Pedras e Cristais, Serpentina

cc1

Hoje descrevemos as propriedades da pedra Serpentina.

A Serpentina é um silicato de magnésio hidratado com qualidade gemológica que pode incluir pequenas porções de ferro, crómio, cobalto e níquel. Pode por vezes ser confundida com o Jade Nefrite mas este último possui uma dureza mais elevada.

O nome Serpentina não designa apenas um mineral mas é antes atribuído a um grupo de mais de 20, mas estes agregam ­-se todos em dois tipos de estruturas, a Antigorite e a Crisolite. Destes dois tipos, a Antigorite é a que possui qualidade gemológica. Este é um mineral bastante comum e não é habitual sofrer tratamentos para melhorar/alterar a sua aparência.

Esta pedra retira o seu  nome do facto de a sua aparência lembrar a pele de uma serpente. Também é conhecida como «novo Jade». Podemos encontrá-la em diversas cores que vão do verde ao vermelho, ao castanho avermelhado, castanho amarelado e branco.

Esta pedra tem sido usada desde os tempos antigos para proteger da feitiçaria e da doença. Na antiga Síria era usada para pedir bênçãos aos deuses. Mulheres em fase de amamentação usavam-na para regular o fluxo do leite. Os Aztecas também tinham grande apreço pela Serpentina, cuja variedade mais comum é a verde, desde os tons de verde mais claro aos tons mais escuros.

cc3

As fontes deste mineral são numerosas:  China, Austrália, Afeganistão,  Nova Zelândia, Noruega,  Grã- Bretanha, África do Sul , Itália,  USA, Zimbabwe,Rússia, Itália, Brasil, entre outras. É uma pedra comum mas muito valorizada por vários povos ao longo dos tempos.

Esta é considerada uma pedra com energia associada à Terra e que facilita o despertar da energia designada por Kundalini, sendo, segundo os entendidos, uma das mais seguras para esse efeito . Ajuda também a desbloquear a energia estagnada nos  vários chakras.

cc2

A tradição afirma que a Serpentina protege de animais que segregam veneno como cobras e insetos.   Podem ser usadas em joalharia, como pendente, colar ou ainda como bracelete.

Na cura com cristais, a Serpentina é por vezes usada diretamente sobre a pele, para ajudar a   reduzir as dores no estômago e nos rins; também reduz as dores menstruais.

É usada ainda em tratamentos contra a diabetes,  ajuda na absorção do cálcio e magnésio, combate  infeções de parasitas e insetos, removendo o veneno que as causa. A mesma tradição diz que a pedra combate venenos e substâncias tóxicas, removendo-as do corpo.

A variedade verde é usada para resolver problemas do coração e dos pulmões e promove a regeneração celular. As pedras em tom de verde mais claro são consideradas pedras do chakra cardíaco. Devem ser usadas junto destes órgãos para esse efeito.

cc4No plano psicológico e psíquico, diz-se que este mineral ajuda a equilibrar as emoções, limpando energias e dissipando conflitos e bloqueios. Diz  o folclore da tradição que atrai amor e dinheiro. É também considerada uma pedra excelente para usar em meditação produzindo um sentimento de paz profunda.

Conhecidas algumas características deste mineral tão apreciado desde a antiguidade, falta procurar alguns exemplares, em joalharia ou pedra, para a sua coleção. Não se esqueça de a limpar e programar, antes de a usar.

Deixe um Comentário a sua opinião conta