Pedras e Cristais, Malaquite

mal

A Malaquite é uma pedra notável, com os seus tons de verde brilhante, com bandas que formam desenhos e linhas em tons mais escuros e que podem ser quase pretos . Os seus desenhos singulares, com linhas e círculos, tornam este mineral inconfundível. Os peritos afirmam que as melhores pedras são as que formam «um olho» no meio do desenho, sendo muito procurados os fragmentos que possuem esse «olho» em ambos os lados. No entanto, esta pedra deve ser usada com cuidado, por várias razões: em primeiro lugar, o seu pó é tóxico e, por isso, este mineral deve ser usado apenas na forma polida sendo completamente de evitar a sua forma em bruto. A forma polida é considerada segura mas há quem defenda que uma peça de roupa deverá sempre separar a pedra do corpo e a pedra não deverá ser colocada na boca. Uma vez que a Malaquite se usa em joalharia, julgamos que não há perigo no uso polido do mineral, pois obviamente não seria comercializada nessa forma se o fosse.
Porém, esta é uma pedra que, ao invés de emitir energia, a absorve e esta característica, associada a uma outra que é a de amplificar todas as energias , tanto positivas como negativas, faz com que apenas deva ser usada quando se tem pensamentos positivos. Se estamos com pensamentos negativos e usamos esta pedra, ela amplificará e refletirá esse estado negativo, piorando o nosso estado. Após cada utilização, esta pedra deverá ser limpa. A melhor forma de o fazer é colocá-la sobre um quartzo hialino (transparente) ou seja, sobre um cristal de rocha e deixá-la ao Sol durante umas horas. A pedra não deve ser limpa com água, segundo alguns entendidos, pois isso pode apagar os desenhos da sua superfície.
Agora, e para que os leitores não fiquem a pensar que esta é uma pedra que não deverão ter ou usar, vamos falar das importantes qualidades positivas deste mineral. Uma delas é inestimável nos dias de hoje: a Malaquite absorve todas as energias produzidas por equipamentos eletrónicos que emitem radiações poluentes, limpando o ambiente dessas energias. Para o efeito, deverá ser deixada junto da TV, do Microondas, perto do telemóvel, etc.; no local de trabalho, este mineral protege do excesso de ruído, da luz excessivamente brilhante e até, segundo se diz, de telefonemas negativos e de correio eletrónico indesejável! Também limpa as energias negativas do nosso corpo, quando a temos no bolso, criando uma barreira à volta da aura. Segundo a tradição, esconde o nosso campo de energia de entidades negativas, quaisquer que elas sejam. Segundo se diz, a Malaquite protege de energias «agarradas à Terra», sendo por isso considerada uma proteção excelente contra os ataques psíquicos.
A Malaquite é, desde há muito tempo, considerada uma «pedra de viagem», protegendo de acidentes e há quem coloque um exemplar no automóvel para garantir essa proteção, sobretudo ao viajar em vias de grande tráfego. Também ajuda a superar o medo de voar de avião, ao mesmo tempo que protege de acidentes aéreos e do «jet lag». É também considerada uma pedra útil para os que trabalham nas minas, pela mesma razão. Alguns afirmam que a Malaquite não deve ser montada em nenhum metal pois isso anula o seu poder e eficácia. Outros, porém, ressalvam que há uma exceção, que é o cobre que, tendo afinidade com a pedra, que é um carbonato de cobre, aumenta o seu poder.

malaq1
A Malaquite é um carbonato de cobre que cresce muitas vezes com outros minerais, como a Azurite ou a Crisocola. Era um mineral conhecido pelos antigos egípcios, tendo sido explorada em minas desde 3000 ou 4000 a. C. Os antigos gregos e romanos também a apreciavam , usando-a em amuletos para proteger das energias negativas e, na Idade Média ,era usada para combater o «mau olhado» e para curar problemas de estômago, sendo também usada para proteger as crianças das bruxas- era colocada no quarto de dormir onde também protegia dos pesadelos. É frequente o corte desta pedra na forma de «olho» aproveitando os desenhos da pedra. A tradição acreditava que esta avisava de um perigo eminente, partindo-se em pedaços. Esta crença mantém-se até aos dias de hoje. A Malaquite encontra-se em diversos locais do mundo, como a Namíbia, Zaire, Congo, Peru, Rússia, Austrália, USA, etc.
Uma outra característica importante da Malaquite é a de ser uma «pedra de transformação» e isso significa que ela ajuda os processos de mudança, apoiando todos os que desejam mudar a sua realidade, facilitando o processo ao ajudar a concretização dos desejos, sonhos e ambições e levando a superar o medo, a indecisão e a ansiedade perante o desconhecido. Aumenta, além disso, a autoconfiança e a tranquilidade nestas situações.

mal2
Na terapia com cristais, a Malaquite é uma pedra que ajuda especialmente as mulheres, sendo útil nos problemas menstruais e como reguladora do ciclo menstrual. Diz-se que trata com sucesso os problemas sexuais femininos, quando associados a traumas do passado. Possui qualidades diuréticas e ajuda a quebrar a pedra do rim ; é útil no combate à osteoartrite, sobretudo da espinha; baixa a pressão arterial; complementa o tratamento da epilepsia e convulsões, estimula a memória de curto prazo, ajuda a curar fraturas nos ossos, previne o enjoo em viagem, melhora o sistema imunitário e ajuda a libertação de toxinas pelos rins. Devido às suas características de pedra de absorção, pode ser colocada sobre zonas doridas ou doentes para expurgar as energias negativas que estão na origem desses estados dolorosos. Porém, como dissemos no início, a pedra deverá , preferencialmente, ser colocada sobre uma peça de roupa de fibras naturais como algodão ou linho na zona afetada.
Emocionalmente, a Malaquite ajuda a libertação de laços indesejáveis, favorece a cura de sintomas de abuso emocional, sobretudo com origem na infância; ajuda a superar a timidez , a depressão e o medo do confronto com os outros; ajuda a trazer à consciência conteúdos do subconsciente associados a bloqueios emocionais, para que possam ser curados e libertados.
A Malaquite é uma pedra que ressoa com o chakra cardíaco mas também tem ação sobre o pensamento, que torna mais concentrado e focado. E, finalmente, é também considerada uma pedra de boa fortuna e de prosperidade, como em geral são as pedras verdes. Diz-se que pode ajudar a encontrar um emprego ou carreira mais lucrativos, atraindo dinheiro, para o que deverá usar-se a pedra no bolso ou na bolsa.
Segundo os entendidos, as pedras que possuem um «olho de pavão» são mais eficazes e poderosas no seu poder de cura e proteção pelo que deveremos tentar obter uma pedra com esses desenhos claramente visíveis, sendo de evitar as pedras que apresentam apenas desenhos pouco definidos e pouco claros .
E não se esqueça: sempre que usar a pedra para limpar energia negativa, limpe-a em seguida como explicado atrás.

Deixe um comentário, ajude-nos a melhorar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.