Um Outro Olhar sobre os Nakshatras UttaraPhalguni

Uttara Phalguni capa

O Nakshatra de Uttara Phalguni ocupa a última parte do signo Leão (a cauda do Leão) – de 26º40’ de Leão até aos 30º e os primeiros 10º do signo Virgem. Astronomicamente situa-se na constelação de Denebola que contém  as estrelas Beta Leonis e 93 Leonis.

A divindade que preside ao Nakshatra é Aryaman , o deus  patrono do «amparo ou apoio». Esta divindade é filho de Aditya, a mãe cósmica e tem natureza solar. O regente astrológico é o Sol. A shakti da cura associada ao Sol dá aos nativos o poder de fazer  exercer a cura, sempre que estão em contacto com outros.

O símbolo deste Nakshatra, que forma par com o anterior, Poorva Phalguni, são as duas pernas de trás de uma  cama ou de um berço. A vaca é o animal simbolizado por este Nakshatra.

A árvore sagrada para este Nakshatra é a Ficus infectoria, popularmente designada por Pakur, Figo Branco.

A pedra associada ao Nakshatra é o Rubi.

O grupo ou Gana deste Nakshatra é humano, ou Manushya.

A shakti ou poder associado ao Nakshstra  é o da proteção através do casamento  e do amparo e apoio sendo por isso um Nakshstra orientado para o serviço aos outros.  Os nativos têm o poder de aconselhar os amigos e os outros e o dom de curar. São os trabalhadores socias por excelência. Têm numa natureza nobre e  aproximam-se dos outros com a intenção de os ajudar. São amigos e companheiros, apoio dos que necessitam.

As mulheres de Uttara Phalguni são saudáveis, têm temperamento tranquilo e boa disposição. A voz é suave e agradável e têm forte sentido de humor , manifestando genuína alegria no modo de ser. Nascem numa família com  boa origem social e apreciam participar em atividades sociais com os amigos.  Têm, no entanto, uma disposição mental séria  e sem  frivolidade. Possuem princípios firmes pelos quais conduzem a sua vida. Escolhem os amigos entre pessoas cultas e com disposição artística. Gostam da vida doméstica  da qual se ocupam. São trabalhadoras árduas e ambiciosas, boas comunicadoras, beneficiam dos que estão em posição de poder. Gostam de luxo e conforto e podem ser obstinadas e egoístas ou ter pouca consideração pelos sentimentos dos outros. Podem ser vaidosas e arrogantes. Disfarçam por vezes a tristeza ou raiva debaixo de um sorriso. Têm altura média, o nariz um pouco grande, corpo macio e  constituição média. Podem ter um sinal preto na face. São felizes no casamento e altamente inteligentes a gerir o lar. Podem também ter sucesso numa carreira na área artística, do ensino, da área social, etc.. São populares mas a tendência para certa pompa pode criar inveja nos que as rodeiam e a terem problemas causados por essas pessoas. A sua vida não conhece progressos assinaláveis até aos 32 anos, começando a melhorar entre essa idade e os 38 e melhorando depois significativamente até á idade madura. Podem atingir riqueza e fama depois dos 50.

Os homens têm disposição orgulhosa e arrogante, «atropelando» as opiniões dos  outros que não ouvem  nem têm interesse em conhecer. São muito inteligentes. Quando lhes fazem favores, não têm a humildade suficiente para se mostrarem gratos, segundo dizem os clássicos, embora aceitem esses favores que lhes fazem.  Podem também ser religiosos e arrependem-se posteriormente quando têm ações menos corretas. São trabalhadores árduos e podem alcançar uma boa posição através do esforço próprio. Dão bons investigadores científicos, professores, etc. São altos e grandes, com nariz longo; podem ter um sinal na parte direita do pescoço. Têm sorte e são em geral felizes, obtendo reconhecimento pelo trabalho social que fazem. Não são pacientes nem tolerantes e «fervem em pouca água». Não admitem os erros, mesmo que saibam que os cometeram. Sabem, no entanto, ter tato nas situações sociais.

Homens e mulheres são talentosos no campo das artes  e podem ter alguma atividade no campo artístico ou na área do entretenimento. São carismáticos e acedem facilmente a posições de liderança, podendo atingir o estatuto de celebridades, tanto na vida social como artística ou política.  Os nativos deste Nakshatra podem ser superestrelas, símbolos sexuais masculinos, gestores de figuras públicas, figuras do desporto, figuras públicas ocupando altas posições sociais e que alcançam  grande estima por parte do público. Podem ser filantropos e patronos, diplomatas, banqueiros, conselheiros de altas figuras, etc.. São muito eficientes a gerir administrativamente grandes organizações e em todas as atividades em que é preciso ter tato e diplomacia.  Têm ótimas qualidades para lidar com todo o tipo de autoridades.

A porção do Nakshatra que se localiza no signo Virgem pode indicar tendências egoístas que levam os  nativos a fazer ações clandestinas, privadas ou escondidas de abuso de poder ( como acontece com a autoridade paternal que, em vez de proteger, abusa da sua posição com os filhos). Quando algum planeta maléfico, em especial Marte, Saturno ou Rahu estão colocados na  parte do Nakshatra ocupada pelo signo Leão, pode acontecer  mau uso do poder, abuso sexual em ambientes de clausura como hospitais, prisões, santuários, oun o quarto de dormir.

Nativos do 1º Pada- 26º40’ a 30º do signo Leão- Regente Júpiter. Este pada associa a energia solar com a energia de Júpiter e dá um forte sentimento moral e ético, dando excelente capacidade para aconselhar. Os nativos são carismáticos, brilhando facilmente em posições elevadas e podem receber muitos privilégios. Os homens podem tornar-se ícones (da política, desporto, como escritores ou atores,  etc.) os planetas aqui colocados veem expandidos os seus significados e dão bons resultados (desde que ocupem uma boa posição na divisional shastiamsha.

Nativos do 2ª pada- 0º a 3º 20’ do signo Virgem- Regente Saturno.  Os nativos são atraentes. Podem sofrer pesadas perdas. Têm disposição caridosa e são religiosos. Podem interessar-se por ocultismo. Têm mais filhas do que filhos. Estão atentos a todas as mudanças à sua volta. São bons matemáticos ou escultores. Modestos e industriosos, não são ricos mas vivem bem. Ganham a  avida com o próprio mérito e esforço. Podem sofrer de problemas digestivos e do fígado. Têm excelentes capacidades de organização. Os planetas aqui colocados dão bons resultados materiais e tornam o nativo um trabalhador árduo.

Nativos do 3º Pada- 3º 20º a 6º 40’ do signo Virgem- Regente Saturno. Os nativos são atraentes, podem dar-se mal com os irmãos, têm mais filhas do que filhos. São inteligentes no trabalho mas não são gananciosos. Têm interesse profundo pelos textos clássicos sagrados, podem mesmo  tornar-se famosos no estudo desta temática depois dos 40 anos. São bons matemáticos ou escultores. Modestos e industriosos, não são ricos mas vivem bem. Ganham a avida com o próprio mérito e esforço. Podem sofrer de problemas digestivos e do fígado. Este pada revela a natureza filantrópica do Nakshatra. É um pada de serviço. Os nativos possuem excelentes capacidades intelectuais, que usam em geral para melhorar a sociedade. Os planetas aqui colocados tendem a inclinar para redistribuir os bens e a riqueza tirando aos ricos para dar aos pobres.

Nativos do 4º Pada- 6º40’ até 10º do signo Virgem- regente Júpiter. Os nativos são virtuosos, abastados mas não são gananciosos, satisfazendo-se com lucros pequenos. São bons matemáticos ou escultores. Modestos e industriosos, não vivem com muitos luxos mas vivem bem. Ganham a vida com o próprio mérito e esforço. Podem sofrer de problemas digestivos e do fígado. Usam as excelentes capacidades mentais e intelectuais para pensarem no bem comum, indo para além dos próprios interesses e pensando sempre também nos outros. Procuram o equilíbrio entre o plano micro e macro, entre o individual e o coletivo e social, entre a matéria e o espírito. Este é um pada  pushkara navamsa pelo que os planetas aqui colocados dão excelentes resultados tanto no plano material como espiritual. Este pada associa as energias de Virgem e de Peixes.

Deixe um comentário