Um Outro Olhar sobre os Nakshatras Magha

 um outro olhar sobre os Nakshatras Magha capa

O Nakshatra Magha ocupa a extensão que vai de 0º a 13º 20 ‘ do signo Leão .Astronomicamente situa-se na Cintura de Estrelas numa constelação que contém  um conjunto de estrelas das quais se destaca  a estrela Regulus, no «coração do Leão».

A árvore sagrada para este Nakshatra é o Ficus Bengalensis, popularmente conhecida por «Figo de Bengala» ou «Figo da Índia».

As divindades associadas com este Nakshatra são os Pitris ou guias ancestrais, os pais da humanidade terrestre. O regente astrológico é Ketu. Ketu revela o lado místico e mágico deste Nakshatra.

A pedra associada a Magha é Olho de Gato.

O grupo ou Gana deste Nakshatra é Rakshasha (demónico).

O símbolo desde Nakshatra é uma câmara real contendo um trono. A motivação primária do Nakshatra é Artha, procura de riqueza e prosperidade material.

O poder ou shakti associado a Magha é o de libertar o espírito do corpo, como acontece num transe. Segundo a tradição, este poder facilita as mudanças na identidade, permitindo o movimento da alma para fora do corpo. Esta «separação»  diz-se, gera um brilho semelhante a uma chama sagrada. Deste modo estes nativos têm o poder de rapidamente separar a alma do corpo entrando num estado de transe e, quando este termina, rapidamente voltam a unir a alma e o corpo. Este duplo movimento gera a atmosfera brilhante referida,  acompanhada de calor na aura dos nativos.  No plano terreno Magha confere a fama que perdura por gerações, os nativos de Magha procuram atingir uma elevada posição, semelhante à de  um rei com autoridade e excelente reputação.

Magha está associado à grandeza, brilho, crescimento, generosidade, majestade, magia, fogo mágico. Indica uma figura paternal, que tem poder e majestade e concede favores.  Magha simboliza «aquele que é poderoso» tanto em termos mundanos como espirituais.

Alguns dos significados deste Nakshatra são riqueza, abundância, presente, recompensa, poder. Os nativos de Magha têm uma visão apurada da realidade. Ketu, o dissolvente das formas, aparece como a tipificação do mago, que surpreende o público, pelo desaparecimento e reaparecimento das formas. Porém, Ketu não tem cabeça e, por isso, estes nativos tendem a assumir as formas projetadas por outros, o que significa que podem ser bastante influenciados pelos outros .Em alguns casos, pode haver aproveitamento oportunista por parte dos outros.

A natureza solar deste Nakshatra faz com que seja muito fácil para os homens que nascem com a Lua ou o Ascendente neste Nakshatra exibir as características que o Nakshatra confere pois culturalmente privilegia-se o poder e o sucesso associado aos homens. Mas embora as mulheres de Magha escolham muitas vezes profissões tradicionalmente associadas aos homens e ligadas ao poder, como o poder político,  a sociedade cada vez mais igualitarista, deixa de ver  isso como um problema e a independência destas pessoas, homens ou mulheres ,é encarada com mais normalidade.

A tradição afirma que  os nativos de Magha, homens ou mulheres, são orientados por um espírito guia que assegura que eles exprimem uma vida plenamente significativa e orientada pelo génio divino.  Os papéis que desempenham são de poder e autoridade e isto manifesta-se frequentemente na Política embora também seja visível em muitos indivíduos que alcançam grande fama na arte, desporto, etc..

Magha lança luz, como acontece com o brilho do Fogo, e a lucidez do espírito que ajuda a ver a realidade essencial ; mas também lança ilusões que «tapam» essa luz. Magha faz surgir o divino seja no fogo terrestre, mental, emocional,  ou espiritual.  Este fogo é  simbolicamente usado nos rituais religiosos das várias tradições religiosas.

Devido ao significado de Ketu, como o que corta e separa e ao poder de momentaneamente os nativos separarem a alma do corpo, por ex., em estado de meditação, um cuidado acrescido deverá ser tido em conta por estas pessoas, que devem aprender a «enraizar-se» na Terra. O uso de drogas e álcool deve ser totalmente evitado.

As mulheres de Magha são valentes e corajosas, diretas, com uma personalidade interessante e encantadora. Apesar disso, têm inimigos secretos ao longo da vida e são alvo de boatos maliciosos por parte dos outros por causa de inveja. São virtuosas e dedicadas à família, fazendo o que podem para a fazer feliz. Mas os inimigos frequentemente viram as suas ações contra elas desvirtuando a natureza destas  para as atacar.

Os homens de Magha são orgulhosos embora não arrogantes. Adotam uma postura digna e sóbria que impõe respeito. Estas características granjeiam-lhes autoridade e excelente reputação na comunidade.  Também terão sucesso financeiro. A sua principal fraqueza é não resistirem a namoriscar e a envolverem-se continuamente em relacionamentos amorosos. Isto pode beliscar a sua imagem pública de dignidade. Os homens de Magha gostam de viajar e preferem manter o celibato, evitando o casamento. Mesmo quando estão profundamente envolvidos num relacionamento, uma parte da sua identidade permanece cortada da relação (Ketu, o regente do Nakshatra, corta todos os laços materiais) de modo que estes nativos estão e não estão na relação. Podem, no entanto, em certas situações, casar, embora o relacionamento tenha sempre algo de bizarro ou estranho aos olhos dos outros . Em geral também, mesmo quando casam, não mantêm a fidelidade a um só relacionamento.

Homens e mulheres de Magha são empreendedores e respeitadores das tradições e dos valores aceites na comunidade. Gostam de uma vida tranquila e são instruídos e delicados no falar. Serão estimados por pessoas instruídas e terão boa reputação entre elas. Gostam de se envolver em atividades que expandam os seus conhecimentos da cultura. Lidam com os outros com consideração, recusando magoá-los de algum modo e não aceitam a companhia de pessoas mal intencionadas em relação aos outros.  Explodem facilmente perante comportamentos que acham inapropriados e inaceitáveis. Têm inimigos secretos ao longo da vida.

Estas pessoas são generosas e envolvem-se em atividades filantrópicas sem esperarem nada em troca. Isto granjeia-lhes excelente reputação. Alcançarão grande riqueza e terão muitas pessoas a trabalhar sob as suas ordens. Mas não alcançam muito sucesso na carreira que escolhem pois não têm uma mente orientada para os negócios. São, no entanto, trabalhadores árduos e empenham-se no que fazem. Mudarão frequentemente  a área em que trabalham para ganhar a vida.  No trabalho são cordiais com todos, tanto os que são hierarquicamente superiores como os subordinados, sendo por isso muitas vezes mediadores de questões e conflitos entre essas duas partes. Respeitam a palavra dada e, quando decidem algo, mantêm com firmeza a decisão. Na família, são também amáveis com os irmãos  e generosos com estes.

Na saúde, podem ter problemas de visão.

Nativos do 1º Pada- 0º a 3º 20’ do signo Leão- Regente Marte. Este pada refere-se ao poder da vontade e simboliza a conquista do trono após combate e corte das muitas cabeças da serpente de Aslesha. simbolicamente, isto tem muitos significados , relacionados com o domínio da energia Kundalini e o poder daí adveniente, de efetuar muitos atos mágicos com o «Fogo divino».  Os nativos deste pada são corajosos, amáveis, autoconfiantes, idealistas. Fisicamente podem ter olhos claros. Terão filhos e devotar-se-ão ao serviço social, no qual terão muito sucesso. Serão respeitados pelos colegas e superiores.  Os homens deste pada podem ser políticos ou diplomatas e têm o gosto pela intriga e por «esquemas» para obter o que desejam. Têm um temperamento secreto.

Nativos do 2º pada- 3º 20’ a 6º 40’ do signo Leão- Regente Vénus.  Os nativos deste pada são muito ambiciosos e atuam para conquistar bens materiais, adquirir uma imagem majestosa e serem reconhecidos como «reis» na sua área de expressão. Porém, segundo os clássicos, até aos 28 anos podem lutar com a pobreza e falta de dinheiro. Depois disso, no entanto e de forma súbita, a sua sorte muda e alcançam riqueza e favores dos que estão altamente colocados. Estes nativos têm dificuldade em lidar com o sexo oposto. Os homens gostam de se vestir de branco. Passam uma imagem de dignidade e de independência e não aceitam subordinar-se a ninguém. São muito inteligentes mas ciumentos. Quando zangados são inimigos temíveis. Os planetas aqui colocados ajudam a obter favores de pessoas altamente colocadas.

Nativos do 3º pada- 6º 40 a 10ª do signo Leão- Regência de Mercúrio.  Este pada relaciona-se com o lado intelectual  e artístico deste Nakshatra. Os nativos deste pada estão preocupados com a aquisição de conhecimento e de cultura, envolvendo-se em atividades intelectuais e artísticas.Procuram essencialmente o conhecimento ancestral, com caráter mais esotérico do que mundano.  A vida conjugal destes nativos não é feliz até aos 35 anos devido a desacordo constante. Mas a partir dessa idade as coisas começam a melhorar e a harmonia é alcançada. Os homens são morenos e dados a brigas. Mas são muito devotados à família e ao cônjuge. Se tiverem filhos, porém, terão pouca felicidade vinda destes. Terão problemas de saúde causados por doença nos ouvidos na última parte da vida e morrem por causa dessa doença. Os planetas aqui colocados dão bons resultados quando o nativo coopera com outros.

Nativos do 4ª pada- 10º a 13º 20 ‘ do signo LeãoRegência da Lua. Os nativos deste pada apreciam os rituais e as cerimónias. Prezam os costumes tradicionais, o culto dos ancestrais e o orgulho familiar. Estes nativos prestam atenção e cuidado à família e concentram-se em ter filhos para dar continuidade á linhagem. Politicamente podem atingir cargos elevados e alcançam prestígio e elevado status social.  Vencerão os inimigos. Os homens são morenos e dados a brigas. Mas são muito devotados à família e ao cônjuge. Se tiverem filhos, porém, terão pouca felicidade vinda destes. Terão problemas de saúde causados por doença nos ouvidos na última parte da vida e morrem por causa dessa doença. Os planetas aqui colocados dão bons resultados quando o nativo coopera com outros. Os planetas aqui colocados não dão sucesso material e trazem mesmo obstáculos à sua concretização  mas inclinam o nativo para se orgulhar da família e das suas qualidades (generosidade para com os outros, etc.)

Deixe um comentário