O 6º NAKSHATRA – ARDRA

Localiza-se entre 6º 40’  e 20º de Gémeos.
É constituído por uma única estrela brilhante da constelação de Orion, Betelgeuse, uma das estrelas mais brilhantes visíveis a olho nu.  
Ardra significa molhado, «carregado com água»  numa alusão simbólica ao ciclo menstrual. (quando Surya (Sol) entra em Ardra, a Terra inicia o seu ciclo menstrual, daí que um dos símbolos do Nakshatra seja uma Lágrima-  a humidade é a característica básica que permite a vida na Terra.
A divindade  que preside ao Nakshatra é Rudra, deus do Trovão  e uma das  encarnações do deus Shiva. 
Este Nakshatra representa  a «yatna shakti»  ou poder de se esforçar para alcançar os seus objectivos. Esta energia impele para o preenchimento dos desejos através do esforço.  Na sua raiz, a palavra  «ardra» está na origem do conceito  de  «árduo».
A divindade Rudra simboliza uma combinação intrincada entre vários extremos : bem e mal, amor e agressão, gentil e duro, criador e destruidor. Esta  simbologia faz de Rudra a expressão divina da dualidade da criação.
A regência de Rahu,  o nodo norte ou cabeça do dragão, acentua  estas características: ele é o poder supremo do domínio e da conquista, a consumação de todos os desejos mas também a tristeza e a desilusão.
De Rudra vem todo o sofrimento, perseguições, raiva e opressão mas , por outro lado,ele também representa  o supremo conhecimento,  a perfeita serenidade e paz.  É simultaneamente o mais terrível e  o mais pacífico. 
Nas vidas dos nativos desta estrela todo este dualismo se faz sentir.  A  Sombra de Rahu traz-lhes muitas  dificuldades, misérias, pobreza, tristeza e flutuações na vida, mudanças e reviravoltas. Mas, apesar de poderem ter que atravessar muitos maus momentos na vida, estas pessoas conseguem manter-se firmes sem abandonar os seus objetivos.
Estes nativos também são pensadores ativos.  E aqui sentimos a presença do regente do Nakshatra  admitido por algumas fontes, Mercúrio.  São muito inteligentes e bons oradores. Têm uma excelente memória  e conseguem adaptar a sua personalidade  aos diversos contextos com que interagem. A sua memória  tanto atua a nível dos factos como dos números.
O Nakshatra simboliza, de resto, o nascimento do intelecto, na sua luta para equilibrar o mental e o emocional. Os nativos de Ardra gostam de analisar as causas das coisas.  Possuem uma mente muito intuitiva, o que os ajuda a enfrentar os obstáculos  que muitas vezes aparecem no seu caminho pois tornam-se capazes de discernir uma ordem mais profunda nas coisas. 
Possuem uma atração  muito forte  pelos prazeres materiais e levam, sempre que podem, uma vida luxuosa.
No seu temperamento,  exprimem a dualidade característica do Nakshatra:  são exteriormente duros, orgulhosos  e mesmo agressivos mas  interiormente são  gentis e sensíveis, este nativo é uma pessoa com grande vivacidade, mas esquivo, tem um coração compassivo e é muito ligado aos seus entes queridos. Por baixo da sua capa de dureza, está sempre pronto para ajudar quem precisa e sem esperar recompensa.
Porém, se lhes são feitas observações pouco felizes, rapidamente respondem de modo crítico e muitas vezes sarcástico. E, como habitualmente estas pessoas  possuem uma voz potente, quando se zangam isso pode ser assustador  para alguns mais sensíveis. Podem ficar muito magoados com  expressões de menosprezo  mas mantêm sempre a sua aparência calma e fria.
Podem não se agarrar muito aos princípios ou valores, mesmo quando acreditam neles, se isso lhes trouxer alguma vantagem para atingir os seus objetivos.
Fisicamente, distinguem-se da multidão. Podem ser gordos ou magros  mais ou menos altos mas  a sua figura tem algo de especial que os faz serem notados.
Entre os 32 e os 42 anos estes nativos poderão brilhar na sua profissão atingindo um ponto importante na sua carreira. 
Estes nativos  muitas vezes casam tarde. Diz-se que, quando casam cedo, poderão ter que viver afastados do cônjuge  por diversas razões.  Por vezes a sua vida conjugal sofre muitas tensões.
Cada PADA acrescenta ainda as seguintes características específicas:
1º PADA- Sagitário Navamsa. 6º 40’ a 10º de Gémeos.
Regente Júpiter. São pessoas nobres, verdadeiras, agradáveis, algumas delas devotas. São inteligentes. Algumas caracterizam-se pelo materialismo, outras pelo controle dos sentidos.
2º PADA- Capricórnio Navamsa. 10º a 13º 20’ de Gémeos.
Regente Saturno. São pessoas sinceras e francas. Algumas são materialistas e passam por muitas frustrações e problemas.  Outras são cruéis e orgulhosas. Podem ter pouca saúde. 
3º PADA- Aquário Navamsa. 13º 20’ a 16º 40 ‘ de Gémeos.
Regente Saturno.  Gostam do conhecimento e da ciência, de fazer investigação, tendo uma actividade mental bastante marcada. Zangam-se com facilidade. Alguns podem ter falhas de carácter, sendo caluniadores.
4º PADA- Peixes Navamsa.16º 40’ a 20º de Gémeos.
Regente Júpiter. São pacíficos, compassivos, muito sensíveis. Alguns podem ser perversos e com mau caráter, odiando os seus próximos e agindo mal. 
GANA(temperamento)- Manusha (humano). A ligação do Nakshatra com Mercúrio  liga o mundo inferior com  o mundo superior na luta humana contra as ilusões.
Segundo o sábio Varamihihira, a influência  lunar deste Nakshstra dá aos nativos   Vaidade, alguma malvadez e muitas vezes ingratidão.

Um comentário em “O 6º NAKSHATRA – ARDRA”

  1. Tenho acompanhado este blog e tem sido uma agradável surpresa. A abordagem Hindu da Astrologia é tão rica e surpreendente. Estou a gostar muito de descobrir esta nova abordagem. Obrigado

Deixe um comentário