Pedras e Cristais, Diamante

famous

O Diamante é uma das pedras  mais populares  e também uma das mais valiosas,  os exemplares de maior qualidade não são acessíveis senão a um pequeno número de privilegiados. Porém, é possível comprar pedras bastante mais baratas e de qualidade, obtidas dos restos do corte de pedras maiores. Tais pedras são, no entanto, bastante mais pequenas do que os diamantes de alta qualidade dos quais se separaram e que valem, sozinhos, uma pequena fortuna.

O nome «Diamante» vem do grego «adamas» que pode traduzir-se por inquebrável, imutável ou invencível. Tal denominação deve-se às características desta pedra extraordinária que possui o mais elevado ponto de fusão e poder de refração do mundo natural  e não reage aos ácidos nem a outras substâncias químicas. Possui também a maior condutividade do calor conhecida na Terra, dando por isso a sensação, quando lhe pegamos, de frio. É o mineral com a estrutura atómica mais densa. Estas propriedades fazem do Diamante um símbolo da estabilidade, indestrutibilidade e da constância. No entanto, o Diamante pode lascar nos bordos do corte e pode queimar-se ou escurecer, se for submetido a temperaturas muito elevadas.

No mundo antigo, gregos e romanos usavam o Diamante bruto como talismã que lhes permitia aspirar a  obter honras , coragem  e ousadia. Estima-se que esta pedra extraordinária seja usada na Índia há mais de 3000 anos (alguns dizem mesmo 6000) sendo usada principalmente em ícones religiosos. Na antiga China os artesãos usavam o Diamante  para polir machados cerimoniais, que colocavam nas sepulturas funerárias.

Hoje em dia o  Diamante  de alta qualidade é usado principalmente em joalharia, sendo um símbolo de pureza, perfeição, abundância, fé, inocência e constância, simbolizando também a longevidade,  sendo por isso  usado nos anéis de noivado para simbolizar tudo isso  bem como a  estabilidade e  a imutabilidade dos sentimentos que unem os noivos. Acredita-se que esta pedra fortalece a ligação entre as pessoas e permite a longevidade dos relacionamentos, amplificando o amor existente e prevenindo ou impedindo os mal entendidos de todos os tipos. (incluindo os amorosos). É por tudo isto um símbolo do casamento e do compromisso.

casn

O Diamante de qualidade inferior continua a ser usado na indústria, para polir e cortar, embora o uso na joalharia seja o mais nobre e lucrativo.

A maior parte dos Diamantes atuais vem da África do Sul, embora se encontrem Diamantes em outras partes do mundo como a Índia, a Rússia, o Brasil, a Austrália, o Canadá e o estado de Arkansas, USA. Os Diamantes são formados por Carbono, a substância mais comum encontrada neste planeta, mas submetida a temperaturas muito elevadas no interior do magma terrestre e  é depois expelida pelas chaminés dos vulcões. Também é possível encontrar Diamantes em depósitos aluviais e em meteoritos, se bem que, neste último caso, os Diamantes são muito pequenos e podem ser  estruturalmente diferentes dos que se formam no planeta.

Quanto às propriedades metafísicas, o Diamante é considerado uma pedra do intelecto, aumentando a clareza do pensamento  e, dessa forma, ajudando a resolver problemas. Combate  a negatividade e as dúvidas acerca de si mesmo; a propriedade de refletir e  de refratar a luz faz com que seja visto  como capaz de aumentar a clareza da pessoa, o que se reflete na capacidade desta para aumentar as capacidades mentais de pensamento.  É uma pedra associada ao Sol e crê-se que ativa o chakra da coroa.  Esta pedra aumenta a coragem , a força, o orgulho e a confiança da pessoa (é uma pedra associada ao Sol) e conduz quem a usa a procurar a sabedoria, a pureza e a perfeição.  A associação com o Sol tornou-a, desde há muito, num símbolo da imortalidade da alma e da  sua permanência. O Diamante «revela» a luz de quem o usa, tornando a pessoa visível para os outros. A pedra transparente funciona como um  amplificador e, por isso, pode amplificar pensamentos negativos e sentimentos negativos se for usado por alguém  com essas energias , bloqueando as energias positivas da pessoa, segundo alguns.

Na terapia com Cristais o Diamante não tem usos específicos, sendo no entanto usado por muitos curadores em colares em que o Diamante rodeia a Ametista  pois tem o poder de elevar a frequência desta pedra e de todas as outras, aumentando o seu poder específico. Acredita-se que o Diamante amplifica a conexão entre a mente e o corpo e desliga a mente de padrões negativos.

dia3

O Diamante pode encontrar-se em diversas cores, do amarelo ao verde e azul, rosa ou  branco mas a forma mais apreciada é a transparente. Esta , com o enorme  poder de refletir e refratar a luz , adquire nas atuais formas de corte e lapidação um brilho faustoso incomparável, sendo talvez por isso a mais apreciada. No entanto, os «Diamantes de fantasia» como são conhecidos os diamantes de cores naturais, podem  atingir preços mais elevados do que os diamantes transparentes. Os diamantes coloridos adquirem significados específicos, e ligam-se aos chakras com os quais têm afinidade de cor: o Diamante amarelo aumenta a consideração e pensamento dos outros em relação a nós; o diamante azul aumenta a vontade de poder  e o desejo de zelar pela saúde pessoal; o Diamante rosa aumenta a criatividade; o diamante preto diminui a tendência para a autoilusão.

Por tudo o que foi referido, não admira que o Diamante tenha uma posição tão elevada no ranking das «pedras preciosas». Na verdade é uma pedra única e especial, digna da admiração , razão pela qual é considerada como uma «joia da coroa».

Deixe um comentário