Personalidade Básica Ascendente Capricórnio Lua Peixes e Sol Virgem

capric

Voltamos aos pedidos dos leitores. Hoje apresentamos uma personalidade básica que combina o elemento Terra com o elemento Água.

O Ascendente no signo Capricórnio  revela uma pessoa ambiciosa e com grande capacidade de trabalhar e de persistir nos seus objetivos, essencialmente prática e orientada para objetivos no mundo material, embora haja algumas exceções de nativos que são inclinados para a vida ascética e para a renúncia ao mundo material. Serão, no entanto, uma minoria.

Os nativos que sofrem a influência de Saturno têm dificuldade em lidar com a dimensão emocional nas suas vidas e privilegiam as conquistas mais objetivas no mundo do trabalho e a aquisição de status social  em vez dos fatores mais  subjetivos de «felicidade emocional».  São pessoas tradicionais e conservadoras, com uma abordagem da realidade fria e pragmática e manifestam dificuldade em criar laços de proximidade com os outros.  Na maior parte das vezes não porque não apreciem essa proximidade mas porque não têm desenvolvidas as competências pessoais que lhes tornariam fácil essa aproximação. Em boa parte, talvez isso se deva ao desejo interior de provar as suas próprias capacidades e vontade de ser autónomo, de se «fazer a si próprio». Há uma ferida profunda escondida nos nativos com a influência de Saturno, uma ferida que os fez «descer fundo» e mergulhar na posição mais humilde de ser e precisam de provar que são capazes de se erguer o mais alto possível, através do próprio esforço e tudo o que pode «atrapalhar» esse intento é deixado para trás, seja um amor a que se está agarrado (a), ou outra coisa qualquer que não seja mensurável em termos de «valor material reconhecido».

Dadas as características referidas, não é fácil estabelecer contacto próximo com estas pessoas que são de poucas palavras e poucos gestos de afeto, respondem de forma brusca, ríspida e fria muitas vezes, como que a dizer claramente ao outro que se deixe estar à distância. A menos, claro, que esse outro seja um meio de alcançar o que se pretende, como por ex., subir na escala social ou facilitar a obtenção de outros objetivos materialmente relevantes. É assim mais fácil que estes nativos casem com um parceiro que sirva os seus interesses materiais do que por verdadeiro amor. É claro que os outros elementos do horóscopo podem alterar estas indicações mas, de qualquer modo, será fácil para estas pessoas decidir entre o que satisfaz emocionalmente e o que permite obter algum privilégio material: optam decididamente pela segunda opção.

Nas qualidades positivas, podemos referir  o sentido de responsabilidade destas o  respeito pelo dever e a lealdade de que são capazes nas suas alianças. Na verdade consideram bem mais desejável uma aliança com alguém que considerem ser fiável e capaz de lealdade do que com alguém de que gostem ou que goste deles (ou delas). Afinal, a segurança e a fiabilidade são fatores que garantem a estabilidade e estes nativos gostam de saber com o que contam e por isso precisam de acreditar que podem prever  o que acontecerá nas suas vidas, tanto a breve  como longo prazo.  Assim, preferem obedecer às regras estabelecidas e integrar-se na sociedade tradicional, seguindo os seus ditames, procurando obter os privilégios que a sociedade atribui aos que respeitam a sua ordem e funcionamento. Isto, pelo menos, é claro, de forma declarada, não estando fora de questão que a sua vida privada nem sempre corresponda à imagem social que transmitem aos outros.

Quando, ao Ascendente Capricórnio se associa a Lua em Peixes temos um fator de equilíbrio nesta personalidade que  fica mais «humana» emocionalmente falando. No entanto, apesar desta evidência, também é um facto que Capricórnio fica sem jeito muitas vezes perante a vulnerabilidade de se expor aos outros na sua fragilidade emocional e nem sempre deve ser fácil para esta personalidade revelar as emoções de forma aberta, como é natural no signo de Peixes. Existe uma dualidade natural nas formas de expressão deste Ascendente e desta Lua: à frieza de Capricórnio, contrapõe-se a afetividade e dependência emocional de Peixes, a sua indecisão e dificuldade em lidar com o plano material, com a tendência para se isolar das  tarefas práticas e divagar pelo imaginário. Deste modo, esta personalidade vai ter que aprender a integrar estas duas formas tão diferentes de expressão das suas energias e pode acontecer que, em alguns momentos, o trabalho no qual o Ascendente Capricórnio mergulha a pessoa para obter o seu espaço social estatutário deixe de fazer sentido e estas pessoas anseiem simplesmente, pelo menos algum tempo, por «ser felizes». E podem sentir-se aprisionadas numa camisa de forças que  elas próprias construíram.  Numa forma mais positiva, pode ser o cônjuge ou parceiro de vida a exprimir para eles essa faceta mais vulnerável e para a qual encontram normalmente resposta indireta, oferecendo-lhes segurança material ,mais do que emocional.

A Lua rege a 7ª casa e encontra-se colocada na 3ª casa Esta posição da Lua favorece a realização pessoal dos desejos através dos parceiros, incluindo de casamento e produz uma forte ambição. Indica também muitas vezes que os parceiros são pessoas corajosas e altamente motivadas, que gostam de aventuras e são empreendedores . Podem estar ligados à arte, especialmente música, dança, escrita literária, representação dramática, etc. Pode também indicar que os irmãos mais novos do nativo são bem sucedidos na vida, tendo capacidades empreendedoras.  Não é em geral uma boa posição para a vida conjugal que tende a ser pouco estável. Além do mais, as qualidades expressas pela Lua e que tendem a aparecer no parceiro de vida podem entrar frequentemente em conflito com o estilo rígido de Capricórnio que aprecia uma vida bem estruturada e definida em termos formais. Há uma atração pelas características expressas pela Lua mas , ao mesmo tempo, uma resistência na sua aceitação.

A Lua está colocada na 3ª casaEsta colocação favorece os significados da 3ª casa mas reduz o impacto positivo dos significados da Lua. Como esta rege a 7ª casa, isso repercute-se no casamento e nas parcerias de negócios. Não é também a melhor posição para garantir paz mental, sobretudo quando a Lua no nascimento estava pouco brilhante ou, pior ainda, quando está associada com planetas maléficos. Nesta posição, a Lua não protege muito o bem estar geral da pessoa nem a ajuda a elevar o seu status, o que é tão importante para os nativos de Capricórnio. Revela, além disso, uma relação com a mãe que pode ter sido distante ou perturbada. No entanto, esta posição favorece o amor pela arte e pela literatura e pode estimular os nativos com esta personalidade básica a procurar uma carreira ligada ao campo artístico , sobretudo ao plano literário  ou à música. Em alguns casos, a pessoa desenvolve uma carreira na área da comunicação pois há o desejo interior de atingir um grande público.  Estes nativos têm em geral um sentido protetor em relação aos irmãos mais novos.  Possuem ainda com frequência uma bonita voz e uma mente ativa. Se a Lua estiver brilhante, haverá a ambição de realizar grandes coisas e alcançar muito poder.

Quando, ao Ascendente Capricórnio e Lua em Peixes se associa o Sol no signo de Virgem, outro signo de Terra, as competências de  execução desta personalidade básica ficam ainda melhores e mais eficientes. Para além da capacidade de trabalho, há também perfecionismo e orgulho de fazer tudo o melhor possível. O Sol em Virgem impele esta personalidade para o perfecionismo e isto pode produzir alguns «tiques» que acentuam a tendência de Capricórnio para o excesso de crítica em relação aos outros e às pequenas imperfeições que todos temos e que tendem a ser vistas como «delitos» ou incapacidades dos outros, o que pode piorar as competências de interação e relacionamento, sobretudo a nível profissional. A menos que a Lua seja forte no horóscopo não haverá, em geral, muita preocupação  por ferir suscetibilidades e as palavras podem ferir facilmente pelo tom de frieza e menosprezo que podem passar.

O Sol rege a 8ª casa e está colocado na  9ª casa. Esta não é uma posição muito feliz para se relacionar com o pai e outras figuras de autoridade, produzindo  também com frequência falta de sorte em geral e poucas oportunidades na vida. A frustração por esta situação pode, além disso, gerar uma atitude algo cínica em relação aos princípios religiosos ou espirituais e levar à ausência de «fé» ou de sentido de esperança, o que acentua uma certa amargura em relação à vida. As viagens de longa distância podem ser alvo de obstáculos ou problemas inesperados, trazer perdas, etc.

A colocação do Sol na 9ª casa não é em geral uma posição muito boa pois o maléfico Sol tende a prejudicar a sorte nesta vida, a menos que receba bons aspetos de outros planetas. Assim, é crucial analisar o  horóscopo para ver se há alguma boa associação com o Sol. Neste caso isso é  importante pois, sendo o Sol regente da 8ª casa- e tendo em conta a consideração  do sábio Parashara de que , excecionalmente , o Sol para este Ascendente é neutro e não maléfico-  para se poderem esperar efeitos positivos desta colocação do Sol. De qualquer modo, outros eminentes astrólogos védicos  não têm em conta a exceção referida pelo sábio fundador da Jyotish e consideram que o Sol é funcionalmente  maléfico para este Ascendente. E, nesse caso, é melhor que esteja isolado na 9ª casa para não prejudicar outros significados   do horóscopo. Com todo o respeito que temos pelo grande sábio da Jyotish, consideramos que o regente da 8ª casa  atua geralmente como um maléfico funcional. Assim, estas pessoas podem ver os significados da 8ª casa florescer- como receber dinheiro de forma inesperada de herança, legado, indemnização, receber dinheiro do cônjuge ou outros parceiros, etc.,   mas a sua sorte é prejudicada em outros aspetos, havendo tendência geral para conflitos com as autoridades, problemas com o pai,  na aquisição de conhecimento, sobretudo de caráter filosófico ou religioso, nas viagens de longa distância, etc.. O sentido ou propósito geral da vida pode escapar-lhes e ser difícil sentir intimamente e de forma clara o sentimento de realização pessoal.

Globalmente, esta é uma personalidade básica que enfrenta alguns desafios no seu desenvolvimento e que terá talvez que descobrir um novo sentido para o sucesso que deseja alcançar.

6 comentários em “Personalidade Básica Ascendente Capricórnio Lua Peixes e Sol Virgem”

  1. Agora associe essa personalidade básica a um Mercúrio em Leão na oitava casa, Vênus retrógrado em Leão na oitava casa também, e um Netuno em Aquário na casa 1, também retrógrado? Ah, sem esquecer do Saturno em Touro na casa 4!
    Por favor, me responda: eu tenho salvação? (risos)

  2. Mas, olha… Quanto a parte que o Ascendente Capricórnio escolheria a realização material em detrimento da profissional… Não é bem isso, pelo menos não no meu caso. Acho que eu sem dúvida escolheria a realização emocional (não sei no futuro né, mas agora seria isso com certeza).
    Esse texto está ótimo! A parte sobre o problema com a mãe e o pai, com autoridades… Tudo isso eu me identifiquei. Só não mesmo a parte do materialismo extremo. Mas aí já deve ser por causa dos outros aspectos do mapa.
    Adorei o texto, parabéns!

    1. a
      Alexia explore este site e o nosso blog http:/aprendizdeastrologia.com onde procuramos ajudar os nossos leitores a ler o seu horóscopo. Mas não misture a Astrologia ocidental com a védica, são sistemas diferentes.

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário