Decidir a Carreira- Ascendente Virgem, parte 2

med

Continuamos a análise dos indicadores que ajudam a decidir a  carreira para o Ascendente Virgem. Este artigo deve ser visto em conjunto com o anterior.

Vénus  tem apetência por posições que permitam, de alguma forma, contactar com a harmonia, com a beleza e com o luxo e  Mercúrio, regente de Virgem,  é um comunicador nato, inteligente, espirituoso, com o dom da palavra  e este nativo, se ambos os planetas forem fortes, pode ser um escritor, um negociador de sucesso, um vendedor, etc.

O Sol , como regente da 12ª casa, não favorece uma carreira em contacto direto com o público mas não impede, por si, o sucesso profissional do nativo, pode no entanto levá-lo a interessar-se por trabalhar com pessoas que estão de algum modo confinadas ou presas ou isoladas, seja no plano profissional propriamente dito, seja a nível pessoal, como voluntário, por ex..

Para examinarmos a criatividade olhamos para a 2ª casa, que é o indicador principal para este Ascendente: a posição do seu regente, Vénus, determinará até que ponto a criatividade , a imaginação e o talento artístico serão capazes de  catapultar a escolha de uma profissão associada ao talento e à criação.

Se Vénus  for forte, em conjunto com um Sol não aflito e com Mercúrio forte (regente do Ascendente e da 10ª casa) esta pessoa pode ser muito bem sucedida através de uma carreira que associa as capacidades de comunicação, a inteligência e as competências de organização. Isto porque, para este Ascendente, a criatividade tem a 2ª casa como indicador principal e a 5ª casa, o Sol e Júpiter como  indicadores secundários.

A 5ª casa está ocupada pelo signo de Capricórnio, um signo que também prefere trabalhar sobre o que já conhece do que sobre a criação de algo novo. Estes nativos são melhores em atividades que precisam de eficácia,de planeamento  e organização do que na improvisação e na criação simples.

São essencialmente executores. Por isso, mais  do que encontrarmos um talento artístico realmente inovador, será mais fácil encontrar alguém que prefere trabalhar sobre os dados da realidade do que sobre algo imaginado. O seu sucesso será mais fácil e seguro se partir da análise do que existe.

Isso não impede que possam fazê-lo de forma artística. Por ex., a sátira social será um tema mais  adequado para estas pessoas se envolverem do que , por ex., um qualquer mundo imaginário de ficção científica. Estas pessoas podem ser muito criativas mas no horizonte de uma «criatividade realista», debruçando-se sobre problemas reais e não sobre algo inventado.

O sucesso na realização pessoal mede-se pela 2ª casa  como indicador principal e  a 3ª e a  5ª casas, o Sol e Júpiter como fatores secundários. A este respeito, é particularmente importante analisar a posição e a força de Vénus, que também rege a 9ª casa , que representa a sorte para esta vida e de Júpiter,  a influência mais benéfica para este signo Ascendente.

A posição do Sol , devido à regência da 12ª casa, é também importante para ver o nível de visibilidade que estas pessoas são capazes de alcançar

Vénus, o regente da 2ª casa , também desempenha um papel importante na escolha da profissão pois é um indicador principal desta área e, por isso , em conjunto com Mercúrio , pode inclinar para uma carreira em  consultoria (de imagem, financeira, publicitária, etc.), engenharia, especialmente informática , autoria intelectual e profissões associadas com o ensino e investigação, comércio e venda  de produtos de luxo e de arte, comunicação e publicidade, cinema, teatro e televisão, publicidade e marketing, etc. (nestes últimos casos em trabalho de conceção, direção e encenação/realização.)

A análise da 2ª casa do horóscopo  e dos aspetos que recebe e, secundariamente, da 4ª , da 9ª e da 1ª  também ajuda a determinar se a pessoa ganhará riqueza através do seu trabalho e qual o seu potencial para ganhar.O regente da 2ª casa,( e da 9ª ) Vénus, deverá estar forte  tal como Mercúrio e Júpiter (regente da 1ª e da 4ª casas) para assegurar o sucesso geral da pessoa e a sua capacidade para ganhar riqueza.

Não deverão estar colocados numa das casas maléficas nem sofrer a influência dos planetas funcionais maléficos. Para este Ascendente, Júpiter  rege a 4ª casa, ocupada pelo seu signo Mooltrikona, o que faz dele a influência mais benéfica para este Ascendente. Assim, a força de Vénus e de Júpiter  são determinantes, sobretudo se o regente do Ascendente, Mercúrio, estiver fraco, para avaliar a quantidade de riqueza que este nativo acumulará pelo seu trabalho.

Para determinar o potencial empreendedor destes nativos, observamos Marte como fator principal e, secundariamente, a 3ª casa,  Vénus e Saturno. Para este Ascendente, Marte desempenha um papel duplamente importante pois é o regente da 3ª casa.

Assim, a opção entre um projeto individual de carreira ou uma profissão subordinada deverá depender da análise do estado de Marte no horóscopo. Apesar de considerarmos que, para este Ascendente, será mais provável adotar uma carreira integrada num serviço ou organismo do que dependente de um projeto individual, dadas as características da personalidade de Virgem.

Complementarmente, analise-se Vénus e Saturno. Se estes forem fortes, Saturno como regente da 6ª casa e Vénus como regente da 9ª, asseguram sucesso nas atividades pessoais, desde que estejam marcadas por uma intenção de prestar serviço: um projeto de gestão familiar relacionado com a prestação de serviços dentro dos significados já referidos para Vénus , Mercúrio e o Sol, poderia ter sucesso, uma vez que o Sol como regente da 12ª casa produz a inclinação para ser útil aos outros, sobretudo os necessitados de algum modo, ou isolados, etc.

O estado de Marte ,que  rege a iniciativa e o empreendedorismo e  é o  regente da 3ª casa é também essencial, sobretudo porque Marte também rege a 8ª casa para este Ascendente, ocupada pelo seu signo Mooltrikona, o que faz dele a influência mais maléfica para este Ascendente e, por essa razão, aconselha à máxima prudência quando se trata de optar por uma carreira de iniciativa individual, sob pena de se enfrentarem muitas obstruções aos objetivos individuais.

Se Marte estiver aflito, será muito arriscado e não produzirá bons resultados a escolha de uma carreira a solo. Depois, analise-se  Saturno que rege a 5ª casa, indicadora de «poorvapunya», isto é, de bons créditos por ações passadas trazidos para esta vida e também a 6ª casa, o que o torna um planeta funcional maléfico para este Ascendente. A sua  colocação em boas casas é fundamental.

Porém, arriscamo-nos a dizer, o facto de dois dos indicadores do empreendedorismo para este Ascendente terem uma natureza funcional maléfica faz com que seja um enorme risco optar pelo próprio negócio pois ,durante os seus períodos dasha e sub períodos em outros dasha, estes planetas podem trazer dificuldades que podem ser muito desafiadoras. Na nossa opinião, estes nativos deveriam optar por um emprego e não por um negócio próprio.

A Lua, como regente da 11ªcasa e Saturno, regente da 5ª casa,  são os indicadores de ganhos e rendimentos para este Ascendente. Estas casas deverão estar fortes, não havendo planetas funcionais maléficos a ocupá-las nem a lançar aspeto para elas e os seus regentes.

A Lua, sobretudo, deverá estar forte  pois a sua regência da 11ª casa indica que os ganhos e rendimentos podem flutuar bastante, podendo haver altos e baixos frequentes nesta área, devido ao caráter mutável da Lua e o seu enfraquecimento frequente devido ao trânsito muito rápido que a faz  passar pelas casas maléficas e outros pontos sensíveis no horóscopo. Isto não é bom, pois o regente do Ascendente , Mercúrio, também  está muitas vezes fraco por razões semelhantes ou devido a combustão em relação ao Sol.

A força de Júpiter tem aqui um papel fundamental que pode compensar alguma possível fraqueza de Mercúrio ou da Lua no  horóscopo. Se Júpiter for forte e estiver em colocado, mesmo que Mercúrio  e a Lua estejam fragilizados, a pessoa conseguirá ir ganhando para as suas necessidades.  Caso contrário, estes nativos lutarão a vida toda para conseguir pagar as suas contas e não sobrará nada para acumular. Se  Vénus  também estiver forte esta situação pode melhorar.

A 8ª casa e o seu regente, Marte, são os indicadores principais para os ganhos súbitos  para este Ascendente, revelando qual é a possibilidade de a pessoa receber  dinheiro  de heranças , legados ou seguros, ou receber dinheiro do cônjuge. A 8ª casa deve ser analisada bem como o seu regente e os planetas que a influenciam.

O estado de Vénus no horóscopo diz-nos se a pessoa conseguirá manter o dinheiro depois de o ganhar/receber. Se Vénus for fraco, o dinheiro recebido não será acumulado. Complementarmente à análise da 6ª casa, com regência de Saturno,  consideramos a 2ª casa para saber se, ao longo do tempo, a pessoa terá uma situação confortável em que terá o dinheiro necessário para o sustento.

Vénus, o regente da 2ª casa, é também o regente da 9ª que rege a sorte e, se estiver forte, pode dar uma ajuda substancial na garantia de que a pessoa terá o suficiente para viver de forma confortável durante a vida. Saturno deve estar bem colocado e não receber aspetos de planetas funcionais maléficos .

Saturno significa poupança, por vezes mesmo forretice e  o nativo de Virgem  também é poupado no uso dos recursos, sendo bastante contido  nos gastos, embora aprecie o conforto e até o luxo. A força de Vénus no horóscopo é determinante para assegurar um fluxo  razoável de dinheiro ao longo da vida. Complementarmente, é importante que Júpiter  também esteja forte.

  Concluindo, vemos que  Mercúrio e Vénus têm papeis fundamentais na determinação da área da profissão e da carreira para o Ascendente Virgem e, adicionalmente, estes planetas também nos ajudam a perceber qual  o rendimento que o nativo pode obter a partir dela.

Agora, para além dos planetas que significam em primeiro lugar as opções profissionais, precisamos de saber se eles estarão ativos na fase da vida  em que a pessoa está a fazer as suas escolhas. E, aqui, os fatores decisivos são a análise do período dasha/ antardasha  operante no momento em que a pessoa faz a sua escolha, pois os planetas produzem efeitos quando ocorrem os seus períodos ou subperíodos.

Assim, para um jovem que está a decidir a entrada num curso superior com a finalidade de uma carreira determinada: por ex., o nosso jovem com Ascendente Virgem pretende frequentar um curso de marketing e gestão. Trata-se de uma área realmente confirmada pelos indicadores gerais do seu horóscopo, pois Vénus rege a sua 2ª casa e Mercúrio rege o Ascendente e a 10ª casa,  conjugando  sensibilidade estética e grandes capacidades de comunicação.

No momento, o jovem está sob o dasha da Lua, regente da 11ª casa relacionada com a realização dos desejos e ambições, bem como dos rendimentos e dos ganhos. Embora a Lua não seja um indicador primário para a profissão que este jovem pretende escolher, tem afinidade natural com as relações públicas, com a gestão  e com a comunicação dirigida às massas. Resta saber se está bem colocada no horóscopo .

Agora, o sub período atual é o de Mercúrio, o que mostra sem dúvida que este «timing» é propício á escolha feita por este jovem e, por isso,  há boas hipóteses de este nativo ser bem sucedido nas escolhas que faz, estando estes planetas fortes no horóscopo,  pois está a  fazê-las no momento oportuno quando estes planetas estão ativos.

Tanto a Lua como Mercúrio  apoiam uma carreira  em que o talento  discursivo e a capacidade para persuadir e interagir com o público, associados à sensibilidade para intuir o que os outros precisam e à capacidade para dar resposta a isso, o que é um excelente indicador.

Um  outro nativo com Ascendente Virgem  está neste momento a atravessar o dasha do Sol, um período que pode ser pouco favorável pois o sol rege a 12ª casa deste Ascendente. O sub período é o de Ketu. O nosso jovem pretende frequentar um curso de Terapias Alternativas. O Sol apoia uma carreira no âmbito da medicina e sistemas de cura e  Ketu também apoia claramente esta opção, criando o objetivo de associar a cura com a dimensão espiritual.

O Sol, por seu lado, ao reger a 12ª casa, produz a necessidade de ajudar os que sofrem. Assim, pensamos que este jovem também está  no momento certo para fazer a opção por uma profissão que pode ter  sucesso na realização pessoal desta pessoa, pois a sua inclinação natural, mais do que querer alcançar fama ou reputação individual, é prestar serviço, cumprindo objetivos espirituais e associados com os seus valores de vida . O nível de sucesso alcançado depende da força destes planetas no horóscopo.

Por vezes, no entanto, há uma divergência entre  os significados dos planetas operantes num dado momento e as escolhas dos nativos e, nessa circunstância,  a análise do horóscopo deveria de imediato alertar para a grande possibilidade de a pessoa não conseguir alcançar uma boa realização profissional na área que é a sua escolha.

Então, o que há a fazer será , dentro do dasha atual, que determina de forma fundamental, pela força do planeta operante, o sucesso ou insucesso na carreira, vermos qual é o subperíodo que é mais favorável para alcançar pelo menos algum sucesso.

Por alguma razão que só pode ser kármica, algumas pessoas nascem no tempo certo para facilitar o desenvolvimento bem sucedido das suas áreas de vida enquanto outras batalham sem muito sucesso a vida toda, parecendo falhar o momento certo para a generalidade da concretização das áreas de vida.

Para complementar o que dissemos sobre os indicadores da profissão para este signo Ascendente, referimos os significados dos planetas indicadores da carreira para este Ascendente.

Significados Profissionais do Sol, Mercúrio,  Vénus

Sol– quando é forte no horóscopo e está bem colocado, o sol indica uma posição elevada por ex., na política, na medicina, na gestão e na administração de instituições governamentais ou dos serviços burocráticos, como CEO de empresas industriais, etc. Sendo o regente da 12ª casa, adquire importância complementar para o Ascendente Virgem,  indicando espírito de sacrifício e necessidade de prestar serviço para aos que sofrem ou são menos privilegiados. Pode por isso orientar a escolha de uma profissão em que a ajuda aos outros é prioritária.

Mercúrio – Rege o Ascendente e a 10ª casa e tem relação especial com a inclinação para a área da comunicação. As suas capacidades analíticas e de discurso fazem dele um pensador e alguém que gosta de estudar. É proficiente no campo das Matemáticas, na engenharia e tem inclinação para uma carreira na investigação académica, para a comunicação, para a escrita e a edição/ publicação, para  a contabilidade e as finanças, a informática, a advocacia, a engenharia, as áreas de negócios, vendas e  comércio, transportes, papeis de consultoria, etc.  Para este Ascendente, se  Vénus confirmar, pode também indicar talento artístico combinado com talento para comunicar.

Vénus– Tem uma importância acrescida por ser o regente da 2ª e da 9ª casas e, por isso, é um forte indicador da vocação da pessoa e da sorte na concretização dessa vocação .A sua natureza gentil e ligada ao gosto pela diversão torna as pessoas vocacionadas para as artes, para o design, para  o cinema ou o teatro, para a indústria do entretenimento, para a moda e o comércio de itens de luxo, para a decoração , publicidade , hotelaria, etc. Vénus também dá apetência para o manuseamento de «drogas que podem salvar a vida» isto é, para a Farmacologia, a  Química, etc.

Poderá Gostar de Ler

Deixe um Comentário a sua opinião conta