Trânsito de Rahu e Ketu 2014- Ascendente Aquário

cams

Rahu a transitar pelo signo de Virgem levará as pessoas a desenvolver esforços para aperfeiçoar a sua relação com o trabalho e com os ambientes do quotidiano, podendo gerar uma atitude muito crítica sobre estas áreas. Também levará à tomada de consciência da necessidade de mudar maus hábitos alimentares e de estilo de vida, chamando a atenção para a necessidade de viver uma vida mais saudável e diferente dos padrões  maioritariamente aceites – Rahu procura sempre alguma via diferente da que é defendida pelas regras aceites. Haverá uma insistência na organização e nas questões de pormenor e a pessoa quererá aperfeiçoar aquela área de vida correspondente à casa ocupada por Rahu em trânsito. Nessa área, Rahu fará sentir descontentamento e vontade de melhorar ou aperfeiçoar. Os assuntos representados por essa casa serão objeto do interesse, dos desejos ou ambições da pessoa.

Por outro lado, a posição de Ketu no signo de Peixes está em consonância com o lado ascético de Ketu e reforça  o significado de libertação e de desejo de salvação representado por Ketu. A área de vida onde se encontra Ketu em trânsito será objeto de «desligamento» não havendo iniciativas para produzir concretizações dessas áreas na vida material. Pelo contrário, Ketu leva a pessoa a ignorar essa área, que não é por isso objeto de perceção atenta, passando despercebida à consciência imediata, ao mesmo tempo que a pessoa aspira a uma vida mais espiritual, sentindo que aquelas coisas representadas pela casa onde Ketu está localizado não lhe fazem realmente falta pois já as desenvolveu suficientemente.

Assim, são as seguintes as tendências do trânsito de Rahu e Ketu para o Ascendente Aquário:

Efeitos do Trânsito de Rahu e Ketu 2014 para o Ascendente Aquário

Rahu transitará pela 8ª casa e Ketu transitará pela 2ª. Este não será um trânsito fácil pois a pessoa pode sentir em muitas  ocasiões  que lhe tiram o tapete debaixo dos pés e ela fica sem qualquer apoio, tendo que improvisar uma forma qualquer de resposta para algum problema ou evento desafiador. Esta é uma das posições de Rahu que pede uma análise global do horóscopo para determinar melhor os possíveis efeitos deste trânsito. Porém, ao transitar por esta casa, Rahu obriga a pessoa a efetuar uma transformação profunda em si própria, de tal modo que todas as suas bases de segurança anteriores são postas à prova e, provavelmente, serão  destruídas. Ao mesmo tempo, vai criar a  necessidade de buscar novos conhecimentos, ligados ao oculto, ao esoterismo, vai  levar talvez a descobrir neles uma nova fonte de desenvolvimento e de poder pessoal. O tema da morte vai também ficar em evidência: se a pessoa até agora evitou pensar na morte como  o último evento da vida humana e «esqueceu» essa condição básica da existência terrena, agora vai defrontar-se com eventos que a obrigarão a tomar consciência da sua finitude e da finitude humana em geral como um destino inexorável. A necessidade de compreender melhor e de aceitar esta circunstância da vida poderá levá-la a interessar-se por e a  estudar  formas alternativas de cura, que tenham em conta outros fatores para além  a dimensão física do homem , considerando  também a sua dimensão espiritual. Concentrado no estudo, como é habitualmente o nativo de Aquário, ele poderá agora estar ainda mais embrenhado neste objetivo, devido ao caráter obsessivo que Rahu atira para as experiências humanas.  De uma forma ou de outra, a pessoa agora está muito consciente do lado espiritual dos seres humanos  e está focada no poder das emoções como força transformadora e curativa e vai querer aprender mais sobre isso. Habitualmente, os nativos de Aquário têm tendência para se juntarem a grupos iniciáticos ou de buscadores do conhecimento secreto  mas agora esta tendência é mais forte ainda e pode mesmo tornar-se no objetivo mais importante da sua vida no momento.  O seu interesse pode ir muito para além da curiosidade e ele pode tornar-se um terapeuta em alguma área da medicina alternativa que  usa a energia dos chakras  etc., para curar e para ajudar os outros. Os nativos de Aquário têm dificuldade em lidar com as suas emoções no plano individual mas agora vão descobrir um plano emocional que ultrapassa essa dimensão particular e se estende ao universal. Vão descobrir que há energias, que catalogamos, à falta de termo melhor, como  emoções, que são  usadas na cura profunda  por estas terapias, que nos colocam em comunhão com o plano universal e isso vai fasciná-los e dar-lhes um motivo profundo de interesse e de desenvolvimento pessoal , ao mesmo tempo que redefine o seu papel como fator de união com a comunidade humana e com os seus grupos de pertença.

A 8ª casa também significa o dinheiro do cônjuge e, nesta altura, o modo como o seu parceiro gasta  o dinheiro é alvo de uma consciência crítica afiada. Os nativos de Aquário são bons a gerir dinheiro e Rahu eleva a sua tendência para estarem vigilantes em relação a esta matéria. E, se outros aspetos do horóscopo o confirmarem,  a pessoa pode receber muito dinheiro agora, de herança, legado, seguros, etc. E, como a 8ª casa também simboliza os laços conjugais, este poderá ser um período desafiador para os relacionamentos que , na altura do trânsito, não estejam a correr bem, podendo haver desintegração desses laços com separação do cônjuge. Mas, caso as pessoas tenham um relacionamento saudável, este resistirá, embora não dispense o crivo da  discussão devido ao caráter excessivo que Rahu coloca nas áreas de vida que ativa no horóscopo. Mas poderá haver  um sentimento mais forte de união emocional entre os parceiros, nesta altura, a todos os níveis.

Ketu, por seu lado, transita pela 2ª casa, uma casa de aquisição de riqueza, de discurso e de aprendizagem, de vida familiar. E estas áreas vão ficar ainda mais na sombra do que é habitual num nativo de Aquário que não é, por temperamento,  um homem de família.  O status do nativo, o seu trabalho diário  como «ganha pão» perdem protagonismo. Essa parte da sua vida  está tranquila  agora e o nativo  tem outros motivos de interesse que não têm a ver com  ganhar dinheiro. E, se é verdade que está ocupado a aprender e a adquirir conhecimento, este nada tem a ver com o conhecimento próprio da 2ª casa, que se refere ao mundo  e a instrumentos de domínio da realidade externa. O saber que o nativo está agora apostado em adquirir é um conhecimento de auto domínio, para aplicar em si mesmo ou, no caso das terapias, também nos outros, na dimensão  subtil ou espiritual e não no plano físico. Assim, o habitual alheamento destes nativos em relação às realidades imediatas do ambiente doméstico vai estar ainda mais acentuado e estas pessoas não vão estar disponíveis para resolver os pequenos problemas do dia a dia em relação aos quais vão estar muito distantes e desinteressadas. A labuta diária é uma área penosa para estas pessoas agora e, se tiverem grandes desafios no plano profissional, dificilmente se sentirão motivados para os enfrentar, a menos que possam aplicar de algum modo as suas novas áreas de interesse.

Outra faceta que poderá mudar é a da sociabilidade: o nativo de  Aquário é sociável por natureza, conversador e espirituoso e gosta de falar e de persuadir os outros com os seus argumentos lógicos. Mas, agora, prefere o sentir intenso das emoções e o seu efeito transformador poderoso, ao poder da palavra; neste momento não quer persuadir nem ensinar, está demasiado ocupado a aprender a lidar com o seu ser mais profundo, «mudo» em termos de palavras mas poderosamente eficiente quando controlado e desenvolvido. E é esse lado oculto da natureza humana que ele deseja aprender a usar e a controlar.