Trânsito de Rahu e Ketu 2014-Ascendente Virgem

fit

Rahu a transitar pelo signo de Virgem levará as pessoas a desenvolver esforços para aperfeiçoar a sua relação com o trabalho e com os ambientes do quotidiano, podendo gerar uma atitude muito crítica sobre estas áreas. Também levará à tomada de consciência da necessidade de mudar maus hábitos alimentares e de estilo de vida, chamando a atenção para a necessidade de viver uma vida mais saudável e diferente dos padrões  maioritariamente aceites – Rahu procura sempre alguma via diferente da que é defendida pelas regras aceites. Haverá uma insistência na organização e nas questões de pormenor e a pessoa quererá aperfeiçoar aquela área de vida correspondente à casa ocupada por Rahu em trânsito. Nessa área, Rahu fará sentir descontentamento e vontade de melhorar ou aperfeiçoar. Os assuntos representados por essa casa serão objeto do interesse, dos desejos ou ambições da pessoa.

Por outro lado, a posição de Ketu no signo de Peixes está em consonância com o lado ascético de Ketu e reforça  o significado de libertação e de desejo de salvação representado por Ketu. A área de vida onde se encontra Ketu em trânsito será objeto de «desligamento» não havendo iniciativas para produzir concretizações dessas áreas na vida material. Pelo contrário, Ketu leva a pessoa a ignorar essa área, que não é por isso objeto de perceção atenta, passando despercebida à consciência imediata, ao mesmo tempo que a pessoa aspira a uma vida mais espiritual, sentindo que aquelas coisas representadas pela casa onde Ketu está localizado não lhe fazem realmente falta pois já as desenvolveu suficientemente.

Assim, são as seguintes as tendências do trânsito de Rahu e Ketu para o Ascendente Virgem:

Efeitos do trânsito de Rahu  e  Ketu em 2014 para o Ascendente Virgem

Rahu transitará pela 1ª casa do horóscopo enquanto Ketu transitará pela 7ª casa.  Rahu na 1ª casa e no signo de Virgem indica um período de intensa consciência crítica  do nativo em relação a si próprio. Todos os aspetos da sua vida, a sua imagem física, a sua saúde, vão ser escrutinados impiedosamente. A pessoa revelar-se-á insatisfeita com todos esses aspetos, que quererá obsessivamente melhorar. Nesta altura poderá dedicar-se intensivamente a frequentar o ginásio para aperfeiçoar o corpo, dedicando grande parte do seu tempo nessa atividade. Poderá também querer mudar totalmente a sua imagem e, para isso, mudar hábitos alimentares e estilo de vida. Se até agora o estilo de vida tiver sido sedentário, poderá agora  ser marcado pela realização de exercício físico intenso, como jogging, ginástica… as atividades diárias  podem começar mais cedo e, em vez de ir direta para o duche e a seguir para os seus afazeres quotidianos, a pessoa reserva uma hora diária para, por ex., correr pelo parque. O tipo de alimentação também pode mudar muito :todos os excessos  alimentares que a pessoa reconhece como causando danos à saúde ou à deterioração do corpo, são recusados: pode começar a pensar numa alimentação «alternativa» como o vegetarianismo, aderindo aos seus princípios e argumentos de base pois o desejo de purificar o corpo e a mente será muito forte. Adicionalmente poderá frequentar cursos associados ao uso mais saudável dos alimentos, para aprender a prepará-los da forma correta e ligar-se a pessoas que seguem o mesmo percurso. A saúde também será vista no sentido de ser uma prática preventiva e um estilo de vida, ao invés de ser uma forma de remediação de males ou de doenças já instaladas. Este nativo ver-se-á a si mesmo como desempenhando um papel principal , como sendo o protagonista da própria saúde e por isso poderá começar a intensificar práticas de saúde alternativa, que preferirá ao uso da medicina tradicional.  Poderá mesmo, no desejo de aperfeiçoar esta área, começar a frequentar algum curso – ou aprofundar algum que tenha feito no passado- que o ajude a encontrar formas  de se manter saudável no dia a dia, antes que o estado de doença se instale e desenvolva sintomas físicos. Nesta linha poderá mesmo iniciar a prática de  atividades como yoga, não pelo intuito do desenvolvimento espiritual, mas por considerar que essas práticas são excelentes auxiliares para a  sua saúde global. O signo Virgem tem a ver com organização e aperfeiçoamento e estes princípios serão metodicamente aplicados a todas as áreas que definem a identidade pessoal. O sentido da vida e o seu propósito deverão agora ser definidos de forma clara para a pessoa, que não suportará «estar às escuras» em relação ao que quer da vida nem em relação ao que está disposta a fazer para o alcançar. Neste momento, o «plano de vida» da pessoa pode mudar mas, ao longo dos 18 meses que aí vêm, ele vai estar muito claro e definido e a pessoa saberá exatamente o que quer da vida.

  Durante  os 18 meses deste trânsito  o indivíduo estará concentrado em si próprio como o interesse máximo da sua vida agora. Ketu estará a transitar na 7ª casa,  que lida com as parcerias e com o casamento e ajuda a reforçar este auto interesse pois vai «desligar» a atenção da pessoa em relação aos assuntos da 7ª casa. Os que têm uma vida conjugal formada  deverão estar alerta em relação a este aspeto para conduzirem com diplomacia esta tendência pois o parceiro/cônjuge poderá sentir-se muito negligenciado durante este período. O foco da pessoa em si mesma é uma necessidade  fundamental agora e uma necessidade no sentido kármico, podendo mesmo surgir sob a forma de eventos que obriguem a pessoa a focar-se em si própria mas deverá haver um esforço para mostrar ao parceiro ou cônjuge que isso não significa falta de interesse nem de afeto em relação a ele. Se  este cuidado  não existir ou se o parceiro não estiver consciente desta tendência, poderão gerar-se sequelas que podem efetivamente minar o relacionamento durante este período.

Ketu na 7ª casa   vai gerar uma inércia em relação a esta área de vida e   fará sentir à pessoa que ela já se dedicou durante muito tempo ao relacionamento  e  agora está na altura de  ela olhar para si própria e de cuidar de todos os aspetos que negligenciou até ao momento em relação a  si mesma. Se a pessoa esteve a residir no estrangeiro ou se estabeleceu laços afetivos ou de negócios com pessoas estrangeiras ou em países estrangeiros, esses aspetos agora poderão sofrer uma reviravolta, com a falta de interesse ou de verdadeira atenção do nativo. Esta será por isso uma altura em que os relacionamentos de todos os tipos serão postos à prova. E serão alvo do crivo analítico da mente destes nativos, num escrutínio para averiguar exatamente qual o seu contributo para melhorar a sua vida neste ou naquele aspeto. E só os que tiverem um resultado positivo aos olhos desta análise  terão uma base certa para continuar.