Planetas de Insucesso- Ascendente Touro

 

(alt=" ")

Neste artigo descrevemos os efeitos dos planetas de insucesso para o Ascendente Touro.

O signo Touro é um signo fortemente motivado para a procura do sucesso material e tem uma natureza sensual, buscando naturalmente os prazeres dos sentidos.

É também o signo que representa o desenvolvimento de todos os recursos e competências  para ser bem sucedido na existência terrena. Assim, os seus nativos procuram acumular riqueza, dinheiro e status de modo a poderem usufruir de tudo  o que desejam.

É também um signo que representa o esforço, a capacidade de se focar nas tarefas, por mais duras que sejam, como forma natural de alcançar o que pretendem. Mas nem sempre esse esforço, trabalho e dedicação são premiados como os seus nativos gostariam, se certos planetas são fracos.

Touro é um signo de Terra e é considerado muito materialista, sensual e indolente. Os seus nativos não gostam de mudanças em nenhuma área das suas vidas, ansiando por uma vida estável e uma realidade cujos princípios e estrutura se mantém ao longo da vida. Gozar a vida no seu pleno é o maior objetivo para eles e a felicidade mais completa que desejam.

Este é um signo que conta com os seguintes planetas funcionais maléficos: à parte Rahu e Ketu, Vénus, Júpiter e Marte (classificação do prof. V. K. Choudhry).

O sábio Satyacharya considera que Júpiter, Vénus e a Lua são maléficos e Vénus tem duplo estatuto de maléfico e neutro, devido à regência do Ascendente. O sábio Parashara considera que Júpiter, Vénus e a Lua são maléficos e dá um estatuto ambíguo a Mercúrio, considerando que é «de algum modo, maléfico» . Para uma  leitura completa do estatuto funcional dos planetas para o Ascendente Touro, por favor clique aqui.

O  planeta Vénus, regente deste Ascendente,   está exaltado a 27º de Peixes, debilitado a 27 º de Virgem, no próprio signo de 0º a 30º de Touro e de 16º a 30º de Balança; está no seu signo mooltrikona de 0º a 15º  de Balança.

O signo Touro é um signo fixo e torna os nativos prudentes, cautelosos, responsáveis, resistentes, gentis nos modos, perseverantes e diretos no modo de ser.  São bons comunicadores, refinados e amantes da beleza, pacientes, românticos e sentimentais, sendo muito devotados aos que amam.

São também ciumentos, teimosos e obstinados quando são contrariados. São pessoas de paz, que gostam de reunir os amigos em banquetes e festas,  onde gostam de se divertir e gozar dos prazeres da comida e da bebida.  Perseguem em geral objetivos materiais.

O Sol rege a 4ª casa e, quando está fraco, falha na proteção da educação, traz problemas para o pai, reduz a felicidade familiar e conjugal e causa perda dos confortos e luxos que os nativos com este Ascendente tanto apreciam. A relação com a mãe também é perturbada, e a vida desta pode ser difícil, não sendo por isso capaz de assegurar um verdadeiro sentimento de segurança afetiva.

O sol fraco também afeta a vitalidade e a saúde, tornando a constituição fraca e a saúde débil. Gera também uma abordagem amarga da vida e ressentimento pela perda dos bens materiais que estas pessoas tanto apreciam. A educação pode ficar comprometida ou sofrer quebras que podem ter como resultado o não completamento dos ciclos de estudos.

A Lua rege a 3ª casa   e, quando está fraca, afeta a força geral de motivação que estes nativos têm para se lançar no mundo e desenvolver projetos e iniciativas. Mostram-se pouco corajosos , receando correr quaisquer riscos. Sentem muitas vezes medo de falar em público e são inseguros a comunicar.

Podem ter falta de estabilidade mental. O crescimento pode ser afetado com esta posição da Lua, sofrendo um retardamento. Estas pessoas não viverão aventuras nem situações que causem excitação ou elevem a sua «adrenalina» pois o temperamento receoso transforma a natural cautela dos nativos de Touro em medo ou fobias várias.

A relação com irmãos mais novos, se os houver,  será problemática ou o nativo terá a sua vida afetada negativamente por causa dos irmãos.

Marte é o regente da 12ª e da 7ª casa. Quando está fraco perturba fortemente a harmonia conjugal e , quando colocado na 1ª, 2ª, 4ª, 7ª, 8ª ou 12ª casa, sobretudo em conjunção com o ponto mais efetivo dessa casa (corresponde ao grau no qual está colocado o Ascendente), torna o nativo manglik.

Assim, este planeta quando fraco ameaça fortemente a paz mental e o sentimento de harmonia interna pois arruína a vida conjugal, tão importante para estas pessoas se sentirem apoiadas na vida.

Além disso, torna também infelizes as estadias em países estrangeiros, sobretudo em termos de residência. E, se Júpiter também for fraco, a longevidade  também é menor.

Mercúrio rege a 5ª casa e a 2ª casa .  A sua fraqueza afeta a autoconfiança, torna a pessoa ansiosa e nervosa, causa problemas com os filhos e desentendimentos nas relações amorosas. Sempre que Vénus , quando está fraco, transita influenciando o Sol e Mercúrio, eventos desagradáveis afetando a harmonia familiar (conjugal e com os filhos) perturbam a paz destas pessoas, embora sejam de curta duração.

Este planeta fraco também causa problemas financeiros se a pessoa fizer investimentos especulativos. Assim, se Mercúrio é fraco, será mais avisado fazer investimentos sem risco para não sofrer perdas. O jogo é também pouco feliz nos resultados.

Júpiter rege a 8ª casa e também a 11ª casa. A fraqueza de Júpiter é responsável pela instabilidade no casamento, que é de curta duração e acaba em divórcio, com grande sofrimento emocional para estas pessoas, que apreciam acima de tudo uma vida estável.

Também afeta negativamente a saúde e a longevidade, e nega o recebimento de dinheiro proveniente de herança, legado ou indemnização, seguros, etc..Em caso de divórcio será difícil receber pensão do cônjuge.  O nativo , além disso, também terá dificuldade em realizar os sonhos e ambições e em obter fontes alternativas de rendimento.

Não poderá contar com os amigos para obter vantagens sociais e nem com os irmãos mais velhos, se estes existirem. Os seus esforços e trabalho terão dificuldade em atingir os resultados desejados.

Vénus rege a 6ª casa e a 1ª casa . O signo mooltrikona de Vénus está na 6ª casa- Balança- e a fraqueza deste planeta prejudica  a saúde,  torna a pessoa alvo de disputas e litígios, causa despesas financeiras superiores aos ganhos. Poderá haver ainda vulnerabilidade a acidentes, ladrões, etc. e esta pessoa pode ter que se confrontar com  inimigos a perturbar a sua vida.

Além disso, sente-se assoberbada com o peso dos desafios gerais da vida e perde a coragem para os enfrentar, sentindo pouca felicidade com  a existência. Em caso de concurso ou competição, a fraqueza de Vénus faz com que  outros levem a melhor, independentemente dos méritos do nativo.

Saturno rege a e a 10ª casa. Saturno é , pela regência das casas  referidas, um planeta yogakaraka para este Ascendente. Deste modo, a sua fraqueza representa um sério revés para o sucesso material. Se Vénus também estiver fraco, os nativos perdem a capacidade de lutar e a determinação para fazerem alguma coisa de valor na vida.

Além disso, apenas permitirá a obtenção de  empregos pouco qualificados, que não permitem ascender na vida nem ter uma carreira que dê bastante retorno financeiro. Os amigos e demais círculo social serão também de pouca valia para este nativo, distanciando-se dos seus problemas e não dando o apoio  de que precisam.

O pai é também uma pessoa de pouca sorte e não consegue ajudar a melhorar as condições de vida desta pessoa cujo mérito e talentos pessoais não obterão o reconhecimento merecido. Os outros tenderão a ver sempre o seu mérito como menor do que realmente é.

Ao finalizar, lembremos que, num horóscopo, só muito raramente todos os planetas são fracos, o que faz com que, em geral, todos possam contar com algumas áreas de vida mais satisfatórias, encontrando assim a possibilidade de dar um sentido positivo às suas vidas.

Deixe um comentário a sua opinião conta