Pedras e Cristais, Tsavorite

avo1

A pedra que apresentamos hoje é rara, encontrando-se apenas na fronteira entre o Quénia e a Tanzânia. Falamos da Tsavorite ou Tsavolite, que é também uma pedra recentemente descoberta, noas anos 60 do século 20.Mas é uma das mais poderosas pedras da prosperidade.

Diz-se que melhora todos os níveis de riqueza: financeira, atividades criativas e a vida emocional trazendo, deste modo, prosperidade a todas as áreas de vida.

A Tsavorite pertence ao  grupo das granadas grossulares e foi descoberta em 1967 pelo geólogo escocês  Campell Bridges. A sua designação  deriva do nome do famoso parque  nacional Tsavo no Quénia. Esta pedra é em geral conhecida pelo nome de Tsavorite nos USA e por Tsavolite na Europa.

A Tsavorite é um mineral silicato  de cálcio e alumínio. A sua cor verde é causada por traços de vanádio e de crómio. A sua cor varia do tom pálido de verde ao verde esmeralda.

Muitos consideram que a Tsavorite rivaliza com a Esmeralda em beleza e poder. Considera-se que esta pedra tem propriedades restaurativas, trazendo energias positivas para a vida da pessoa e libertando-a de energias indesejáveis e de traumas emocionais antigos.

Atrai prosperidade geral, sendo considerada uma pedra de riqueza. Abre e limpa o chakra cardíaco, ao mesmo tempo que impregna a pessoa de energias que impelem para a bondade e para a ajuda aos outros e aumenta o sentimento de bem estar, promovendo atitudes positivas perante a vida.

É uma pedra de manifestação, ajudando aquele(a) que a usa a concretizar o que deseja. No plano psicológico também ajuda a confiar nos outros e a melhorar as competências sociais de interação.

avo3

A Tsavorite aumenta a vitalidade física e contribui para uma boa saúde, tanto física como mental e espiritual. Alivia o stress profundo de quem sente não viver de acordo com o seu desejo de autorrealização e ajuda a descobrir e a ver a beleza interior de si mesmo (a) e dos outros.

Por atrair riqueza a todos os níveis, é uma pedra excelente para ser usada por todos os que lutam para fazer face aos problemas financeiros. Diz-se que  a energia da Tsavorite influencia não apenas a vida da pessoa que a usa mas também as dos que lhe são próximos.

Na terapia com cristais, a Tsavorite é usada para ajudar o crescimento celular e para aumentar a rapidez dos processos de cura.

Também é usada para a terapia do coração e desordens dos sentidos. Também lhe é reconhecida a propriedade de reduzir as alergias causadas por pólen ou animais. É ainda usada no tratamento da diabetes, no reforço do sistema imunitário e para aliviar os processos inflamatórios.

Metafisicamente, a Tsavorite aumenta as faculdades de intuição e a consciência psíquica e, segundo alguns, ajuda a comunicar com seres espirituais. Também melhora os contactos com seres terrenos, sobretudo pela atitude que ajuda a ter, de alegria e aceitação das benesses da vida.

Usando esta pedra, as pessoas são mais capazes de reconhecer e sentir-se gratas pelas coisas boas que lhes foram concedidas.  Esta pedra tem afinidade com o plexo solar e com o chakra cardíaco.

as2

A Tsavorite pode colocar-se num ambiente que desejemos melhorar como o escritório onde  trabalhamos ou um lugar da nossa casa.  Usada diariamente pela pessoa permite  beneficiar das suas energias positivas de forma mais completa.

Como dissemos, esta pedra apenas foi encontrada no território fronteiriço entre o Quénia e a Tanzânia  mas, apesar disso, é possível adquirir um exemplar por um preço razoável, embora seja aconselhável escolher um fornecedor reconhecido para evitar a venda de «gato por lebre».

Os exemplares mais dispendiosos são os de cor intensa, que vão do verde escuro ao verde azulado. É possível encontrar exemplares a partir dos 50 dólares.

Pode limpar a sua pedra usando sabão com água morna e um pano macio, tendo o cuidado de remover todo o sabão. Limpeza ultrassónica ou com vapor ou spray não é aconselhada.  Ao guardá-la, deve usar um pano macio que a resguarde do atrito provocado pela proximidade com outras pedras, de preferência de algodão.

Relacionados

Leave a Comment