Os Signos do Zodíaco – Sagitário

 bta

Os Signos Mutáveis: Sagitário

O carácter dual da energia de Sagitário é diferente de Gémeos– porque não enfrenta tantas contradições – e de Virgem– porque não é tão autocentrado. Sagitário possui um dinamismo que é consciente da sua direção : ele procura controlar as forças da natureza com o fogo que é a sua energia.

Sagitário procura ir em frente, desbravando o caminho que lhe aparece, por mais obstáculos que este possa ter, para desenvolver as infinitas possibilidades à sua frente. É completamente consciente da sua personalidade e do meio em que esta se move. Sagitário agarra-se ao que é verdadeiro e real e procura controlá-lo para seguir em frente  na exploração das suas possibilidades de ser.

É corajoso e audaz, mas orienta-se pela verdade, que lhe ilumina o caminho quando segue em frente; não persegue um sonho  cego, avança com conhecimento, com experiência, sabedoria e lógica. Deste modo, Sagitário representa um rumo certo e definido na utilização da sua energia, num percurso calmo e focado. Procura harmonizar o seu percurso externo de ação com  o seu eu interno baseado em valores de verdade, de  harmonia e de  liberdade.

Os nativos de Sagitário  procuram o «longínquo»: seja no exotismo das crenças, da cultura e dos modos de ser de um país distante, seja na profundidade do seu pensamento quando tentam compreender filosoficamente algum aspecto da realidade.

Sagitário sente necessidade de mudar, o seu símbolo- metade homem metade cavalo- mostra a evolução da animalidade no homem para uma forma de expressão mais espiritualizada  e mais refinada. Deste modo, este signo tem flexibilidade para desafiar as próprias crenças e noções subjetivas de verdade, submetendo-as ao crivo da sua experiência direta e à sabedoria que por esse meio acumulou.

A aprendizagem da alma, em Sagitário, é a da fundamentação das suas experiências ,recorrendo não à fé cega e acrítica, nem ao poder discriminativo da razão, mas ao poder extraordinário da sua intuição. A natureza espiritual da sua energia (sattvic) impele-o a procurar a verdade que é mais do que  um conceito puramente lógico porque, em Sagitário,  a verdade assume um objetivo de síntese e de unificação ou de união.

A verdade que Sagitário procura é bem diferente da de Gémeos- fundada no poder racional e no discurso- ou de Virgem- fundada nas evidências fácticas do quotidiano empírico: a verdade que Sagitário persegue é a que  se refere à sabedoria, ao fundamento que mostra a união entre todos os aspectos essenciais  da realidade, quando deixamos de lado  o caráter secundário e instrumental com que nos servimos  das coisas no dia a dia.

A intuição permite a Sagitário apreender a verdade essencial das coisas  e é nessa perceção de verdade que ele funda as suas crenças e desenvolve a sua fé. O otimismo de Sagitário não resulta de uma fé cega e vazia: ele sente, no âmago de si próprio, os laços que unem todos os seres e todas as coisas para lá das aparências mundanas que parecem separá-las.

É baseado na confiança dada por essa verdade intuída que Sagitário determina a sua direção firme, combatendo o dogmatismo e o fanatismo da ortodoxia vigente quando esta em vez de unir e dar esperança, separa e gera violência e destruição.

Os nativos de  Sagitário vivem esta simbólica nas suas vidas, não se deixando abalar pelos obstáculos e pelas dificuldades; são enérgicos e cheios de vitalidade ,mantendo o optimismo apesar das dificuldades.

Estes nativos são joviais, bondosos, bem humorados e generosos. Amam a verdade e detestam a mentira. Isto faz com que tenham muitas vezes pouco tato ao falar com os outros porque a sua necessidade de desmascarar todas as formas de mentira e de  ilusão fá-los muitas vezes dizer o que pensam sem pensar se os outros estão preparados para  ouvir. Isto pode causar vários embaraços a nível social, embora estes nativos só se apercebam disso depois dos «estragos» feitos ao nível da interação.

O grande otimismo de Sagitário, sempre pronto a ver o lado bom de todas as coisas e a menosprezar os aspectos mais negativos pode de vez em quando virar-se contra o nativo, dando-lhe uma «cegueira» funcional nas situações em que  os aspetos bons são inexistentes e em que seria mais realista admiti-lo. Sagitário recusa sempre abandonar uma situação porque gosta de mostrar que tudo o que é negativo pode mudar e revelar-se, pelo menos em parte, positivo. Precisa de aprender que por vezes não é assim.

Sagitário é o signo viajante do Zodíaco. A imensa curiosidade associada ao signo, o desejo de aprender e de  aprofundar os seus conhecimentos pela experiência de vida que conduz à sabedoria leva-o a gostar de conhecer lugares distantes  e pessoas de outras culturas com modos de ser e valores diferentes. É o caminhante a descobrir-se a si mesmo ao mesmo tempo que descobre o mundo. Gosta de fazer amizades e de se relacionar  com estrangeiros.

O espírito jovial, leal e honesto de Sagitário, à mistura com um enorme entusiasmo leva-o a gostar de interagir com os outros sendo muito fácil apaixonar-se e ligar-se a outros. Apaixona-se com grande facilidade. O problema é que a sua necessidade constante de novos estímulos pode fazer esfriar qualquer relação existente, a menos que esta seja estimulante a nível intelectual e emocional, permitindo-lhe o desenvolvimento espiritual profundo de que necessita. E desde que a sua liberdade seja respeitada pelo parceiro. Sagitário precisa de se sentir livre.

Este signo aprecia os espaços abertos, a aventura e os desportos de ar livre. Por isso, quer ao nível da relação amorosa com um parceiro, quer ao nível da vida profissional, estes nativos precisam de manter  o seu próprio espaço e liberdade e é impossível prendê-los: cortam de imediato com a interação.

Ao nível da carreira, Sagitário pode ser um excelente professor, orador público, pregador, político, investigador e cientista, trabalhar na edição e na  publicação,  ser juiz, advogado e em todas as profissões que impliquem a interação internacional com outros povos/culturas e as menos convencionais associadas à exploração da natureza, aos  estudos de Antropologia, etc.

Os nativos com Ascendente em Sagitário  experienciam uma vulnerabilidade  em relação à morte e aos processos de regeneração e  as mudanças de vida e da sua capacidade para lidar com essas questões uma vez que a Lua rege a 8ª casa. Para compensar isto o nativo pode ligar-se a um sistema de crenças em que deposita a sua fé (o Sol rege a 9ª casa) para se sentir em segurança, ou, para os mais evoluídos, pode levar a uma intensiva procura filosófica de saber que lhes permita uma compreensão fundamentada daqueles processos.

Compatibilidade com os Outros Signos

Sagitário dificilmente se adapta a um relacionamento familiar tradicional pois sente-se espartilhado no seio das relações familiares controladas. O seu romantismo e lealdade fazem dele um parceiro confiável mas é necessário deixá-lo livre e sem demasiados condicionamentos.

Sagitário  tem boa compatibilidade com os signos de Fogo e de Ar.

Com Balança e Aquário existe um excelente estímulo intelectual e partilha de muitos valores. Com Balança Sagitário deverá ter alguma sensibilidade pois é um signo que necessita de uma interação mais pessoal mas basicamente pode ser  uma relação mutuamente estimulante.

Com nativos de Sagitário a interação é muito compatível embora nada tradicional! Mas, para quem deseja uma vida cheia de Aventura e  de novos estímulos, esta é a indicada. Terá que haver, no entanto, de parte a parte, algum controlo no excesso de otimismo e idealismo: ambos necessitam de algum equilíbrio que os ajude a pôr os pés na terra quando se tornam demasiado românticos e ingénuos nas expetativas, trazendo-os para a realidade.

Com Carneiro e  com Leão pode haver  relacionamentos interessantes, se bem que não isentos de algum atrito, sobretudo com Leão, demasiado centrado em si próprio: a tendência de Sagitário para falar sem pensar e dizer a verdade em todas as circunstâncias pode amachucar o orgulho e a vaidade de Leão e afastar Sagitário sem grandes delongas: Leão centra-se em si , Sagitário vê sempre o horizonte mais distante, que é para onde quer ir. O espírito pioneiro e aventureiro de Carneiro é mais compatível com a maneira de ser de Sagitário, descontado o autocentramento deste último, que está a explorar os recantos da sua identidade.

Função energética: Sattvic  (motivado primariamente para fazer o bem).

mutável: prefere abrir-se para as múltiplas possibilidades da vida  ao mesmo tempo que está apto para começar algo novo ou para aperfeiçoar algo já começado.

Elemento: Fogo

Polaridade energética: Positiva (dado à acção e à vida externa).

Descrição simbólica:  Tem compleição clara .Bípede/Quadrúpede.  Tem 2 pernas na 1ª metade , o que significa que tem capacidade média para se mover para diante na vida mas é mais adaptável do que os signos quadrúpedes: move-se lateralmente de forma mais rápida do que estes. Quadrúpede  na segunda metade  desenvolvendo estabilidade e força mais tarde.

Regente: Júpiter. Mostra uma vida guiada pela inspiração  e optimismo.

Cor: Todos os tons púrpura; branco, creme, laranja, azul claro, verde.

Pedra preciosa: Safira amarela ,Topázio.

Nºs de sorte :  3 é o mais forte; também 5,6,,12, 21, 30,33,42,51,60

Resultados auspiciosos: É forte durante a noite.

Direcção espacial : Oriente

Parte do corpo:  Rege os quadris, coxas, nádegas, músculos glúteos, região sacra da espinha, vértebra do cóccix , nervos ciáticos.

Classe: Guerreiros (Kshatriyashya)

Outra caracterização– Pristodaya: Levanta-se com as costas  em primeiro lugar.

Deixe um comentário