Sinais de Sucesso no horóscopo #5- yogas de Má sorte, Aristha yogas

bad

No artigo anterior  explicámos como identificar Rajyogas no horóscopo, sendo que a sua presença indica sucesso , fama, riqueza e poder. Porém,  a nossa existência é composta por bons e maus momentos, numa mistura complexa   que torna as nossas vidas algo difícil de interpretar de forma linear. As  vidas humanas estão longe de ser, na maioria dos casos, um percurso em linha reta, tanto em termos de sucesso como de insucesso. Por isso, para além de procurarmos a presença de assinaturas ou yogas de sucesso, devemos estar atentos à presença de assinaturas de insucesso e de fracasso- são os Aristha yogas.

«Aristha» é uma palavra que, em sânscrito, significa «má sorte» ou má fortuna. E, apesar de sabermos todos que as experiência de má sorte trazem, como as de boa sorte, lições importantes para cada ser humano aprender, a verdade é que todos gostaríamos de  não ter que passar por elas. Alguns de nós têm a sorte de o conseguir, mas a maioria tem, pelo menos, uma ou duas assinaturas de «má sorte» no horóscopo. Estes yogas de «má sorte» afetam a felicidade da pessoa e indicam obstruções e obstáculos na  vida.  Quando  estes yogas são fortes, podem reduzir ou até impedir o florescimento dos Rajyogas e Dhana Yogas.

Reconhecer os Aristha Yogas

O Ascendente, bem como o seu regente, são os fatores mais importantes do horóscopo: é o Ascendente que nos enraíza na existência e que representa o nosso corpo , bem como a saúde e a longevidade. Por essa, razão, se estiver envolvido em algum Aristha yoga, isso pode pôr em causa a nossa capacidade para usufruir dos bons resultados de qualquer Dhana ou Rajyoga: se não tivermos saúde ou se a nossa vida for breve, de nada nos servirá ter assinaturas fantásticas de sucesso e de riqueza no horóscopo. Assim, a associação por aspeto mútuo , conjunção  ou receção mútua entre o Regente do Ascendente e os regentes da 6ª, 8ª ou 12ª casas compromete os resultados de sucesso e de felicidade na vida.

Os planetas regentes da 6, 8ª e 12ª casas associados  por aspeto mútuo, conjunção ou receção mútua com os regentes das restantes casas  também causa estas assinaturas de má fortuna:

– Quando  associados com os regentes da 2ª e da 11ª casas ( os regentes destas casas , quando estão em associação com as casas/regentes da 1ª, 5ª e 9ª casas formam assinaturas de riqueza, Dhana yogas), impedem o aumento de riqueza e podem transformar a riqueza que a pessoa tem em pobreza.  E, caso haja algum Dhana yoga envolvendo os regentes da 2ª e da 11ª casas, a associação com os regentes das casas maléficas impede que estes deem fruto.

– Quando  associados com os regentes da 1ª (esta casa é simultaneamente trikona e kendra), 4ª, 7ª e 10ª afetam o sucesso dos objetivos , da felicidade, da vida familiar e conjugal da pessoa.

– Quando  associados com os regentes da  1ª, 5ª e 9ª casas, as que estão relacionadas com a sorte da pessoa para esta existência, o sucesso, sorte e  cumprimento do propósito de vida da pessoa são impedidos ou muito dificultados.

Os efeitos dos Aristha yogas podem ser piores, se os planetas envolvidos no yoga também estão  associados com planetas naturais maléficos ou com os regentes das casas maraka- 2ª e 7ª.

Aristha yogas Comuns envolvendo a Lua

A Lua é um elemento da máxima importância  no horóscopo e, por isso, a sua associação com planetas ou casas maléficas ou o estado de fraqueza da Lua é, por si só, indicação de má fortuna e dificuldades de vária ordem. Segundo os vários autores e astrólogos da Jyotish, mostramos a seguir algumas das combinações  causadoras deste yoga:

  • A colocação conjunta da Lua, Marte, Saturno e o Sol no Ascendente ou na 9ª ou 8ª casas. Este yoga pode ser cancelado se Júpiter estiver em aspeto com a casa onde estão estes planetas.
  • A Colocação da Lua, Marte, Saturno e o Sol nas 4 casas kendra, as casas que formam a estrutura do horóscopo. (a Lua fica, neste caso, sob a influência  de, pelo menos, 2 dos maléficos, podendo mesmo receber o aspeto de 3 deles: Ex. a Lua colocada na 4ª casa com o Sol na 10ª casa e Saturno na 7ª e Marte na 1ª).
  • A Lua minguante colocada na 12ª casa e simultaneamente um planeta maléfico colocado no Ascendente e na 8ª casa. A situação piora se também houver algum planeta maléfico com a Lua na 12ª casa.
  • A existência de aspetos de planetas maléficos para a Lua quando esta é fraca.
  • A Lua colocada na 4ª, 7ª ou 8ª casa cercada por planetas maléficos ( na casa anterior e na casa posterior à da Lua).
  • A Lua colocada em associação com um planeta maléfico na 1ª ou 8ª, 5ª, 7ª, 9ª ou 12ª sem receber o aspeto de nenhum planeta benéfico, sobretudo Vénus ou Júpiter- esta configuração indica a possibilidade de morte na infância.
 Outros Aristha Yogas Comuns
  • Conjunção entre o regente do Ascendente ou do planeta que rege o signo onde se encontra colocada a Lua com o Sol sem receber o aspeto de nenhum planeta benéfico e, simultaneamente, a presença, nas casas kendra (1ª, 4ª, 7ª, 10ª) de planetas maléficos: segundo a tradição, esta configuração mostra morte no início da vida adulta.
  • Planetas maléficos associados com as casas maléficas- 6ª, 8ª, 12ª- ou com os seus regentes.
  • A colocação conjunta do Sol, Marte e Saturno na 5ª casa.
  • Marte e Saturno ou o Sol, na 8ª casa.
  • O aspeto de planetas maléficos para o Ascendente quando este é fraco, ou para o Sol .
  • A colocação do Sol, Marte, Rahu ou Saturno no Ascendente (pelo menos 2 deles).
  • A colocação de Marte e Saturno na 2ª casa e de Rahu na 3ª.
  • A colocação de Rahu na 4ª casa e da Lua na 6ª ou 8ª.
  • A colocação de Marte na 7ª casa, Vénus na 8ª e o Sol aflito na 9ª.
  • Maléficos na 7ª e 12ª casas.
  • A colocação de Júpiter, o Sol, Rahu e Marte nos signos de planetas maléficos e Vénus colocado na 7ª casa.
  • Regente do Ascendente associado com um planeta maléfico ou cercado por 2 planetas maléficos (um na casa anterior e outro na casa posterior) e um planeta maléfico colocado na 7ª casa.
  • A colocação de Saturno na 8ª casa e da Lua no Ascendente ou de Vénus conjunto com a Lua na 6ª ou 8ª casas.
  • A Lua e Mercúrio na 6ª ou 8ª casas.

A boa notícia, após verificarmos a existência tão comum de muitos destes «yogas da desgraça», é que eles podem, pelo menos em parte, ser cancelados. Assim, no próximo artigo abordaremos as condições e as combinações que, no horóscopo, permitem o cancelamento destes yogas de má fortuna.

Deixe um comentário