvore sagrada para este Nakshatra é Piper Longum popularmente designada, na Índia,  Pippali ou Pimenta comprida.

A Shakti ou poder atribuído a Ardra é o de dominar os animais selvagens e tudo o que é selvagem, ou o poder de obter ganhos através de grande esforço.

Ardra simboliza o funcionamento do espírito no corpo animal, a dimensão animal terrena do ser humano; os seus nativos parecem ter um gosto natural por tudo o que é selvagem.

Ardra  refere-se à condição  animal de existência humana, na qual o homem se reproduz sexualmente e é movido por necessidades básicas como a fome, procura de segurança, sexo. Simbolicamente, é o espírito humano obnubilado pelas «nuvens», associadas ao Nakshatra. Estas pessoas são fortemente apegadas à dimensão biológica do seu ser e têm inclinação para viver perto da Natureza. Têm também os sentidos físicos muito desenvolvidos e sensíveis, aptos para responder rapidamente aos desafios e estímulos do meio. Possuem uma compreensão inata da vida e das suas necessidades e são criativos, podendo ter talento artístico, sobretudo para expressar as forças vitais e a Natureza no seu lado tremendo e furioso. Podem igualmente, os mais intelectualizados, ser investigadores de comportamento animal ou da biodiversidade. Também podem dar-se bem como atores. Dão mais importância às leis naturais do que aos sistemas sociais de ética e moral. Serão mais felizes a viver em contacto com a Natureza, num ambiente semisselvagem do que nas grande cidades. Quando vivem nas cidades, fora do ambiente onde  se podem sentir mais à vontade, podem entrar em comportamentos que replicam estilos de vida perigosos, «segundo a lei da selva».  A regência de Rahu faz com que adotem comportamentos de aparência que podem esconder as reais intenções ou sentimentos acerca do que vivem e dos outros. As características de Mercúrio, regente planetário do signo onde se encontra o Nakshatra, dão-lhes também uma vertente intelectual e discursiva. Gostam de conversar, de escrever e dão bons vendedores e comerciantes.

Ardra  representa a «estrela do sofrimento» e os seus símbolos- uma lágrima , cabeça humana-  representam o pensamento e a sua capacidade para ultrapassar o sofrimento. É considerado um bom Nakshatra para o Ascendente , associado a excelentes capacidades mentais e intelectuais. O regente planetário, Rahu mostra, no entanto, a ação agressiva do Nakshatra, que coloca o indivíduo perante situações difíceis para permitir a «limpeza da alma» através das tempestades da vida.

Os nativos de Ardra elevam-se através da prestação de serviço, podendo dar-se bem em carreiras de medicina, tratando pessoas do estrato mais sofredor e marginal da sociedade como os doentes mentais, os prisioneiros, toxicodependentes, etc.. Podem ser terapeutas da dor, funcionários que lidam com serviços sociais e humanitários das camadas mais desfavorecidas- incluindo prostitutas e criminosos; podem igualmente ser escritores, políticos, professores, relações públicas. Também podem fazer investigação em Física, Astronomia, Química, Matemática ou Engenharia. Nas profissões mais modestas, encontramo-los como talhantes e até mesmo traficantes de drogas, ladrões, exploradores de outros seres, humanos ou animais.  A luta, o controlo ou domínio, são aspetos comuns deste Nakshatra que, segundo Parashara, também   se relaciona com o controlo de inimigos, o uso de drogas e venenos, utilização de instrumentos para prender ou limitar (, incluindo cordas, anulando a força do ser que se domina), coisas relacionadas com o Fogo, exorcismo de espíritos ou aprender as primeiras lições.

As mulheres de Ardra são influenciadas pelas características de Rahu, o regente planetário: têm um ar sensual, exigente, são fascinantes na aparência mas sofrem do «complexo de diva». Possuem uma disposição desagradável, com tendência para criticar continuamente, sempre á procura de erros ou defeitos. São sarcásticas na forma de falar embora a sua inteligência superior provoque a  admiração dos outros. No entanto, é difícil aceitar a sua companhia, pelo referido atrás. Em suma, as pessoas admiram a sua inteligência mas não gostam delas pela personalidade. São extravagante nos gastos consigo próprias . Mesmo quando são generosas com os outros, misturam sempre isso com atitudes de má vontade. Na saúde, tendem a sofrer de doença pulmonar podendo ter tuberculose. São críticas, astutas, dissimuladas, têm educação média.

Os homens são robustos e saudáveis. A forma como se exprimem é puramente física, ignorando muitas vezes o esforço mental de expressão.  É o corpo e a força muscular que os sustenta na existência e, por isso, as profissões de atleta ou trabalhador braçal são comuns, quando o Ascendente está em Ardra. Os menos desenvolvidos são muitas vezes explorados. Muitos são pobres e raramente acumulam riqueza ou vivem de forma confortável. Tendem a desenvolver um temperamento irritável. São elegantes e têm pele morena.. A face é sensual. Possuem boa memória.

Fisicamente, os nativos de Ardra podem ter aparência muito diferente, tanto se encontrando indivíduos de baixa estatura e magros como altos e gordos.

Estas pessoas são responsáveis na realização das tarefas. Revelam bom humor nos encontros sociais e podem ser encantadores embora isso possa acontecer por conveniência. São cordiais com os amigos e a família mas podem ser ingratos em relação a quem os ajudou. Podem ser inconstantes no comportamento. Podem  adquirir conhecimento acerca de muitas coisas mas terão pouca recompensa  ou reputação, segundo os antigos.  Tendem a sentir-se oprimidos pelos problemas do dia a dia, por pequenos que sejam mas,  em face de   grandes dificuldades, mentais ou financeiras, são capazes de manter a cabeça fria. Podem gostar de trabalhar em mais do que num emprego ao mesmo tempo. Podem ter sucesso nos negócios, numa carreira de investigação, podendo ser muito eficientes no que fazem. Mas podem trabalhar em país estrangeiro e longe da família.

O período entre os 32 e os 42 anos será o mais auspicioso da vida, segundo os clássicos. O casamento pode sofrer atraso. Quando o nativo casa cedo, pode ter que viver separado da família, seja por mau entendimento entre cônjuges seja por alguma outra razão que não depende da sua vontade. Mas, quando o casamento ocorre mais tarde, é em geral feliz. O cônjuge terá total controlo sobre o nativo, homem ou mulher.

Estas pessoas enfrentarão problemas na vida mas não deixarão transparecer isso exteriormente. Quanto à saúde, pode haver alguns problemas sérios ao longo da vida. Os nativos podem sofrer  de asma, tosse seca e dores nos ouvidos.

Nativos do 1º pada- 6º 40’  a 10º 00’ de Gémeos- Regente Júpiter. Os nativos recebem uma educação orientada por valores elevados, podem ser professores. São muito ambiciosos e anseiam por mais riqueza material do que a que têm, podendo adotar uma atitude muito sarcástica e amarga, desejando obter mais privilégios e benesses. São inteligentes, curiosos e um pouco aldrabões (subtilmente escondidos, claro). O excesso de sarcasmo e de crítica pode prejudicar os seus desejos e impedir a realização das suas ambições. São excelentes entertainers, com grande sentido de humor que consegue fazer rir facilmente. Os planetas aqui colocados tendem a expandir os efeitos materiais associados aos seus significados.

Nativos do 2º pada- 10º a 13º 20’ de Gémeos- regente Saturno–  Têm habilidade para as coisas mecânicas.  Podem sofrer de bronquite e asma.  São elegantes e de pele morena, têm um rosto sensual. Possuem boa memória, tendência para a crítica, são um pouco aldrabões, embora o possam fazer dentro dos limites legais, explorando «fugas» nas regras ou legislação, usando desse modo as regras e leis em proveito próprio. Gostam de arriscar para ascender a posições mais elevadas, dentro dos limites impostos por Saturno, que impele a respeitar o sistema vigente. Os nativos podem ter uma profissão em que fazem um uso manipulativo da lei como na advocacia, ou interpretação segundo os interesses próprios. Gostam de desenvolver ideias não convencionais acerca da estrutura das leis ou da sociedade, embora não o façam de forma ofensiva, devido á regência de Saturno. Este é o pada onde os aspetos mais negativos do Nakshatra se manifestam. Os planetas aqui colocados trazem má sorte e causam problemas. As ambições materiais andam a par com as frustrações.

Nativos do 3º Pada- 13º 30’ a 16º 40’ de Gémeos- Regente Saturno- Segundo os clássicos, estes nativos são inteligentes e têm disposição alegre. São oradores eloquentes.  Os nativos têm uma natureza bastante física e em geral possuem boa posição social.  Podem aumentar o status usando alguma forma subtil e inteligente de fraude. Estas pessoas integram-se facilmente na sociedade na qual procuram aumentar a sua influência e privilégios., esforços nos quais são frequentemente bem-sucedidos, apesar de  tenderem a considerar que o cumprimento das regras e das leis é para os outros e não para eles, não sofrendo sanções sociais por causa disso. Estas pessoas identificam-se com as classes mais baixas da sociedade , com os menos favorecidos ou marginais mas, ao mesmo tempo, encontram maneira de atrair para si os privilégios das elites sociais. São o típico outsider, em relação aos contextos e regras convencionais. Põem com frequência a sua grande inteligência na formação de «esquemas» para alcançarem os seus objetivos. Podem ascender muito alto na sociedade mas cairão frequentemente de forma estrondosa  dessa posição. Os planetas aqui colocados dão repentinos e curtos picos energéticos capazes de inspirar uma intensa atividade mental.

Nativos do 4º pada- 16º40’ a 20º de Gémeos- Regente Júpiter- Segundo os clássicos estes nativos podem ter interrupções na educação. São extravagantes, adquirem riqueza através de meios legítimos. Não terão uma vida familiar feliz devido a desentendimentos e ao ressentimento do cônjuge por o nativo não alcançar uma posição mais elevada na sociedade. Os nativos são muito aventureiros, extravagantes. Podem alcançar muita riqueza, se Júpiter estiver forte no horóscopo de nascimento. Há tendência para fazer investimentos especulativos de grande monta. Esta é uma posição difícil para o casamento pois há tendência para ser muito crítico e argumentativo, bem como sarcástico e focado n seu  próprio  interesse.  Se Júpiter e Mercúrio estiverem bem colocados no horóscopo, esta tendência crítica pode ser usada para escrever  ou desenvolver alguma atividade profissional em que esta energia argumentativa é necessária (como na advocacia),a vida conjugal pode ter algum alívio.  Este pada relaciona-se com a energia mais compassiva do Nakshatra. Estes nativos sentem necessidade de ajudar os mais infortunados . Os planetas aqui colocados dão em geral resultados positivos.