Identidade Básica: Ascendente em Balança, Lua em Caranguejo e Sol em Sagitário



Quando o Ascendente está no signo de Balança o nativo é habitualmente alto e elegante, com um refinamento  natural e um sentido estético pronunciado. Apresenta-se habitualmente bem vestido e com muito bom gosto. Aprecia naturalmente tudo  o que é belo, a Arte nas suas várias formas,  procura harmonia em todas as facetas da sua vida. 
O signo da Balança  tem elemento Ar e a sua energia é cardinal. Este signo  simboliza a experiência da união após o conflito, a paz e a serenidade que resultam da superação das diferenças conseguida através do uso da razão e da partilha. Estas características fazem com que os nativos do signo  não saibam lidar com os conflitos ou com  a discórdia. Estas são situações que lhes provocam grande ansiedade e perturbação. Precisam de ter à sua volta e em si mesmos a paz que resulta de tudo estar no seu lugar e com os atributos que lhe são devidos. 
Simbolicamente, estas pessoas  têm muita sensibilidade para procurar implementar a justiça porque têm este sentido inato da igualdade, da justa retribuição a cada um, da partilha companheira que torna todas as parcerias bem sucedidas e aceitáveis. 
Os nativos de Balança procurarão superar todas as situações de conflito e contribuir para restabelecer a justiça social onde ela não existe. Por isso são pessoas muito indicadas para mediar e negociar. Quando algo não está bem, procurarão sempre ouvir a outra parte para, em conjunto, tentarem encontrar uma  solução que seja aceitável para todos de modo a manter a igualdade entre os parceiros. 
O nativo com Ascendente Balança  constrói a sua identidade através das parcerias que estabelece com os outros, para o bem e para o mal. Isto significa que as pessoas com quem se relaciona desempenham um papel fundamental no desenvolvimento  e no  crescimento individual e também determinam até onde e com que eficácia este nativo consegue chegar na vida.
A identidade de Balança é sempre expressa na forma «eu-tu» em que as duas partes desta relação nunca se colocam em alternativa mas surgem sempre em simultâneo: esta é uma identidade feita de processos de identificação com os outros.  A cooperaçãoé o  seu modo natural de ser e de estar no mundo. Sozinho, o nativo do signo Balança sente-se perdido e fora de si próprio. 
A necessidade de estar com os outrospode levar alguns destes nativos a condescender e a abandonar os seus princípios só para agradar a outrem. Ao fazer isto, este nativo perde grande parte da essência do seu modo de ser, que é a procura de um estado de justiça e de equilíbrio baseado na igualdade de direitos e deveres e no reconhecimento  da dignidade  dos parceiros.
 
Ao seguir o outro apenas para  manter a paz entre ambos, este nativo torna-se indeciso, dependente, uma sombra de si mesmo. Torna-se servil e odeia-se intimamente por isso. Quando degenera nestas formas de condescendência , o nativo de Balança pode também facilmente tornar-se indulgente nos hábitos sociais, perdendo-se num ambiente de festas, comida e bebida e no amor pelo luxo. Vive para o entretenimento e para a busca do prazer, incluindo as aventuras sexuais. 
A mente dos nativos de Balança  é habitualmente brilhante e as suas competências para influenciar pelo discurso e pela razão são admiráveis.  Estas competências aliadas ao jeito que têm para os relacionamentos pessoais e a empatia que criam com os outros a esse nível torna-os excelentes conselheiros, professores, terapeutas, etc. O seu amor por prestar serviço social aos outros está também sempre presente.
A Lua em Caranguejo tem elemento Água e energia cardinal.  A sua associação com o signo Balança  não permite que se dê a mistura das duas energias e, se Vénus  tem uma relação neutra com a Lua, esta é inimiga de Vénus.  Estas duas influências mantêm-se deste modo na personalidade cada uma coma sua expressão diferenciada: a introversão de Caranguejo será manifesta em algumas experiências e situações, a extroversão e sociabilidade aberta de Balança manifestar-se-á noutras.
 A Lua em Caranguejo está no próprio signo. Fisicamente,  indica um nativo alto com olhos grandes e movimento enérgico.  A mente significada por este signo tem um forte pendor subjectivo, com grandes capacidades intuitivas e uma poderosa imaginação. Muitas vezes existe também talento musical, poético, para as artes figurativas etc. Deste modo, o lado artístico também indicado por Balança,torna-se mais forte com esta associação: o nativo mostrará uma forte inclinação para as artes, seja do ponto de vista do espectador, seja como praticante de alguma delas. 
A mente combinada de Balança e  de Caranguejo revela poder racional para investigar e raciocinar de acordo com a Lógica e a observação dos factos e a capacidade de ir mais além, numa visão intuitiva que supera a expressão do concreto para comprender a ligação de tudo isso no esquema global da realidade. 
O nativo com a Lua em Caranguejoé naturalmente afectuoso e com necessidade de se relacionar. O seu desejo de cuidar, de ter uma família é complementar do desejo para estabelecer uma parceria de vida de Balança.  Ambos os signos dependem em grande parte das relações pessoais que formam e dos laços afectivos que se tecem nessas relações. Nenhum dos signos é feliz  numa vida de que os outros estão ausentes numa relação directa. Ambos são capazes de influenciar, ajudar, cuidar e todas essas características estão presentes nesta associação. 
No entanto, a Lua em Caranguejo, devido ao seu  temperamento introvertido não se abre aos outros em geral, a sua relação é com o círculo próximo da família e dos amigos, embora possa ter um grupo de amigos bastante alargado. Mas, basicamente, o seu mundo e o seu reduto de segurança são formados pelo lar e pela família que demarca  claramente de todas as outras pessoas. 
 Ela nutre-se desta dependênciaem que sabe que precisam dela e que ela pode providenciar aquilo de que os seus próximos necessitam. Precisa de se sentir indispensável para todos os que ama e, por vezes, este seu amor pode ser um pouco sufocante. Alimenta a dependência dos outros para se saber a si própria como a figura central das suas vidas.  E é capaz de  fazer tudo pela família, sacrificando-se se for preciso, pelo seu bem estar. Por isso também, é facilmente magoada se o seu esforço não é devidamente apreciado e tende, nesse caso, para a  depressão. 
A Lua em Caranguejo pode enfrentar alguns obstáculos na vida mas, basicamente, pode acumular uma riqueza considerável, propriedades, etc. Deverá ter cuidado com os lugares altos, sobretudo junto do mar, pois por vezes tende a ter acidentes. 

O Sol em Sagitário tem elemento fogo e energia mutável e combina muito bem com a energia do signo Balança, originando uma nova dinâmica. O signo Sagitário indica uma pessoa independente e com um gosto inato pela liberdade. Este aspectocontrapõe-se à tendência para a dependência emocional que existe  tanto no signo de Balança como de Caranguejo.  Assim, devido à influência de Sagitário, será de esperar, a menos que a Lua e o Ascendente sejam mais fortes no horóscopo, que esta pessoa seja mais autónoma e mais capaz de fazer coisas individualmente do que é natural nos outros dois signos. 
A natureza social do nativo também é fortalecida com a associação com o signo Sagitário. Este signo indica uma pessoa muito idealista e orientada para as questões espirituais. Neste ponto coincide com o interesse de Caranguejo que, naturalmente, é inclinado para estas matérias. Mas Sagitário não apenas gosta de conhecer e aprofundar os mistérios sobre a realidade, também gosta de falar sobre eles , ensiná-los ,discuti-los com os outros. 
Tal como Balança, Sagitário também procura a união, mas não a união entre duas pessoas, ele procura a união entre os princípios, entre o finito e o infinito, o mortal e o divino, procura encontrar fundamentos que justifiquem que não existem seres isolados no universo, que tudo está interligado. Assim, complementa o esforço representado por Balança, no sentido de procurar mais justiça. A justiça de Balança é, no entanto, mundana mas a de Sagitário faz a ponte entre a justiça dos homens e a justiça cósmica. 
Balança simboliza o mundo humano civilizado e harmonizado através das normas, da lei, das regras sociais; mas Sagitário  vai em direcção ao transcendente e procura  as leis cósmicas que não são feitas pelos homens mas são leis naturais e universais. 
Não admira, portanto, que Sagitário tenha a obsessão pela «verdade» e pelo desejo de desmistificação de todos os dogmas que resultam dos valores convencionais desenvolvidos por cada sociedade: ele deseja ir mais fundo, ao ponto em que  todos os valores humanos encontram a sua justificação última e que são as leis cósmicas a que, segundo os sábios antigos, os próprios deuses têm de  obedecer.
O desejo de liberdade do signo Sagitário resulta exactamente da consciência do carácter relativo das crenças e  dos comportamentos sociais. Ele deseja manter-se livre para não confundira perspectiva com a visão do todo, para aumentar a compreensão e  o conhecimento e poder, desse modo, aproximar-se de uma compreensão mais verdadeira dos fundamentos da vida. 
Por isso não se apega às rotinas e estuda filosofia ou outro saber espiritual  e vai pensando incessantemente sobre as suas próprias experiência para derivar delas um novo saber. Sagitário tem a consciência da relação entre a verdade e o «todo » e, por isso, privilegia o colectivo em relação ao individual: o progresso da humanidade é mais importante do que o progresso de um indivíduo só. É por isso capaz de se envolver em reformassociais e políticas e é muitas vezes generoso no serviço que presta aos outros. 
A Lua em caranguejo é, neste aspecto, o elemento que individualiza mais esta pessoa, centrando-a no núcleo fundamental da sua família. Mas, globalmente, esta é uma personalidade que vive do relacionamento com os outros e das actividades de cooperação que consegue estabelecer com eles.

Deixe um comentário