Personalidade Básica Ascendente Caranguejo Lua Escorpião e Sol Gémeos

carang

Apresentamos mais uma personalidade básica a pedido dos leitores, desta vez uma combinação entre os elementos Água e Ar.

Quando o Ascendente está colocado no signo Caranguejo dois pormenores saltam de imediato à vista: o facto de a Lua ser um dos «planetas reais» e a sua regência do Ascendente, desde que esteja forte, implicar fácil acesso a uma posição de conforto em termos pessoais, profissionais e sociais; por outro lado, o caráter extremamente mutável da Lua e as suas características de introversão emocional provocarem oscilações na personalidade em termos de humor e de estabilidade emocional.

O Ascendente no signo Caranguejo impulsiona os seus nativos para cuidar e proteger. A energia de nutrição e de cuidado da Lua  gera a necessidade interna de  uma interação maternal com os outros, sejam os nativos homens ou mulheres.  Assim, estas pessoas procuram um estilo de vida em que a família (sua ou adotada) se torna o grande centro da sua vida. Um relacionamento bem- sucedido é também um fator essencial para  manterem algum equilíbrio  geral pois precisam de receber e de dar afeto.  Esta necessidade estende-se em muitos casos aos animais não humanos, sendo este signo um dos que mais sentem inclinação para ter animais de estimação.

Os nativos de Caranguejo, apesar da sua aparente fragilidade emocional, são capazes de ser muito seguros de si e  dão-se muito bem em cargos executivos e de gestão, escolhendo, no entanto, geralmente áreas  que lhes permitam prestar algum tipo de cuidado aos outros- assim, podem ser excelentes gestores de hospitais e outros serviços de saúde, de hotéis ou restaurantes, lares, centros de  enfermagem, etc. . Podem gerir cargos governamentais ligados ao público ou um pequeno negócio de  família mas, onde estiverem, gostam de estabelecer relações pessoais com os colaboradores e demais subordinados, criando laços que são de tipo familiar. Mesmo numa grande empresa, conhecem pelo nome os funcionários todos e têm uma abordagem humana em relação ao trabalho que executam, inteirando-se de pormenores das suas vidas pessoais que lhes permitem conhecê-los melhor.

Em casa, estão muito presentes na vida do cônjuge e dos filhos, quando existem (e estes nativos são dos que desejam intensamente tê-los)  e «apoderam-se» das vidas de todos, no sentido em que sentem o desejo irreprimível de «cuidar» de tudo o que estes precisam. Na verdade, precisam que os seus próximos sintam a falta deles, para poderem  dar largas ao sentimento maternal de nutrir, cuidar e proteger. Em alguns casos este comportamento torna-se excessivo e um pouco sufocante para os visados, que sentem que lhes falta liberdade para fazerem as coisas como bem entendem.

Quando a vida afetiva lhes corre bem, estas pessoas tornam-se empresários ou profissionais de sucesso em qualquer carreira. Possuem competências inatas de gestão e sabedoria para lidar com os negócios de forma rentável. Se a área afetiva da sua vida não é satisfatória, podem mergulhar em depressão e inércia, refugiando-se na sua introversão e perdendo o interesse e a força vital para conseguirem algo digno de nota na vida. São pessoas dotadas de excelente imaginação e memória e têm uma ligação profunda com as suas raízes, tanto ao nível do país como da família embora possam idealizar estes aspetos, quando as memórias reais são pouco apelativas. Gostam de guardar objetos que simbolizam etapas ou experiências em que se sentiram particularmente felizes e podem ser grandes colecionadores.

Quando, ao Ascendente Caranguejo, se associa a Lua em Escorpião, temos dois fatores básicos da personalidade no elemento Água  e, como a Lua está debilitada no signo Escorpião, é preciso analisar com cuidado o estado dos planetas que regem o signo do Ascendente- a Lua – e o signo da Lua- Marte. Estes precisam de estar fortes para evitar a tendência para o excesso de  introversão e para a depressão que pode conduzir a atividades escapistas como o álcool ou outras substâncias aditivas. De qualquer modo, esta é uma personalidade que não esquece- nem as boas memórias que a tornam feliz, nem aquelas que lembram sofrimento, engano ou traição. E pode congeminar durante muito tempo formas de vingança em relação aos que a magoaram.  Pode sentir ressentimento  com facilidade e terá muita dificuldade em perdoar podendo também passar por períodos em que se torna difícil sair do seu refúgio para se envolver nas atividades mundanas. Trata-se de uma personalidade que precisa de contar com bons amigos e/ou um relacionamento amoroso feliz para poder  desenvolver uma atitude otimista em relação ao mundo e aos outros.

A Lua em Escorpião é desconfiada e procura em geral segundas intenções nas interações que os outros mantêm consigo. Traz memórias longínquas que continuam a influenciar a vida atual  e que, devido à condição debilitada  pode produzir falta de paz mental. Normalmente, estas pessoas têm grande dificuldade em revelar o que sentem e menos ainda as suas necessidades afetivas ou psicológicas embora, devido à posição do Ascendente em Caranguejo, essa faceta seja atenuada. Mas existe a predisposição para esperar que os outros, de algum modo, tentem aproveitar-se da  sua fragilidade emocional, sendo difícil por isso abrir-se de forma confiante e «esperar pelo melhor».

A Lua rege o Ascendente e está colocada na 5ª casa. Esta é em geral uma excelente posição que dá um propósito de vida forte, inteligência, sorte nos investimentos, felicidade, fama ou estatuto social elevado, qualidades positivas de caráter , excelentes competências criativas, boa longevidade, posição elevada numa instituição governamental ou outra instituição conceituada, elevado sentido moral e  por vezes uma carreira política de sucesso. Mas a Lua está debilitada e esta fraqueza compromete os resultados muito positivos da sua colocação na 5ª casa.

Quando a Lua está colocada na 5ª casa mas debilitada, pode existir instabilidade mental ou angústia mental e as capacidades mentais de discernimento e a capacidade de julgar de forma sensata para tomar decisões pode estar comprometida. Há tendência para sobrepor os sentimentos (e ressentimentos) à razão, podendo conduzir a decisões insensatas que darão maus resultados. Os amores podem trazer desapontamentos e dificultar a felicidade pessoal. O caráter pode ser frágil e pouco consistente e nem sempre ser conduzido por princípios moral elevados. Estes nativos deverão ter cuidado com os investimentos, que podem falhar nos resultados esperados. Textos antigos da Jyotish dizem que enfrentarão problemas no relacionamento com mulheres e que estes resultam de fatores kármicos, devidos a pouco respeito ou consideração em relação às mulheres no passado. Também pode haver problemas com a mãe (não necessariamente criados pelo nativo). Estas indicações são, no entanto, gerais e será preciso analisar a 1ª casa e os aspetos que recebe, para determinar de forma mais rigorosa os efeitos da Lua.

Quando, ao Ascendente Caranguejo e Lua em Escorpião, se associa o Sol no signo Gémeos, é-nos dada a ver uma faceta completamente nova na personalidade e que pode  gerar a perceção, por parte dos outros, de que nesta pessoa convivem dois seres diferentes.

À intuição profunda dos signos Caranguejo e Escorpião, Gémeos contrapõe o poder do discurso e da lógica argumentativa. Os signos de Água não são muito comunicativos pela palavra, de modo que Gémeos introduz um fator que ajuda a equilibrar este aspeto, tornando esta personalidade mais aberta (embora não necessariamente menos desconfiada). Trata-se de alguém com muito espírito e capaz de ser muito perspicaz nas suas observações , comentários e opiniões. Pode ser também muito trocista, se antipatiza com alguém ou se considerar que alguém lhe procura «fazer sombra» ou de algum modo aproveitar-se de algum dos seus recursos. Gémeos pode tornar esta personalidade mais interativa mas não necessariamente mais expansiva pois o Sol ocupa a 12ª casa do horóscopo e esta posição não é fácil , pois cria o sentimento de isolamento emocional, de afastamento entre as suas necessidades e aqueles que poderiam satisfazê-las a começar com o pai, que pode ter estado distante por algum motivo ou não ter sabido criar uma ligação afetiva profunda que desse segurança a esta pessoa. Deste modo, esta pode ser uma personalidade cuja existência se desenrole em grande parte no plano subjetivo em que a finalidade mais importante seja a compreensão e a libertação de constrangimentos que vêm do passado e  que precisam de ser libertos para que a pessoa possa avançar com outros objetivos do seu desenvolvimento pessoal.

O Sol rege a 2ª casa e está colocado na 12ª casa. Esta não é uma posição que traga conforto no plano material pois gera despesas e dívidas incontroláveis que prejudicam todas as áreas de vida associadas ao sucesso mundano, acumulação de riqueza e obtenção de status, a felicidade familiar… pode haver também uma inibição profunda para falar em público, resultante de timidez ou de algum problema da fala. Esta colocação também prejudica a visão e pode inclinar para uma alimentação pouco saudável. As faculdades mentais da imaginação e o amor pela verdade são também prejudicadas, podendo existir a tendência para mentir.

O Sol está colocado na 12ª casa. Esta é uma posição problemática no que se refere ao relacionamento com o pai ou, em alternativa, às condições de vida deste. Trata-se também de uma posição que mina a autoconfiança pessoal levando a pessoa a sentir-se impotente perante a avalancha de problemas e obstáculos que podem surgir na vida, prejudicando o sucesso mundano. Esta posição do Sol também pode conduzir a tendências escapistas através do álcool  e outras drogas. Pode haver a necessidade de procurar meios de subsistência num país estrangeiro ou  residência num país estrangeiro. Esta posição prejudica a reputação pessoal, a fama e a obtenção de riqueza mas pode ser muito boa para o desenvolvimento espiritual. Alguns nativos escolhem um tipo de vida em que vivem desligados do mundo como um mosteiro, hospital ou podem sofrer aprisionamento (se o horóscopo estiver muito aflito em termos globais).

Globalmente, esta é uma personalidade que parece ter como objetivos fundamentais  a «limpeza de lixo kármico» e o desenvolvimento espiritual, mais do que o sucesso mundano. E várias circunstâncias do passado podem repetir-se para dar oportunidade a libertar os fragmentos desse passado que impedem a continuação do desenvolvimento pessoal num novo nível de ser.

Deixe um comentário