Um Outro Olhar sobre os Nakshatras- Mrigashira

Um outro olhar sobre os Nakshatras Mrigashira

O 5º Nakshatra ocupa a extensão entre 23º 20’ de Touro e 6º e 40’ de Gémeos. Astronomicamente localiza-se na «cintura de Orion» ou círculo de estrelas cuja estrela principal ,a «cabeça de Orion» é Lambda Orionis. É o veado ou antílope na Lua. Os antigos chamaram a este Nakshstra Mrigashira, que significa «cabeça de veado» devido à forma da constelação que faz lembrar a cabeça de um veado.

A divindade associada é a Lua (Chandra)  e Parvati e o regente planetário é Marte. É neste Nakshatra que se inicia a energia de Marte.

A árvore sagrada de Mrigashira é a Acacia Catechu cujo nome comum na Índia é Khadira.

Pertence ao grupo (Gana) Deva e é um dos Nakshstras associados com a competição, a ambição, o desejo de dominar. O seu temperamento deva é movido por moksha ou desejo de libertação.  Este é o Nakshstra que inicia a energia de Marte.

A gema associada é o Coral Vermelho.

Mrigashira significa «cabeça de um ser de 4 patas» sendo a cabeça de veado, antílope ou gazela  o símbolo deste Nakshatra

Os nativos do Nakshstra de Mrigashira são pioneiros, competitivos e inovadores. São inclinados para a ação, curiosos, gostam de falar com as pessoas e de conhecer os seus interesses, bem como as informações que surgem em conversa.  Gostam de se movimentar continuamente em torno do seu  meio habitual; são por vezes agressivos no trato. Andam em geral acompanhados por  pessoas conhecidas  que partilham os mesmos gostos e modo de ser. Apesar de gostarem de estar em movimento quase permanente, preferem o que lhes é familiar e, se têm que se deslocar em viagem, rodeiam-se de comida e de objetos familiares para se sentirem confortáveis. Não apreciam pessoas nem ideias diferentes podendo por isso ter a mente um pouco estreita e serem preconceituosos. Não gostam, basicamente, de pessoas que pensam de maneira diferente da sua. Com frequência também rejeitam informação que «destoa» das suas crenças e isso pode levá-los a efetuar juízos precipitados acerca dos outros e da realidade.

Porque ocupa  dois signos, este Nakshatra tem  dois tipos de personalidades: os do 1º e 2º pada de Touro e os do 3º e 4º pada de Gémeos. Os dois primeiros padas têm indivíduos imaginativos e sensoriais enquanto os dos dois últimos padas são mais racionais. Os dos dois primeiros padas gostam de entrar em parcerias e formar e quebrar acordos enquanto os dos dois últimos padas se envolvem frequentemente em situações de conflito e, por vezes, ,julgam sem ter provas claras , o que  cria tensão , que se reflete na saúde física e mental. Podem ser bastante desconfiados.

Os nativos deste Nakshatra são bons comunicadores de circunstância, quando não é necessário aprofundar a informação e podem dar-se bem a trabalhar em atendimento ao público. Alguns podem ser vendedores ou relações públicas de suporte ao público, comunicadores de informações, etc.. Também têm um amor pela natureza muito pronunciado e um sentido do cheiro muito apurado pelo que podem gostar de trabalhar com plantas e flores com aromas agradáveis ou dedicar-se a atividades relacionadas com  a aromaterapia. Estes nativos podem ter uma larga rede de contactos, pessoas com origem e crenças semelhantes às suas. Têm poucos amigos próximos.

O poder de Mrigashira é o de dar preenchimento, realizar, concretizar.

De acordo com Parashara, o Nakshatra de Mrigashira está associado com o poder de obter o domínio sobre as plantas. Os nativos de Mrigashira gostam de agradar e podem ser excelentes entertainers. Gostam de estar rodeados pelos amigos.  Segundo o mesmo sábio, esta constelação é favorável para o casamento, para viajar, para construir edifícios religiosos, para lançar pedras de fundação de um edifício, para abrir  algum caminho.

Fisicamente, este Nakshatra indica pessoas que tendem a ter a cabeça alongada, lembrando a de um veado. Dão excelentes investigadores, professores, escritores e poetas. Também se dão bem como veterinários, gemologistas, engenheiros, treinadores de animais.

As mulheres de Mrigashira nascem em geral numa família que vive bem e por vezes abastada. São educadas nos valores tradicionais  e são muitas vezes religiosas. São excelentes conversadoras e entertainers que apreciam as atividades sociais e podem pertencer a alguma associação comunitária.  Gostam de roupas bonitas e de vestir de forma elegante. São apreciadoras  de joias e perfumes. Podem ter sucesso numa carreira que escolherem.

As mulheres com Ascendente  nos dois primeiros padas  gostam de trabalhar em ambientes fechados como um hospital, hotel ou retiro. Gostam de viajar para terras distantes. Podem ter assuntos e relacionamentos secretos e gostar de fazer acordos secretos.

Os homens de Mrigashira podem ter uma personalidade pouco agradável, a menos que  existam outros fatores positivos no horóscopo.  Revelam atitudes de desprezo em relação aos outros e à vida. São desconfiados em relação ás reais motivações dos outros e veem sempre o lado pior de todas as coisas. Estas tendências fazem com que as suas ações sejam também muitas vezes mal intencionadas. Podem ser perigosos para aqueles de quem não gostam. Sofrem muitas vezes de algum problema ou condição orgânica

Nativos do 1º pada-  23º 20’ a 26º 40’ do signo Touro- Regência do Sol. Este pada tem natureza menos móvel de Mrigashira. Possui capacidades criativas, mas inspiradas pela orientação ancestral. Os nativos podem ter acesso a sabedoria recebida através de canais secretos ou subconscientes e podem ter uma atividade relacionada com a religião ou a metafísica; podem ainda ser investigadores de realidades secretas invisíveis efetuadas em ambientes resguardados ou  privados, como hospitais, mosteiros, sociedades fechadas e «invisíveis» para a sociedade em geral. Alguns poderão desenvolver atividade clandestina, de acordo com a posição de Marte no horóscopo. Alguns também  poderão exprimir-se de forma artística.

Nativos do 2 º pada– 26º 40’ a 30 º do signo Touro- Regência de Mercúrio. Os nativos deste pada revelam características de  pensamento discriminativo, competente na realização de cálculos, dotado de humor e inclinação satírica, característica deste Nakshatra.  É neste pada que as capacidades mentais e de inteligência de Mrigashira  se fazem notar mais. Estes nativos são também muito eficientes a nível prático e organizacional e são excelentes a conversar e a falar, com grande inteligência embora a faceta satírica nem sempre os torne simpáticos para os outros.

Nativos do 3º pada– 0º 0’ a 3º 20 ‘ do signo Gémeos- Regência de Vénus. Estes nativos são bastante sociáveis e adoram explorar os relacionamentos com os outros. Este é um pada muito interativo, mas  o nativo interessa-se sobretudo pelo lado mental dos relacionamentos. Tendo uma prevalência do elemento «Ar» não é muito eficaz para produzir efeitos materiais. Estes indivíduos tendem a escolher profissões ligadas à atividade intelectual, discursiva ou escrita, ao ensino e à comunicação  e atividade bolsista; o sucesso depende da posição de Marte no horóscopo de nascimento e da sua força.

Nativos do 4º pada – 3º 20’ a 6º 40’ do signo Gémeos. Regência de Marte. Este é um pada muito intelectual de Mrigashira, sendo menos superficial do que o anterior. Há, no entanto, a tendência para intelectualizar todas as experiências, falhando muitas vezes a verdadeira natureza do que se está a experienciar. Os nativos são argumentativos, caprichosos, demasiado «picuinhas», esmiuçando tudo ao pormenor e são também desconfiados. É considerado o pada onde se revelam as características mais negativas dos nativos de Mrigashira.  Os antigos consideravam que só os que possuem almas muito evoluídas exprimem características positivas e, mesmo assim, desde que tenham a orientação devida em termos de sabedoria.

Deixe um comentário