Personalidade Básica Ascendente Balança Lua Sagitário e Sol Caranguejo

jud

Hoje analisamos mais uma personalidade básica, composta pelos elementos Ar, Fogo e Água.

O Ascendente no signo Balança favorece a aparência física, não apenas porque  o corpo é, em geral, simetricamente constituído e elegante mas porque estes nativos têm o dom de saber o que vestir e como se apresentar, com gosto e estilo, o que os torna atraentes ao primeiro olhar. São, além disso, cordiais e amáveis, delicados nas interações e gentis no falar, sendo polidos por natureza e detestando modos grosseiros e linguagem indelicada. Em tudo o que fazem e dizem está presente a preocupação pelo outro, o desejo de agradar e o respeito pelos seus direitos. A essência do seu modo de ser é a mesma que está na base da vida em sociedade: uma natureza refinada pela cultura  que distingue a humanidade da pura animalidade.

O signo Balança corresponde ,efetivamente, à segunda natureza de que falava o filósofo Kant, quando definia a humanidade como racional e livre. É essa natureza conquistada que explica o respeito pelas regras, contratos e leis, tão caros a Balança. Porque é com base nelas que a brutalidade dos instintos cede à liberdade das escolhas ponderadas e decididas por uma comunidade de seres. Não admira, desse modo, que estas pessoas sejam tão motivadas pelo conceito de justiça e escolham muitas vezes profissões onde a fazem cumprir e defender: sabem que entre a animalidade escondida da espécie humana e este verniz de civilização conquistado com muito esforço num passado recente, a fronteira é ténue e precária. E trata-se de garantir que essa conquista se mantém. Toda a visão da vida para estas pessoas se baseia neste princípio simples de que o refinamento dos valores e dos princípios éticos deve ser mantido para que os seres humanos se tornem dignos do seu destino maior. E, nas suas vidas pessoais, tudo fazem para que ele seja uma realidade irreversível, embora não se deem conta, muitas vezes, das razões porque o fazem- simplesmente isso faz parte da sua natureza.

Assim, os nativos influenciados pelo signo Balança procuram rodear-se de beleza e de harmonia; são sociáveis, gostando de debater ideias sobre a vida social e política, gostam de argumentar e mostram toda a sua inteligência na procura de soluções que garantam consensos. Não desejam excluir ninguém da vida social, procuram dar a cada um os mesmos direitos, desde que todos aceitem igualmente deveres. São mediadores justos e respeitados, sendo chamados normalmente para dirimir conflitos entre pessoas que conhecem e podendo desempenhar funções semelhantes a nível profissional.

Estas pessoas possuem, no entanto, uma fragilidade inerente que é causada pela sua dependência em relação a um(a) parceiro(a). Não conseguem viver sozinhas,  o impulso para se relacionar é demasiado forte e entram muitas vezes cedo num casamento, na ânsia de estabilizar essa área de vida, o que acaba por se transformar rapidamente no primeiro problema a resolver pois raramente «acertam» à primeira, devido à tendência para escolher parceiros egocêntricos e egoístas, dominadores e incapazes de reconhecer a igualdade dos parceiros. Assim, essa acaba por ser a experiência mais básica e também difícil por parte destes nativos que aspiram a viver num mundo perfeito. Cedo percebem que é mais fácil idealiza-lo do que concretizá-lo.

Quando, ao Ascendente no signo Balança se associa a Lua no signo Sagitário    o caráter idealista desta personalidade básica acentua-se, bem como a sua natureza racional e amante do saber. Esta personalidade gosta de estudar os redutos da natureza humana e é em geral compassiva, generosa e tolerante em relação às diferenças, preocupando-se genuinamente com estender a todas as minorias os mesmo direitos adquiridos pelas maiorias e podendo ser muito motivada para desenvolver uma carreira em que tenta ensinar a justeza desses valores aos outros.
É talhada para o papel de professor e conselheiro, podendo dar um contributo importante também no exercício da atividade política, legal, na gestão de recursos humanos, etc.. É o tipo de pessoa cuja sabedoria merece a aceitação e o respeito dos outros. É um espírito livre, que deixa também aqueles que são amigos, parceiros ou cônjuge igualmente livres, no contexto das regras que decidem entre si e que cumpre escrupulosamente.

Os nativos de Sagitário amam a verdade e sabem que esta é mais do que uma mera correspondência lógica entre pensamento e factos; procuram sempre a «moldura» de transcendência que permite ver cada parte trabalhando para a totalidade da realidade. A Lua em Sagitário é franca , otimista e extrovertida, espontânea e sem calculismos. Assim, diz exatamente o que pensa, doa a quem doer e mesmo que isso lhe traga algum prejuízo. É também ingénua, procurando sempre o melhor nos outros e tendo dificuldade em ver as manipulações estudadas ou a hipocrisia, apenas para não se desiludir com a  realidade que, quer acreditar, é boa na sua essência e manifestação. O excesso de idealismo pode, desse modo, virar-se contra si na parcerias que estabelece e em  que, apesar da sua fina inteligência, pode deixar-se enganar (porque se autoilude em primeiro lugar) .

A Lua rege a 10ª casa e está colocada na 3ª casa. É uma colocação clássica para alguém que segue uma carreira artística (música, dança, como ator, etc.) em alguns casos, os irmãos estão envolvidos na vida profissional da pessoa. Também pode haver uma carreira no campo literário ou na comunicação. A pessoa é corajosa, gosta de aventura e fará muitas pequenas viagens na vida profissional.

A Lua está colocada na 3ª casa. Esta posição da Lua exige que esta esteja forte, caso contrário pode produzir irrequietude mental e nervosismo. Haverá um interesse profundo pelas artes, pelo canto ou música ( se a Lua estiver forte, terá uma bela voz) e pela literatura. Esta pessoa terá também uma natureza fortemente comunicativa  e pode trabalhar nesta área. Terá desejos fortes e  coragem para correr riscos. Se tiver irmãos mais novos será protetora em relação a eles. A relação com a mãe é em geral distante e difícil, com esta colocação. A bondade dos efeitos desta colocação da Lua depende bastante da força da Lua no nascimento: uma Lua brilhante garante que os esforços da pessoa darão frutos e ela realizará os seus desejos e sonhos. Será motivada e aventureira, sempre a andar de um lado para o outro na concretização de algum objetivo. Para os que têm parceiros mulheres, esta posição cria um impulso para andar constantemente «atrás de saias». A Lua forte também indica uma mente saudável e ativa.  A Lua fraca provoca instabilidade e insegurança psicológica a estas pessoas, que são irrequietas e têm dificuldade em focar-se em objetivos e concretizá-los.

Quando, ao Ascendente Balança e Lua Sagitário se associa o Sol no signo Caranguejo  temos um elemento que não se mistura facilmente com os anteriores.

O signo Caranguejo acentua, no entanto, a natureza afetiva desta Lua, agora não tanto pelo companheirismo intelectual como acontece com Balança e Sagitário  mas pela vertente emocional do cuidar e proteger. A natureza tradicional do signo Caranguejo ajuda a estabilizar a excessiva independência de Sagitário  mas pode aumentar a dependência em relação ao parceiro, com a diferença de que, para Balança, o parceiro é «um igual» e, para Caranguejo, o parceiro está, nitidamente num nível subordinado, no sentido de que é a figura que cuida (simbolicamente a mãe) que tem a função de autoridade. Há ,deste modo, uma intrincada teia de interações que não se pode prever exatamente que efeitos vai causar no modo de interagir com as parcerias, podendo haver umas vezes comportamentos mais dependentes, outras em que se rompe com isso e se assume o papel dominante. Tudo depende da força da Lua, do Sol e do regente do Ascendente, Vénus.

O Sol em Caranguejo é afetuoso e protetor, embora  de maneira algo dominadora, pois é ele que decide o que a outra pessoa precisa . Cuida e controla em simultâneo.  É um bom gestor e cuida dos subordinados como o chefe de uma família, preocupando-se genuinamente com os seus interesses e necessidades. A colocação de um planeta com uma energia tão egocêntrica como a do Sol indica que a pessoa aspira a um outro conceito de autoridade, menos agressivo e mais protetor, na área de vida  representada pela casa de colocação do Sol.

O Sol rege a 11ª casa e está colocado na 10ª. Esta é uma excelente colocação para o Sol, garantindo a realização dos esforços e desejos pessoais. Esta personalidade terá muitas oportunidades na carreira e esta terá sucesso. Alcança riqueza e goza de todos os confortos. O irmão mais velho, se existir, pode colaborar para esse sucesso. Segundo as fontes antigas, esta posição do sol faz com que o nativo goste de fazer boas ações.

O Sol está colocado na 10ª casa. Sendo o planeta que significa o sucesso na carreira, o Sol está belissimamente colocado nesta casa, favorecendo o sucesso .   A carreira é o ponto central da vida destas pessoas, que atingem uma  posição de topo cedo na vida quando o Sol é forte. Tornam-se uma autoridade no seu campo de atuação , são populares e podem atingir a fama, podendo alcançar grande poder. Para além das artes, de que falámos anteriormente, pode haver igualmente atração por uma carreira na política ou na investigação, na medicina, etc.. Esta posição favorece a riqueza e um temperamento confiante e seguro de si, numa personalidade muito carismática para os outros. A relação com o pai é igualmente favorecida, bem como o sucesso deste. Já em relação à mãe , o relacionamento com ela é perturbado, estando indicado distanciamento. Esta personalidade tem também forte consciência social, preocupando-se  com fazer o bem em benefício da sociedade.

Globalmente, esta é uma personalidade básica destinada ao sucesso na carreira escolhida, tendo que aprender algumas lições nos relacionamentos, que são um ponto de maior vulnerabilidade.

4 comentários em “Personalidade Básica Ascendente Balança Lua Sagitário e Sol Caranguejo”

  1. vcs poderiam fazer uma dessas personalidades pra mim? o meu eh ascendente em virgem, lua em escorpião e sol em cancer. eu agradeçeria mt

ajude-nos a melhorar, deixe o seu comentário