Os Signos Sthira ou Fixos

os signos Sthira ou Fixos capa

Continuamos a série de artigos sobre as categorias de classificação dos signos, hoje falando sobre os signos Sthira ou  fixos. Para saber as características dos signos Chara ou  Cardinais, leia o artigo aqui.

Os signos Sthira ou fixos são: Signo Touro, Leão, Escorpião e Aquário.

Os signos fixos manifestam, como qualidades positivas, a estabilidade e a firmeza. Têm disciplina e são metódicos, capazes de dar atenção aos pormenores, de trabalhar de forma árdua e continuada; são capazes de manter atividades rotineiras sem se fartar nem as abandonar. são conservadores, apegados à tradição e cautelosos. Valorizam a família, o conforto e o luxo, são leais no caráter.

Pelo lado negativo, estes signos indicam teimosia, resistem a procurar novos caminhos e outros modos de viver. São materialistas e amantes dos prazeres sensuais e dos confortos. Tendem para o egoísmo e podem ser insensíveis em relação às necessidades dos outros. São preguiçosos, podem ser fundamentalistas na defesa dos seus valores e pontos de vista. Não são criativos nem inovadores (embora possam canalizar energias criativas). Dependem em demasia das regras e regulamentações. Não mudam nem se adaptam com facilidade.

Signo Touro: o elemento Terra do signo Touro é absolutamente fixo: não muda nunca, sento totalmente conservador. Depois de decidir o que pensa sobre algo, isso torna-se uma verdade absoluta e imutável, dê por onde vier. Nem a Lógica nem a força conseguem demovê-lo e preferirá destruir-se a si próprio do que aceitar mudar de ponto de vista ou assumir uma posição de compromisso. É também totalmente autocentrado e não se demove nem com os sentimentos nem com as necessidades dos outros. Mas faz tudo isso com a convicção de que tem razão, não é um hipócrita. O seu ponto fraco, no entanto, é que, se aquilo em que acredita lhe permite alcançar o que deseja, é feliz e mantém-se de forma estável a concretizar os objetivos; mas, se as suas crenças não lhe permitem alcançar os objetivos, não tem a flexibilidade de mudar de pontos de vista ou de perspetiva e acaba por fracassar, rendendo-se à inércia de desistir e de não fazer nada. É totalmente centrado no desejo de gratificação e prazer sensual, podendo viver apenas focado nisso.

Signo Leão: O elemento Fogo  do signo Leão lembra uma Luz eterna que nunca cessa de brilhar. Os nativos sentem-se impelidos a espalhar essa luz no ambiente em que vivem. O desejo de partilhar a sua luz com os outros faz com que haja um dinamismo no signo Leão que não existe no signo Touro. Em Leão, as crenças não são rígidas e  os nativos deste signo conseguem criar algo que os faz transcender, em cada experiência, para formas superiores de viver e de pensar. Apesar de não mudar as crenças e os valores em que acredita, Leão aceita igualmente crenças e valores diferentes e a sua devoção leva-o a patamares superiores aos do ponto de partida das suas experiências. Quando Leão se foca na tradição e usa o seu Fogo interno para inspirar outros, não é movido pelo egoísmo nem interesses próprios, ele age convicto de que aquilo em que acredita é realmente o melhor para os outros. Mas, ao acreditar que é o canal divino por onde surge a iluminação para o mundo á sua volta, Leão cria um forte Ego e desenvolve orgulho, passando a desejar estar no centro de todas as atenções. Deseja então que os outros circulem á sua volta, como o sol que os ilumina a todos e que acredita poder controlar. É, no entanto, capaz de criar objetivos elevados e nobres para os outros.

Signo Escorpião–  O elemento Água de Escorpião é a água parada e presa dentro de certos limites. Tal como a água de um poço, os nativos de Escorpião têm os seus limites definidos e não têm energia para se libertar desses limites e forma. Há por isso pouco dinamismo no signo Escorpião e os nativos mostram isso sob a forma de conservadorismo e teimosia. Mas a sua fixidez não é como a de Touro, que nunca aceita mudar. No caso de Escorpião, quando há uma pressão externa muito forte, o nativo acaba por se adaptar a uma nova forma e a novas regras. Porém, isso não significa que aprendeu as virtudes da mudança nem que se tornou mais flexível: muda porque é obrigado mas, logo que a mudança se dá, volta a assumir essa nova forma como definitiva e imutável, a menos que seja outra vez obrigado a mudar. Tende para a inércia. A sua energia não tem potencial criador nem destrutivo, tem antes a tendência para se manter inalterada. Escorpião é, no entanto, diferente de Touro, que é capaz de se manter firme perante os obstáculos, sendo muito resiliente. Já Escorpião sofre sempre que é pressionado externamente para mudar. Essa pressão causa raiva e isso leva-o a querer vingar-se por ser perturbado na sua «paz». É também muito egoísta. Escorpião tem ainda o desejo inato de explorar o desconhecido, o que está oculto e é misterioso e essa curiosidade é capaz de o fazer sair da sua estagnação e atingir grande desenvolvimento espiritual, nos indivíduos mais evoluídos. Quando isso não acontece, a energia estagnada de Escorpião acaba por ficar envenenada e o nativo pode tornar-se uma vítima de todos os vícios representados pela energia inferior do planeta regente, Marte e pode tornar-se dependente de álcool ,drogas, de comportamentos violentos e tende também para a indulgência sexual.

Signo Aquário–   O elemento Ar de Aquário é menos fixo ou teimoso do que o de o de Touro ou Escorpião. O Ar de Aquário também é fixo nos seus limites mas tem movimento e pode mudar dentro desses limites. Leão também é capaz e se espalhar dentro dos seus limites mas a diferença é que, quando Leão faz isso, a sua identidade mantém-se e o mesmo já não acontece com Aquário: a energia de Aquário é totalmente assimilada e absorvida pelo seu ambiente. Aquário não é conservador nem orgulhoso. Está, no entanto, totalmente comprometido com as suas crenças e valores. O nativo de Aquário absorve-se totalmente nessas crenças e valores, identificando-se com estes. Por isso Aquário está totalmente envolvido no seu ambiente, na comunidade, sociedade e grupos humanos que o rodeiam. A sua verdadeira substância é mental, valorativa, comunicativa. A vida social e coletiva torna- se assim, na corporização dos valores e crenças de Aquário, a única realidade na qual este estabelece os seus limites e as suas expetativas e ambições. O «bem comum» torna-se o seu próprio bem e a ação individual está ao serviço dos interesses da comunidade. Assim, movido por esta, Aquário torna-se capaz de fazer mudanças significativas, mas estas são a reorganização da realidade já existente  e as mudanças mantêm-se no interior dos limites em que se move.

Deixe um comentário