Um Outro Olhar Sobre os Nakshatras- Rohini

Um Outro Olhar sobre os Nakshatras Rohini

O Nakshatra de Rohini ocupa a extensão correspondente à distância entre  10’º e 23º 20’ do signo Touro. Em termos astronómicos situa-se na constelação Alfa Centauri da qual se destaca a estrela Al-Debaran.

Rohini é associada a um bezerro ou  vaca vermelha, à  filha de Surabi e Daksha, à mãe do gado e representa a estrela de Al –Debaran. O nome que lhe é dado muitas vezes de «a vermelha» refere-se ao estado de gigante vermelha de  Al -Debaran  com a qual é identificada e que se situa a cerca de 65 anos luz da Terra, sendo visível no interior do signo Touro.

A árvore sagrada de Rohini é a «árvore Jambu», cientificamente designada por Eugenia Jambolana  ou  Eugenia Cumini.  As divindades  que presidem este Nakshatra são Brahma e Prajapati. O regente astrológico é a Lua. Rohini é muitas vezes personificada como a esposa  favorita da Lua ou Soma.  O símbolo de Rohini é um templo mas também um peixe e um veículo com rodas.  Rohini pertence ao Gana  humano. O poder ou shakti deste Nakshatra é o de promover o crescimento e a criação.  A gema associada é a pérola.

De acordo com Parashara, Rohini favorece as atividades que ajudam a melhorar a saúde, a construção e instalação de edifícios e objetos religiosos, o casamento, todos os objetivos auspiciosos, a coleta de dinheiro.

Rohini está também associada com o crescimento, o início do período reprodutivo (com o primeiro mênstruo na mulher). Na saúde, relaciona-se com a inflamação da garganta.

Rohini está associada com o amor físico e a atração sexual, representa a criatividade através da união sexual e, por isso, é considerado capaz de produzir efeitos auspiciosos no plano material , o tipo de efeitos que são capazes de suscitar ciúme e inveja.  Mas Rohini também simboliza a ascensão para o divino, o movimento para o divino, significado pelo carro que se move para a luz. É também a potencial perceção, a partir do plano material, do divino que habita a Natureza, sendo por isso também o templo , local de devoção, um dos seus símbolos. Neste sentido, representa o   desejo final de libertação ou de moksha. Diz-se que Krishna tinha o Ascendente e a Lua em Rohini.

A criatividade de Rohini, aliada à sensualidade dos sentidos, promove sucesso nas artes  e atividades ligadas à beleza e à moda, música, dança, pintura, literatura. A sua conexão com a Terra faz destas pessoas também agricultores bem- sucedidos, gestores de hotéis, restaurantes, de produção alimentar e produtores de aromáticas para culinária, aromaterapia, etc..

A associação com a abundância gera a imagem de Rohini como a vaca que, quando produz leite, garante a realização de todos os desejos e, assim, uma das suas imagens simbólicas é exatamente a da vaca que concede todos os desejos por isso Rohini é considerado um Nakshatra que confere abundância  e riqueza material.

Rohini está associada a dois tipos de amor diferentes: o amor sensual, representado por Vénus, regente de Touro e o amor de mãe representado pela Lua (Chandra). Deste modo, o Nakshatra representa alguma tensão na expressão afetiva e, por isso, os nativos que têm a Lua, Vénus ou o Ascendente neste Nakshatra deverão analisar com cuidado, além da posição na carta natal (D-1) de Vénus e da Lua, também a sua posição na  navamsa (D-9) para ficar com uma ideia mais clara da forma como o nativo exprime e recebe amor na sua vida.

Rohini confere grande beleza às mulheres que nascem nesta constelação. São sensuais, delicadas e adoram todos os luxos, precisando de atenção contínua por parte dos parceiros. Têm um sentido estético muito apurado, gostam de música, dança, arte, precisam de estar constantemente rodeadas de beleza e de sentir uma permanente adoração por parte do parceiro amoroso. Quando isto acontece, são parceiras muito dedicadas ao cônjuge, fazendo tudo para manter o casamento numa harmonia perfeita e devolvem ao parceiro toda a adoração que recebem. Se isto porém, não acontecer e se sentirem abandono ou negligência do parceiro, reagem abruptamente, considerando esse «abandono» por pequeno que seja, como uma traição intolerável e  rompem com a relação. Este abandono é definitivo.

Os homens  de Rohini reagem de forma semelhante, abandonando a relação quando sentem que esta não lhes dá o devido apreço e consideração. E não há retorno, o rompimento é definitivo. Nos casamentos em que o cônjuge é masculino, a posição de Júpiter, karaka do esposo, em relação a Vénus e à Lua  ajuda a perceber o «modelo» de relacionamento conjugal; do mesmo modo, quando o cônjuge é feminino, a posição de Vénus em relação à Lua ajuda a perceber a dinâmica do relacionamento conjugal  do nativo.  Note-se que a Lua providencia amor que protege e assegura segurança para todos sem exigir condições mas Vénus representa o amor limitado pelo cenário de um acordo contratual (casamento)  tal como é efetuado no signo Balança, sendo necessário que certas condições estejam satisfeitas para que o acordo seja considerado cumprido. O amor de Vénus é sempre, deste modo, condicional.

As pessoas de ambos os sexos de Rohini são, em geral, magras e altas embora o aspeto de outros planetas possa alterar isto. São também muito atraentes e magnéticas, com constituição física harmoniosa.  Têm um temperamento nervoso, podendo explodir com facilidade. Quando se zangam é difícil alterar decisões que tomem. São obstinadas e não ouvem opiniões diferentes das suas. Têm propensão para procurar falhas nos outros e regem-se muitas vezes mais pelas emoções do que pela razão.  Embora sejam capazes de fazer sacrifícios por aqueles que amam, também são capazes de causar grandes problemas aos que odeiam. Concentram-se em si mesmas  e ficam felizes com o seu próprio sucesso. Porém, vivem apenas a pensar no momento presente e não planeiam o futuro, razão pela qual a sua vida passa por altos e baixos, por não acautelarem períodos de possíveis dificuldades. Psicologicamente, são impacientes e têm muita dificuldade em perdoar os outros. O grande amor pela liberdade pode ser a causa principal do seu fracasso. Mas, quando o horóscopo é forte, estas pessoas podem elevar-se do plano mais baixo até ao mais alto.  Entre os 18 e os 36 anos estas pessoas podem sofrer os períodos mais negativos da vida. Os melhores períodos são aqueles entre os 38 e os 50 e depois entre os 65 e os 75.

Estes nativos podem ser traídos pelos parceiros de negócios. Podem ter que passar por problemas económicos, sociais e de saúde.  Não obtêm muitos benefícios a partir do pai mas serão muito apegados à mãe e aos familiares da parte materna. O casamento será palco de perturbações.

São propensos a sofrer  de doenças relacionadas com o sangue, problemas respiratórios e urinários, diabetes, problemas de garganta.  Tendem a reter líquidos, o que causa algum inchaço nas zonas próximas de glândulas. Assim, as mulheres tendem a ter a o peito volumoso. Para ambos os sexos, o lar e todos os seus confortos tendem a ser mais importantes do que o dinheiro e a carreira.

Quando o Ascendente está no Nakshatra Rohini  há em geral um efeito de grande beleza física: o rosto é belo e delicado e, no caso de uma mulher, o corpo é  igualmente belo e bem proporcionado. Para além disso, terá um excelente intelecto, será uma excelente conversadora, sabendo igualmente ouvir. Segundo os clássicos, será devotada aos parentes,  terá uma vida doméstica fácil, devido ao temperamento honesto e correto.

Quanto aos homens de Rohini, são magros, muitas vezes abaixo do peso, têm uma mente crítica e analítica, tendo também em geral uma atitude crítica em relação a tudo e a todos, estão sempre á procura de alguma falha. São excessivamente atraídos pelos relacionamentos amorosos, sendo inicialmente «cegos» para as falhas dos seus alvos de afeto mas, com o passar do tempo, a atitude crítica que vê falhas em tudo acaba por se revelar também  nestes relacionamentos .

Embora seja necessário ter em conta sempre a posição da Lua no horóscopo e no seu Nakshatra , quando se julgam os efeitos de outros planetas no Nakshatra Rohini,  essas energias têm em geral respostas fortemente emocionais . A pessoa tem necessidade de se proteger e nutrir emocionalmente. É uma colocação mais fácil para uma mulher do que para um homem, que tende a comparar todas a potenciais parceiras amorosas com a mãe, sendo que esta tende a vencer todas s comparações. Ambos os sexos solicitam constantemente a atenção dos outros.  Os nativos parecem sentir uma atração especial pela cor vermelha e rosa, rodeando-se de objetos destas tonalidades, incluindo peças de vestuário.

Nativos do 1º pada- 10º a 13º 20’ do signo Touro-  regência de Marte –  Os nativos  têm modos delicados, uma aparência agradável e discurso suave, podem ganhar dinheiro de atividades agrícolas, comércio de produtos diários, gado; serão bem sucedidos nos negócios. Estas pessoas são bastante carnais e apaixonadas. São dadas à indulgência e extravagância. No seu aspeto mais elevado são capazes de ligar o plano material com o espiritual. Os nativos podem ter um defeito nos ouvidos. Têm vários irmãos e irmãs. São românticos, gostam de roupas bonitas podendo mudar de roupa várias vezes no mesmo dia.  Gostam de se relacionar e de fazer vida social.

Nativos do 2ª pada- 13º20’ a 16º 40’ do signo Touro–  Regência de Vénus– Este é o pada que exprime melhor a essência de Rohini, planetas aqui colocados dão abundância e a capacidade para aumentar os recursos materiais. Porém ,os nativos são extremamente materialistas. Este pada é também o  mais forte para alcançar o que se deseja  de todos os do Zodíaco. A Lua, Mercúrio e Vénus são muito fortes neste pada. Os nativos gostam de belas artes e de música. Podem ganhar a vida através de atividades na indústria de hotelaria. Pode ter havido alguma quebra no processo de educação. Mudanças frequentes de residência. Os homens podem ter mais filhos rapazes e as mulheres mais filhos do sexo feminino. Os homens têm grande apreço pela família, sendo alegres e joviais quando em família, embora sejam reservados em ambientes exteriores.

Nativos do 3ª pada- 16º40’ a 20º do signo Touro–  regência de Mercúrio–  Neste pada o foco são as artes, ciências e os negócios. É o mais flexível dos padas de Rohini e tem tanta capacidade para atrair riqueza como o 2º pada. A sua energia é mais leve e jovial e as tendências são menos materialistas do  que as do 2º pada. Mercúrio, Vénus e Saturno dão excelentes resultados neste pada.  Os nativos serão bem –sucedidos no relacionamento com o sexo oposto, têm uma aparência agradável e atraente, uma mente estável e inteligente, podem ganhar a vida a partir de algo relacionado com o mar.  Sofrerão de problemas nos olhos e na garganta. Os homens terão visão fraca, as mãos, pernas e estômago são pequenos e algo atarracados; são inteligentes mas também modestos,  têm inclinação religiosa, gostam da companhia do sexo oposto. Podem ser um pouco egoístas.

Nativos do 4º pada- 20º a 23º20’ do signo Touro- regência da Lua-  Neste pada o foco essencial é o lar e a segurança. Os planetas aqui colocados adquirem uma tonalidade protetora mas podem exprimir excesso de possessividade e estreiteza mental. O Nakshatra revela as qualidades mais negativas neste pada. Apenas Júpiter e a Lua, quando bem colocados, dão bons resultados neste pada. Os nativos podem ganhar dinheiro com o negócio de pedras preciosas, de atividades agrícolas., através de viagens de curta duração. Terão joias e ornamentos, veículos e bons servidores. Sofrerão de dores nas pernas e nos pés. Os homens terão visão fraca, as mãos, pernas e estômago são pequenos e algo atarracados; são inteligentes mas também modestos,  têm inclinação religiosa, gostam da companhia do sexo oposto. Podem ser um pouco egoístas.

Uma mulher nascida no 3º ou 4º pada de Rohini terá um rosto belo e um corpo bonito e bem proporcionado e terá sucesso numa carreira como atriz ou dançarina, segundo os autores clássicos.

Deixe um comentário