Os Signos do Zodíaco- Leão

leo

Os Signos Fixos: Leão

Leão simbolicamente é o farol que espalha a luz ao seu redor. Deseja partilhar a sua luz com os outros embora a experiência central da sua vida seja a de se centrar sobre si próprio e as suas experiências. Leão representa o desenvolvimento do self  que transcende o mero plano do egoísmo  para se encontrar numa dimensão superior de vida interior trabalhando as  competências que definem a individualidade.

O nativo de Leão  confia nas suas crenças e no poder de inspirar os outros levando-os a segui-lo.  E aqui podemos observar que, nos nativos menos evoluídos, existe a tendência para se considerarem o centro do mundo e da sabedoria, desenvolvendo  um grande ego assente na vaidade e  no orgulho das qualidades pessoais.

Estes nativos gostam de dominar e de controlar os outros, rodeando-se  muitas vezes de pessoas com personalidades mais fracas do que a sua para não lhes fazerem  sombra e lhes permitirem  ver-se como um sol  central a quem os outros devem prestar homenagem.

Mas os nativos mais elevados estão a desenvolver o seu self  espiritual. A natureza sattvic  do signo permite que este  se afirme pelos valores elevados e nobres que inspiram os outros a serem mais verdadeiros e altruístas. Mas, apesar de se guiarem por valores elevados, estes nativos tendem sempre a centrar-se em si próprios.

Leão  representa o desafio de explorar as dimensões do ego desenvolvendo as suas formas de expressão e de criatividade no mundo. Deste modo, Leão aprende a importância do uso da vontade como afirmação do «eu» e o poder inspirador  da luz na expressão criativa.

O nativo de Leão vê-se e sente-se a si próprio como uma presença irradiante que ilumina os que o rodeiam. No íntimo de si próprio vê-se com um Sol irradiando a sua energia naturalmente  atraindo os outros para a sua órbita.

Isto tanto pode ser entendido  de forma elevada, como alguém que procura criar nos outros o impulso para se elevarem acima da mesquinhez e se tornarem seres nobres guiados pelos princípios espirituais, como pode resumir-se a um narcisismo  vazio em que o nativo se vê no espelho de si próprio como alguém que necessita da lisonja e do aparato das festas externas para reconhecer o seu próprio valor.

Leão tem o potencial de se elevar acima do egoísmo recebendo em si a luminosidade que ultrapassa o ego mundano para se  centrar numa verdade maior e mais espiritual.

Em cada nativo de Leão  trava-se uma luta entre as formas de expressão egoístas e a sua expressão altruísta, dramatiza-se  e polariza-se  a pessoa, nesse jogo entre a generosidade, a magnanimidade e a   humildade e a arrogância, a vaidade e o culto narcisista de si mesmo.

Leão possui uma inteligência poderosa e tem uma consciência inata do seu poder  e do poder dos outros, procurando sempre colocar-se numa posição hierarquicamente superior: ele é o centro  e os outros são a sua audiência.

Leão aprecia a tradição e pode defender teimosamente as crenças que partilha, por mais críticas que estas provoquem por parte dos outros. O nativo continuará a defendê-las firmemente, revelando a sua autoconfiança e orgulho pessoal. Como os restantes signos fixos, uma vez decidido a fazer alguma coisa, ninguém o demove: coloca  todas as energias no alcançar do que pretende.

Os mais evoluídos têm uma personalidade magnânima e uma atitude nobre, acompanhada de uma personalidade radiante, fortalecida por uma vontade forte.

Os menos evoluídos deixam-se cair facilmente nas armadilhas da vaidade e da arrogância, mostrando um temperamento volúvel e permeável à lisonja, revelando impaciência  e uma natureza presunçosa.

Os nativos de Leão não gostam de trabalho manual. Dar-se-ão bem em cargos de autoridade e de poder, incluindo a Política, embora alguns possam tornar-se verdadeiros tiranos nessas funções de direcção se se deixarem inebriar pelo gosto do poder e pela auto- admiração narcisista. São muito bons organizadores e podem ser inovadores no lançamento de novos projectos.

Compatibilidade com Outros Signos

Leão simboliza a aprendizagem de todas as facetas da  individualidade por isso, para que os seus relacionamentos deem certo, precisa de encontrar um parceiro que lhe dê uma margem razoável de liberdade e que esteja disposto a deixá-lo brilhar como centro da relação. Com Leão é muito difícil conseguir um relacionamento em que as duas pessoas tenham direitos iguais porque a necessidade que  Leão  tem de ser o centro das atenções faz com que ele tente ser dominante em qualquer relação em que se envolva.

A melhor compatibilidade é com os signos de Fogo e de Ar, sendo muito problemático harmonizar as energias deste signo com os signos de elemento Terra e Água. Abre-se uma excepção para Caranguejo, regido pela Lua, pela complementaridade com a energia solar. Caranguejo nesta relação segue Leão e é receptivo ao seu poder criativo sem oposição enquanto Leão tem oportunidade de brilhar e de ser o líder incontestado. Completam-se um ao outro como os princípios básicos Yin e Yang.

Com Carneiro há uma grande compatibilidade, partilham os mesmos gostos e estão ambos de acordo em relação ao que não gostam. A sua visão do mundo tem muito em comum. Porém, ambos são muito autocentrados e isso mostra um ego forte em cada um. O relacionamento será bem sucedido se ambos conseguirem encontrar um compromisso.

Com o signo Gémeos também pode haver uma relacionamento forte apesar de Leão se poder sentir algo humilhado, de vez em quando, com os enormes conhecimentos da pessoa de Gémeos mas ,normalmente, estes dois signos sentem-se muito bem um com o outro.

Com o signo de Leão tanto pode haver uma relação poderosa como uma luta desenfreada causada pela vaidade mútua a nível pessoal e pela tendência para entrarem em lutas de poder (só um pode ocupar o lugar central).

Com Balança  também há  compatibilidade.  São complementares e ambos românticos ainda que o excessivo autocentramento de Leão possa, de quando em vez, chocar com a necessidade de justiça e de igualdade de Balança.

Com Sagitário também pode haver um relacionamento bem sucedido, com excitação e sentido de aventura. É uma relação onde não há aborrecimento nem tédio. Existe uma boa química física e excelente compreensão mútua. Partilham ambos a paixão de viver a vida.

Com Aquário também pode haver compatibilidade mas este relacionamento pode acordar  a tendência de ambos para se centrarem em si mesmos. A relação obriga a controlar o ego de cada um.

Função energética: Sattva (motivado primariamente para fazer o bem): Fixo: prefere aperfeiçoar algo já começado do que iniciar algo novo.

Elemento: Fogo

Polaridade energética: Positiva

Descrição simbólica: Quadrúpede, compleição branca. Tem 4 pernas  o que mostra capacidade elevada para se mover para a frente e perseverar perante obstáculos difíceis

Regente :Sol. Mostra um rumo poderoso na vida.

Cor: Dourado, laranja, vermelho, branco.

Pedra preciosa: Rubi, Sardónia, Diamante, Âmbar, Peridoto, Onix Estrela.

Nºs de sorte : 1,4, 10,13,19,22.

Resultados auspiciosos: é forte durante o dia.

Direcção espacial : Oriente

Parte do corpo: Coração, a aorta, a veia cava, a região dorsal da espinha, o metabolismo do fígado e a medula espinal, as costas e o antebraço. Estruturalmente rege as 12 vértebras dorsais.

Classe: Guerreiros  (Kshatriya)

Outra caracterização– Sirsodaya: Levanta-se com a cabeça  em primeiro lugar.

 

Deixe um comentário