Pedras e Cristais, Shungite

chun

A Shungite  também é por vezes designada por «pedra da vida» e «ocre negro».  Esta  pedra retira o seu nome do local onde se encontra a única fonte conhecida: Shunga, no norte da Rússia. Acredita-se que este mineral tem mais de dois biliões de anos.  Tem propriedades de condutividade elétrica, o que explica a sua excelente capacidade de proteção da radiação eletromagnética emitida pelos aparelhos eletrodomésticos, TV, telemóveis, etc. formando um escudo contra essas radiações.

Este é um mineral raro, pois apenas se conhece a sua localização na Rússia, como referido e o poder curativo da água purificada pela colocação de um pedaço de  Shungite  é do conhecimento das gentes locais . Em tempos passados  a própria família real  deslocou-se  a esta região para tratamentos com água purificada por este mineral. Sendo-lhe atribuída a idade de 2 biliões de anos, a origem desta pedra , bem como o modo como chegou ao planeta permanece um mistério.  Algumas lendas afirmam que ela se formou originalmente nos oceanos, a partir de microrganismos que se foram sedimentando e depois acabaram por ser lançados para fora dos oceanos, nas amálgamas endurecidas,  formando as rochas características deste mineral. Outros aventam que poderá ter-se originado fora da Terra e ter sido parte de algum meteorito.

A Shungite é o único mineral conhecido que contém fulerenos, uma substância poderosamente antioxidante. A investigação sobre os fulerenos levou à utilização deste mineral, em termos comerciais, como agente  purificador da água, filtrando-a e deixando nesta uma energia muito saudável  que também  limpa de agentess que ameaçam a saúde, o que torna o uso deste mineral muito importante, tanto a nível físico como metafísico. Devido ao seu conteúdo em fulerenos, a Shungite tem propriedades curativas que alguns reputam como extraordinárias, pois elimina qualquer organismo estranho que ameace a saúde . Na Rússia, a pedra foi  descoberta no sec. 18, e as suas propriedades curativas foram notadas de imediato, vindo desde então o hábito de colocar pedras  de Shungite na água para a purificar e energizar.

chun2

Esta pedra é também um poderoso meio de conectar com a energia da Terra, sendo considerada uma pedra de enraizamento, associada ao chakra raiz.  Pode encontrar encontra-se em preto e em preto prateado, com brilho metálico. Pelas propriedades descritas, pode preparar-se em elixir de água purificadora que pode ser usada para beber ou para lavar a pele , libertando desse modo a energia curativa deste mineral.

Em termos metafísicos, diz-se que a Shungite, para além das  propriedades enraizadoras, que ligam as nossas energias à terra, ajuda a trazer luz  para o campo de energia individual ou «aura», permitindo apenas a entrada de energias positivas e afastando as energias negativas.  Deste modo, a sua capacidade de proteção estende-se do plano físico ao plano espiritual, dando proteção, segundo se diz, de todas as energias mal intencionadas. A característica deste mineral, de rejeição de  todas as energias negativas, tem também por efeito propriedades calmantes e relaxantes.

chung3

Na terapia com cristais, a Shungite é usada para  tratar o sistema imunitário, o crescimento imunitário, o crescimento do cabelo e problemas da pele. Ajuda a lutar contra os radicais livres, na artrite reumatoide, osteoartrite, problemas dos ossos, dos rins e do fígado, dores de cabeça, insónia, dores nas costas e da coluna, problemas de  regulação da pressão arterial, problemas respiratórios, infeções. Ajuda a tornar mais rápido o processo de cura, purifica o sangue,  protege dos raios eletromagnéticos ambientais, como referido, etc. As potencialidades curativas desta pedra são tais que muitos chamam-lhe «pedra milagre.»

Deste modo, apesar da sua raridade, esta é uma pedra que devemos tentar ter, valendo a pena carregá-la connosco de forma permanente.