Pedras e Cristais, Stichtite

 

ccc2

No artigo de hoje falamos das propriedades da pedra Stichtite.

Tal como acontece com a Serpentina,  de que falámos recentemente, a Stichtite é considerada uma pedra que ajuda a despertar e elevar a energia Kundalini ao longo da coluna vertebral. Pode, aliás, combinar-se com esta (uma das mais eficazes)  ou outras pedras  verdes usadas para este propósito.

Mas isso não deverá, no entanto, ser procurado de ânimo leve ou sem se informar devidamente sobre esta energia. Esta pedra pode ser usada para outros objetivos igualmente importantes para cada um e que nada têm que ver com a Kundalini.

A Stichtite foi descoberta em 1910 na Tasmânia, Austrália, tendo derivado o seu nome do nome do gestor da mina onde foi encontrada, Robert Stich. Posteriormente, foi encontrada também na África do Sul e no Canadá.

Podemos encontrá-la em tons que variam do rosa pálido ao rosa intenso, púrpura intenso e outros tons entre estes.

Na Tasmânia ocorre frequentemente misturada com a Serpentina verde, variedade que recebe o nome de Atlantasite   Esta pedra vibra com o raio violeta, tendo por isso uma forte conexão com o plano  espiritual que estimula o amor, a compaixão e o perdão. Esta característica faz dela um agente ativo  da cura emocional profunda de quem a usar.

ccc1

A energia da Stichtite trabalha com o chacra cardíaco e o chacra do timo ou chacra superior cardíaco. A elevada energia vibratória desta pedra ajuda a curar todos os processos emocionais que causam sofrimento e forma um escudo de proteção que protege os que a usam das energias negativas oriundas dos outros.

A natureza elevada da vibração da Stichtite estimula o chacra do 3º olho e o chacra da coroa, trazendo energias elevadas de planos superiores que curam as  emoções   causadoras de sofrimento e estimulam a capacidade de esquecer e perdoar.

Assim, o seu uso ajuda a melhorar a relação com os outros, sobretudo com os que, por alguma razão, são ou foram causa de sofrimento emocional. Também ajuda a libertar medos e a deixar de lado todos os «complexos do ego», tornando mais fácil interagir com outras pessoas e fazer amigos pois estimula o sentimento de união com os outros.

Os que são tímidos ou têm fraca autoconfiança podem melhorar as suas competências de relacionamento quando expostos à energia da Stichtite.

ccc4

Segundo os peritos na metafísica das pedras e cristais, a Stichtite, embora não ajude a estabelecer a conexão com seres espirituais de planos elevados, ajuda a ter consciência da sua existência e da sua disponibilidade para ajudar os que precisam de ajuda espiritual.

Assim, para os que desejam conectar-se com os seus guias espirituais esta pedra deve ser usada combinada com a Serafinite verde ou prateada . Quanto à Stichtite, ajuda a ter consciência do Eu Superior. Usada na meditação, esta pedra ajuda a conectar-se com a chamada Divina Presença em cada um.

A Stichtite é um mineral apropriado para todos os que têm dificuldade em quebrar as barreiras que os separam dos outros facilitando a expressão afetiva e a compassividade nas interações com os outros. Ajuda a superar ressentimentos recalcados e não resolvidos e a libertar-se através do perdão  e da relativização dos problemas emocionais guardados.

Desta forma, também ajuda a ter mais sucesso e a alcançar o que se deseja pela superação de todos os sentimentos negativos que impedem atitudes mais saudáveis e positivas perante a vida. Além disso, cria um verdadeiro escudo de proteção que impede que as energias  e atitudes negativas  enviadas pelos outros possam ser prejudiciais.

ccc3

Na terapia com cristais, a Stichtite é usada para tratar problemas relacionados com o cérebro e a coluna.  A forte ação que tem sobre o cérebro ajuda, segundo se diz, na doença de Alzheimer e de Parkinson. Também é aconselhado o seu uso para tratar desordens alimentares, pelo impacto que tem na capacidade de alterar  a maneira de pensar.

É ainda referido o seu  uso no tratamento de alergias, pressão sanguínea, problemas do sistema nervoso, nas gengivas e nos dentes.

É também um regenerador da pele e da sua elasticidade, sendo usada por mulheres depois da gravidez, para restaurar a elasticidade dos tecidos e por aqueles que se submeteram  a dietas para perder peso e que ficaram com a pele flácida.

Por ter afinidade com os chacras cardíacos, uma boa forma de usar esta pedra é num pendente. Deverá ser usada junto ao corpo, diariamente, para produzir os melhores efeitos, podendo também ser carregada no bolso.

Antes de usar a sua pedra, não se esqueça de a limpar e programar, de acordo com o que  deseja obter ao usar a sua energia.

Deixe um comentário a sua opinião conta