Figuras da Ciência- William Herschel Músico e Astrónomo

William Herschel
15 de Novembro de 1738
1h 15 m
Hanover, Alemanha, 52 N 24, 9 E 44
Timezone: m 9 E44 (local mean time)
(Espólio de Lois Rodden)
Herschel foi um músico talentoso que compôs inúmeras peças musicais, incluindo 24 sinfonias mas , curiosamente, a Música levou-o a apaixonar-se pela Matemática e pelas estrelas e ele ficou na história por ter descoberto o planeta Urano, por ter descoberto a radiação infravermelha da luz solar, por ter construído e aperfeiçoado o telescópio de refracção (passou cerca de 16 h por dia a polir e a lixar o seu primeiro espelho telescópico) , descobriu cerca de 2400 nebulosas ou galáxias, os anéis de Saturno , descobriu duas das Luas de Urano, Titania e Oberon, foi o primeiro a perceber que o sistema solar se move através do espaço e determinou a direcção aproximada desse movimento; estudou a estrutura da via láctea e determinou a sua forma de disco; cunhou o termo «asteróide»; fez observações acerca do planeta Marte , relativamente à inclinação do seu eixo e às mudanças nas suas camadas de gelo. Foi eleito «Astrónomo do Rei» e admitido na Royal Society. Produziu e vendeu grande número de telescópios de refracção, sendo o pioneiro das actuais teorias e visão acerca da estrutura do Universo.
A Identidade Básica: Ascendente Leão Lua Sagitário e Sol Escorpião
O Ascendente no signo Leão mostra uma pessoa geralmente alta, com aparência majestosa e dominadora,com testa e ombros largos, constituição robusta e bem proporcionada. A postura algo rígida e direita pode produzir, com o tempo, problemas nas costas.
O signo Leão tem elemento Fogo e energia fixa. Os nativos tendem a ser muito seguros de si, auto-suficientes e independentes. O signo Leão significa, no entanto, o coração e estas pessoas, apesar da sua extraordinária força aparente, precisam de se sentir amadas e apreciadas, necessitando de ter um largo círculo de amigos e de admiradores- o reforço que a admiração dos «fãs» lhes dá é essencial para se sentirem equilibrados e felizes. São generosos e criativos, adoram ser lisonjeados e admirados, são magnânimos e muito leais para com os que amam. Podem ser brutalmente honestos na expressão das opiniões.
Quando ao Ascendente em Leão se associa a Lua em Sagitário também comelemento Fogo mas mutável , a  criatividade e expansividade do nativo é consideravelmente aumentada bem como o seu gosto pela interacção social e uma curiosidade enorme por descobrir os mistérios mais profundos acerca da realidade. A mente do nativo com a Lua em Sagitário é profundamente filosófica e inquisitiva, orientada para a busca do saber e para a sua partilha para o bem da sociedade. Com esta combinação temos uma pessoa profundamente independente, pioneira, alguém que não cabe no estrito mundo do quotidiano e aspira a ir até ao Infinito. Herschel é bem o exemplo disso, pois procurou  no horizonte além do visível os segredos recônditos de uma realidade sem fim.
Apesar de ser capaz de criar laços com a sociedade, esta pessoa mantém sempre a sua própria individualidade e liberdade. Herschel teve a sorte de nascer num tempo em que a sua curiosidade já não foi cerceada como tinha acontecido um século antes com outros grandes astrónomos, que sofreram a perseguição da Inquisição. Por isso, recebeu honras e teve  uma posição de destaque na vida e na sociedade do seu tempo.
O Sol em Escorpião tem elemento Água e a sua energia é fixa. A Água e o Fogo não se misturam e,por isso, a identidade  de Herschel  focou-se  na aquisição de poder para se transformar a si próprio, através das conquistas do conhecimento e das honras que as suas descobertas lhe trouxeram. Escorpião tem a ver com o mistério, com o segredo, as articulações que se dão na realidade a uma escala invisível mas muito real. Simboliza a energia poderosa que penetra todas as coisas e transforma incessantemente o mundo em que vivemos e aquele, mais longínquo, que os nossos olhos não conseguem alcançar mas que é omnipresente por todo o Cosmos.
Os regentes dos três signos desta combinação- Sol, Marte e Júpiter são a «trilogia» das forças da energia criativa e o facto de Herschel ter esta identidade básica talvez ajude a compreender como é que ele transcendeu de forma tão pronunciada o destino do homem comum. Escorpião  relaciona-se com o poder, a regeneração e a transformação, tanto interna como externa e esta combinação indica uma pessoa com um enorme carisma e presença magnética, capaz de influenciar e de conduzir os outros numa nova visão poderosa e reveladora da realidade. De certo modo, simbolicamente, Herschel foi também uma expressão corporizada das forças básicas do Cosmos que lutam pela visibilidade da Luz e originam a manifestação poderosa da criação, ao dar-nos a ver alguns dos maiores mistérios que a envolvem.
As Assinaturas Específicas do Destino no Horóscopo
O regente do Ascendente o Sol encontra-se colocado na 4ª casa no signo amigo deEscorpião . Não é a melhor posição para a vida familiar ou conjugal, tornando a pessoa bastante auto centrada nas suas próprias necessidades ou interesses ou focada excessivamente na carreira em detrimento da vida familiar. O eixo entre a 5ª e a 11ª casa é muito forte neste horóscopo. Na dinâmica das casas, este par significa a interacção entre a criatividade individual e os resultados ou recompensas recebidas como realização dos nossos desejos no mundo.
A Lua  e Vénus  encontram-se em conjunção na 5ª casa uma casa que, entre outros significados, revela os créditos de sorte que o indivíduo traz para esta vida. Dois benéficos nesta casa favorecem a sorte , a fama e o sucesso, bem como estimulam a criatividade e o amor pelo conforto e pelo luxo. Especialmente Vénus, dá uma enorme vontade de ser bem sucedido e de atingir as luzes da ribalta. Enquanto regente da 10ª casa  da fama e da carreira colocado na5ª  Vénus indica que os desejos de fama e de sucesso serão alcançados. A Lua ,por seu lado, enquanto regente da 12ª casa aqui colocado não favorece muito os amores felizes mas pode indicar altruísmo no caminho pessoal, com renúncia a tirar partido meramente egoísta do próprio sucesso. E a vida de Herschel, dedicada à descoberta dos segredos do universo, pode dizer-se que deixou de lhe pertencer para se dar à Humanidade e para a beneficiar.
Saturno  encontra-se colocado no outro lado deste eixo da 5ª /11ªcasas na 11ª casa ,em aspeto total tanto com a Lua como com Vénus.  Uma vez mais,esta posição não favorece a felicidade baseada em aspectos individuais: produz muitas vezes amores infelizes, amigos que se podem revelar falsos, etc. Mas a 11ª casa é também aquela que corresponde à simbólica do signo  Aquário do grupo e da comunidade e o destino (Saturno) de Herschel foi o de privilegiar o bem da humanidade relativamente ao seu bem pessoal e, com isso, alcançou tudo o que desejava na vida. Saturno aqui favoreceu todos os objectivos altruístas da sua vida e premiou-o com todas as honras mundanas e boas condições para alcançar o saber desejado.
Marte também está colocado na 11ª casa  em conjunção com Saturno. Esta posição deMarte  que, como regente da4ª e da 9ª casa é um yogakaraka (capaz de, por si só, produzir altas realizações relacionadas com o sucesso material) é altamente favorável ao sucesso mundano que Herschel atingiu, na satisfação dos seus desejos pessoais. Esta posição de Marte também favorece a inteligência e o amor pelo saber pois o regente da 9ª aspeta a 5ª casa relacionada com essas matérias.
Mercúrio está colocado na 3ª casa favorecendo o espírito de curiosidade, o amor pelas viagens, boas capacidades de comunicação, etc.
Os nodos estão colocados no eixo 12/6 com Rahu na  12ª casa o signo da Lua .É outro aspecto que não favorece o sentimento interior de felicidade pessoal e pode produzir na pessoa um desejo imenso por se transcender a si própria, material ou espiritualmente. Ketu na 6ª casa também produz muitas vezes inimigos (que são facilmente vencidos) e problemas de saúde, por vezes difíceis de diagnosticar. No dia a dia, os subordinados podem causar constantes problemas.
Entre as assinaturas (yogas) presentes, refiro: um yoga Chandra – Mangala,pelo aspecto entre a Lua e Marte , que produz sucesso material e conhecimento acerca dos assuntos mundanos; o yoga Ubhayachara envolvendo Vénus e Mercúrio por se encontrarem, respetivamente, na 2ª  e na 12ª casas a partir do Sol. Este yoga indica que a pessoa gozará de «confortos como um rei»; o yoga Raja/dharma/Karma, entre Vénus e Marte pois Vénus rege a 10ª e Marte rege a 9ª casa e encontram-se em aspeto, o que indica altas realizações e o respeito da comunidade;Saturno e Marte formam um Raja yoga por regerem casas kendra/trikona e estarem em conjunção. Este yoga mostra altas realizações , sucesso e poder no mundo material. Etc.
Confirmação pela Navamsha
O Ascendente da  Navamsha«cai» na 5ª casa do horóscopo natal, mostrando a importância da criatividade , da inteligência e do conhecimento para o destino desta pessoa. Adicionalmente e como a 5ª casa também é indicadora dos filhos, esta casa também mostra sucesso a esse nível e, de facto, o filho de Herschel, John, continuou a obra do pai e foi também um eminente astrónomo.
O regente do Ascendente  Navamsha , Júpiter, encontra-se colocado na 5ª casa, em conjunção com Mercúrio, regente da 10ª e da  7ª, formando deste modo um Rajayoga e comprovando, sem qualquer dúvida, a fama e o sucesso deste nativo. Além do mais, o regente do Ascendente  está em aspeto com a 1ª casa.
Marte  continua na 11ª casa, mantendo por isso o aspeto para a 11ª casa e confirmando uma vida destinada a atingir a fama. Adicionalmente, fortalece-se este significado porque Marte rege a 5ª casa  e está em aspecto com ela. Assim, a realização dos desejos , fama e honras , estão indicadas.
Saturno na 4ª casa confirma uma vida doméstica pouco harmoniosa ou pesada com deveres e obrigações, possíveis problemas com propriedades, etc.
Vénus  e a Lua continuam em conjunção mas na 10ª casa. Vénus rege a 11ª casa dos desejos e dos ganhos , a Lua rege a 8ª.O regente da 11ª casa colocado na 10ª indica indiscutível sucesso na carreira e na visibilidade pública, com todo o estatuto e honras daí advenientes. Já a Lua, enquanto regente da 8ª casa traz frustrações e infelicidade a nível pessoal.
Assim, tanto no horóscopo como na Navamsha  existe uma dualidade entre a imagem pública de Herschel, luminosa e gloriosa de feitos e de fama, e uma zona de sombra, a nível privado e pessoal, de não concretização nem de realização pessoal ou, pelo menos, de grande reserva, como uma vida totalmente escondida dos olhares do público e mantida secreta por Herschel. Talvez se deva interpretar deste modo um conjunto de escritos de Herschel que ele manteve secretos mas que o mostravam para além do homem de ciência que ajudou a fundar a Sociedade Astronómica de Londres, em 1820, dois anos antes de morrer: esses escritos mostravam o seu interesse pelos conhecimentos esotéricos e herméticos, que hoje alguns, com ideia errada sobre o que é a ciência, consideram incompatível com esta.
Quando foi eleito membro da Royal Society (1781) e promovido a Astrónomo do Rei (1782) estava activo o período principal de Rahu (1776/1794), sub-período de Saturno.  Saturno impulsionou-o para um caminho de dedicação ao conhecimento que beneficiaria a humanidade (rege a 6ª casa dos deveres e do trabalho humilde no horóscopo), como forma de atingir o que desejava (Rahu)a fama e o sucesso material. Iniciou durante este dasha de Rahu a exploração sistemática do cosmos na ânsia de conhecer mais e mais acerca do Universo, e continuou essa exploração durante o dasha seguinte de Júpiter (1794/1810). No último dasha da sua vida, o de Saturno recebeu o título de cavaleiro (1816) durante o sub-período de Ketu, presente na 6ª casa do horóscopo, regida por Saturno. Quando morreu, em 25 de Agosto de 1822, estava activo o sub-período da Lua. Saturno é um planeta maraka (capaz de infligir a morte) porque rege, na carta natal, a 7ª casa  e na Navamsha a 2ª e a 3ª todas casas relacionadas com a longevidade e com estatuto maraka. A Lua rege a 12ª  casa no horóscopo de nascimento e a 8ª casa na Navamsha, também relacionadas com o «fim da vida» (12ª)e com a longevidade e a morte (8ª).